Nossos Vídeos

domingo, 29 de maio de 2011

FESTA DOS 150 ANOS DE GUAIANASES

Show musical, Revoada de Pipas e Clube Escola na Praça agitam a festa dos 150 anos de Guaianases



No sábado, 14/5, a partir das 9h, deu-se início ao Clube Escola Praça da Paz, que ganhou pequenas reformas, como: pintura, projeto de paisagismo, além de diversas mudas de árvores. Durante todo o ano, nos finais de semana, as crianças poderão participar de atividades voltadas ao esporte, lazer e recreação.

Já no domingo, 15/5, cerca de 2 mil pessoas prestigiaram a festa de aniversário de 150 anos de Guaianases na Praça de Eventos. Nem a chuva desanimou o público que curtiu o show musical até a última apresentação. O subprefeito de Guaianases, Saint Clair da Rocha Coutinho Sobrinho, fez questão de participar do evento em homenagem ao bairro. A dona de casa, Doralice Cizzo Rodrigues, que mora no bairro há 20 anos, ficou sabendo do show pela rádio e foi conferir as bandas junto com a filha: "eu a trouxe para aproveitar o show comigo. Estamos gostando bastante", afirmou a moradora. "Quero aproveitar a oportunidade para parabenizar os organizadores da festa e os 150 anos de existência do nosso bairro", finalizou.

Para alegria do público, passaram pelo palco os seguintes grupos: Na hora H, Sampa Crew, Doce Encontro, É Demais e, para finalizar, o grupo Pixote. O evento foi realizado conjuntamente entre a Subprefeitura de Guaianases e a rádio Transcontinental. Para garantir a segurança e a tranqüilidade do público, o show festa contou com o apoio da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, Defesa Civil, Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), plantão de equipe médica, além de segurança contratada.

Clube Escola Praça da Paz

As crianças, além de se divertirem com o Clube Escola Praça da Paz, se esbaldaram com a revoada de pipas que aconteceu no CDC Marcílio de Alves Prado, onde se distribuiu 1.000 kit's contendo pipa, carretel de linha e rabiola. Outra atração foram as brincadeiras promovidas pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, por meio do CGPE, responsáveis pelas ruas de lazer. Nas ruas Joana de Alvérnia e Benjamin de Barros, elas desfrutaram de várias atividades de lazer, como: andar de bicicleta em segurança, futebol caixote, amarelinha e patins. O modelo das ruas de lazer da cidade de São Paulo foi gravado pelo programa japonês Sekai no Tin-Rule, da TV Tokyo, que divulgará no Japão o projeto paulistano.

A festa em comemoração a um século e meio de Guaianases continua na próxima sexta-feira, 20/5, com a Feira da Cidadania que começa a partir das 9h, na EE Profº Wilson Roberto Simonini, na rua João Correia Magalhães, 200, no P. D. João Nery, onde a comunidade terá atendimentos à saúde e à beleza, a exemplo da medição de pressão, corte de cabelo, entre outros. Já no domingo, 22/5, acontece o tradicional Desfile Cívico, a partir das 9h, na rua Salvador Gianetti. O tema deste ano é "Viajando na Literatura dos Escritores Brasileiros", conforme a DRE-G, Diretoria Regional de Educação de Guaianases.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Final da Copa ACRE Família Fiel é disputada por dois times de Guaianases



Campeões Levantam a taça

Acre Familia Fiel
Neste final de semana, prosseguiram os festejos dos 150 anos da fundação de Guaianases. No sábado, 14/5, disputados jogos, definiram o resultado da Copa ACRE Família Fiel - Cultura da Paz. Em alusão ao nome e ao trabalho que os organizadores desenvolvem no bairro, a disputa transcorreu tranqüilamente, sem registro de ocorrências ou violências. Considerando a rotatividade, mais de mil pessoas passaram pelo campo do Guaianases Futebol Clube, localizado na rua Pedro Ferraz Lopes. Entre os participantes, muitas famílias, mulheres e crianças.

Ao todo, 800 jogadores participaram da Copa. Entre técnicos e auxiliares, 64 dirigentes marcaram presença no evento, que trouxe muito orgulho para os Guaianasenses, já que a final foi disputada por dois times do bairro, dentre as 32 equipes de bairros e cidade vizinha que se inscreveram para a competição. Havia atletas da Cidade Tiradentes, Itaquera, Itaim Paulista, São Miguel Paulista e Ferraz de Vasconcelos.


Vila Jau
 O primeiro lugar ficou para o invicto time da Vila Jaú, que durante a competição não perdeu nenhuma partida. Quem levantou a taça de vice-campeão foi a equipe ACRE Família Fiel, que preza pela Cultura da Paz nos campeonatos de várzea.

Mesmo sofrendo um gol aos cinco minutos, o Família Fiel - Cultura da Paz, não perdeu o ritmo e lutou bravamente até os últimos minutos, mas o jogo acabou em 3X0 para o Vila Jaú. Em demonstração à solidariedade entre os times, a premiação foi conjunta, assim como a comemoração, encerrada com muita festa, alegria e um delicioso churrasco.


