Nossos Vídeos

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Série Almodóvar





Uma boa (e gratuita!) oportunidade para se conhecer melhor a obra cinematográfica do diretor espanhol Pedro Almodóvar. O Centro Cultural Banco do Nordeste-Fortaleza (rua Floriano Peixoto, 941 – Centro – fone: 3464.3108) exibirá, no início de março, a série Almodóvar, composta de sete filmes do cineasta.
A série começa já antes do carnaval, no dia 1º de março (próxima terça-feira), prosseguindo até a sexta-feira, 4. Nesse período, serão exibidos “Fale com ela” (dia 1º), “Tudo sobre minha mãe” (dia 2), “Volver” (dia 3) e “Má educação” (dia 4).
Após o carnaval, a mostra que celebra o cinema de Almodóvar retorna na quarta-feira de cinzas, dia 9, e se encerra na sexta-feira, 11. Nesse intervalo, serão exibidos “Abraços partidos” (dia 9), “Ata-me” (dia 10) e “Carne trêmula” (dia 11).
Conheça a seguir a sinopse e os horários de exibição dos filmes da série Almodóvar:

Fale com Ela
Dia 01, terça-feira, 18h
Uma tragédia em comum une dois homens desconhecidos até então, quando eles precisam cuidar de duas mulheres, por quem são apaixonados, ambas em coma no mesmo hospital. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos. 112 min.

Tudo Sobre Minha Mãe
Dia 02, quarta-feira, 18h
No dia de seu aniversário, Esteban ganha de presente da mãe, Manuela, uma ida para ver a nova montagem da peça "Um bonde chamado desejo", estrelada por Huma. Após a peça, ao tentar pegar um autográfo de Huma, Esteban é atropelado e termina por falecer. Manuela resolve então ir ao encontro do pai, que vive em Barcelona, para dar-lhe a notícia, quando encontra no caminho o travesti Agrado, a freira Rosa e a própria Huma Rojo. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos.101 min.

Volver
Dia 03, quinta-feira, 17h30
Raimunda trabalha para sustentar o marido desempregado e a filha adolescente. Sole, sua irmã mais velha, trabalha em casa, onde instalou um salão de beleza. Ambas visitam rotineiramente o túmulo da mãe, Irene, que morrera num incêndio causado pelo calor e pelos fortes ventos da região. Certo dia, Irene reaparece. Inicialmente, somente Sole a vê, mas na verdade, é com Raimunda que ela precisa resolver assuntos pendentes. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos.121 min.

Má Educação
Dia 04, sexta-feira, 18h
Vinte anos mais tarde, um garoto que sofreu abusos sexuais em um colégio interno católico reencontra aquele que era sua grande paixão na época. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos.106 min.

Abraços Partidos
Dia 09, quarta-feira, 17h30
Há 14 anos, o cineasta Mateo Blanco sofreu um trágico acidente de carro, no qual perdeu a visão. Neste mesmo acidente, a pessoa que o acompanhava morreu. A partir de então, ele abandona sua posição de cineasta e preserva apenas o lado de escritor, assumindo o pseudônimo de Harry Caine. Um dia Diego, filho de sua antiga e fiel diretora de produção Judit Garcia, é enviado ao hospital por ter ingerido drogas acidentalmente. Assim que sabe do ocorrido, Harry vai em seu socorro. Quando o jovem o indaga sobre seus dias de cineasta, o amargurado homem revela se lembrar de detalhes marcantes de sua vida e do acidente. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos.128 min.

Ata-me!
Dia 10, quinta-feira, 18h
Ricky sai de um reformatório psiquiátrico e vai para um set de filmagens, onde Marina Osorio, uma ex-viciada em heroína e ex-atriz pornô que ele já conhecia de um bordel, está filmando um filme de terror "B" que está sendo dirigido por Maximo Espejo – este, um diretor conhecido que está tentando se recuperar após ter tido um forte derrame, que o deixou preso a uma cadeira de rodas. Após o término das filmagens, Ricky invade o apartamento de Marina e lhe diz que quer ser seu marido e o pais dos seus filhos. Ele resolve deixá-la amarrada na cama até Marina aprender a amá-lo, mas diversas situações imprevistas dão um novo rumo aos acontecimentos. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 16 anos. 101 min.

Carne Trêmula
Dia 11, sexta-feira, 17h30
Madri, janeiro de 1970. Uma prostituta tem um filho em um ônibus, quando tentava chegar na maternidade, e ali mesmo lhe dá o nome de Victor. Após vinte anos, Victor (Liberto Rabal) é um homem que está começando sua vida adulta e tenta se encontrar com Elena (Francesca Neri), uma desconhecida, com quem uma semana antes teve relações dentro de um banheiro. Direção: Pedro Almodóvar. Drama. Cor. 14 anos. 147 min.

Trajetória
Pedro Almodóvar Caballero, nascido em Calzada de Calatrava, em 24 de setembro de 1949, é um cineasta, ator e argumentista espanhol. Almodóvar nunca pôde estudar cinema, pois nem ele nem sua família tinham dinheiro para pagar seus estudos. Antes de dirigir filmes, foi funcionário da companhia telefônica estatal, fez histórias em quadrinhos, foi ator de teatro de vanguarda e cantor de uma banda de rock, da qual participava travestido. Foi o primeiro espanhol a ser indicado ao Oscar de melhor diretor. Homossexual assumido, seus filmes trazem a temática da sexualidade abordada de maneira sublime. Seu ano de nascimento é incerto, sendo por vezes divulgado como 1949 e outras vezes como 1951. A página oficial do cineasta na internet, no entanto, afirma que ele nasceu na década de 1950.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

ÓLEO DE AMENDOIM AJUDA NA DIETA SAUDÁVEL‏

Incluir o óleo de amendoim na alimentação diária pode auxiliar na melhora da saúde cardiovascular, fortalecer o sistema imunológico e trazer benefícios à regeneração dos tecidos

Ao contrário do que pode ser a primeira impressão, é certo afirmar que nem toda gordura faz mal. Esse ácido graxo é indispensável para que nosso corpo realize algumas funções importantes, como o transporte de nutrientes e vitaminas pelo organismo. Tal necessidade faz com que gorduras monoinsaturadas, como as presentes no óleo de amendoim, além de ômega 3 e ômega 6, sejam essenciais para uma dieta alimentar saudável.

“Devemos consumir alguns tipos de gordura, com moderação, para que nosso organismo funcione adequadamente, diz o engenheiro de alimentos da Sementes Esperança, Rafael Bedore. “A ingestão de gorduras saudáveis, como as presentes no óleo de amendoim, ricas em ácidos graxos poliinsaturados e gorduras monoinsaturadas, auxilia na melhora da circulação sanguínea e da imunidade, agindo também como um moderador de processos inflamatórios.

Segundo o engenheiro, o consumo de gorduras monoinsaturadas, como as presentes no óleo de amendoim, está relacionado à queda dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue e manutenção da quantidade do colesterol bom (HDL). Esse fator atuaria na redução do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares. “Graças a sua concentração de ácidos graxos poliinsaturados, em especial de ômega-6, o óleo de amendoim auxilia na prevenção de doenças neurológicas e cardiovasculares, estimulando o sistema imunológico e o sistema nervoso. Uma colher de sopa de óleo de amendoim oferece 6,5g e 4,5g de ácidos graxos monoinsaturados e 3,5 de poliinsaturados, respectivamente (a título de referência, no azeite de oliva essa quantidade é de 5,6g). Na prática, isso significa que o óleo de amendoim contribui para a diminuição dos níveis de LDL (colesterol ruim) e para a manutenção da qualidade de HDL (colesterol bom), benefícios comumente associados aos óleos ricos em gorduras monoinsaturadas”, esclarece Bedore.



O PAPEL DA GORDURA NO ORGANISMO

Além de ser uma espécie de combustível celular, que nos mantém ativos para a realização de atividades diárias, a utilização de gordura pelo organismo poupa proteína para funções de síntese e reparo de tecidos do corpo. Quando há falta de gorduras saudáveis, o organismo faz uso de proteínas para produzir energia, o que resulta em perda muscular de massa magra.

Outra propriedade da gordura é sua ação isolante contra o frio. A gordura subcutânea torna as pessoas mais resistentes a baixas temperaturas, enquanto a gordura total funciona como um escudo de proteção contra traumatismos de órgãos vitais a exemplo do coração, pulmões, fígado e rins.

A utilização de gordura pelo organismo não pára por aí. Elas também estão associadas ao transporte de vitaminas A,D, E e K pelo corpo e à redução da fome, já que retardam o tempo de esvaziamento do estômago, dando a sensação de saciedade por mais tempo.

QUAL GORDURA CONSUMIR?

Para saber quais os tipos mais saudáveis de gorduras, é importante entender o que as diferenciam. De acordo com o engenheiro de alimentos da Sementes Esperança, Rafael Bedore, a gordura hidrogenada é uma gordura vegetal que foi criada pela indústria para ser uma alternativa à gordura saturada, encontrada em carnes, de modo geral. Como não existe gordura no mundo vegetal - somente óleos - foi criado, então, um processo de transformação desses óleos vegetais em gordura sólida, relata o especialista. “Durante a solidificação dos óleos vegetais, as moléculas de gordura passam por um rearranjo estrutural e se transformam em gorduras trans. A gordura hidrogenada deixe tudo crocante, porque solidifica nos alimentos após a fritura, formando uma espécie de casquinha. Da mesma forma, isso acontece nos vasos sanguíneos, que ficam impedidos de dilatar.

