Nossos Vídeos

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Faculdade Santa Marcelina promove palestras sobre música, educação e saúde durante o mês de novembro


Programação realizada pela Pós-graduação de Musicoterapia reúne diferentes especialistas e acadêmicos na unidade Perdizes, com entrada gratuita ao público


O mês de novembro contará com uma agenda diferenciada de palestras na Faculdade Santa Marcelina. Promovida pela Pós-graduação em Musicoterapia Aplicada, a programação será realizada no período noturno, com professores e pesquisadores acadêmicos, com foco na área de Educação, Saúde e Música.

“Temas e abordagens bastante enriquecedores que agregarão muito aprendizado aos nossos alunos e ao público interessado nesta área, que também está convidado a participar da nossa programação. São docentes e especialistas muito atuantes em seus projetos de pesquisa e que contribuem para novas discussões, principalmente no desenvolvimento da Musicoterapia”, ressalta a coordenadora da pós-graduação em Musicoterapia Aplicada, professora Rita de Cássia dos Reis Moura.

O primeiro encontro ocorrerá em 6 de novembro, com a professora Marisa Fonterrada, que coordena a palestra sobre a criação musical, improvisação, movimento (dança e coreografia) o fazer coletivo e multiexpressividade.

Já na segunda semana, a programação reúne dois especialistas em diferentes datas. No dia 11, excepcionalmente iniciada às 20h, o professor Mauro Muszkat detalha as bases neurobiológicas do processamento da música, como o envolvimento das emoções por meio da organização e articulação dos sons e silêncios. Em 13 de novembro, o professor Renato Sampaio trata a fundamentação nas neurociências para uma prática clínica musicoterapêutica com foco na melhora da comunicação não-verbal e da interação social de crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo.

Por fim, no dia 18, a agenda será encerrada com o professor Carlos Kater, que conversará sobre a integração no processo formador, abordagens promotoras de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal dos participantes e a promoção da criação musical instrumental para o desenvolvimento da expressão individual e da composição coletiva.

Conheça o perfil dos convidados que estarão presentes na programação de palestras em novembro:

Marisa Trench de Oliveira Fonterrada – Graduada em Música, mestre em Educação (Psicologia da Educação) e doutora em Antropologia, Maris atua principalmente nos temas ligados à Educação Musical, Música, canto coral e Ecologia Acústica, além da disciplina de Artes com alunos do Ensino Fundamental, Médio e Superior.

Mauro Muszkat – Formado em Regência e Composição e com Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado em Neurologia/Neurociências, o médico conta também com especialização em Eletrencefalografia e Neurofisiologia do Sono. Docente na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Muskat trabalha com projetos na área de Medicina, com ênfase em Neurologia, principalmente com foco em transtornos do Neurodesenvolvimento, TDAH, Dislexia, Neuropsicologia, Neurologia da infância, Epilepsia, Neurofisiologia e funções musicais.

Renato Sampaio – Com graduação em Musicoterapia e Educação Artística - Licenciatura Plena em Música, Mestrado em Comunicação e Semiótica e Doutorado em Neurociências, Sampaio é professor na Universidade Federal de Minas Gerais, tendo experiência na área de Musicoterapia, Neurociências e Arte-Educação, nos temas prática clínica em Musicoterapia, transtornos do desenvolvimento, educação musical e educação inclusiva.

Carlos Kater – Doutor e Pós-Doutor pela Universidade de Paris IV – Sorbonne, é docente na Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais. Autor de textos publicados e diversos livros, composições e arranjos, Kater também trabalha como consultor da Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais, sendo um dos criadores e coordenadores do projeto Música na Escola. Realiza projetos de formação criativa focados na música com professores, educadores, agentes de saúde, jovens e adultos de diferentes faixas etárias e condições socioeconômicas, ministrando regularmente cursos e oficinas dirigidas à Formação Musical Inventiva.



Serviço

Local: Faculdade Santa Marcelina – Auditório
Endereço: Rua: Dr. Emílio Ribas, 89 – Perdizes
Telefone: (11) 3824-5800
Data: 06, 11, 13 e 18/11
Horário: das 19h às 22h30
Classificação: livre
Preço: gratuito


Sobre o curso de pós-graduação em Musicoterapia Aplicada: do desenvolvimento ao envelhecimento.

Esta pós-graduação promove capacitação e aprofundamento dos conhecimentos relacionados à prática musicoterapêutica no contexto dos processos de desenvolvimento e envelhecimento. A área tem sido desenvolvida em crianças e adultos com disfunções físicas, clínicas e psíquicas, em pessoas saudáveis que buscam autoconhecimento, qualidade de vida e bem-estar, bem como em problemas de aprendizagem. O curso visa atualizar, instrumentalizar o profissional com habilidades e competências em atuação musicoterapêutica, na área da saúde e educação (de forma inclusiva ou não).

Sobre a Faculdade Santa Marcelina
A Faculdade Santa Marcelina é uma instituição mantida pela Associação Santa Marcelina – ASM, fundada em 1º de janeiro de 1915 como entidade filantrópica. Desde o início, os princípios de orientação, formação e educação da juventude foram os alicerces do trabalho das Irmãs Marcelinas. Em São Paulo, as unidades de ensino superior iniciaram seus trabalhos nos bairros de Perdizes, em 1929, e Itaquera, em 1999. Para os estudantes é oferecida toda a infraestrutura necessária para o desenvolvimento intelectual e social, formando profissionais em cursos de Graduação e Pós-Graduação (Lato Sensu). Na unidade Perdizes os cursos oferecidos são: Música, Licenciatura em Música, Artes Visuais, Licenciatura em Artes Plásticas e Moda. Já na unidade Itaquera são oferecidas graduações em Administração, Ciências Contábeis, Enfermagem, Fisioterapia, Medicina, Nutrição e Tecnologia em Radiologia.