Jogo disputado é apreciado pela vizinhança


segunda-feira, 16 de maio de 2011

Conselheiros do CADES Guaianases recebem certificado de capacitação

Conselheiros do CADES Guaianases recebem certificado de capacitação e discutem Dia da Biodiversidade e Semana do Meio Ambiente



Amanhã, terça-feira, 17/5, das 14h às 16h, será realizada a reunião mensal do CADES - Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz ligado à Subprefeitura de Guaianases. Este mês a reunião acontece no Colégio Oliveira Telles, situado na rua Otelo Augusto Ribeiro, 579 - Guaianases, no 4º andar.

A reunião além de discutir as metas estabelecidas pelo CADES, servirá para a entrega de uniformes e dos certificados de conclusão do curso de capacitação feito pelos conselheiros. Também será prestada uma homenagem especial à Diretora do colégio que, durante dois meses, emprestou o espaço escolar para a realização do curso.

Na pauta deste, além da análise e votação das metas para a área, está prevista a formação de grupos e a avaliação da maneira que os temas deverão ser trabalhados pelos grupos em reuniões específicas para tal finalidade. Nesta reunião serão inscritos os conselheiros que pretendem sobrevoar o bairro de Guaianases para terem uma vista aérea da região.
Será discutida ainda a intervenção do Cades municipal no que se refere à abrangência do link virtual, que vem sendo construído na página da Subprefeitura de Guaianases. O objetivo é que os munícipes e demais interessados tenham acesso às informações pertinentes ao trabalho realizado pelo Cades.

No final, devido às comemorações do dia 22 de maio, Dia da Biodiversidade, os conselheiros deverão se organizar para participarem dos festejos nos dois parques de Guaianases, o Parque Lajeado, situado na rua Antonio Thadeo, s/n, no distrito Lajeado e no Parque Linear Guaratiba, localizado na rua Salvador Gianetti, em Guaianazes. Vale ressaltar ainda que além do apoio técnico ao evento, os conselheiros pautaram a semana do Meio Ambiente que acontece de 1 a 5 de junho próximo.

*

sexta-feira, 13 de maio de 2011

HAVAIANAS e FARM - O MIX PERFEITO

Havaianas & FARM: uma parceria cheia de graça encantará meninas de todas as idades


Havaianas prestigia a moda, tanto em solo nacional quanto internacional e, com parcerias especiais, está presente das passarelas às prateleiras. E é assim sua parceria com a carioca FARM, que começou em 2005 e a cada ano fica mais forte.

Com valores compartilhados e uma mesma razão de ser as marcas unem o que melhor fazem para uma parceria única que só podia dar pano para manga, tiras para os pés. As duas marcas mostram nos produtos suas identidades, carregando em cada estampa um espírito alegre, descontraído e alto-astral; cheio de energia.

Em maio, os modelos das sandálias Havaianas que chegam às lojas FARM de todo Brasil trazem uma estampa única de laços pequeninos, delicados e românticos, mas com um toque de ousadia: tiras roxas e transparentes com um “pin” exclusivo.

O resultado desta parceria só podia imprimir com muito charme, tamanha sintonia que conquista e encanta um público jovem que buscam peças com muito estilo. Com Havaianas & FARM, a moda é cheia de graça!


(Preço aproximado: R$ 50,00)  - http://www.havaianas.com.br/

Ação Intersetorial de Saúde Mental no Centro Cultural do bairro

A Subprefeitura de Guaianases concedeu o Centro Cultural, situado ao lado do Mercado Municipal, para a realização de um significativo evento que objetiva comemorar o Dia da Luta Antimanicomial no Brasil. Neste dia, está programado uma Ação Global para atender a comunidade.
Em visita à Subprefeitura, os organizadores solicitaram ao subprefeito, Saint Clair da Rocha Coutinho Sobrinho, mais atenção aos internos do Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD). Eles reivindicam que seja constituída uma rede de proteção após o tratamento, com cursos profissionalizantes e de alfabetização, no próprio CAPS.
O movimento pretende ainda montar uma Associação para atender melhor o público necessitado, mas para tanto carecem de um espaço para a concretizar ações que resultem em inclusão no mercado de trabalho e acesso à vida social, por meio de projetos, cursos e acolhimento aos familiares.
Outro objetivo é lutar pela descriminalização do dependente químico, considerado incapaz de exercer sua cidadania. O debate que será promovido pretende sensibilizar os dependentes a participar do evento que, além de oferecer oportunidades de inserção ao mundo do trabalho, à convivência familiar e social, disponibilizará serviços, como: tratamento, exames e cuidados com a saúde. O evento também contará com atividades culturais e musicais.

24 anos de luta e avanços

Em 18/05/1987 aconteceu a 1ª Conferência Nacional de Saúde Mental, na qual se elaborou um documento propondo a reformulação do modelo assistencial em saúde mental e conseqüentemente a reorganização do sistema, privilegiando o atendimento extra-hospitalar e equipes multiprofissionais. Neste período, começaram as discussões sobre os direitos de cidadania e da legislação em relação ao doente mental.

Esta luta resultou na extinção de mais da metade dos Hospitais psiquiátricos do país, considerados "depósitos de excluídos". E, a cada dia, aumenta o número dos Núcleos e Centros de Atenção Psicossocial (Naps e Caps).