“A ingestão dessas gorduras não traz qualquer benefício à saúde. Pelo contrário, ao ser ingerida, a gordura trans favorece o depósito de LDL (colesterol ruim) nas paredes das artérias coronárias e reduz a quantidade de uma proteína essencial à produção do bom colesterol, aumentando o risco de infartos, derrames e diabetes”, alerta Bedore. Batatas-frita industrializadas, biscoitos e algumas margarinas contêm gorduras trans.

As gorduras saturadas, por sua vez, estão presentes em produtos de origem animal, como carnes, e derivados, a exemplo do leite e dos frios. Como esses produtos são ricos em outros nutrientes, para evitar a ingestão de gorduras maléficas às artérias, o melhor é optar por carnes magras e alimentos semi-desnatados ou desnatados.

Para uma alimentação mais saudável, o ideal é consumir sementes, nozes, peixes e substituir a gordura trans e animal por gorduras vegetais, ricas em ômegas 3 e 6 e gorduras monoinsaturadas, como o óleo de amendoim. Esses alimentos, quando ingeridos moderadamente, além de reduzirem o triglicérides, o LDL e o colesterol total, preservam o colesterol bom.

Sobre a Sementes Esperança

Pioneira na fabricação de produtos à base de amendoim, a Sementes Esperança conta com três unidades (todas instaladas na cidade de Jaboticabal, a 330 km de São Paulo), e ganha cada vez mais destaque no mercado interno e externo. Sempre à frente de ações pioneiras, a empresa aposta agora na reintrodução do Óleo de Amendoim refinado no mercado brasileiro. Sucesso de vendas em exportação há sete anos, o produto começou a ser comercializado por aqui em embalagens PET de 900 ml, para o setor de varejo, e à granel, para o segmento Food Service.

Bombeiros e Liquigás assinam amanhã acordo em prol da segurança‏

CORPO DE BOMBEIROS E LIQUIGÁS LANÇAM CAMPANHA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES NOS LARES, PARA COMUNIDADES CARENTES.

O Comando do Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado São Paulo e a Liquigás Distribuidora S.A., empresa controlada pela Petrobras Distribuidora, convidam a imprensa para o evento de lançamento da “Campanha Chama Segura”, que será realizada com o objetivo de prevenir incêndios e acidentes, em residências de comunidades carentes, decorrentes do uso inadequado ou inseguro dos botijões de gás.

O evento de assinatura da parceria será realizado amanhã, dia 18 de fevereiro, na sede do Comando do Corpo de Bombeiros. Estarão presentes o Comandante do Corpo de Bombeiros, Cel PM Luiz Humberto Navarro e o Presidente da Liquigás, Antonio Rubens Silva Silvino.

A Campanha terá início a partir de março, em algumas comunidades da capital e da Grande São Paulo, de interesse estratégico da Corporação, visando a redução do número de acidentes. O foco é a educação preventiva realizada diretamente por Bombeiros Educadores, bem como oferecer a troca gratuita de acessórios (mangueiras e reguladores) que estejam velhos, inadequados ou inseguros, por novos, sem custo para a população.

EVENTO: Lançamento da “Campanha Chama Segura”
DATA: 18 de fevereiro
HORÁRIO: a partir de 9h00 (café da manhã)
10h00 (assinatura da parceria)
LOCAL: Comando do Corpo de Bombeiros
ENDEREÇO: Praça Clóvis Bevilácqua, 421, 7º andar - Centro - São Paulo - SP

Diagnóstico precoce facilita tratamento da tireóide

No ano passado o Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do HCor contabilizou 199 atendimentos, 65 cirurgias, das quais 35 foram de tireóide (60% foram por câncer)
A tireóide é uma glândula endócrina localizada na parte da frente do pescoço que produz hormônios que regulam diversas funções do corpo, entre elas, as funções cardíacas, o ritmo de funcionamento intestinal e o humor. Os hormônios da tireóide (HT) controlam a frequência dos batimentos cardíacos, o ritmo adequado do coração e regulam o sono. O descontrole da função da tireóide para mais (hipertireoidismo) ou para menos (hipotireoidismo) desregulam essas funções e aceleram os batimentos cardíacos. Além de causar arritmias, ansiedade, insônia bem como fadiga e até depressão.

O principal sinal do câncer de tireóide é a presença de um nódulo indolor na tireóide detectado à palpação ou pela ultra-sonografia, que não altera os níveis sanguíneos dos hormônios tireoideanos. A presença de nódulos tireoideanos detectados pela ultra-sonografia (USG) de rotina é comum, principalmente em mulheres. Felizmente, aproximadamente 95% desses nódulos são benignos. De acordo com a suspeita clínica ou pelos achados no USG, o especialista solicita a punção biópsia aspirativa do nódulo, no qual determina se o nódulo é suspeito para malignidade.

O câncer de tireóide ocorre em qualquer idade, sendo mais comum após os 30 anos. O tratamento oncologicamente mais adequado para o câncer de tireóide é a tireoidectomia total (retirada completa da tireóide) associada eventualmente à retirada de gânglios linfáticos do pescoço que estejam comprometidos pela doença.

“Quando realizada por cirurgião especialista, o risco de complicações mais sérias decorrentes desta cirurgia, como a rouquidão permanente, é menor do que 1% dos casos. Após a cirurgia, alguns pacientes deverão receber um tratamento complementar com iodo radioativo e a indicação desse tratamento depende da análise em conjunto de uma série de fatores como idade, tamanho do tumor, agressividade local do tumor entre outros fatores”, explica o especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço do HCor, Dr. Fábio Pinto.

Segundo o especialista do HCor, os únicos fatores de risco conhecidos para o desenvolvimento deste tumor são a exposição à irradiação no pescoço e o antecedente de câncer de tireóide na família. O tipo mais frequente de câncer de tireóide é o carcinoma papilífero com aproximadamente 80% dos casos, seguido do carcinoma folicular com 15% dos casos. Nos pacientes com menos de 45 anos de idade e com tumores pequenos, mais de 97% dos carcinomas de tireóide são curáveis.

Cirurgia de Cabeça e Pescoço - a cirurgia mais comum realizada pelo cirurgião de cabeça e pescoço é a tireoidectomia (retirada parcial ou total da glândula tireóide) seja por doença benigna ou maligna da tireóide. “Além do câncer de tireóide, outro tumor frequente na rotina do cirurgião de cabeça e pescoço é o câncer da boca que inclui os cânceres de lábio e de cavidade oral (mucosa bucal, gengivas, palato duro, língua oral e assoalho da boca). O câncer de lábio é mais comum em pessoas brancas, e registra maior ocorrência no lábio inferior em relação ao superior”, esclarece Dr. Fábio Pinto.

Apesar de ser uma especialidade eminentemente oncológica, o cirurgião de cabeça e pescoço trata também de doenças benignas como os bócios (aumento benigno da tireóide) e as anomalias congênitas cervicais. A especialidade, relativamente nova em relação às demais especialidades médicas, estabeleceu-se de forma definitiva no Brasil há pouco mais de 40 anos com a fundação da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço, em 1967.

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA – RJ), o câncer de boca é o oitavo tipo de câncer mais comum no Brasil, sendo o sexto tipo mais frequente nos homens. Para este ano estima-se o aparecimento de 14.120 novos casos de câncer da cavidade oral, sendo 10.330 em homens e 3.790 em mulheres. Diferente do câncer de tireóide, o câncer de boca é uma doença muito agressiva com alto índice de mortalidade, sendo que em 2008 foram registradas 6.214 mortes por esta doença no país. No Brasil, o câncer de tireóide correspondeu a 1,3% de todos os casos de câncer registrados no INCA – RJ de 1994 a 1998, e a 6,4% de todos os cânceres da cabeça e pescoço. A partir de 1997, a incidência de câncer de tireóide aumenta 6% ao ano em diversas regiões do mundo.

Uma das explicações para esse fato é o aumento da detecção de nódulos tireoideanos pequenos por meio da ultrassonografia (USG) de alta resolução. Segundo dados do National Cancer Institute, cerca de 37.000 novos casos de câncer de tireóide são diagnosticados anualmente nos Estados Unidos. A American Cancer Society coloca o câncer de tireóide como responsável por 4% dos casos novos de câncer em mulheres nos EUA em 2009, o que representa 28.530 mulheres diagnosticadas como portadoras da doença.

O HCor – Hospital do Coração, em São Paulo lançou no ano passado o Serviço de Cirurgia de Cabeça e Pescoço com uma equipe multidisciplinar composta por especialistas de cabeça e pescoço, endocrinologistas, otorrinolaringologistas e cirurgiões plásticos. Com o objetivo de atender os pacientes com as doenças que acometem os órgãos localizados na região da face e do pescoço como o tratamento cirúrgico dos nódulos tireoideanos, tumores das glândulas salivares e dos tumores da cavidade oral, faringe e laringe, o HCor é responsável pelo diagnóstico preventivo, exames laboratoriais e de imagem, e conta com todo know-how, infra-estrutura e suporte do centro cirúrgico da Instituição.

Ocupação urbana sem controle vem da época do Brasil colônia

Repórter Eco revela que a ocupação urbana sem controle vem da época do Brasil colônia

A região do Aquífero Guarani, em Pardinho, que fica a 200 km da capital paulista, também está em destaque no programa da TV Cultura deste domingo (20/2), às 18h

A cidade de São Vicente, litoral sul de São Paulo, repleta de belezas naturais dignas de cartões postais, abriga cerca de 320 mil habitantes e vem resistindo a todas as dificuldades que marcaram sua história. Seu passado está registrado em monumentos e lugares históricos e, em 1585, o jesuíta português Fernão Cardim escreveu: "A Vila de São Vicente foi rica, agora é pobre, por lhe fechar o porto de mar a barra antiga, e também por estarem as terras gastas e faltarem índios para cultivá-las". As transformações ambientais começaram a partir da chegada dos colonizadores e o Repórter Eco, que vai ao ar neste domingo (20/2), às 18h, na TV Cultura, traz uma reportagem que serve de alerta para conter o velho problema da ocupação urbana sem controle.



