Nossos Vídeos

sábado, 19 de março de 2011

Fábrica de Cultura, na Vila Curuçá é inaugurada



Ao todo, serão entregues nove prédios de 6 mil m², que já estão sendo
construídos em regiões periféricas da capital
Fotos: Cris Castello Branco
 
O governador Geraldo Alckmin inaugurou, neste sábado, 19, a primeira Fábrica de Cultura, na Vila Curuçá, zona leste de São Paulo, ação inovadora na área de artes e cultura. Ao todo, serão entregues nove prédios de 6 mil m², que já estão sendo construídos em regiões periféricas da capital: Cidade Tiradentes, Sapopemba e Itaim Paulista (zona leste); Brasilândia, Vila Nova Cachoerinha e Jaçanã (zona norte); Capão Redondo e Jardim São Luís (zona sul).




Nas Fábricas de Cultura, serão ministrados gratuitamente cursos e oficinas voltados à formação em todas as áreas das artes do espetáculo
 


O edifício será um espaço de difusão cultural, oferecendo espetáculos das mais variadas áreas para toda a comunidade
 

A partir do dia da inauguração, durante todo mês de março, jovens de 14 a 24 anos
poderão participar de workshops com os educadores


Para participar, o aluno precisa apenas comparecer à recepção da Fábrica de Cultura,
sem necessidade de inscrição prévia
 Nas Fábricas de Cultura, serão ministrados gratuitamente cursos e oficinas voltados à formação em todas as áreas das artes do espetáculo. "Não é só lazer, mas é lazer e formação. Nós vamos ter aqui bons talentos se revelando e formação profissional", explica o governador Geraldo Alckmin. Além disso, o edifício será um espaço de difusão cultural, oferecendo espetáculos das mais variadas áreas para toda a comunidade, sob a coordenação da Secretaria de Estado da Cultura.

"A construção dos nove prédios e a implantação de um amplo programa artístico em bairros com poucas oportunidades culturais fazem parte de um dos grandes objetivos da Secretaria e do Governo do Estado, que é a democratização da cultura de qualidade", afirma o secretário Andrea Matarazzo. "É importante que as crianças e jovens tenham a oportunidade de desenvolver um olhar crítico sobre a arte e sobre a vida. A cultura tem o poder de transformar as pessoas e ampliar suas possibilidades".

A partir do dia da inauguração, durante todo mês de março, jovens de 14 a 24 anos poderão participar de workshops com os educadores, que explicarão sobre cada curso, em aulas experimentais. Para participar, o aluno precisa apenas comparecer à recepção da Fábrica de Cultura, sem necessidade de inscrição prévia.

Já para as inscrições dos cursos oferecidos, os interessados devem comparecer à recepção da unidade ou se inscrever diretamente com o educador. Basta o aluno se informar sobre a faixa etária de cada curso. A expectativa é que a Fábrica de Cultura seja um sucesso. "Nem abriu e já tem 200 inscritos para as oficinas culturais", afirma Alckmin.

O prédio

A Fábrica de Cultura da Vila Curuçá é formada por dois prédios integrados: o Teatro, que abriga todos os equipamentos necessários para a produção de grandes espetáculos, e o edifício de Múltiplo Uso, que reúne as salas de artes, biblioteca, salas multiuso, espaços administrativos e pedagógicos, refeitório e ambulatório.

Cada unidade da Fábrica de Cultura tem o custo de cerca de R$ 12,5 milhões.. As unidades seguem um padrão arquitetônico e têm diversos espaços de múltiplo uso e salas específicas para as atividades práticas e teóricas de teatro, dança, música, circo, audiovisual e artes plásticas, além de biblioteca e teatro.

O programa Fábricas de Cultura

O objetivo do programa é promover a participação de jovens de distritos vulneráveis da capital em atividades artísticas e culturais que contribuam para seu desenvolvimento e inserção social.

O programa Fábricas de Cultura começou em 2007, com ações artístico-culturais para crianças e jovens de 7 a 19 anos, moradores de bairros com baixos indicadores sociais. Desde então, as atividades foram realizadas em equipamentos culturais das regiões, até a conclusão dos prédios.

Cada unidade vai contar com uma biblioteca, em que, seguindo o modelo de sucesso da Biblioteca de São Paulo, a literatura será aliada da tecnologia. As bibliotecas das Fábricas terão acervo inicial de 2 mil livros e serão equipadas com computadores. Nos Ateliês de Produção serão oferecidos cursos de formação e atividades de mobilização nas áreas de teatro, dança, capoeira, circo, música em geral, literatura, artes plásticas, vídeo e fotografia. Na Vila Curuçá, o objetivo é atender 1,2 mil nos ateliês.