Saiba um pouco mais sobre a Assistência a Dependentes de Álcool e Drogas

Dependentes de álcool e drogas recebem atendimento especializado nos Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas/CAPSad. O CAPSad é um serviço especializado em saúde mental que atende pessoas com transtornos decorrentes do uso ou abuso de álcool e outras drogas. É um serviço ambulatorial territorializado que integra uma rede de atenção substitutiva à internação psiquiátrica, que tem como princípio básico a inserção social. Compreende ações de assistência (medicação, terapias, oficinas terapêuticas, atenção familiar) na perspectiva da reinserção social, além de realizar ações de prevenção e capacitação de recursos humanos da rede básica.

Operação Cata-Bagulho no Jd. São Carlos

No último sábado, 7/5, a Supervisão de Limpeza da Subprefeitura de Guaianases recolheu 14 toneladas de lixo e entulho das ruas do bairro. No próximo sábado, 14/5, será realizada mais uma ação. Desta vez, os beneficiados serão os moradores do Jd. São Carlos.

Fique atento, pois o caminhão percorre as ruas das 7h às 11h. No total, 21 vias serão contempladas. Para tanto, os moradores devem depositar na calçada móveis velhos, colchões, eletrodomésticos e outros objetos sem utilidade. Vale ressaltar que não são recolhidos pneus, produtos tóxicos, entulhos e lixos caseiros. Para atender a demanda, sete caminhões foram escalados para transportar os entulhos.

Logradouros:

Rua Oliveira César
Rua José Garcia Braga
Rua Ernani Cotrim (Trecho entre Rua Oliveira César e Passagem Funda)
Rua Luis Lopes Correia
Rua Tintim (e Travessas)
Rua General Rocha Calado
Rua Luis de Souza (e Travessas)
Rua Cel. Carlos Dourado
Rua Parati
Rua Araçazeiro
Rua Campuânia
Rua Graname
Rua Macabu
Rua Rio Fartura
Rua Serra Escalvada
Rua Marmelo
Rua Papua
Estrada Nossa Senhora da Fonte (Trecho entre Rua Granadinha e Rua Oliveira César)
Rua Dom Pedro Sampaio (e Travessas)
Rua Frei Bernardo (e Travessas)
Rua Andréas Raselius (e Travessas)

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Subprefeitura de Guaianases remove famílias de área de risco

Segundo relatório do IPT, as casas foram construídas em área de risco muito alto



Subprefeitura de Guaianases desfaz moradia em área de risco - Demolição garante segurança dos moradores

A Subprefeitura de Guaianases, nos dias 4 e 5 de maio, deu continuidade à remoção de 46 famílias que construíram suas casas irregularmente em uma área de alto risco, sujeita à deslizamentos, na rua Teotônio Pavão, Jd. São Paulo II. A ação, iniciada nos dias 18 e 19 de abril, visa principalmente preservar a vida dos moradores e o meio ambiente. Para as despesas com novas moradias, após cadastro socioeconômico, cada família recebeu da Secretaria de Habitação (SEHAB) o auxílio aluguel no valor de R$ 300,00 mensais.

A operação foi organizada pela Coordenadoria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (CPDU) e comandada pelo Supervisor de Fiscalização, Moacir Vilalva Junior, contou com a participação da Supervisora de Habitação, Neice Cristina Warangon e com o total apoio da Guarda Civil Metropolitana, Polícia Militar, Guarda Ambiental, Defesa Civil, Sabesp e Eletropaulo.

A ação, além de garantir a segurança das famílias, atende à legislação municipal, que proíbe esse tipo de edificação em áreas públicas e particulares. Após o desfazimento, começa o trabalho de limpeza do local, que apresenta grande quantidade de entulho.

Para evitar nova ocupação, a Unidade de Áreas Verdes da Subprefeitura de Guaianases revitalizou uma área pública vizinha ao terreno ocupado. A área revitalizada na rua Pedro de Seabra foi equipada com brinquedos para as crianças, bancos e mesas para os idosos e muitas árvores para todos os moradores. Antes a área servia de depósito de lixo e entulho.

Foram identificadas 407 áreas de risco na cidade. E, para evitar tragédias causadas pela ocupação desordenada, a Prefeitura está fazendo a remoção dos moradores, sendo esta uma de suas principais bandeiras.

Revitalização de praça no 150º aniversário de Guaianases

Revitalização de praça e plantação de mudas, abrem as comemorações do 150º aniversário de Guaianases


No último domingo, 01/05, a Subprefeitura de Guaianases abriu as comemorações dos 150 anos do bairro de aniversário inaugurando a revitalização da Praça Pedro de Seabra, que estava abandonada servindo de depósito de entulho e lixo, causando sérios danos à comunidade e aos alunos da creche Juscelino Kubitschek, que está situada ao lado da praça.

A Praça Pedro de Seabra foi completamente limpa e totalmente reformada. Agora conta com árvores, gramas, bancos novos e brinquedos para as crianças, se divertirem, como escorregador, gangorra e balanço. Para tornar-se num espaço mais agradável ainda, a Subprefeitura fez uma parceria com a ONG "O Seu Táxi", e, no primeiro dia dos festejos, foram plantadas dez mudas de Pau-brasil, que originou o nome do nosso país.

A praça revitaliza situa-se próxima a uma das áreas de risco identificadas pelo IPT - Instituto de Pesquisas Tecnológicas, e que está sendo desocupada pela Prefeitura. Os moradores que moram em área regular, em especial as crianças, passaram a manhã inteira satisfeitas, participando ativamente da festa de abertura.