Grande parte dos turistas que visitam suas praias durante o verão nem imaginam a importância dessa cidade de 479 anos, que foi o primeiro povoado brasileiro. A história do Brasil começa com a chegada da esquadra de Pedro Álvares Cabral em Porto Seguro, Bahia, em 22 de abril de 1500. Eles permaneceram apenas onze dias ali e partiram numa segunda expedição comandada por Gaspar de Lemos e Américo Vespúcio, em 22 de janeiro de 1502, chegando ao local que era conhecido, até então, como Borraió e deram à ilha o nome de São Vicente.
Em 1942, a cidade viveu seu pior desastre natural. Considerada uma das primeiras tragédias da costa brasileira, ficou conhecida como a “Grande Ressaca”, quando o mar invadiu a vila e esta teve de ser reconstruída duzentos metros acima do local original. O historiador Marcos Braga, coordenador da Casa Martim Afonso, fala dos sinais de esgotamento devido à ação de assoreamento e modificação da linha de maré. “Este é mais um exemplo da longa tradição brasileira de uso inadequado do solo, começando pela retirada da vegetação nativa que protegeria a costa". As imagens atuais mostram que a ocupação foi rápida: hoje as construções tomam o espaço de toda a orla da baía, bem perto do mar.
De outra matéria do programa vem uma reportagem feita em Pardinho, região do Aquífero Guarani, que fica a a 200 quilômetros da capital paulista. O lugar é considerado um dos maiores reservatórios subterrâneos de água doce do mundo. Daí afloram várias nascentes, entre elas o rio Pardo, o principal curso d'água e mais importante recurso hídrico da região, além de ser uma parte importante da sub-bacia do Paranapanema. Para despertar a sensibilidade e construir uma base visando proteger essa fonte de água, jovens da comunidade se embrenham na mata, em uma ação promovida pelo projeto do instituto Jatobás – organização não-governamental, que promete oferecer conhecimento para a construção de um caminho coletivo, solidário e sustentável.
E da Hidrelétrica de Itaipu (PR) vem um trabalho de cultivo de plantas medicinais que também gera energia.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

STB lança concurso cultural que vai premiar o vencedor com intercâmbio em Los Angeles

Promoção começa dia 11 de fevereiro e vai até 15 de março


O STB – Student Travel Bureau, líder nacional no segmento de intercâmbio, turismo jovem e educação internacional, em mais uma parceria exclusiva com a Sony Pictures, realiza concurso cultural para promover o filme Burlesque, que estreia no Brasil dia 11 de fevereiro. Para participar, os interessados devem acessar o site www.stb.com.br, clicar no link da promoção e elaborar uma resposta de até 140 caracteres à seguinte pergunta: “Por que você merece mostrar seu talento em Hollywood?” Os participantes devem ter, no mínimo, 18 anos.
A resposta mais criativa será premiada com uma viagem de intercâmbio para a Califórnia, com passagem de ida e volta para Los Angeles. A programação inclui três semanas de curso de inglês, acomodação em casa de família e Assistência Médica ISIS. Para os seguidores do STB no Facebook e Twitter de todo o País serão sorteados pares de ingressos para assistir ao filme.

A avaliação das frases será feita pela equipe de marketing das empresas, e o nome do vencedor será divulgado no site www.stb.com.br, a partir de 20 de março.

Sobre o Student Travel Bureau

O STB é líder nacional no segmento de intercâmbio, turismo jovem e educação internacional. Fundado em 1971, tem mais de 60 lojas no Brasil, além de unidades na Austrália e na Nova Zelândia. Quase 50 mil jovens viajam todo ano nos programas do STB, como cursos de idiomas, extensão universitária, experiência de trabalho, au pair e turismo. Recrutador exclusivo no Brasil para os programas de trabalho da Disney, o STB oferece suporte completo nas viagens, como assistência médica internacional, reserva de acomodações e transporte e a Carteira Mundial do Estudante (ISIC). Em 2010, o STB foi agraciado com o título de Embaixador da Excelência da Educação Suíça no Brasil e eleito pelos leitores da revista Viagem e Turismo como a melhor operadora de cursos no exterior do País.

UNIFESP RECRUTA VOLUNTÁRIOS PARA PROBLEMAS POSTURAIS E MUSCULARES NA PÓS GESTAÇÃO

ALTERAÇÕES DA POSTURA CORPORAL E DORES MUSCULARES NA GESTAÇÃO E NO PÓS-PARTO

O Departamento de Ciências da Saúde, do Campus Baixada Santista, da Unifesp, recruta gestantes e mães voluntárias. As inscritas participarão de estudo com o objetivo de avaliar o efeito da gestação na postura corporal, bem como a presença de dores musculares durante a gravidez e no pós-parto.

Podem fazer a inscrição mulheres com mais de 20 anos, grávidas do primeiro filho e a partir de 10 semanas de gravidez, e mães do primeiro filho, com bebês de dois meses.

Para as participantes, serão oferecidos encontros informativos sobre parto, maternidade e massagem para bebês.

Inscrições: (13) 3878-3763, falar com Tatiana Travassos.


Sobre a Unifesp

Criada oficialmente em 1994, a Unifesp originou-se da Escola Paulista de Medicina (EPM), entidade privada fundada em 1933 que foi federalizada em 1956. Em 1940, a EPM inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp, localizado no campus São Paulo, no bairro Vila Clementino.

Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão por meio do Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), coordenado pelo Ministério da Educação (MEC), com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006, foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação. O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema). O campus Osasco, com início das aulas previsto para o primeiro semestre de 2011, será voltado para a área de Negócios. No Vestibular 2011, a instituição oferece 2.669 vagas em 33 cursos de Graduação.

Atualmente, a Unifesp conta com 6.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 2,7 mil discentes em 50 programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado Acadêmico e Mestrado Profissionalizante) e 6.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento,). Além disso, a instituição conta com 800 discentes no maior programa de residência médica do Brasil.

A Unifesp tem em seu quadro 1.163 docentes, sendo que 95% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição.

No segundo semestre de 2010, tiveram início as atividades do campus avançado de Extensão Universitária da Unifesp, o primeiro deste tipo no Brasil, implantado no município de Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo. O campus avançado de extensão universitária da região de Santo Amaro, na capital paulista, também inicia suas atividades no começo de 2011.

CHÁS PODEM MOELHORAR O METABOLISMO

Corpo Leve e em Equilíbrio

PhD em nutrição dá dicas de alimentos funcionais para manter o organismo saudável



Manter uma alimentação balanceada nem sempre é tarefa fácil, principalmente quando a opção de uma ou mais refeições acabam sendo os famosos fast food e comidas industrializadas. Para alcançar o verdadeiro equilíbrio do corpo e manter o organismo saudável e no peso certo, a PhD em nutrição e coordenadora do Centro de Pesquisa Sanavita, doutora Andrea Dario Frias, indica alguns alimentos fáceis de incluir na nossa rotina diária e que fazem muito bem à saúde.

Segundo a especialista, a alimentação inadequada, regada a excessos, muitas vezes sobrecarrega o organismo e o deixa mais vulnerável a adquirir algum tipo de mal estar ou até mesmo doença. “O consumo exagerado de alimentos ricos em açúcar, sódio e gorduras saturadas ou do tipo trans, ou ainda que apresentam excesso de aditivos químicos como conservantes e corantes artificiais, pode causar reações que agridem as nossas células e desencadear alterações que certamente prejudicarão a saúde física e mental ao longo da vida”, comenta Andrea. A presença ou até mesmo a quantidade dessas substâncias pode ser monitorada facilmente, pois os rótulos de alimentos e bebidas trazem este tipo de informação na lista de ingredientes ou tabela nutricional.

De acordo com Andrea uma alimentação desintoxicante acaba sendo uma importante aliada para quem deseja manter o corpo leve e em equilíbrio e pode amenizar o estrago que esses excessos e toxinas causam às nossas células. “A desintoxicação não é voltada especificamente para o emagrecimento. Uma alimentação desintoxicante tem o objetivo de facilitar a saída de impurezas que não farão bem ao organismo. A perda de peso é conseqüência de um corpo mais saudável”, explica a especialista.

Para isso, alguns alimentos funcionais se transformam em elementos-chave para alcançar o equilíbrio do organismo.

“O processo de desintoxicação envolve a retirada de alimentos altamente processados do cardápio, além de alimentos refinados, ricos em sal, açúcares e gorduras prejudiciais à saúde, como as gorduras animais e gorduras trans. É importante também manter distância de alimentos que contenham corantes artificiais, conservantes e aqueles que empregam o uso excessivo de agrotóxicos, por exemplo” alerta a pesquisadora.

Andrea dá dicas de alimentos que auxiliam no processo de desintoxicação: “A linhaça dourada é uma importante aliada, pois é rica em fibras e fonte natural de nutrientes como omêga 3, lignanas e antioxidantes. As fibras ajudam a arrastar várias substâncias nocivas à saúde, como o colesterol por exemplo, e os demais nutrientes ajudam a neutralizar a ação de radicais livres e auxiliam tanto na renovação celular como na melhora do funcionamento do intestino”, indica.

Já os chás a base de Camellia sinensis, mais conhecidos como Chá Verde, Branco, Vermelho e Amarelo são fontes de polifenóis conhecidos como catequinas – substâncias que apresentam poder antioxidante superior ao das vitaminas C e E. “Além de serem diuréticos, o que ajuda na eliminação de impurezas, estudos mostram que a ingestão diária dessas bebidas é capaz de reduzir o risco de várias doenças, além de acelerar o metabolismo, facilitar a queima de gordura e aumentar as defesas imunológicas”, acrescenta.

