Nossos Vídeos

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Ginga do futebol brasileiro vira exposição e ateliê em São Paulo

Texto: Gabriel Pernambuco
esportessaopaulo@prefeitura.sp.gov.br


Em época de Copa do Mundo, palpites sobre a atuação dos comandados do técnico Dunga na África do Sul são tema de qualquer conversa no Brasil. O ex-jogador Tostão, em sua coluna da Folha de S. Paulo, constata a pouca quantidade de dribles na seleção durante um jogo. As críticas apontam para a fuga do tradicional estilo de jogo da seleção, baseado na habilidade, imprevisibilidade e criatividade representada fielmente pelo drible, por Pelé e por Garrincha, dentre outros. A mística do nosso futebol está deixando saudades.
Já que dificilmente veremos alguma magia em campo nessa Copa, que tal acompanharmos essa identidade perdida de maneira um pouco mais erudita? "Ginga Canonizada: deuses e semideuses do futebol brasileiro" explora a mistura do futebol com a arte. São obras que reencontram nossas raízes mestiças e expõem a linguagem corporal de nossos craques, nos campos ou nas ruas, em nossas "peladas" ou "rachões", retrato suingado do nosso futebol-arte.
As obras são do escultor brasileiro João Monteiro, diplomado pela Faculdade de Belas Artes de Paris, e ficaram expostas como Monumento Oficial durante a Copa da França, em 1998. Agora fazem parte do acervo da Prefeitura e estarão expostas permanentemente no Parque das Bicicletas, em Moema.
Todos os fins de semana, até o término da Copa do Mundo, João Monteiro ministrará ateliê gratuito de desenho e pintura clássicos, baseados nessa linguagem gestual que define uma maneira de sentir e ser do brasileiro. Trata-se de uma iniciativa gratuita da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, que fornece todo o material do curso. "Futebol é um ícone da nossa identidade cultural. Temos que assumir isso. Legitimar essa identidade através da arte é manter viva a cultura do nosso povo" afirma o escultor. Para participar das oficinas de João Monteiro, basta comparecer ao Parque das Bicicletas aos sábados e domingos, das 10h às 13h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.