O chefe de gabinete, Saint Clair da Rocha Coutinho Sobrinho, representando o subprefeito Robert Eder, plantou e regou as mudas, além de apreciar a roda de capoeira que fez uma apresentação ao ar livre para a comunidade. No total, a entidade já plantou 172 árvores distribuídas entre Guaianases e Itaquera. De acordo com o presidente da entidade da ONG, João Batista, a plantação do Pau-Brasil diminui a eliminação do CO2 no ar, sendo que seis a dez mudas da planta equivalem a 600 KG de CO2 absorvidos por dia.

As crianças, por sua vez, se divertiram nos novos brinquedos, e com a ajuda de monitores, colocaram a criatividade em prática, desenhando, pintando e construindo um varal com os trabalhos realizados. Elas chegaram a fazer fila para terem rostos e braços pintados pelos agentes públicos.

O pedido de melhoria da praça foi encaminhada, em 28/3/11, pelo presidente da Associação dos Moradores do Conjunto Jardim São Paulo II, ao Subprefeito de Guaianases, Robert Eder Neto, que rapidamente atendeu a reivindicação. O final da inauguração foi marcada pelo gingado de um grupo de capoeira da região.

A programação segue por todo o mês de maio. Nos dias 6, 7 e 8 de maio O CEU Jambeiro apresenta a peça de teatro "Ensina-me viver", com a atriz Glória Menezes. Já no dia 8/5, tem Circuito Corrida e Caminhada, com entrega de rosas, exames de diabetes e pressão arterial. Este último evento acontece a partir das 7h, na avenida José Borges , s/n (Nova Radial Leste, em frente a o CEU Jambeiro, que fica na avenida José Pinheiro Borges s/nº, no Jardim Moreno, em Guaianases.

Subprefeitura de Guaianases opera três ações de fiscalização

Retirada de Lambe-Lambes de caixas telefônicas


 
Posto de gasolina sem Cadan
A Subprefeitura de Guaianases, por meio da Supervisão de Fiscalização, da Coordenadoria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (CPDU), realiza por três dias seguidos, ações voltadas ao cumprimento da Lei Cidade Limpa (14.223/06), que dispõe sobre a ordenação dos elementos que compõem a paisagem urbana da cidade de São Paulo.
Fiscal mostra a falta de CADAN em anúncio indicativo

Na quarta-feira, 27/4, os agentes vistores, acompanhados pela Guarda Civil Metropoltitana, autuaram e multaram três estabelecimentos que tiveram seus pedidos de Cadastro de Anúncios (CADAN) indeferidos. A legislação vigente determina que o número do Cadastro de Anúncios (CADAN) esteja devidamente à mostra nos anúncios indicativos na parte externa dos comércios.

Fiscal autua e multa HSBC por falta de Cadan
Nesta operação, foram flagrados: um posto de gasolina, localizado na avenida Nordestina; uma agência bancária do HSBC, situada na avenida Salvador Gianetti; e uma loja de móveis, da rede Marabraz, que fica na rua Otelo Augusto Ribeiro. Cada um dos estabelecimentos recebeu uma multa de 10 mil reais, além de intimação para que regularizem a situação. A solicitação de licença para anúncio indicativo, pode ser feito pela internet, por meio do link "licenciamento de anúncio".
Na quinta-feira, 28/4, funcionários da Supervisão de Fiscalização, recolheram vários materiais de propaganda irregulares. Na rua Cruz do Espírito Santo foram apreendidos dois banners, três cavaletes - com propaganda e exposição de CDs piratas -, além de uma faixa. Já na Estrada de Poá, foram retirados quatro banners, expostos irregularmente na parede de estabelecimentos que já foram autuados e multados devido ao descumprimento da lei. Mais uma faixa e dois banners foram recolhidos nas ruas Cabral de Ataíde e João da Silva Aguiar, respectivamente.

Agencia bancária sem Cadan
Ainda na quinta, 28/4, funcionários da Supervisão de Limpeza Pública, em conjunto com a Fiscalização, promoveram a retirada de lambe-lambes de 60 postes, entre a Estrada de Itaquera-Guaianases, altura do nº 2565, até a nova estação de trem de Guaianases. A operação limpeza continua na sexta-feira, 29/4, da estação até o começo da Estrada de Poá.

Todas essas infrações são alvos de penalidades. Conforme a legislação, anúncio é qualquer veículo de comunicação visual presente na paisagem visível do logradouro público, composto de área de exposição e estrutura.

150º Aniversário de Guaianases



Durante o mês de maio Guaianases terá muitas atividades lúdicas, shows, campeonatos de futebol, entre outras atrações. Tudo para homenagear o bairro que neste ano de 2011 completa 150 anos de muita história. Por falar em história, vejamos um pouco do que o bairro tem para contar.

O bairro de Guaianases foi desenvolvido ao redor da Igreja Santa Cruz do Lajeado, e sua estrutura original é mantida até os dias de hoje. O local cresceu lentamente com as instalações de diversas olarias nas imediações e com a chegada dos trilhos da Estrada de Ferro Norte.

Em 24 de dezembro de 1948, o bairro recebeu o nome oficial de Guaianases, uma homenagem a tribo indígena que o habitava, chamada Guaianas. Na década de 50, a população de Guaianases já ultrapassava 10.000 habitantes, e em razão da falta de desenvolvimento na indústria e o comércio, foi se configurando como um bairro-dormitório.