Doutora Andrea ressalta ainda que já é possível encontrar versões em pó desses chás, conhecidas como chás solúveis que são livres de açúcar, conservantes e corantes artificiais.

Os polifenóis presentes nesses chás podem também atuar como neutralizadores de radicais livres devido ao seu alto poder antioxidante. “Como a atividade metabólica natural do nosso corpo acaba produzindo uma espécie de lixo metabólico que nem sempre o organismo consegue eliminar devidamente, os polifenóis representam uma fonte viável de eliminação desse lixo metabólico tornando mais lento até o processo de envelhecimento celular”, finaliza.

Os polifenóis e outros fitoquímicos com ação antioxidante estão presentes também na soja, uva e vinho tinto, amora, maçã, entre outros alimentos do reino vegetal.

A indicação dos chás solúveis é o consumo entre 1 a 2 xícaras diárias para obter todos os seus benefícios.

Primeiro medicamento anti-inflamatório para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica

Nova classe terapêutica chega ao País, com o aval da Anvisa, para oferecer maior qualidade de vida aos pacientes

A Nycomed Pharma apresenta ao mercado brasileiro o Daxas®, medicamento exclusivo para o tratamento da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica, também conhecida como DPOC. Trata-se de uma nova classe terapêutica que chega ao País, sendo a primeira terapia complementar via oral aprovada pela Anvisa. O medicamento possui ação específica e efetiva no combate às inflamações de base da DPOC, atuando como terapia concomitante aos medicamentos sintomáticos. Sua ação ajuda a diminuir as crises, também chamadas de exacerbações, que são responsáveis pela rápida progressão da doença e piora da qualidade de vida, aumentando a morbidade e a mortalidade dos pacientes.

A DPOC é uma doença crônica dos pulmões que diminui a capacidade de respiração. A maior parte das pessoas apresenta falta de ar, tosse e/ou catarro, sintomas comuns a outras doenças respiratórias, como a asma, dificultando o diagnóstico preciso. “A doença evolui a partir do agravamento das exacerbações, que vão acontecendo com maior frequência e intensidade. Sendo o tratamento dos sintomas feito por via inalatória, faltava uma medicação oral para atuar na inflamação, como terapia concomitante. Estamos falando de um medicamento inovador que age na inflamação específica da DPOC, tratando a doença de forma assertiva e suprindo uma necessidade negligenciada anteriormente”, explica o Dr. José Roberto Jardim, médico pneumologista da Unifesp (Universidade Federal da São Paulo) e membro do comitê internacional de DPOC.

As pesquisas para desenvolvimento do roflumilaste, princípio ativo da droga, começaram na Alemanha há cerca de 20 anos. “O Daxas® é o único medicamento que atua diretamente na inflamação, reduzindo o número e a intensidade das exacerbações que os pacientes sofrem. Prevenindo exacerbações, estes doentes podem ter melhor qualidade de vida.”, afirma Renata Campos, diretora da unidade de negócios prescrição da Nycomed Pharma. “Daxas® é o primeiro produto em sua classe terapêutica, por isso representa uma nova esperança para os pacientes de DPOC e um importante passo para consolidar a Nycomed como líder na área respiratória”, completa Giles Platford, gerente geral da Nycomed Pharma.

No Brasil, o Estudo Platino mostrou que somente 16% dos casos de DPOC são diagnosticados corretamente, o que prejudica o início do tratamento ainda na fase precoce. Estima-se que até 2020 a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica será a terceira causa de mortes no mundo, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde). A previsão é baseada em uma somatória de fatores relacionados a um estilo de vida pouco saudável, muito comum em centros urbanos, e que combina o tabagismo e a poluição do ar, má alimentação, sedentarismo e situações de estresse.

Sobre a Nycomed

A Nycomed é uma empresa farmacêutica global de capital privado que tem um portfólio diferenciado e foco em medicamentos de marca para as áreas de gastroenterologia, doenças respiratórias e inflamatórias, tratamento da dor, osteoporose e patches cirúrgicos. Uma extensa de linha de produtos para o consumidor (OTC) completa o portfólio. Suas atividades de Pesquisa e Desenvolvimento se baseiam em parcerias e a aquisição de licenças é um dos pilares da estratégia de crescimento da empresa.
A Nycomed tem 12.000 funcionários em todo o mundo e seus produtos estão em mais de 100 países. A empresa tem plataformas robustas na Europa e em mercados de crescimento dinâmico, como a Rússia/CIS e a América Latina. Nos Estados Unidos e no Japão, seus produtos são comercializados por seus parceiros locais, empresas de primeira linha, e a Nycomed pretende fortalecer ainda mais sua presença própria nos principais mercados da Ásia.
Com sede em Zurique, na Suíça, a empresa teve um faturamento total de €3.2 bilhões em 2009 e um EBITDA ajustado de €1.1 bilhão. Mais informações estão disponíveis no site http://www.nycomed.com/

UNIFESP RECRUTA VOLUNTÁRIOS para TRATAMENTO ANTI-DROGAS E MENOPAUSA

A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas e estudos científicos, oferece vagas para voluntários nas seguintes áreas:



TRATAMENTO DE DROGAS PARA JOVENS


A Unidade de Dependência de Drogas oferece 20 vagas no ambulatório de orientação aos pais de jovens entre 12 e 15 anos que consumam álcool, cigarro ou qualquer outro tipo de droga em excesso, mesmo que não sejam dependentes. O ambulatório oferece oito sessões semanais gratuitas às quintas feiras, em horário comercial.

Inscrições: Os interessados podem entrar em contato pelo telefone 5549-2500. O serviço está localizado na Rua Napoleão de Barros, 1038, próximo ao metrô Santa Cruz.

DOR EM PACIENTES NA PÓS-MENOPAUSA COM FIBROMIALGIA


O Ambulatório da transição para a menopausa e pós-menopausa, do Departamento de Ginecologia da UNIFESP está recrutando mulheres para participar de uma pesquisa para verificar a dor em mulheres na menopausa, portadoras de fibromialgia. As voluntárias se submeterão a quatro meses de atividade física três vezes por semana e responderão a um questionário que avaliará a dor subjetiva.

As interessadas devem ter entre 45 e 60 anos, com pelo menos um ano na pós menopausa, serem portadoras de fibromialgia e sedentárias. Não serão aceitas mulheres que fazem uso de terapia hormonal, antidepressivos, antiinflamatórios, diabéticas, hipertensas e com insuficiência renal.

A triagem das voluntárias será feita no ambulatório do Climatério Rua Embaú, 66 – Vila Clementino nas quartas-feiras das 14h00 às 17h00 e nas quintas-feiras das 8hs às 11h00. Informações pelos telefones: 3341-3608 / 9734-9126 / 6692-9598 com Nelma Menezes. Serão selecionadas 60 mulheres e o prazo de inscrição se estende até o preenchimento das vagas.

Sobre a Unifesp


Criada oficialmente em 1994, a Unifesp originou-se da Escola Paulista de Medicina (EPM), entidade privada fundada em 1933 que foi federalizada em 1956. Em 1940, a EPM inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp, localizado no campus São Paulo, no bairro Vila Clementino.

Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Biomedicina, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão por meio do Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni), coordenado pelo Ministério da Educação (MEC), com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006, foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação. O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema). O campus Osasco, com início das aulas previsto para o primeiro semestre de 2011, será voltado para a área de Negócios. No Vestibular 2011, a instituição oferece 2.669 vagas em 33 cursos de Graduação.

Atualmente, a Unifesp conta com 6.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 2,7 mil discentes em 50 programas de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado Acadêmico e Mestrado Profissionalizante) e 6.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento,). Além disso, a instituição conta com 800 discentes no maior programa de residência médica do Brasil.

A Unifesp tem em seu quadro 1.163 docentes, sendo que 95% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição.

No segundo semestre de 2010, tiveram início as atividades do campus avançado de Extensão Universitária da Unifesp, o primeiro deste tipo no Brasil, implantado no município de Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo. O campus avançado de extensão universitária da região de Santo Amaro, na capital paulista, também inicia suas atividades no começo de 2011.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011

A Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) relativa ao ano calendário 2010 deve ser entregue entre os dias 1º de março e 29 de abril de 2011. A advogada Rafaela Lirôa dos Passos, do escritório Innocenti Advogados Associados, informa que devem, obrigatoriamente, fazer a declaração aqueles que tenham recebido rendimentos superiores a R$ 22.487,25 em 2010. Abaixo dessa quantia, deve-se preencher a declaração de isento, cujo limite de rendimento mensal não tenha excedido R$ 1.499,15. Aqueles que não entregarem a declaração dentro do prazo estarão sujeitos à multa mínima de R$ 165,74.

Rafaela Lirôa destaca que o declarante pode optar por enviar sua declaração IRPF/2010 por meio do formulário simplificado ou completo, avaliando qual a melhor opção para seu caso. “Na declaração simplificada, o contribuinte pode deduzir 20% do montante dos valores tributáveis recebidos de Pessoa Física e Jurídica, não podendo ultrapassar, entretanto, o limite anual de R$ 13.317,09”, ressalta.

De acordo com a advogada, se o total das deduções exceder esse limite, a melhor opção é fazer a declaração completa, aconselhável ao contribuinte que tenha despesas consideráveis para dedução. “Esta declaração mais detalhada permite que sejam deduzidos gastos com educação, planos de saúde, pensão alimentícia fixada judicialmente, despesas com dependentes, doações e até contribuições realizadas à Previdência oficial e privada, observados os limites de dedução previstos para cada modalidade, salvo os gastos com despesas médicas, Previdência Oficial e pensão alimentícia, que podem ser deduzidos em sua totalidade”, explica.