As fábricas ficarão abertas à comunidade aos fins de semana, com apresentação de espetáculos e com o programa Fábrica Aberta, que vai oferecer o espaço e os equipamentos para pesquisa, ensaio, produção e difusão da produção cultural local, além de encontros e seminários de profissionais da área da cultura. As Fábricas de Cultura serão equipadas com teatros, com capacidade para 300 pessoas, que terão espetáculos profissionais e também produções locais, além das apresentações criadas nas Fábricas.

Investimento do BID

Desde quando foi criado, em 2007, o programa Fábricas de Cultura conta com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). As regiões de atuação foram escolhidas a partir de pesquisa realizada pela Fundação Seade, que desenvolveu, especialmente para esse trabalho, o Índice de Vulnerabilidade Juvenil, composto por indicadores que influem nas condições de vida dos jovens. O investimento do BID foi de US$ 20 milhões. De 2004 até dezembro de 2010, foram gastos US$ 12 milhões, entre obra e custeio do programa. Em maio de 2010, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, foi renovado o empréstimo por mais dois anos, para o uso do saldo contratual US$ 8 milhões (cerca de R$ 15 milhões).

ENDEREÇO:
Rua Pedra Dourada, 65
Vila Curuça - Vila Conceição

Ônibus:
2707 -10  Metro Itaquera / Chabilandia
273D - 10 Metrô Artur Alvim, Parque D. João Nery
3902-10 - Guaianases/ Estação CPTM - Jd Romano

Obama diz que EUA está disposto a ampliar cooperação e comércio com o Brasil

Discurso do presidente americano Barack Obama . Foto: José Paulo Lacerda
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disseneste sábado, 19 de março, que o seu país está disposto a fortalecer a cooperação econômica e ampliar o comércio com o Brasil. “A possibilidade de vender mais produtos e serviços para um mercado que cresce como o Brasil significa criar empregos nos Estados Unidos”, afirmou Obama, em discurso para cerca de 400 empresários brasileiros e norte-americanos durante a Cúpula Empresarial Brasil-Estados unidos. O evento realizado no Centro de Convenções Brasil 21 foi organizado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos e a Câmara Americana de Comércio (Amcham).

Segundo Obama a cada US$ 1 bilhão de exportações são criados 5 mil empregos para os norte-americanos. Mas o presidente dos Estados Unidos destacou que o Brasil também terá vantagens com o aumento do comércio bilateral. “É uma via de mão dupla, que também criará mais oportunidades para o Brasil.”Ele elogiou a capacidade empreendedora dos brasileiros e lembrou que o fato de o país ser uma democracia estável e uma economia que se destaca no cenário internacionalestimula os investimentos e favorece as parcerias com os Estados Unidos.

No discurso que durou 18minutos, Obama disse os acordos assinados com a presidente Dilma Rousseff antes da cúpula empresarial ampliam a cooperação e reafirmam a disposição dos dois países em remover as barreiras ao comércio e aos investimentos. Ele destacou que os norte-americanos têm interesse em ser parceiros do Brasil na exploração do pré-sal.

“Os Estados Unidos podem ajudar fornecendo tecnologia e, depois, comprando petróleo.”Obama disse que os dois países também podem formar parcerias para a produção de energiarenovável. Outra área de interesse é a infraestrutura e a participação nas obras necessárias para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016.

Para o presidente dos Estados Unidos, o Brasil deixou de ser o país do futuro. “O futuro já chegou”, destacou. Ele acrescentou que o Brasil está se tornando um modelo para o mundo onde, a exemplo dos Estados Unidos, todos os sonhos são possíveis e podem se transformar em realidade. “A democracia ainda é o maior parceiro do progresso e, juntos, podemos realizar o sonho americano”, concluiu Obama.

Antes do discurso do presidente dos Estados Unidos, o presidente da seção americana do Conselho Empresarial Brasil-Estados Unidos, John Faraci, defendeu uma parceria comercial entre os dois países. “A visita do presidente Obama demonstra o valor que os Estados Unidos dão ao Brasil. Esperamos que ela seja o início de uma parceria comercial entre os dois países”, declarou Faraci.