Mercado Municipal de Guaianases
O crescimento desordenado do bairro - alavancado sobretudo a partir de 1940, com a intensificação das migrações permitiu a ocupação de áreas de manancial e de regiões sujeitas a enchentes e de alto risco para o estabelecimento de moradias, um dos problemas enfrentados até hoje. Mas em contrapartida, o bairro tem desenvolvido sua cidadania e sua cultura, que até então estavam escondidas. De uns tempos para cá, os jovens têm se manifestado por meio de grupos culturais, que discutem suas culturas, suas tribos e seus costumes. Hoje, o bairro com aproximadamente 291, 193, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) caracteriza-se por pessoas que buscam a melhoria de suas vidas por meio do desenvolvimento de seu bairro.

Curiosidades

Para nos contar as histórias curiosas de Guaianases nada mais justo do que falar com quem acompanhou parte desta "transformação" e desenvolvimento do bairro. Algumas conquistas em política, saúde e transporte são contadas por Francisco Jairo Pereira, mais conhecido como Profº Jairo mora em Guaianases há 55 anos, e pelo o barbeiro Amadeu Simão Nunes, um dos mais antigos barbeiro da região.

Parque Lajeado de Guaianases
Em 1952 foi instalada em Guaianases a primeira loja de móveis, denominada móveis São João, e na mesma década chegava o primeiro banco Irmãos Guimarães. No ano seguinte em 1960 estava sendo construída a Igreja São Benedito, para que fosse descentralizada da Igreja Santa Cruz, a mais antiga no bairro fundado em 1879, quando o bairro ainda se chamava Lajeado Velho.

Uma das conquistas do bairro foi à chegada do trem elétrico, antes o meio de transporte eram a Maria Fumaça e os trens a diesel, a partir da década de 60 muitas novidades transitavam em Guaianases, e uma perspectiva de melhora para o bairro.

Assim, com a chegada do trem facilitou a locomoção dos munícipes, e a partir de então começaram a chegar as grandes lojas, posto de saúde, centros telefônicos e finalmente em 1989 o Mercado Municipal Leonor Quadros, que nos serve até hoje.


Mercado Municipal
O Mercado Municipal de Guaianases foi inaugurado no dia 5 de maio de 1989 e recebeu o nome de Leonor Quadros. Antigamente, no local onde era o mercado, a Praça Presidente Getulio Vargas s/n°, acontecia uma feira livre. Com o tempo, a prefeitura na gestão de Jânio Quadros construiu este espaço para abastecer Guaianases, Lajeado e Cidade Tiradentes.
No ano que foi fundado não existiam concorrências, por este motivo o mercado era muito frequentado, sendo o assunto da população Guaianasense. Outro facilitador para a alta de vendas era o acesso: a estação de Guaianases ao lado do "mercadão", como é mais conhecido.
Até hoje, o espaço Leonor Quadros continua sendo um ponto de referência para o bairro de Guaianases, pois prima por excelência no atendimento e oferece alimentos de qualidade espalhados em 48 boxes, cada um com 25 metros quadrados. Há quitandas, açougues, avícolas, peixaria, empórios/ mercearias, lacticínios, utilidades domésticas, floricultura, lanchonete e rotisserie.
Recentemente, o Mercado Municipal também abriu espaço para os artistas plásticos, um grande diferencial que possibilita aos munícipes conhecer os talentos de Guaianases. Atualmente, há a exposição de Silvio da Silva Junior, que apresenta seu trabalho com muita simpatia e amor. O Mercado Municipal de Guaianases funciona terça a sábado: 08h30 às 19h30 e Domingo: 08h00 às 13h00.

Parque Lajeado - Isaura Pereira de Souza Franzolin


Neste ano que Guaianases completa 150 anos, o Parque Lajeado - Isaura Pereira de Souza Franzolin está completando um ano de existência. O parque foi inaugurado no dia 6 de março de 2010, sendo mais uma opção de lazer para os moradores do bairro.

Antes este terreno era uma chácara que estava abandonada há uns 06 anos, sua proprietária chamava-se Izaura Pereira de Souza Franzolin, sendo hoje o nome do parque, uma homenagem para a antiga proprietária.

As instalações do parque contam com playground, áreas de estar com bancos, mesas para jogos, bebedouros, um Centro de Educação Ambiental (onde serão realizados cursos e oficinas) e sete banheiros, sendo dois com acessibilidade universal, tudo para transformar o parque num agradável espaço de convivência.

Em uma área de 36 mil m², são diversas árvores frutíferas existentes, tais como: jabuticabeira, jaqueiras, bananeiras, amoreiras, abacateiros, cafeeiros, jatobás, mangueiras, caquizeiros entre outros.

Para os freqüentadores, são oferecidas aulas praticas orientais como o tai chi pai lin, todas as manhãs. O Parque Lajeado está localizado na Rua Antonio Thadeo s/nº, em Guaianases, e fica aberta ao público de segunda-feira a domingo, das 06h00 às 18h00.