Novas regras

A advogada ressalta que pela primeira vez, a declaração do IRPF somente poderá ser enviada pela internet, através do programa a ser disponibilizado no site da Receita Federal, o Receitanet. “Não será mais aceita a declaração via formulário em papel. Caso não consiga transmitir pela internet, o contribuinte poderá optar por entregar a declaração em disquete, nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, respeitado o horário de atendimento das agências”..

Rafaela Lirôa também chama atenção para as novas regras estabelecidas. Por meio de Instrução Normativa n.º 1.127/2010, publicada no Diário Oficial da União em 08/02/2011, a Receita Federal decidiu reduzir a carga tributária sobre os rendimentos recebidos pelo contribuinte acumuladamente, denominados RRA.

“Pela regra anterior, o contribuinte tinha que reter o imposto de acordo com os valores previstos na Tabela Progressiva de IRPF. Na grande maioria das vezes, a verba atingia a alíquota máxima de tributação, de 27,5%. Com a nova orientação, o contribuinte pode ser beneficiado pela redução da alíquota para os RRA recebidos, decorrentes de aposentadoria, pensão, transferência para reserva remunerada ou reforma, pagos pela Previdência Social da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, e, também, de rendimentos provenientes do trabalho. Nesses casos o imposto será calculado sobre o montante dos rendimentos pagos”, esclarece a advogada.

Os valores recebidos a partir de 28 de julho de 2010 a título de RRA, relativos aos anos-calendários anteriores ao do recebimento, serão tributados exclusivamente na fonte, no mês do recebimento ou crédito, em separado dos demais rendimentos recebidos no mês. E deverão ser informados na Declaração de IRPF, no campo “rendimentos recebidos acumuladamente”, observa a advogada.

O procedimento será o mesmo quanto aos rendimentos decorrentes de decisões das Justiças do Trabalho, Federal, Estaduais e do Distrito Federal, abrangendo também o 13º salário e qualquer acréscimo e juros deles decorrentes.

“O imposto será retido e calculado sobre o montante dos rendimentos pagos, mediante a utilização de tabela progressiva resultante da multiplicação da quantidade de meses (NM) a que se referem os rendimentos recebidos de forma acumulada, pelos valores constantes da tabela progressiva mensal correspondente ao mês final do recebimento do crédito”, explica.

A advogada ressalta que, com relação aos RRA recebido entre 1º de janeiro e 27 de julho de 2010, também poderão ser tributados exclusivamente na fonte, contudo, desde que haja o respectivo ajuste na apuração do imposto relativo àqueles rendimentos na Declaração de Ajuste Anual referente ao ano calendário de 2010. Nesse caso, o imposto resultante da apuração será adicionado ao imposto apurado na declaração, sujeitando-se aos mesmos prazos de pagamentos e condições deste.

Veja abaixo a composição da Tabela Acumulada para o ano calendário de 2011:
A nova orientação da Receita certamente beneficiará milhares de contribuintes, que, poderão, inclusive, discutir eventual possibilidade de restituição de parte das verbas tributadas sobre rendimentos recebidos acumuladamente, nas esferas administrativa e judicial, respeitada a prescrição no que couber.

O COLORIDO MUNDO DO PATCHWORK


Os retalhos que não saem de moda. Assim podemos definir a técnica de patchwork que sairam do mundo têxtil para invadir móveis, objetos de decoração, azulejos, entre outros.
O trabalho é 100% manual e feito com a junção de diferentes estampas, padronagens e cores, costurados de forma intercalada, sem seguir uma regra.

PAVÃO REVESTIMENTOS - Os azulejos decorados da Pavão Revestimentos usam técnicas de patchwork na junção de cores e estampas que compõem o kit. Assinado pela designer gráfico e empresária Carina Canavesi, o kit color é encontrado em diversas cores, grafismo, florais e geometrias. Uma infinidade de desenhos disponíveis em caixas de um metro quadrado aplicado.
Preço sob consulta.

DECAMERON - Com tecidos cortados de forma irregular, a poltrona foi criada pelo designer Marcus Ferreira com exclusividade para a Dpot. Segue a nova fase de desenvolvimento de produtos que o designer imprimiu nas coleções da sua própria marca, a Decameron.
Preço sob consulta.

CARBONO - As formas, cores e estampas diversas em nada atrapalham a harmonia desconstrutiva do sofá 104, também disponível nas versões banco, chaise e poltrona. Com design assinado pelo designer gráfico, cenógrafo e artista plástico Mutza, a C104 reúne inspiração proveniente da moda, arquitetura e música. As cores e estampas refletem as tendências da moda e até mesmo dos azulejos. As almofadas do encosto apresentam diferentes inclinações, umas maiores do que as outras e em alturas diferentes.
Preço sob consulta.



MOSARTE - referência nacional em revestimentos especiais, porcelanato diferenciado e pioneira na fabricação de mosaicos no Brasil - entrou na onda da consciência ecologicamente correta e traz duas novas coleções de revestimentos reaproveitados. As linhas Pietra Ônix e Street Beige oferecem um verdadeiro patchwork de mármore com ônix e concreto, respectivamente. As duas novidades são muito bem aplicadas tanto em áreas internas como externas.
Preço sob consulta.

BY KAMY – Francesca Alzati, designer de tapetes e sócio-proprietária da By Kamy, desde 2005 desenvolve tapetes elaborados em patchwork e assina uma linha que reaproveita peças de tapetes desgastados do mundo inteiro. Feitos em placas de kilim de 0,50cm X 0,50cm antigos e novos (Bessarabian, Khaskai, Anatolia, Ghazvin), fragmentos de tapetes iranianos que são costurados a mão no Brasil. O guarda–sol indiano tem design marcante, um colorido único, festivo e alegre. Cada um possui combinações de cores diferentes, que brilham intensamente por si só. Feito à mão, sua beleza particular é tal como a de seu país de origem, a Índia.

Preço sob consulta.

TEC DEC - A junção de jacquard, seda, algodão com estampas modernas e sofisticadas resultam nas belíssimas almofadas em patchwork de tecidos exclusivos da Tecdec.
Preço sob consulta.


*Daniella Gibertoni

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A COMPETÊNCIA ESSENCIAL QUE TODA ORGANIZAÇÃO DEVE TER

“O conceito de Valor Compartilhado – cujo foco é a relação entre o progresso social e o econômico – tem o poder de deflagrar a primeira onda de crescimento mundial”

Há uma nova competência que toda organização pública ou privada deve ter, principalmente as de grande porte. Essa nova competência está brilhantemente descrita na Harvard Business Review BRASIL (1). “Os autores, Michael E. Porter, professor da Harvard Business School, e seu colega Mark R. Kramer, consultor especializado em impacto social, abordam um tema bem distinto: repensar a natureza da empresa. Segunda a dupla, os novos desafios do planeta exigem que a empresa busque o “Valor Compartilhado” – ou seja, que inove e gere valor econômico de uma maneira que também atenda aos anseios da sociedade (com o enfrentamento de suas necessidades e desafios). É preciso reconectar o sucesso da empresa ao progresso social. Valor Compartilhado não é responsabilidade social, filantropia ou mesmo sustentabilidade, mas uma nova forma de obter sucesso econômico. Para que o valor compartilhado se materialize, líderes e gerentes terão de adquirir novas habilidades e conhecimentos. Já o poder público precisa aprender a regular de modo a fomentar - e não obstruir – o valor compartilhado”.
Portanto, se a organização definir o Valor Compartilhado como uma das suas competências essenciais, ela, certamente, terá um valor que será percebido pelo cliente ou usuário de seus produtos e serviços, terá também a competência para diferenciar a organização de seus competidores e para adquirir a capacidade de expansão.

Ao falarmos sobre competências essenciais, e bom lembrar a questão do foco, como nos ensina Hamel e Prahalad, no livro - Competindo pelo Futuro. “Em termos práticos, se, durante o processo de definição das competências, uma equipe de gerentes identifica quarenta, cinquenta ou mais “competências”, provavelmente está descrevendo habilidades e tecnologias, e não as competências essenciais da organização. Por outro lado, se listar apenas uma ou duas competências, provavelmente está usando um nível de agregação demasiadamente amplo para gerar insights significativos. Normalmente o nível de agregação mais útil resulta em cinco a quinze competências essenciais.” ...

Estamos convencidos de que, entre as cinco ou quinze competências essenciais, deverá estar o Valor Compartilhado. E, logicamente, para implementarem as competências essenciais, os líderes, gestores e profissionais das organizações precisam eliminar seus gap’s de competências, conforme preconiza a Norma ISO 10015.

1. Excertos de Harvard Business Review BRASIL – Janeiro de 2011 pág. 18 e 19.

Saiba mais: Para conhecer melhor a Norma ISO 10015, acesse o site: http://www.tgtreinamento.com.br/  e o Blog: Quase tudo sobre a ISO 10015

Brinde:

Receba gratuitamente um Reprint do artigo “Criação do Valor Compartilhado”.Envie seu pedido para guimaraes@tgtreinamento.com.br mencionando seu nome, endereço postal, e.mail e telefone. Oferta válida até 15/02/2011. Após essa data, os interessados podem solicitar informações sobre como adquirir o Reprint R1101B-P

ESCUTE A ENTREVISTA DO PROFESSOR SEBASTIÃO GUIMARÃES AO PROGRAMA LINHA DE FRENTE NA RÁDIO RH - http://www.radiorh.com.br/podcasts.php?id_entrev=310

CURSO:

Objetivos:

• Dar, ao profissional de RH e T&D, diretrizes para implementar programas de treinamento que atendam as necessidades da organização.