EXPO REVESTIR 2011 reúne lançamentos de todas as tendências

  
Entre as tendências para 2011, destaca-se o revival de cores e designs. O charme das décadas de 1950 e 1960 é fonte de inspiração para fabricantes de revestimentos: a influência dos Anos Dourados aparece em tons alegres e desenhos nostálgicos. Também merece destaque a opção pela sustentabilidade, com a escolha de materiais e processos de produção que valorizam o reaproveitamento e a eficiência ecológica.
A Fashion Week da Arquitetura e Construção traz estas tendências e mais: o vintage, a releitura do clássico, a influência do design marcante e a preocupação com o meio ambiente são alguns dos destaques da feira.
Entre 22 e 25 de março, em São Paulo, os profissionais de arquitetura, construção e design de interiores encontram na feira internacional estas novas soluções em revestimento. Confira:

Atlas lança linhas de pastilhas com toques vintage e metalizado
A Atlas apresenta lançamentos em revestimentos sustentáveis, luxuosos e vintage


Pastilha Vintage: A Atlas buscou inspiração nos anos 50 para lançar a linha de pastilhas foscas rústicas e com junção das peças levemente desigual. Atualmente é possível encontrar edifícios históricos que foram revestidos na década de 50 com pastilhas, a restauração é indicada a cada 30 anos, agora com o lançamento da Atlas os edifícios voltam a apresentar o aspecto de novo e a nostalgia dos anos 50. E novos edifícios se beneficiam com um revestimento que apresenta alta durabilidade e resistência as intempéries da natureza, como sol, chuva e maresia. Indicados para piso e parede interna e externa. Medidas: 2 x 2cm
Pastilha Metalizada em novos formatos: Pastilhas de porcelana com esmalte em bronze são apresentadas na Revestir 2011 em novos formatos, 2,5 x 5cm e 1,5 x 1,5cm. Com essas novas opções de tamanhos, é possível criar diversas paginações e oferecer luxo e sofisticação aos ambientes. A linha não absorve água, é resiste ao calor, apresenta alta durabilidade e é de fácil limpeza. Indicada para paredes internas.
Estande da Atlas: nº 350

Lepri aposta em patchwork artesanal e em revestimento sustentável

A Lepri - Finas Cerâmicas Rústicas preparou 12 novidades para lançar durante a Expo Revestir. São revestimentos em novas cores, novos formatos, desenhos e texturas, produzidos especialmente para deixar os ambientes mais bonitos e personalizados, além de facilitar o trabalho na hora da aplicação.
Tabeira Patchwork: um trabalho artesanal que une cerâmicas com desenhos diversos, para transmitir descontração e alegria ao ambiente. Pode ser utilizado como tabeira ou faixa, em pisos e paredes, de áreas internas e externas. É ecológica, feita da reciclagem de lâmpadas fluorescentes. Formatos em cm: disponível no mo modelo 3 x 3cm e no modelo 2 x 5,5cm.

Ecopastilhas: O porcelanato é criado a partir de lâmpadas fluorescentes recicladas, ideais para pisos e paredes de áreas internas e externas, áreas molhadas como piscinas, banheiros, saunas e fachadas, além de locais de destaque ou detalhes. Cores disponíveis: Verde Amazônia, Branco Nagará, Guarapari, Areia Copacabana e Azul Noronha. Nos formatos 5 x 5cm no estilo reta, que apresenta corte seco e alinhado; e 3 x 3cm no estilo paper, que lembra pequenos pedaçinhos de papel rasgados.
Estande da Lepri: nº 255





Vetromani na Expo Revestir 2011


Mix de formas
 Linha Mix de Formas: Grande lançamento da Vetromani no mercado, com opções de desenhos distintos, os quais apresentam em suas composições diversos formatos de pastilhas, oferecendo um design exclusivo à coleção, são eles: Florença, Bérgamo, Tramma, Ravenna, Novara, Trento, Bolonha e Módena.



Linha Tijolinho
Linha Tijolinho: possui modelos de produtos distintos - Trieste, Livorno, Tijolinho 2,35x5 cm junta reta, Tijolinho 2,35x5 cm junta amarração, Tijolinho 5x10 cm junta reta, Tijolinho 5x10 cm junta amarração. Disponível em todas as cores do menu, podendo também terem acabamento acetinado e mix personalizados de cores.


Linha Filetes: é a releitura dos listelos tradicionais, com diferenciação nos formatos e comercialização tanto por placas quanto por peças soltas. Com formatos de filetes de 2,35x30 e 5x30cm. Disponíveis em todas as cores e acabamentos.

Linha Pastilhas: também podem ser confeccionadas de forma personalizada, com a seleção das cores, formas e desenhos especiais para cada cliente.








Linha Micron: pequenos detalhes que fazem a diferença. A linha Micron oferece peças variadas de pequenos formatos e suas composições para projetos de todos os gostos, tendências e estilos, onde a criatividade é bem-vinda.









Linha Coquetel de Letras: para compor ambientes exclusivos. Inspirada nos “caça-palavras” a linha Coquetel de Letras trás peças que estimulam a imaginação e criatividade do espectador, com a possibilidade de formar sua própria combinação de palavras com o nosso alfabeto.