Programação do 150º Aniversário de Guaianases


01/05 - Plantação de mudas - O Seu Táxi
Horário: 11h00
Local: Rua Pedro de Seabra - Jd. São Paulo II


01/05 - Clube Escola na Praça
Horário: 9h00
Local: Praça de Eventos e Praça da Paz

08/05 - Circuito Corrida e Caminhada de Rua c/ entrega de rosas, exames de diabetes e pressão arterial
Horário: 07h00
Local: Av. José Pinheiro Borges, s/n

06,07 e 08/05 - Peça de Teatro no CEU Jambeiro: "Ensina -me viver" - Glória Menezes
Horário: 19h30
Local: CEU Jambeiro

14/05 - Final da Copa ACRE Família Fiel - Cultura Paz (sábado)
Horário: a partir das 14h00
Local: Campo do Guaianases FC (Rua Pedro Ferraz Lopez)

15/05 - Show de Aniversário de Guaianases
Horário: a partir das 12h00
Local: Praça de Eventos

15/05 - Revoada de Pipas com a Transcontinental = Transconexão
Horário: 10h00
Local: Praça Jd. Célia (Rua Padre Nildo do Amaral, s/n) CDC Marcilio Alves de Prado

20/05 - Feira da Cidadania da Escola Estadual
Horário: 09h00
Local: Profº Wilson Roberto Simonini

22/05 - Desfile Cívico
Horário:9h00
Local: Rua Salvador Gianetti, s/n

28/05 - Sábado Feliz - CEU Jambeiro
Horário: 10h00
Local: CEU Jambeiro

29/05 - Final da Copa ACRE Família Fiel - Cultura Paz (domingo)
Horário: a partir das 11h30
Local: Campo de Guaianases FC (Rua Pedro Ferraz Lopez)

sexta-feira, 6 de maio de 2011

QUALIDADE DE VIDA: FAZER SEXO NÃO BASTA

*Anderson Cavalcante

Uma recente declaração do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, ganhou grande repercussão na mídia e nas discussões sociais. Isso porque o Ministro indicou para o povo brasileiro fazer mais sexo, pois esse ato ajuda a reduzir a hipertensão. Segundo Temporão, além de comer cinco porções diárias de frutas, fazer sexo de uma a cinco vezes ao dia deve ser benéfico para a saúde. Mas se passarmos a regrar este conselho, devemos nos atentar a outro ponto: faremos por fazer, sem vontade, sem carinho, sem atenção suficiente para dedicar ao parceiro, buscando otimizar a nossa saúde?

As pessoas precisam ter em mente o que querem para suas vidas, uma carreira de sucesso e estável sem alguém importante ao lado ou uma carreira importante aliada a uma vida pessoal de sucesso. É essencial balancear a nossa vida pessoal com a profissional e acadêmica. O grande erro de muitos profissionais e até mesmo executivos de grandes organizações que hoje estão frustrados ou insatisfeitos, é que por um longo tempo só dedicaram suas vidas à carreira e deixaram de lado a família, os amigos, os prazeres, a qualidade de vida e a pessoa amada. Essas pessoas provavelmente esqueceram quais são as atividades que realmente importam na vida delas e, assim, com o passar do tempo, elas deixaram de realizar suas tarefas com aquela atenção, dedicação e entusiasmo que antes habitavam suas almas.

Esse é o problema que atinge muitos casais e consequentemente, traz complicações na hora do sexo. Fazer sexo deve ser uma hora de prazer e entrega amorosa. Um momento de reforço do vínculo entre os pares não deve ser feito de qualquer jeito ou a qualquer custo. Os casais apaixonados se aproveitam dessa ocasião especial para se amar sem limites e traduzir a paixão que sentem um pelo outro. Para muitos, esse é o único momento que podem fugir da correria diária e do estresse do trabalho, da casa e das dificuldades que enfrentam para realizarem suas atividades. Não façam do sexo uma válvula de alívio para as angústias do dia a dia, mas sim um momento para sentir o amor em sua plenitude.

Em Meu jeito de dizer que te amo, novo giftbook lançado especialmente para o Dia dos Namorados, passei para o papel as mais diversas declarações daqueles que sabem e sentem o que é o amor. O livro traz imagens e palavras doces que reforçam pequenas atitudes do dia a dia capazes de nutrir a paixão de um casal, ampliando a cumplicidade na relação e o desejo de acolher ainda mais o outro por meio do amor expressado. Algumas pessoas têm dificuldade em dizer “te amo” para seus parceiros. É provável que esta insegurança tenha crescido quando ainda éramos pequenos e convivíamos fortemente com nosso pais. Se não tivemos pais amorosos, que se declaravam e se envolviam constantemente, podemos crescer com a dificuldade em expressar esse amor, pois nunca partilhamos momentos em que casais o faziam.

Outro ponto é que muitas vezes esquecemos que nossa esposa, marido, companheiro (a) é a pessoa que está ao nosso lado nos momentos mais importantes, que nos dá força, nos anima, nos orienta em nossas escolhas e nos torna pessoas melhores. Acredito que essa pessoa merece mais que pequenos momentos de amor. Diga a ela (e) que a (o) ama, expresse todo o seu carinho e atenção. Todos gostam de sentirem-se amados e desejados pelo parceiro, então porque não dedicar mais carinho a esta pessoa? Como no meu livro, diga “eu te amo” de 60 formas diferentes. Faça sexo sim, mas lembre-se que qualidade de vida não significa quantidade, mas como você faz uso dos seus momentos em benefícios da sua saúde e do seu bem estar.