• Os participantes terão, também, a oportunidade de conhecer processos para avaliar resultados e o retorno do investimento em treinamento.

Diretrizes para treinamento

• DNT - Definição das Necessidades de Treinamento • Projeto e planejamento do treinamento • Execução do treinamento • Monitoração e melhoria do processo de treinamento

Avaliação dos resultados de treinamento

• Avaliação de Reação • Avaliação de Aprendizagem • Avaliação de mudança de comportamento • Avaliação de Resultados Qualitativos e Quantitativos

Avaliação do retorno do investimento em treinamento

• Indicadores para avaliar resultados • ROI – Retorno do investimento.

O RH Estratégico e a norma ISO 10015

• A ISO 10015 como auxiliar das normas de Gestão • Processo de implementação da norma ISO 10015

Recursos Instrucionais: Norma NBR ISO 10015 apostila, textos para estudo dirigido, modelos de avaliações e slides. Os participantes receberão, também, o livro: “Em Busca da Eficácia em Treinamento” – de autoria dos facilitadores do workshop.


Publico Alvo:

Diretores e Gerentes de RH, Analistas de Treinamento, Consultores internos, Tecnólogos de RH, Instrutores, Facilitadores e Profissionais que atuam na área de Gestão da Qualidade. Destina-se, também, aos Empresários, Diretores, Gestores, Consultores, Auditores, Professores Universitários e demais interessados na obtenção de resultados mensuráveis na Gestão de Pessoas.


CARGA HORÁRIA E TIPO DE EVENTO:

Palestra: 4h - Workshop: 8, 12 ou 16h, conforme necessidade e interesse da organização solicitante.

INVESTIMENTO:

Para workshop in company de 16h (dois dias), condições especiais, para turma de 6 até 15 participantes.

Solicite proposta: treinamento@tgtreinamento.com.br - http://www.tgtreinamento.com.br/

Fones:

(11) 9891.6266 / 7565.8025 / 2296-6038

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Alunos com deficiência passam a ter apoio de Auxiliares de Vida Escolar

Em 2011, os alunos com necessidades educacionais especiais matriculados na Rede Municipal de Ensino de São Paulo que não têm autonomia para alimentar-se, fazer a própria higiene e locomover-se em decorrência de deficiência física ou autismo contarão com um importante apoio na vida escolar. Esses estudantes passarão a ter o acompanhamento de Auxiliares de Vida Escolar (AVEs) durante o período de permanência na escola. O trabalho já começa na volta às aulas, dia 7 de fevereiro.

As boas-vindas a esses profissionais foi dada em evento promovido pela secretaria no Sesc Vila Mariana, na terça-feira, 1º. O encontro reuniu profissionais da Divisão de Orientação Técnica - Educação Especial, profissionais da Saúde, mais de 400 diretores de escola, representantes dos 13 Centros de Formação e Acompanhamento à Inclusão (Cefai) e supervisores escolares que atuam nas 13 Diretorias Regionais de Educação.

Neste mês, a rede receberá 409 Auxiliares de Vida Escolar, que trabalharão em 385 escolas e atenderão mais de 600 alunos. Cada AVE poderá atender até quatro estudantes, variando de acordo com o grau de dependência de cada aluno. Segundo o secretário municipal de Educação, esse número chegará a 500 profissionais ainda este ano e será ampliado de acordo com a necessidades das escolas. "Além de atenderem os alunos, os AVEs também serão irradiadores da causa da inclusão em suas comunidades, o que é muito importante. Parabenizo todos que escolheram a função, que optaram por caminhar conosco neste trabalho".

Os AVEs são pessoas da comunidade onde as unidades estão inseridas que se inscreveram para a função, receberam formação de profissionais da Unifesp e agora integram o Rede, um dos sete projetos que compõem o maior e mais completo programa de inclusão nas escolas - o Inclui -, lançado em setembro de 2010. Esse é mais um passo da Secretaria Municipal de Educação para que a cidade de São Paulo tenha escolas cada vez mais adaptadas e acolhedoras, possibilitando que os alunos participem de forma plena de todas as atividades escolares. Os auxiliares, formados de acordo com o que os alunos e as escolas precisam, passarão por capacitação a cada dois meses. Quinzenalmente, o trabalho será supervisionado por fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que integram a equipe multidisciplinar do Rede.



O Programa Inclui

Transformar a escola em um lugar onde todas as crianças possam aprender juntas é o principal objetivo da Secretaria Municipal de Educação. Pensando nisso, em 2009 uma Comissão Intersetorial foi criada para avaliar como a inclusão vinha sendo feita nas escolas municipais e o resultado foi a criação do programa, que chegou para melhorar e ampliar o que já era feito. Hoje, mais de 14 mil crianças, adolescentes, jovens e adultos com algum tipo de necessidade educacional especial são atendidos em escolas municipais.

Para garantir bom atendimento, cerca de 25 mil educadores passaram por formação nos últimos cinco anos, sendo que 400 freqüentaram cursos de pós-graduação. Em 2011, serão 5 mil vagas de formação para os profissionais da Educação. Outro suporte em sala de aula são os mil estagiários de Pedagogia que apóiam os professores em turmas que têm um ou mais alunos com necessidades educacionais especiais. Esse número chegará a 1,3 mil neste ano. E, para dar tranqüilidade às famílias e conforto aos alunos, o Transporte Escolar Gratuito Acessível (TEG Acessível) é ampliado constantemente e chegará a uma frota de 170 veículos em 2012.



Superando metas

O apoio pedagógico especializado também vem sendo ampliado. "A previsão para 2011 era que o número de Salas de Apoio e Acompanhamento à Inclusão (SAAIs) - que eram 221 em setembro - chegasse a 314 espaços até o fim do ano, mas esse número já foi alcançado em janeiro e a meta agora são 400 salas", informa o secretário. Para garantir escolas acessíveis, a secretaria já vem construindo unidades que atendam aos parâmetros de acessibilidade. Entre as escolas mais antigas, a prioridade de reforma é para aquelas que têm ou terão SAAI.

Além de material próprio para alunos com deficiência, garantindo seu acesso ao currículo escolar, as unidades da rede ganharam mobiliário adaptado. Outra grande novidade do Programa Inclui é desenvolvida em parceria com a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). Uma equipe com 48 profissionais, formada por fisiatras, psiquiatras infantis, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, dentre outros especialistas, avalia e acompanha os alunos e, juntamente com os Centros de Formação e Acompanhamento à Inclusão (Cefais), apóia as famílias e as equipes escolares.

* Charles Roberto

Itaquera tem novo subprefeito


Foi nomeado em 3/2, o novo subprefeito de Itaquera, Paulo Cesar Máximo. Coronel da reserva, ex-corregedor da GCM - Guarda Civil Metropolitana e ex-chefe de gabinete da Subprefeitura de São Miguel, Máximo, vem substituir Roberto Kazushi Tamura, que irá para Superintendência do Serviço Funerário. O chefe de gabinete também mudou, saindo Francisco Wanderlei Rohrer e entrando Wanderlei Bendasoli de Arruda.

Uma solenidade no anfiteatro da Subprefeitura, com a presença dos servidores da Sub e do vereador Paulo Frange, marcou a posse do novo subprefeito. Na sua despedida, Roberto Tamura, agradeceu ao prefeito Kassab pela oportunidade de comandar a Sub Itaquera e falou da nova sede da Subprefeitura.

"Se não fosse o prefeito Kassab não teria a oportunidade de conhecer Itaquera e as pessoas daqui, que são muito acolhedoras. A estrutura fragmentada da antiga sede da Subprefeitura dificultava o trabalho. Com a nova sede, com todos os departamentos juntos, há uma interação maior entre os servidores, refletindo na melhora dos serviços prestados aos munícipes", disse o ex-subprefeito.

Já o subprefeito Paulo Máximo, se mostrou consciente do desafio que terá que enfrentar e enalteceu o trabalho dos servidores. "Tenho a noção do grande desafio que terei pela frente. O futuro da Zona Leste está aqui em Itaquera. A minha experiência na outra subprefeitura me mostrou que se consegue atingir mais rápido os objetivos, trabalhando em equipe e já me informei sobre a equipe aqui de Itaquera e sei que é muito boa. Isso aumenta minha confiança de que atingiremos nossas metas e objetivos", disse.

* Alice Cardoso

Guarda Civil Metropolitana recebe 60 pistolas 380 e certifica inspetores

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo recebeu na última segunda-feira, das mãos do secretário de Segurança Urbana de São Paulo, as primeiras armas de um lote de 60 pistolas semi-automáticas, calibre 380, que serão usadas pelos inspetores que ocupam cargos de comando e chefia na corporação. Na cerimônia de entrega das armas, que ocorreu no Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), Belenzinho, foram entregues também os certificados de conclusão do curso de treinamento para habilitar ao uso desses armamentos.

Método Giraldi

A GCM foi capacitada no uso dessas pistolas adotando o Método Giraldi, reconhecido pela Organização das Nações Unidas e pela Cruz Vermelha Internacional como método de preservação da vida e da garantia dos Direitos Humanos, na atuação policial armada. Os guardas habilitados passaram por treinamento no Centro de Treinamento de Tiro do CFSU, que foi adaptado para a instrução do Método Giraldi, com carga horária de 100 horas/aula. No estande, além dos alvos convencionais, foram usados alvos móveis e alvos referentes à metodologia Giraldi. Cada aluno fez 144 disparos, número 200% superior ao previsto na legislação federal. O objetivo foi a análise e estratégia para o uso da arma e do tiro em proteção da vida, em que o disparo da arma é sempre a última de todas as possibilidades, que devem privilegiar o diálogo e o uso de armas não-letais.

