Nossos Vídeos

domingo, 1 de agosto de 2021

"Mulher de Família", novo single de Angelo & Angel



A letra da música é divertida e conta uma estória que em tempos de internet não é nada difícil de 

 A dupla sertaneja Angelo & Angel lança hoje, 30 , "Mulher de Família” em todas as plataformas digitais. O lyric da música também chega hoje ao canal da dupla no YouTube. 

Com o avanço da internet e redes sociais os flagrantes, spoilers e até mesmo uma traição conjugal ficaram muito mais fáceis de serem revelados e divulgados. Este é o tema da canção: um marido que descobriu a infidelidade  da esposa através de um vídeo que o amante publicou dos dois na internet e que agora mais do que saber, todo mundo viu o chifre que ele tomou 

"É uma situação que ninguém quer passar, mas na época que estamos vivendo não é impossível de acontecer, se é que já não rolou algo nesse sentido nas redes" comenta Angel.

E para finalizar Angelo convida:

"Galera se vocês já viveram algo parecido, corre lá no nosso Instagram e conte sua história para nós"


Assista - https://www.youtube.com/watch?v=lXAnj71eIiU



sábado, 31 de julho de 2021

Lei determina prioridade na vacinação de gestantes, lactantes e crianças e adolescentes com deficiência


Sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira (30), a medida também inclui pessoas até 17 anos com comorbidades ou privadas de liberdade

A partir desta sexta-feira (30), gestantes, puérperas e lactantes – e crianças e adolescentes com deficiência permanente, com comorbidade ou privados de liberdade – integram grupo prioritário no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19. É o que determina a Lei nº 14.190, sancionada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

Confira a publicação.

O documento também é assinado pelos ministros da saúde (MS), Marcelo Queiroga, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), Damares Alves. “Essa é mais uma conquista para a nossa população. Ninguém fica para trás neste país”, celebra a titular da Pasta dos direitos humanos.

Integrante do MMFDH, a secretária nacional de políticas para as mulheres, Cristiane Britto, ressalta que o órgão tem, entre as diretrizes, o intuito de defender os direitos do segmento feminino, além de amparar a todas no exercício da maternidade, desde a gestação até o cuidado com os filhos.

“A proteção das gestantes e lactantes é uma prioridade para o Governo Federal. Esta lei que prioriza a vacinação soma-se a outras iniciativas que vêm sendo realizadas ao longo da pandemia. A expectativa é que a legislação possa garantir agilidade na aplicação da vacina, diante de uma doença que ainda não está completamente esclarecida pela ciência”, afirma Britto.

Outras legislações

Durante a atual gestão, houve a atualização de legislações que tratam sobre a pauta da mulher. Uma delas foi a Lei nº 14.132, sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro em abril. Com a medida, os atos de perseguição agora estão incluídos no Código Penal. A norma também inclui como agravantes a violência contra mulheres, crianças, idosos e adolescentes, mediante uso de arma de fogo ou quando cometido por mais de uma pessoa.

Saiba mais.

Novas leis também determinaram o trabalho remoto para gestantes durante a pandemia, instituíram o formulário unificado de enfrentamento à violência contra a mulher, garantiram a validade dos pedidos de exames médicos durante toda a gestação ou puerpério e incluíram a prevenção à violência contra a mulher no currículo da Educação Básica.

domingo, 30 de maio de 2021

Transportes Metropolitanos têm oito postos de vacinação contra COVID-19



Atendimento voltado a pessoas dos grupos prioritários é feito de segunda a sexta, das 9h30 às 17h

As empresas ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos (STM) seguem com oito postos de vacinação contra Covid-19 em estações de metrô, da CPTM e em um terminal de ônibus da EMTU. Pessoas de todos os grupos prioritários previstos no Plano Estadual de Imunização (PEI) podem receber a 1ª dose da vacina nestes postos.

Durante esta semana, o funcionamento será entre os dias 31 de maio e 4 de junho, das 9h30 às 17h. Diariamente as empresas ligadas à STM atualizam o funcionamento dos postos em suas redes sociais. Para ter acesso às informações sobre os públicos que integram os grupos prioritários e suas respectivas obrigatoriedades, acesse o site https://vacinaja.sp.gov.br/.

Para agilizar o atendimento no dia da vacinação, é indicado que seja feito um pré-cadastro no site Vacina Já (https://vacinaja.sp.gov.br/). É necessário informar nome completo, CPF, data de nascimento, endereço completo e telefone.

Vacinação de colaboradores do transporte público - Desde o dia 11 de maio, os trabalhadores da linha de frente da CPTM e do Metrô estão sendo imunizados contra a COVID-19. Nesta primeira fase, foram incluídos operadores, maquinistas e os que desempenham suas funções no Centro de Controle Operacional (CCO) de todas as idades. Para as categorias da linha de frente como segurança, limpeza (incluindo os terceirizados) e bilheteria a vacinação é para quem tem acima de 47 anos.

No dia 18 de maio, começou a vacinação contra a COVID-19 de motoristas e cobradores de ônibus intermunicipais da EMTU.

Alimento Solidário - Quem for tomar vacina em um desses postos pode aproveitar para doar alimentos não perecíveis para a campanha Alimento Solidário. Os Transportes Metropolitanos participam da campanha, promovida pelo Fundo Social do Governo do Estado, com pontos de coleta em mais de 180 estações e terminais da CPTM, Metrô e EMTU. As prefeituras também envolvidas no projeto vão distribuir os alimentos doados para famílias em situação de extrema vulnerabilidade. As caixas de arrecadação ficam próximas às catracas de acesso nas estações e terminais e qualquer pessoa pode ir até um destes pontos e entregar sua contribuição.


Serviço:


Postos de Vacinação contra Covid-19
Horário: das 9h30 às 17h

Locais:
CPTM
Linha 11-Coral: Estação Guaianases
Linha 12-Safira: Estações São Miguel Paulista, Jardim Helena-Vila Mara e Itaim Paulista

Metrô
Linha 3-Vermelha: Estações Corinthians-Itaquera e República

EMTU
Terminal de Ônibus São Mateus

Metrô
Linha 4-Amarela: Estações República e Butantã


Secretaria dos Transportes Metropolitanos - A STM cuida diariamente (em tempos normais) do transporte de cerca de 10 milhões de passageiros que usam os ônibus gerenciados pela EMTU, além dos trens do Metrô, da CPTM e das linhas 4-Amarela e 5-Lilás, concedidas à iniciativa privada. A Estrada de Ferro Campos do Jordão, no interior do Estado, também é responsabilidade da STM, assim como o Parque Capivari, igualmente em Campos do Jordão e concedido à iniciativa privad

terça-feira, 25 de maio de 2021

Fada Celeste inaugura loja própria na internet

 Estamos com novidades!

Além da nossa loja na Elo7 ( https://www.elo7.com.br/fadacelesteproducoes ) e na Shopee ( https://shopee.com.br/shop/371565688/ ), inauguramos o nosso espaço na internet no endereço https://www.lojafadaceleste.com.br/ aonde em breve vamos disponibilizar também arquivos digitais. 

Royal Face cresce e oferece mais de 150 novas vagas de emprego em seis estados

As vagas são para os Estados de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo com salários de até R$5 mil

Mesmo com a Pandemia, a área da saúde e beleza está se reinventando vem se mostrando uma das mais promissoras para quem está em busca de uma profissão ou até mesmo especialização.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de Saúde Beleza e Bem-Estar sentiu pouco os impactos da pandemia e fechou 2020 com crescimento de 3,1% no faturamento, sendo o melhor desempenho do setor no período.

De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados pelo Ministério da Economia, o Brasil abriu 184.140 novas vagas de emprego com carteira assinada em março de 2021. No sistema de franquias, ano passado foram gerados mais de 1,2 milhões de novos empregos.

Nesse cenário de ofertas, a Royal Face, rede de franquias brasileira de clínicas especializadas em estética facial e corporal, está em fase de expansão e por isso oferece mais 153 vagas nas áreas administrativas, de saúde e comercial paras unidades da rede, sejam elas inauguradas ou em fase de implantação.

As vagas são para os Estados de Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo, para os cargos de Recepcionista, Consultor, Farmacêutica, Biomédica, Enfermeira, Analista, Atendente Comercial entre outros. Os salários variam de R$1.500 a R$ 5mil.

A maioria das vagas da Royal Face exige experiência na área. A escolaridade varia de Ensino Médio para os cargos da área comercial e recepcionista, Ensino Superior para gestor e Pós-Graduação para biomédicos, farmacêuticos e enfermeiros.

Como medida de prevenção contra a covid-19, as etapas do processo seletivo e treinamento da Royal Face foram adaptadas para serem totalmente online. Os interessados podem buscar mais informações sobre as vagas, as cidades e se inscrever pelo site: https://jobs.solides.com/royalface.

Atualmente, a marca já possui 89 unidades inauguradas e 122 em fase implantação com operação em todas as regiões do Brasil. Essas novas unidades geraram cerca de 600 empregos diretos e mais de 2 mil indiretos para o País.

Fundada em Curitiba em 2015 pela dentista Doutora Andrezza Fusaro, a Royal Face é associada à Associação Brasileira de Franchising (ABF) e atua desde 2018 no sistema de franquias sendo gerida pelo Grupo Up Franquias com três modelos de negócios: Slim, Standard e Premium. O investimento inicial é a partir de R$ 159 mil, com um faturamento para o franqueado que pode chegar até R$ 2,6 milhões anuais, dependendo do modelo.

Sobre a Royal Face

Rede de franquias do segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar associada a ABF, lançada em novembro de 2018, especializada no segmento de tratamentos estéticos em harmonização facial e corporal a preços baixos. A Royal Face já realizou mais de 200 mil procedimentos, beneficiando mais de 160 mil clientes. A acessibilidade ao tratamento com o Carnê da Beleza foi o carro-chefe para o grande crescimento da Royal Face em três anos de operação. Atualmente, a marca está presente em 17 estados com 89 unidades inauguradas e 122 em fase de implantação com operações em todas as regiões do Brasil. Site: https://www.royalface.com.br




terça-feira, 6 de abril de 2021

No mundo, estima-se que uma em cada 160 crianças tem transtorno do espectro autista



No mundo, estima-se que uma em cada 160 crianças tem transtorno do espectro autista

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo é lembrado anualmente em 2 de abril. A data foi criada pela ONU com o intuito de chamar a atenção da sociedade para o diagnóstico e o tratamento do transtorno

Por algum tempo, a falta de conhecimento, pesquisas e informações a respeito do autismo, foram consideradas grandes barreiras no tratamento do transtorno. Felizmente, hoje, com o avanço da medicina, é possível obter bons resultados. A intervenção precoce pode garantir qualidade de vida e até mesmo mudar o futuro de pessoas com transtorno do espectro autista.

O tratamento adequado, bem como o entendimento da situação, apoiado por uma boa relação da família, amigos, professores e conhecidos tem impacto significativo e podem ser cruciais para que os pacientes tenham uma vida adulta independente.

O autismo ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), segundo os novos manuais do Código Internacional de Doenças (CID), se caracteriza por dois pilares, os déficits qualitativos e persistentes da comunicação e da interação social; e o que diz respeito aos padrões restritos e repetitivos de comportamento, interesses ou atividades.

De acordo com Roberta Caramico Pinto, neuropediatra e médica convidada da indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi para falar sobre o transtorno, “exemplos dos déficits qualitativos da comunicação e da interação social, são alterações de comunicação verbal ou não verbal”.

Em relação aos padrões comportamentais restritos e repetitivos, existem quatro principais traços:

- Estereotipias: podem ser motoras ou verbais, portanto, pode ser um comportamento como andar nas pontas dos pés, repetir uma frase ou palavras;

- Adesão a rotinas e rituais: ser adepto a uma rotina inflexível, ou seja, qualquer experiência fora do costume gera desconforto;

- Interesses fixos e altamente restritos: interesse por um assunto ou objeto que se manifesta de uma forma muito profunda, deixando a pessoa monotemática;

- Questões sensoriais, hiper ou hiperatividade a estímulos sensoriais: alterações sensoriais que afetam o cotidiano, por exemplo, hipersensibilidade ao barulho ou a luz, causando reações extremas até de ordem fisiológica, como o vômito.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que, em todo o mundo, uma em cada 160 crianças tenha o transtorno.

Graus de autismo

O autismo pode ser dividido como leve, moderado e grave, porém, dentro de cada grupo existem outras divisões, como um grau bem leve ou um leve mais para moderado. “É daí que vem o nome espectro. Uma maneira de enxergar como uma régua, em que há vários pontos, e não só 1cm, 2cm, e assim por diante”, afirma a neuropediatra. Existem crianças que apresentam sintomas leves de autismo, e que são diagnosticadas em torno dos 2 ou 3 anos de idade.

Diagnóstico

Normalmente, o diagnóstico acontece quando a criança ingressa na escola e passa a ter contato direto com outras, é quando os primeiros sinais aparecem, ou seja, problemas na comunicação, dificuldades em se sociabilizar e alterações no comportamento.

O diagnóstico do TEA é baseado nos critérios clínicos determinados por especialistas e descritos no Manual de Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais. Atualmente, não existe um marcador biológico que possa acusar o TEA, ou seja, não há exames laboratoriais que identificam a doença, como o exame de sangue, de imagem ou genético. A forma mais precisa de chegar ao diagnóstico é por uma avaliação multidisciplinar realizada por profissionais com experiência na área.

“Não existe idade mínima para se fazer o diagnóstico de TEA. Podemos observar sinais de alarme antes mesmo de a criança completar o primeiro ano de vida. Estudos mostram que é possível realizar o diagnóstico de TEA de forma precisa em crianças com menos de dois anos de idade”, afirma a neurologista Flora Brasil Orlandi, também convidada pela Prati-Donaduzzi.

Tratamento

Estudos científicos mostram que o tratamento do TEA deve se basear em terapias de alta intensidade com equipe multiprofissional especializada e qualificada, especialmente nas técnicas baseadas na Análise de Comportamento Aplicada (ABA).

Além da terapia ABA, que geralmente é conduzida por psicólogos, dependendo da necessidade, pacientes que têm o transtorno tendem a necessitar de terapia com o apoio de fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, psicopedagogos, dentre outros profissionais, além do uso de fármacos. “É possível utilizar medicamentos para auxiliar no manejo de sinais e sintomas associados ao TEA, como agitação, agressividade, impulsividade, muitas vezes ajudando no aproveitamento dos pacientes na terapia”, ressalta Orlandi.

*Este conteúdo é elaborado pela indústria farmacêutica Prati-Donaduzzi, com o objetivo de levar mais informações sobre saúde à população. A empresa também oferece para médicos, de forma exclusiva, o acesso a conteúdos sobre diversas patologias, entre outros materiais no website: https://www.evolucaoparavida.com.br/.



SOBRE A PRATI-DONADUZZI

A Prati-Donaduzzi, indústria farmacêutica 100% nacional, é especializada no desenvolvimento e produção de medicamentos. Com sede em Toledo, Oeste do Paraná, produz, aproximadamente, 12 bilhões de doses terapêuticas por ano e gera mais de 4,5 mil empregos. A indústria possui um dos maiores portfólios de medicamentos genéricos do Brasil e desde 2019 vem atuando na área de Prescrição Médica.

segunda-feira, 29 de março de 2021

Secretaria de Segurança Pública lamenta mas não age em relação a aglomerações em Itaquera



Médico denuncia para a Rádio Jovem Pan, isenção das autoridades policiais no distrito de Itaquera - SP
A UPA de Itaquera que atende cerca de 70 pacientes com Covid-19 está tendo seu trabalho comprometido com aglomerações que geram barulho ensurdecedor na vizinhança.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, publicou uma nota em que repudia tais manifestações, mas parece que não está fazendo nada a esse respeito. 

É necessária uma atitude mais efetiva do poder público não acham?
Quando eles querem, designam centenas de militares para campanas a fim de proteger bandidos de alta periculosidade em suas transferências. Que tal se alguns militares fossem designados para coibirem tais eventos ao lado de uma UPA com 70 pacientes em estado grave?

É lamentável que pessoas insanas, isentas de qualquer senso de empatia com o próximo, sejam capazes de fazer tamanho barulho ao lado de uma UPA que está tratando pessoas infectadas com Covid-19. É lamentável que manifestações fora de hora, viagens de final de ano, carnaval e reuniões desnecessárias, sejam hoje o motivo principal pelo qual estamos trancafiados em casa, impossibilitados de retomarmos uma vida normal. Não é normal que em situação de risco extremo as pessoas cometam tamanho desrespeito com a dor alheia. O momento é de apoiarmos os que estão indo todos os dias aos seus trabalhos e que não podem se dar ao luxo de ficar em casa recebendo benefícios e salários; é de respeitarmos a dor dos que estão sofrendo nos hospitais e leitos, com o nosso carinho, silêncio e principalmente orações. Já imaginou, você sem conseguir respirar, sentindo dores pelo corpo e tendo que suportar um pancadão e cantores desafinados cantando bem alto nos seus ouvidos? Isso é uma tortura!

Tortura maior ainda para os médicos que estão se esforçando para salvar vidas e também para enfermeiros, que lidam com todo tipo de sujeiras corpóreas, tendo que trabalhar nessas condições a noite inteira. Pior de tudo, são as autoridades locais do distrito de Itaquera ignorarem o fato, e, ainda mais pior do que isso, são as leis brasileiras que inibem qualquer força maior utilizada por parte dos policiais em ação, que serão massacrados se tirarem os imbecis barulhentos e drogados aos tapas dos locais de aglomeração. Aqui no Brasil é assim, muito carinho e respeito para os infratores e desrespeito total para as vítimas. Quem tem culpa disso? Quem determina como devem ser adotadas as leis brasileiras. Num país onde os bandidos organizados, ligados ao narcotráfico estão em suas mansões com tornozeleira eletrônica no pescoço de seus cachorros, sentados em baús de dinheiro roubado do poder público, poderíamos esperar o que? Se puder, tenha uma boa semana.

 Por: Claudia Souza
google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0