Linha Iridium: sofisticada inspiração: Com efeito metalizado, a Linha Iridium nasce com peças no formato de 2,35 x 2,35 e caracterizadas pela intensidade de suas cores. Aliada a beleza e resistência do vidro, a decoração com pigmentos nas cores azuis e amarelas formam efeitos brilhantes que se alteram dependendo da luz e posição do espectador.

Estande da Vetromani: nº 467

Semana de Cinema e Cultura Africana do CEU Lajeado

O ano de 2011 foi denominado o Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes e por este motivo o CEU Lajeado vai realizar a Semana de Cinema e Cultura Africana, que constitui a apresentação de filmes do cineasta Sol Carvalho, um moçambicano que criou diversos filmes de curta e longa duração, abordando a realidade africana e relata os problemas enfrentados por alguns países.

A Semana de Cinema e Cultura Africana vai começar na segunda, dia 21 de março, Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, e vai até o dia 25 de março, no Teatro do CEU Lajeado.

Após as exibições do filmes serão discutidos os assuntos pertinentes apresentados pelos filmes como racismo, exclusão social, educação, corrupção. Com o objetivo de aprofundar os assuntos e esclarecer determinados sensos comum, e a valorização da convivência diária da escola.

Confira os filmes que serão exibidos:
- Rodas de rua
- Quando o mar bate na rocha
- Garras e dentes
- Pregos na cabeça
- Muhipiti Alima
- Maria a empregada
- O jardim do outro homem

Havaianas Special Collection

Slym Christal Mesh

Sofisticação e exclusividade marcam esta coleção


Muito luxuosa, a linha de sandálias Special Collection é produzida com acessórios diferenciados e virou objeto de desejo para os amantes da marca.

Cristais Swarovski, detalhes e malhas de metal são costurados à mão por artesãs em Alagoa Nova, na região nordeste do Brasil. Todo esse cuidado torna a coleção única e

sofisticada, sendo mais uma forma de levar a alma do Brasil para o mundo.


Adicionar legenda

Slym Christal Ameixa

Centro Cultural de Guaianases recebe peça de teatro

No próximo dia 22 de março de 2011, a Kiwi Cia de Teatro apresenta a peça "Carne - Patriarcado e Capitalismo" no espaço do Centro Cultural de Guaianases.

A encenação ocorrerá a partir das 14h30 e tem como referência o Dia Internacional de Luta das Mulheres, comemorado em 8 de março. Os interessados a prestigiarem a peça, precisam apenas comparecer ao espaço no dia e hora citados.

Esta é uma realização do Núcleo de Defesa e Convivência da Mulher Viviane dos Santos e parceria com a Subprefeitura. A entrada é gratuita.

SERVIÇO:

Rua Cosme Deodato Tadeu, 136 (próximo ao Mercadão de Guaianases)

Participe da 8ª edição dos Jogos da Cidade

A 8ª edição dos Jogos da Cidade, evento que tem como objetivo a integração sócio-cultural e esportiva, entre os munícipes, e o desenvolvimento da cultural de paz, já está com as inscrições abertas. Esta é uma realização da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, com parceria das 31 subprefeituras.

Os Jogos da Cidade são realizados em duas etapas: 1ª etapa regional, e a 2ª etapa regional municipal. Entre as modalidades disputadas estão: futebol de campo masculino, basquetebol masculino e feminino, futebol de salão masculino e feminino, handebol masculino e feminino e o voleibol masculino e feminino. O evento ainda conta com os festivais, nas seguintes modalidades: bocha, gateball, xadrez, capoeira, vôlei de areia e tênis de campo.

As equipes poderão se inscrever até o dia 31/03/2011 pelo site http://www.jogosdacidade.prefeitura.sp.gov.br/ ou nas subprefeituras.

Clube Escola na Praça está chegando

Em março, a Supervisão de Esportes da Subprefeitura de Guaianases vai lançar o Clube Escola na Praça, um projeto que visa espalhar a cultura de paz no bairro de Guaianases. Esta é uma parceria entre a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação (SEME), a Associação Brasil Gigante e a Supervisão de Esportes. Ao total serão duas praças contempladas: A Praça da Paz (Rua Itaberaba-çu, S/N - Lajeado) e a Praça de Eventos (Estrada Itaquera Guaianases com a Rua Ribeirão Itaquera).

Tais espaços irão receber as seguintes atividades: tenda da leitura, cama elástica, brinquedoteca e piscina de bolinha entre outras atividades de recreação. O projeto acontecerá todos sábados e domingos, com monitores especializados em atividades lúdicas e recreação.