Para o coordenador-geral do CFSU, Flávio Domingos Rosa, "as aulas tiveram como objetivo proporcionar noções relativas ao manuseio da pistola, o conhecimento técnico e físico no uso dos equipamentos semi-automáticos, a padronização da conduta e a postura na prestação de um serviço cada vez mais qualitativo e seguro à população. É um avanço técnico, operacional e estratégico para uma corporação capaz e moderna, que se qualifica neste novo manuseio".

Os três primeiros classificados foram o comandante em exercício da GCM, Francisco Maurício Marino, e os inspetores chefes regionais Roberto Molinari e Francisco Carlos Rocha Uchoa, que receberam simbolicamente suas pistolas. "A aquisição dessas armas e a habilitação para os inspetores representam a valorização e o reconhecimento do nosso trabalho, além de uma conquista da corporação", destaca o comandante em exercício e primeiro colocado no curso.

Para o secretário, o investimento em equipamentos modernos e a capacitação e valorização da corporação são a estratégia utilizada para o serviço cada vez mais eficiente e para demonstrar o empenho da administração municipal, propiciando uma corporação cada vez mais preparada para atuar nos programas de competência da GCM e de interesse da comunidade. Na oportunidade, o secretário solicitou ao comando da GCM a previsão no Plano de Metas para planejar a aquisição de novos lotes desse armamento para outros integrantes da GCM.

PRECISA-SE DE PROMOTORES - 1/2 PERÍODO

O Cursos 24 Horas é uma empresa que vende cursos 100% pela internet. Para que os cursos sejam vendidos, precisamos de pessoas interessadas em aprender, ou mais claramente, Clientes.
Você provavelmente possui amigos, colegas, parentes, entre outras pessoas que se interessariam em fazer os nossos cursos, porém ainda não conhecem nosso site.

E como isso vira dinheiro?

É bem simples: Você indica nossos cursos para seus amigos, colegas, parentes, etc. Cada vez que um dos seus indicados decidir fazer algum curso, você recebe uma comissão. Nada mais justo, afinal, você indicou a pessoa para nós.

Como vocês fazem para saber que eu indiquei?

Nós temos um rigoroso sistema de controle. Você fará um cadastro e receberá um endereço exclusivo do tipo: www.cursos24horas.com.br?id=seulogin.
Quando o sistema detecta que alguém entrou com este endereço é feita a associação da pessoa ao seu cadastro como promotor. Desta forma, quando a pessoa fizer o cadastro em algum curso será registrado automaticamente como seu indicado.

Qual é a minha comissão?

A comissão varia de acordo com o preço do curso que ele fizer. A tabela abaixo mostra mais detalhes:

Preço do curso / Sua comissão
R$ 20 /  R$ 3
R$ 25 /  R$ 4
R$ 30 /  R$ 5
R$ 35 /  R$ 6
R$ 40 /  R$ 7
R$ 45 /  R$ 8
R$ 50 /  R$ 9


Ainda com Dúvidas?






 



Cursos Online é Cursos 24 Horas




MICROEMPREENDEDORES PROCURAM CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

O Site Cursos24horas está atraindo cada vez mais os profissionais liberais em busca de novos conhecimentos.
Microempreendedores individuais que estão formalizando suas empresas, possuem a necessidade de desenvolverem conhecimentos nas áreas administrativas, marketing, informática, recursos humanos, entre outras, uma vez que não dispôem de verba suficiente para a contratação de profissionais.
Enquanto pequeno empreendedor, se faz necessário o conhecimento de tudo um pouco para se alavancar os negócios e adquirir novas competências.
O SEBRAE disponibiliza vários cursos gratuitos para os novos empresários e o site Cursos24horas possui também diversos cursos rápidos e pela internet com preços atrativos.


GANHE DINHEIRO COM O SEU SITE!

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Alckmin entrega 4,5 milhões de kits escolares

 
Kit é composto por caderno, caneta, lápis, lápis de cor, apontador, borracha, régua e mochila

O governador Geraldo Alckmin e o secretário da Educação, Herman Voorwald, participaram nesta quarta-feira, 2, do evento de entrega simbólica dos 4,5 milhões de kits escolares aos alunos da rede estadual de ensino. Foram investidos R$ 117 milhões na aquisição de materiais de uso pessoal diário e mochilas.

O kit escolar é composto por caderno, caneta, lápis, lápis de cor, apontador, borracha, régua e mochila. Cada kit custou R$ 16,82 ao governo. Para comprar o mesmo conjunto de materiais, os pais teriam um gasto individual de R$ 115. Desde 2007, o governo investiu R$ 444,8 milhões no programa, que já distribuiu mais de 24 milhões de kits e mais de 14 milhões de mochilas.

"Nós estamos entregando para 4,5 milhões de alunos, uma população do tamanho do Uruguai. Cinco mil e duzentas escolas no estado de São Paulo. É uma boa economia para os pais e ao mesmo tempo é importante para os alunos ter o seu material escolar. O caderno novo tem uma motivação, como é gostoso a gente começar um caderno novo", disse Alckmin no evento.

Neste ano serão encaminhados três kits diferentes às escolas, de acordo com o ciclo em que o aluno está matriculado: 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental (Ciclo I); 6º a 9º série do Ensino Fundamental (Ciclo II); 1º ao 3º ano do Ensino Médio, incluindo estudantes matriculados nos programas de Educação de Jovens e Adultos (EJA), Educação Indígena e Educação Especial. Os materiais ficarão armazenados nas unidades até o início do ano letivo, quando serão repassados aos estudantes da rede.

"Priorizar a Educação envolve muitas ações e, entre elas, está a distribuição de material escolar de qualidade para os alunos da rede", disse o secretário Herman Voorwald.

São Paulo Faz Escola e Trato na Escola

Voltado aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, o programa São Paulo Faz Escola é responsável pela produção do Caderno do Professor e do Aluno, material didático distribuído pela Secretaria às escolas da rede.

Pelo Trato na Escola, no início do ano, todas as escolas da rede estadual de ensino receberam verba do governo do Estado para preparar as unidades para a volta às aulas. O investimento de R$ 127,3 milhões possibilitou que os estudantes comecem o ano letivo em ambientes organizados, limpos e revitalizados.

As obras do programa envolvem desde a pintura dos prédios, projetos paisagísticos e pequenos reparos até a higienização das unidades. Cada escola, de acordo com seu tamanho, ganhou kits de pintura compostos por tinta esmalte para ferros, alambrados e barrados; tinta acrílica para alvenaria, piso de quadra e quadro negro; tinta para azulejo; massa corrida e aguarrás.

O investimento nos kits chegou a R$ 33,5 milhões para atender 4.069 escolas. Também foram instalados 86.783 ventiladores em 4.699 unidades de ensino e cortinas nas salas de aula para diminuir a claridade excessiva dos ambientes de 2.008 escolas. Juntas, as ações tiveram custo de R$ 52,5 milhões.

O governo ainda repassou em dezembro de 2010 o valor de R$ 7.900 a cada uma das Associações de Pais e Mestres (APMs), que ficaram encarregadas de contratar serviços de pintura interna, externa, de quadra e de lousa, podendo também adquirir materiais adicionais necessários para realização das obras. O repasse total chegou a R$ 41,3 milhões em todas as 5.217 escolas do Estado.

Mais professores na rede

O Estado de São Paulo terá mais 9.304 mil novos professores efetivos na rede em 2011. O governador Geraldo Alckmin nomeou os candidatos aprovados na prova de aptidão que integra o concurso público destinado ao provimento de cargos efetivos para professor do Ensino Fundamental Ciclo II, Ensino Médio e Educação Especial da rede pública estadual.

Casa do Sorvete Jundiá em SP - Vila Formosa - Zona Leste‏

Em plena fase de expansão, a Casa do Sorvete Jundiá inaugura loja na Vila Formosa, levando sabor e originalidade aos moradores do bairro e zona Leste da Capital

Agora os moradores da Vila Formosa e região já podem contar com deliciosa alternativa de alimentação e lazer. Uma nova loja da Casa do Sorvete Jundiá será inaugurada no dia 5 de fevereiro. Sucesso no setor de franquias, a Casa do Sorvete Jundiá é um ambiente indicado para toda a família, que reúne um mix de sorveteria cafeteria e bomboniere. Com cardápio recheado de receitas originais, bufê com sorvetes de massa variados e toda a linha de picolés e cones da Jundiá, a Casa do Sorvete Jundiá é ainda o local ideal para apreciar um bom cafezinho, fazer um lanche rápido ou degustar uma deliciosa sobremesa. A Casa do Sorvete Jundiá foi projetada para ser um espaço aconchegante, que atende diferentes necessidades. E tudo isto, é claro, com a qualidade da marca Jundiá.

Negócio de sucesso

Fenômeno em ascensão no mercado brasileiro de sorvetes, a Sorvetes Jundiá, vive fase de forte expansão. A franquia da Casa do Sorvete Jundiá surgiu a partir da história bem sucedida das lojas próprias da empresa, especialmente no interior de São Paulo. Assim, em 2009, o modelo de negócios da Casa do Sorvete Jundiá foi formalizado e lançado como franquia. A novidade tem atraído a atenção de investidores. O sucesso da rede é o resultado de um trabalho estruturado que oferece ao franqueado total apoio da franqueadora


SERVIÇO

Casa do Sorvete Jundiá – Vila Formosa

Av. Renata, nº. 75.

Inauguração: 12/02, a partir da 10h.