Assim, a atividade sexual deixa de ter um único objetivo: o prazer. Afinal, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), sexo de qualidade é um dos quatro pilares de uma vida plenamente saudável. Por isso, faça da hora do sexo um momento mais que especial de integrar prazer, amor, saúde e qualidade de vida.

*Anderson Cavalcante É administrador de empresas com ênfase em Marketing e MBC pela University of Florida. É empresário e ministra palestra para as maiores empresas do país, que buscam realizar ações lucrativas, porém humanizadas. Foi reconhecido, em 2004, como o palestrante mais jovem do Brasil por realizar palestras para empresários n exterior, no evento Expo Business Japan. É autor dos best-sellers “O que realmente importa?”; “As coisas boas da vida”, lançado também na Europa, entre outras obras produzidas pela Editora Gente. No Brasil, seus livros já venderam mais de 272 mil exemplares. Para mais informações, acesse www.andersoncavalcante.com.br

Filhos de Simonal animam show gratuito em evento do Secovi-SP e do Sesc-SP para condomínios

Projeto musical homenageia Wilson Simonal no Dia da Ação Social dos Condomínios na Capital

O Baile do Simonal, projeto concebido e produzido por Max de Castro e Wilson Simoninha, filhos de Wilson Simonal, é a principal atração musical do Dia da Ação Social dos Condomínios dia 23/5, das 9h30 às 17 horas, no SESC Itaquera (Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1.000 – Parque do Carmo).

Iniciativa do Secovi-SP em parceria com o SESC SP, o evento foi idealizado pelo Projeto Ampliar, área de responsabilidade social do Sindicato, e oferecerá gratuitamente um dia inteiro de lazer, promoção da saúde, cidadania e qualidade de vida a zeladores, porteiros, faxineiros, vigias, entre outros funcionários de condomínios de São Paulo e seus familiares.

A programação será bastante variada, para atender a todos os gostos e faixas etárias. Parque aquático, teatro infantil, intervenções artísticas, oficinas com pais e filhos, recreação e clínicas esportivas, aulas abertas, visitas monitoradas, palestras e exposições voltadas à saúde e qualidade de vida estão previstas para acontecer durante todo o dia, que será encerrado com o show musical do Baile do Simonal, por volta das 15 horas.

O evento é aberto a funcionários de condomínios de todo o Estado de São Paulo. Haverá transporte gratuito do metrô Itaquera até o SESC Itaquera, a partir das 8h30. Quem for do interior, pode procurar a unidade do Secovi-SP mais próxima da sua região e aderir às caravanas que estão sendo formadas para trazer os participantes ao local.

Interessados em participar devem fazer sua inscrição previamente pelos telefones (11) 5591-1304 a 1308 ou pelo site www.secovi.com.br/acaosocial/.

Agenda

Evento: Dia da Ação Social dos Condomínios
Data: 23/5/10
Local: SESC Itaquera - Avenida Fernando do Espírito Santo Alves de Mattos, 1000 – Parque do Carmo - São Paulo
Horário: 9h30 às 17 horas

Branca de Neve Não Mora Mais Aqui

Um espetáculo infantil com vários personagens clássicos de contos de fadas reunidos em uma estória com muita música, dança e ação, todos os sábados e domingos de 01/05 à 30.05, às 16h

Esta estória começa como todas as outras...

Todos já conhecem a famosa história de Branca de Neve e os sete anões, que se casou com um príncipe e foi morar no castelo, e que foram felizes para sempre. Ninguém mais soube o que aconteceu com os sete anões após o casamento de Branca de Neve e nem com ela. Nesta história nós vamos contar, e vocês vão saber como vivem os anões, já que eles possuem uma grande mina de ouro e diamantes.

Os anões agora moram sozinhos. Para tirar umas férias e ir á praia depois de anos de trabalho, é feito um sorteio para ver quem fica tomando conta da casa. Dunga foi o sorteado... Que pena, não vai viajar!. Não faz mal, os amigos virão visitá-lo.

Diversos personagens de outras histórias infantis vão visitar os anões e muitas coisas acontecem. Amigos e vilões entram em cena, e será um desafio.

O Lobo mau vencerá o Dunga? Chapeuzinho Vermelho encontrará a casa da vovozinha? A Rainha má ainda está a procura de Branca de Neve? E a Bruxa? Capitão Gancho vencerá a luta com Peter Pan e Sininho? O Porquinho Prático terá a ajuda de Dunga na sua nova casa de tijolo? Onde ela será construída? E muitos outros personagens entrarão e você só terá as respostas para estas perguntas se for assistir “BRANCA DE NEVE NÃO MORA MAIS AQUI” . No final os anões voltam das merecidas férias, para dar parabéns pelo aniversário de Dunga com doces, pudins e tortas deliciosas.

Música, dança, canto, duelo e muita ação! Um espetáculo para toda a família....

Ficha Técnica:
Texto, cenário, figurino: Wilson Coca.
Direção: Sebastião Apollônio
Assistente de Direção: Roberto Taty
Música e letra: Wilson Coca
Arranjo musical: Cris Cordeiro
Elenco: Márcio Rizzo / Ronaldo de Castro / Arecê Bessa / Daisy Fiorini / Anderson Rafael / Gerson de Souza / Mainara Brito.

Serviço:
Branca de Neve Não Mora Mais Aqui
Local: Teatro Anhembi Morumbi
R. Dr. Almeida Lima, 1134 – Mooca – Próximo ao Metro Bresser
tel: (11) 2081-5924 / (11) 2872-1457
Site: www.teatroanhembimorumbi.com.br
Ar-condicionado
Estacionamento e acesso para deficientes físicos além de poltronas especiais para obesos.
Período: 01/05 à 30/05/10
Horários: Sábados e Domingos, às 16h
Valor: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada)
Duração: 80 minutos
Genêro: Infantil
Indicado para maiores de 2 anos
Bilheteria: terça a domingo, das 14h às 19h.
Em dias de espetáculo funciona até o início do mesmo.
* Formas de pagamento: Crédito e Débito - VISA e MASTER
Amex e Dinners, apenas pelos canais on-line da Ingresso Rápido.
4003-1212
www.ingressorapido.com.br

Miopia: pessoas com alto grau já podem recorrer à cirurgia para corrigir a visão

Lentes implantáveis desbancam óculos ‘fundo de garrafa’

Óculos com lentes ‘fundo de garrafa’ costumam ser um grande incômodo para várias pessoas com médio ou alto grau de miopia. Para enxergar melhor, muitas acabam comprometendo a autoestima e a vida social. A grande novidade para casos como esses são as lentes implantáveis. Nos Estados Unidos, um estudo publicado no jornal Archives of Ophthalmology analisou mais de 600 pessoas que implantaram lentes para correção de alta miopia. Os resultados mostram que 74% permaneceram com visão 20/20 e 95% atingiram visão 20/40 – ou melhor – após cinco anos.
Para se entender melhor a avaliação com base nos padrões norte-americanos, de 20/20 a 20/40 a visão é considerada boa ou normal; de 20/50 a 20/70, é considerada moderada; a partir de 20/80 os casos são graves, se estendendo até 20/200 – quando é diagnosticada a cegueira. “As lentes intraoculares fácicas estão indicadas principalmente para pessoas com alto grau de miopia ou hipermetropia nas quais não é possível realizar a correção a laser devido à mudança acentuada da curvatura. Também são um excelente recurso para o paciente que apresenta a córnea muito fina”, diz o doutor Renato Neves, diretor do Eye Care Hospital de Olhos.
Na opinião do médico, uma das principais vantagens é a satisfação do paciente. “Esse tipo de lente é menor do que a lente de contato comum e praticamente desaparece depois de implantada sobre a pupila. Simples, a cirurgia é realizada em 15 minutos”. Sob anestesia local, a lente é fixada no olho do paciente por duas pequenas alças presas à íris. Na maioria dos casos, o paciente passa a enxergar melhor já no dia seguinte ao implante. “Não tem sensação tão boa quanto acordar e enxergar tudo à sua volta sem precisar dos óculos”, diz Neves.
Para o oftalmologista, outra vantagem da cirurgia intraocular é que as lentes implantáveis podem ser removidas a qualquer momento se o paciente esboçar qualquer tipo de reação adversa, enquanto a cirurgia a laser é definitiva. “A acuidade visual é outro ganho notável, assim como o fato de ser um procedimento seguro e que atende às necessidades de quem tem mais de 10 graus de miopia ou espessura incompatível para a cirurgia a laser”.

Fonte: Dr. Renato Neves, cirurgião oftalmologista e diretor do Eye Care Hospital de Olhos, de São Paulo (www.eyecare.com.br).

terça-feira, 3 de maio de 2011

MADEIREIRA CAI E DEIXA FAMILIA DESABRIGADA NO PARQUE GUARANI

A chuva do dia 12/4 foi tão forte que destruiu as paredes do prédio - Fotos: Inara Mel
A tempestade que caiu no dia 12 de abril por volta das 17 horas, destruiu o telhado de uma madeireira localizada na Avenida Imperador, localizada no Parque Guarani, zona leste de São Paulo. A aparente má conservação do prédio fez com que  as telhas  descolassem e uma delas acabou caindo na casa ao lado, onde residia uma família.
No momento, estavam em casa Inara, Edvaldo e seus filhos de 3 e 4 anos. Felizmente ninguém ficou ferido, mas tiveram a casa interditada pela defensoria pública, ficando sem ter pra onde ir, além de ter perdido bens materiais, devido o quarto ter ficado todo alagado.
As crianças não puderam
ir à escola desde o acidente


Fui procurar a madeireira pedindo que nos ajudasse diante da situação de não ter onde ficar e o responsável simplesmente me disse "se vira" que não era problema deles, me tratando com o maior descaso." Disse Inara, a mãe das crianças, que já tinha ido na defensoria publica e foi orientada de que a madeireira teria que ter arrumado um lugar para que ficassem até que o problema fosse resolvido ou ter dado no mínimo uma ajuda de custo.

Segundo a observação da vizinhança, o prédio não apresentava indícios de manutenção anual. "Nunca vimos ninguém trabalhando nas fachadas ou telhado do prédio". Disseram alguns visinhos enquanto observavam o estrago. 



Imagens do prédio em fase de demolição

O laudo pericial ainda não está pronto, mas o casal que já entrou com um processo por danos morais e materiais, espera ser ressarcido do prejuízo.

"O valor da perda não é tão grande quanto a humilhação que sofremos com o descaso dos responsáveis pela madeireira na hora em que mais precisamos" disse Inara.