Sobre a Sorvetes Jundiá

A Sorvetes Jundiá começou a produção de sorvetes artesanais há mais de 30 anos, na cidade paulista de Jundiaí. Graças à qualidade do produto, sua presença no mercado não parou de crescer, e hoje a empresa é líder de mercado no Interior a 2ª mais lembrada no estado de de São Paulo, e a 3ª mais popular entre os potes de 2 litros em todo o Brasil. Hoje, a fabricação da Sorvetes Jundiá se concentra no município de Itupeva, a 70 quilômetros da capital paulista. Dali, a fábrica de delícias distribui seus produtos para todo o interior e litoral paulista, além de uma série de outros estados onde a marca tem estabelecido bases bem sólidas, como Rio de Janeiro e Minas Gerais. Com mais de 80 sabores distribuídos em aproximadamente 10 linhas, a marca está presente em mais de 18.000 pontos de venda.

São Paulo ganha a primeira representante com deficiência no Congresso Nacional

Mara Gabrilli, primeira deputada tetraplégica do Brasil, tomou posse nesta manhã de terça-feira. A partir de hoje a cadeirante e mais dois deputados com deficiência passarão a utilizar as adaptações feitas na Casa



Na manhã de 1 DE FEVEREIRO, Mara Gabrilli (PSDB) completou o quadro dos 513 deputados federais que cumprirão o mandato de 2011-2015. A tucana, eleita com 160.138 votos, é uma das 45 mulheres a compor o quadro feminino da Câmara Federal. Além dela, Rosinha da Adefal (PTdoB-AL) e Walter Costa (PMN-MG) são os outros dois deputados cadeirantes eleitos em outubro do ano passado.

Esta não é a primeira vez que Mara Gabrilli estréia em um espaço político. Em 2005, a tucana foi a primeira Secretária da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida do Brasil, pasta inédita criada por José Serra e hoje ampliada para outras cidades do País. Na disputa ao congresso nacional a cadeirante também foi uma das mais votadas – ficou em segundo lugar entre as candidatas do Estado de São Paulo.
Antes mesmo de assumir o mandato como deputada, Mara já vinha lutando por mudanças na Câmara Federal. Desde sua eleição, a tucana vem cobrando da Casa o cumprimento das obras de acessibilidade, como por exemplo, a da reforma na tribuna – púlpito em que os representantes discursam no plenário. Dentre as adaptações a serem feitas, uma plataforma elevatória levará os deputados cadeirantes por cima dos cinco degraus que dão acesso ao local.

“Acredito que a minha cadeira em Brasília vai despertar muitas pessoas com deficiência a buscar por seus direitos, além de trazer mais representantes nossos para a política. Além de criar acessos, vamos gerar oportunidades”, diz Mara, que utilizará nas votações da Casa um sistema que reconhece o movimento facial.

A reforma na Câmara Federal também prevê a adaptação na mesa diretora, local onde sentam o presidente e os demais dirigentes da Casa durante as sessões. Segundo Mara, essas obras serão realizadas em julho, período de recesso parlamentar do meio do ano.

Dedicada a levar suas leis e projetos para âmbito nacional, a cadeirante diz estar confiante e preparada para enfrentar os obstáculos na Câmara Federal. Ela aposta em suas propostas nas áreas da saúde e educação para ampliar sua política de inclusão em todo o Brasil.

Segundo o último Censo, só no Estado de São Paulo existem 4 milhões de pessoas com deficiência. Contudo, a representatividade do grupo na política ainda é baixa. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Mara Gabrilli apontou que apenas 1,3% do parlamento municipal paulista é composto por políticos com deficiência - destes apenas 7 são mulheres.

“Em São Paulo tive de brigar para que não só eu, mas todos os munícipes com deficiência pudessem transitar pelo Palácio Anchieta com respeito. Agora mudamos de Casa, mas a luta continua”, afirma.

Oficina discute com catadores a Política Nacional de Resíduos Sólidos‏

O presidente do MNCR, Alberto Rocha,
participa da oficina de trabalho para inclusão
 social de catadores
Foto: Ana Nascimento / MDS
"Hoje, com esse conjunto de políticas, com apoio do Governo Federal, estão começando a enxergar o trabalho dos catadores de outra forma, como uma profissão de verdade." A declaração de Roberto Rocha – representante do Movimento Nacional dos Catadores – traduz a satisfação de muitos brasileiros ao ver a mobilização do poder público para a efetiva implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Instituída pela Lei 12.305, de 2 de agosto de 2010, a política reúne princípios, objetivos, instrumentos, diretrizes, metas e ações a serem adotados pela União, isoladamente, ou em parceria com Estados, o Distrito Federal, municípios e particulares, visando à gestão integrada e ao gerenciamento ambientalmente adequado do lixo.

Além de Roberto Rocha, 26 líderes estaduais participaram da oficina de capacitação promovida nesta semana, entre os dias 1º e 4, pelo Comitê Interministerial de Inclusão Social e Econômica dos Catadores de Materiais Recicláveis (Ciisc). "Essa é uma oficina de capacitação das lideranças e, ao longo desses dias, elas estão recebendo informações sobre os instrumentos legais e sobre suas responsabilidades", disse o palestrante Silvano Silvério, secretário de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente.

Presidente da Cooperativa de Catadores
de Gramacho, Sebastião Rocha, participa de
oficina de inclusão social de catadores
Foto: Ana Nascimento/MDS

Durante a apresentação de Silvério, os participantes faziam questionamentos e comentavam a experiência em suas comunidades. Tinham reinvidicações, mas também expressavam a esperança de mudar de vida. "Espero que os catadores não vivam mais nessa forma de exclusão dentro dos lixões, que possam estar dentro de cooperativas, de associações, com galpões, estrutura, equipamentos. E que os catadores que estão na rua possam se organizar", comemorava Roberto Rocha.

Inclusão – Jaira Puppim – coordenadora do Ciisc e das atividades da oficina – lembrou que, com a promulgação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, o poder público incentivará as atividades de cooperativas e associações de catadores e entidades de reciclagem, por meio de linhas de financiamento. Outro avanço dessa política é que as embalagens de produtos fabricados em território nacional passam a ser confeccionadas com materi ais que propiciem sua reutilização ou reciclagem, para viabilizar ainda mais os profissionais de coleta seletiva e reciclagem.

O MDS apresenta diversas ações direcionadas à consolidação da Política Nacional de Resíduos Sólidos, inclusive integrando o Ciisc. Entre suas atribuições, está a identificação das necessidades e o desenvolvimento de ações que promovam a emancipação social e financeira dos catadores. A secretaria executiva é o braço administrativo do comitê e fisicamente se localiza na Secretaria de Articulação para Inclusão Produtiva do MDS. O comitê monitora os investimentos federais para catadores e o MDS e investe na capacitação de lideranças de catadores.

Comportamento – Os palestrantes defenderam o papel da sociedade na consolidação da PNRS. "Essa lei traz uma grande mudança de comportamento. Agora, a participação da população é fundamental. É ela quem deve dispor de maneira adequada e correta os produtos quando for descartá-los, para virarem resíduos. O que para a sociedade é lixo, para os catadores é insumo, tem valor econômico. Precisamos trabalhar para que isso se reverta em melhoria de qualidade ambiental e de vida para as pessoas", declarou Sérgio Gonçalves, diretor de Ambiente Urbano do MMA.

"Reciclar garante a renda dos catadores, mas também é importante para o meio ambiente. Na Europa, as cooperativas sociais nascem com um contrato com o poder público e com financiamento. No Brasil, finalmente, a gente pode dizer que é possível uma organização social ter contrato com o poder público, ser remunerada pelas toneladas de resíduos que recicla e receber apoio governamental", comemora Jaira Puppim.

A oficina prossegue até sexta-feira (4).

Serviço

Oficina de trabalho do Comitê Interministerial de Inclusão Social de Catadores de materias Recicláveis (Ciisc). Capacitação de catadores.

Data: 1º a 4 de fevereiro de 2011 (terça a sexta-feira)
Local: Auditório do Bloco A da Esplanada dos Ministérios, Brasília – DF

Arrecadações para vítimas das chuvas superam expectativas

As doações foram encaminhadas para 29 municípios em São Paulo e Rio de Janeiro

Foram mais de 15 toneladas de alimentos, 10,1 mil litros de água potável, 185,8 mil peças de roupa e 13,4 mil produtos de higiene arrecadados pelo Fundo Social de Solidariedade (Fussesp) desde o dia 14 de janeiro. Parte destas doações foram encaminhadas para 27 cidades no Estado e dois municípios do Rio de Janeiro.

"A arrecadação de donativos superou nossas expectativas. Atendemos todos os municípios necessitados. Agradeço imensamente a colaboração da população que, mais uma vez, deu um exemplo de solidariedade", disse Lu Alckmin, primeira-dama e presidente do Fussesp.

A campanha, determinada pelo governador Geraldo Alckmin, foi uma ação conjunta do Fundo Social de Solidariedade, Coordenadoria de Defesa Civil do Estado, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Desenvolvimento Social.

Mesmo auxiliando todas as cidades castigadas pelas chuvas, os postos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros continuam com um volume enorme de doações a serem recolhidas e distribuídas. Para que estes produtos cheguem em perfeitas condições aos municípios, o Fussesp decidiu suspender temporariamente a campanha.

Cidades atendidas

Foram atendidas as cidades de Amparo, Araçariguama, Atibaia, Barueri, Biritiba Mirim, Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Cotia, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Itanhaém, Itapecerica da Serra, Itapevi, Itaquaquecetuba, Jandira, Juquitiba, Mauá, Osasco, Pirapora do Bom Jesus, Poá, Santa Isabel, Santana de Parnaíba, Santo André, São Paulo, Socorro e Taboão da Serra, no Estado de São Paulo. No Rio de Janeiro, foram atendidas as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo.