Nossos Vídeos

sábado, 27 de julho de 2019

Queen Cover agita o público do Shopping Penha



Apresentação acontece no dia 30 trazendo clássicos da banda de sucesso dos anos 70


O Festival de Banda Cover do Shopping Penha traz em sua segunda apresentação nada mais nada menos que a banda Queen Tribute Brazil.

A Praça de Alimentação será palco da apresentação única que acontece no dia 30 de julho às 19h30.

Com performance, sonoridade e figurinos que resgatam com fidelidade e emoção uma das maiores bandas de todos os tempos, os fãs do lendário Freddie Mercury poderão curtir clássicos eternos como Bohemian Rhapsody, We will rock you, Under Pressure, Radio ga ga, We are the champions, Love of my life, Don't stop me now, e muito mais.

“Estruturamos o festival para oferecer diversão gratuita e de qualidade aos nossos clientes e a escolha das bandas segue o princípio de integrar a família que está sempre presente aqui no empreendimento”, afirma Débora Blanco, superintendente do Shopping Penha.

O festival segue até o mês de outubro trazendo cover de bandas como Bon Jovi, Legião Urbana, Pear Jam, Coldplay, entre outros.

Para saber o cronograma de atrações consulte o site: http://www.shoppingpenha.com.br/



Festival de Covers no Shopping Penha
Banda Queen Tribute Brazil
Quando: 30 de Julho
Local: Praça de Alimentação
Horário: a partir das 19h30
Endereço: Rua Dr. João Ribeiro, nº 304 - Penha‎ - São Paulo, SP
Mais informações: (11) 2095-8240 – www.shoppingpenha.com.br



Sacola personalizada para lembrancinhas de casamento

Podcast Mundo Freak realiza a São Paulo Fantástika - feira de horror, mistérios e fantasia

Caruso


A Associação Hokkaido será palco, no dia 10 de agosto, de um encontro entre produtores de conteúdo, ouvintes e interessados em investigar o insólito


Fãs de terror, fantasia, sci-fi, mistérios e magia já têm encontro marcado na capital paulista no dia 10 de agosto de 2019, sábado, das 10 às 21 horas. É a primeira edição da São Paulo Fantástika, feira que irá reunir produtores de conteúdo, ouvintes e o público em geral interessado em temas do horror e da fantasia e que curte literatura, cinema, quadrinhos e cenário underground. O evento ocorrerá na Associação Hokkaido (R. Joaquim Távora, 605 - Vila Mariana, São Paulo).


A São Paulo Fantástika vai contar com uma programação intensa e diversificada com workshops, palestras com influenciadores digitais e especialistas em diversas áreas e ainda a presença de artistas, que vão expor quadrinhos, pôsteres, livros, botons, esculturas, entre outros produtos relacionados ao tema. Os ingressos custam a partir de R$35,00 e podem ser adquiridos pelo Sympla no link bit.ly/SPfantastika.


O evento promete agradar quem sempre questionou o mundo à sua volta e que quer fazer parte de algo mais. Já confirmaram presenças grandes expoentes do entretenimento de terror, fantasia e mistérios e nomes de destaque da cultura pop nacional: o ator, comediante e roteirista. Fernando Caruso; a jornalista e especialista em games Flávia Gasi; o cineasta e escritor Marcos Debrito; a quadrinista e editora Germana Viana; a cineasta Gabriela Amaral; a jornalista e editora-assistente na Panini Comics, Belle Félix; a youtuber e podcaster Mellissa Pereira; o Ilustrador, quadrinista com trabalhos publicados nas editoras Marvel e DC e professor de desenho para quadrinhos, Rodney Buchemi, o jornalista, editor na Maurício de Souza Produções, editor-chefe no Site Universo HQ e podcaster especializado em quadrinhos, Sidney Gusman, entre outros convidados.


A São Paulo Fantástika é uma realização do Mundo Freak Confidencial, podcast sobre mistérios e entretenimento com mais de 350 mil downloads mensais e com ouvintes por todo Brasil, e em parceria com a Stuplendo, uma empresa focada em criação de conteúdo voltado para a cultura pop.



Workshops

Os workshops são um dos destaques da programação da São Paulo Fantástika. As atividades serão realizadas simultaneamente, em duas salas diferentes. Na sala Fantástika, profissionais com experiência em cultura popular compartilharão dicas, truques e segredos para quem quer se tornar um produtor de conteúdo de sucesso. Na sala Místika, serão abordados temas sobre mistérios das artes ocultas e da magia. Comprando um ingresso de workshop, o participante terá acesso poderá optar por frequentar a sala Fantástika ou a sala Místika.


Sala Fantástika

11 às 13 horas - Literatura Fantástica: novas formas, muitos caminhos - com Felipe Castilho - Nesta oficina vamos falar sobre as possibilidades para a escrita de Fantasia que a tecnologia e a sociedade atual nos permitem. Como podemos contribuir para a inovação da cena, o que os autores consagrados podem nos ensinar e do que podemos desapegar


14 às 16 horas - Como criar a alma do seu podcast - Tato e Maury (Ultrageek) -

Esse workshop apresenta na prática a estrutura, etapas, roteiro e o papel de cada um dentro do projeto e como elaborar um conceito matador.

17 às 19 horas - Oficina de criação de horrores - Raphael Fernandes - O editor e roteirista de quadrinhos Raphael Fernandes apresentará as principais técnicas para quem quer escrever histórias de horror realmente doentias. Nada de jump scare! O objetivo do curso é que você seja capaz de criar narrativas que causem extremo desconforto e aquela sensação de "eu não deveria estar vendo isso"


Sala Místika

11 às 13 horas - Como estruturar o seu ritual - Juliana Ponzilacqua - Quer começar a praticar magia mas não sabe como? Acha que não tem os instrumentos certos, não pode utilizar alguns deles? Juliana Ponzilacqua dá dicas simples e objetivas de como construir e executar um ritual simples para a realização do seu objetivo.


14 às 16 horas - Introdução ao estudo do tarot - Rodrigo Grola - Neste workshop você vai conhecer a estrutura de base do tarot, suas divisões, conexões com outros sistemas, decks importantes, bibliografia e todas as ferramentas que podem facilitar seus estudos fazendo que suas leituras deixem de ser um simples decoreba de significados.


17 às 19 horas - Saia do sofá: Introdução à prática de magia do caos - Marcos Keller - Workshop de introdução a prática de magia segundo a visão do caos, onde a partir de vivências e exercícios básicos, os conceitos basilares da prática caótica serão apresentados.


Idealizadores


Ira Croft - Co-fundadora do Mundo Freak, canal especializado em podcast e produtos entretenimento de terror e mistérios, consultora e produtora de podcasts, presente na mídia há 10 anos e criadora da #MulheresPodcasters, como divulgação e incentivo à presença feminina na mídia podcast. Palestrante e organizadora de eventos e atividades relacionadas ao podcast.


Andrei Fernandes - Fundador do Mundo Freak lidera uma trupe de desajustados em um podcast de investigação do insólito. É autor da série Demônios, Bruxas e Vagantes, que já conta com milhares de livros vendidos pelo Brasil.


Mundo Freak - O portal Mundo Freak nasceu em agosto de 2012, fundado pelo escritor Andrei Fernandes, pela publicitária Ira Morato e pelo professor de história Rafael Jacaúna, se destacou com o tema de mistérios e casos insólitos. Com mais de 350 mil ouvintes é referência na mídia podcast.


Pandora - Renata Delfiol - Mais conhecida como @Pandora, é pós-graduada em comunicação digital para mídias sociais, já tendo trabalhado para grandes empresas do mercado nacional. Atualmente, se foca em fazer com que sua grande paixão por terror, ficção, coisas nerds e misteriosas se materialize na forma da SP Fantástika.


MJ Macedo - Quadrinista, escritor, diretor e consultor do mercado de entretenimento e cultura pop - sendo grande estudioso do tema.


Stuplendo - Uma empresa especializada em criar propriedades intelectuais, transformando-as em animações, games, quadrinhos e franquias para o mercado nacional e internacional.


Serviço

São Paulo Fantástika
Data: 10 de agosto, sábado, das 10 às 21 horas
Local: Associação Hokkaido - R. Joaquim Távora, 605 - Vila Mariana, São Paulo
Ingressos: a partir de R$35,00 no Sympla - bit.ly/SPfantastik

TECNOLOGIA QUE REDUZ CASOS DE GLAUCOMA

Entre as novidades digitais que serão abordadas está o Preceyese, plataforma projetada para reduzir o risco de glaucoma, melhorando seu tratamento por meio da detecção precoce e do aperfeiçoamento de monitoramento e manejo.

A doença, que atinge o nervo traseiro do olho e pode causar cegueira, já afeta 900 mil pessoas no Brasil. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde, OMS, alcançará 80 milhões de indivíduos no mundo inteiro em 2020.

Em sua conferência, Pini mostrará como dados de saúde gerados e armazenados de forma simples e em conjunto com médicos, profissionais da saúde e os próprios cidadãos, já solucionam demandas de atenção primária sem que as pessoas precisem sair de casa ou de suas comunidades.

O Preceyse é um desses exemplos. O especialista afirma que essa pode ser a solução para populações distantes, que não têm acesso à assistência de qualidade.

O Global Summit trará para o Brasil importantes nomes de referência mundial para discutir a nova era da Saúde Digital e o futuro da Telemedicina na profissão. Pini e diversos outros especialistas compartilharão suas experiências em nações de mercados mais maduros sobre inteligência artificial, machine learning, dispositivos vestíveis e outros temas relevantes e atuais.

Lembrancinhas de papel para festas e casamentos

segunda-feira, 22 de julho de 2019

5 dicas para as férias mais sustentáveis


*Marcus Nakagawa

As férias escolares de julho são muito importantes para os alunos do Ensino Infantil, Médio e também para quem está na Universidade darem aquela pausa, respirarem e se prepararem para o próximo semestre. Vejo meus alunos passeando, indo para vários lugares ou simplesmente curtindo o seu cantinho. Meus filhos e seus amigos ficam ansiosos para as férias, e lá no finalzinho, já com saudades da escola e da convivência diária com os professores e colegas.

Mas será que dá para sermos um pouco mais sustentável dentro deste período tão intenso de emoções e passeios?

No turismo, academicamente, existem vários estudos de hotéis mais verdes, passeios mais sustentáveis e ecoturismo. Inclusive, alguns indicadores específicos para mostrar todos os pilares da sustentabilidade neste segmento de mercado: o ambiental, o social e o econômico. Na Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), inclusive, existe o Prêmio Braztoa de Sustentabilidade com vários casos de hotéis, agências de viagem, roteiros e parceiros de turismo. Um dos parceiros desta premiação é o Ministério do Turismo, que possui um mapa que visualme­­­­nte conseguimos achar as cidades e os locais com as iniciativas premiadas desde 2012. A Report Linker mostrou no seu relatório Global Sustainable Tourism Market que até 2023, o turismo sustentável terá uma Taxa de Crescimento Anual Composta superior a 10%.

Além dos dados e casos, o importante é o viajante, turista ou a pessoa de férias ser mais sustentável. Com base neste pensamento separei cinco principais pontos do meu livro “101 Dias com Ações Mais Sustentáveis para Mudar o Mundo” para que nestas férias você já comece a atuar.

Viaje para uma cidade sustentável
Uma cidade sustentável é aquela que busca uma correta destinação dos resíduos sólidos e um melhor ordenamento do ambiente. Além de, claro, diminuir a poluição (sonora e atmosférica), melhorar a mobilidade, a eficiência energética e a economia de água. Sempre pensando nos seres humanos que vivem nela. Dentro do Brasil, existem várias cidades que são consideradas mais sustentáveis, dentro de vários rankings e listagens. Que tal estas três para começar: Londrina e Curitiba, ambas no Paraná, e João Pessoa, na Paraíba. 

Compre produtos de ONGs de presente para seus amigos

ONGs são Organizações Não Governamentais sem fins lucrativos criadas para atuar em locais ou situações em que o estado é pouco presente ou para resolver problemas da nossa sociedade muito específicos e particulares. Todas fazem parte do Terceiro Setor e são associações ou fundações privadas com interesse público. Algumas áreas em que atuam são combatendo a pobreza, melhorando a saúde, educação, as diferenças sociais, protegendo os animais e o meio ambiente, ajudando a desenvolver uma consciência acerca da sustentabilidade entre diversas outras coisas. Geralmente nos locais turísticos existem Associações e Ongs vendendo suas obras, produtos e gastronomia local. Veja a procedência e desfrute a economia regional, comprando e consumindo produtos e serviços locais, desenvolvendo e fortalecendo este ponto turístico e levando uma lembrancinha bacana com história para o seu amigo ou amiga.

Encontre mais seus amigos de infância

Ter amigos e amigas é uma das melhores coisas do mundo, tanto para o nosso psicológico quanto para nossa saúde física. Amigos e amigas são as pessoas que nos apoiam em nossos sonhos e ideias, contudo, verdadeiros amigos e amigas são aqueles que, além do apoio, também mantém nossos pés no chão e nos puxam de volta para a realidade quando precisamos. Mas o dia a dia faz com que nos afastemos ou não dê tempo de ficar muito com eles. Que tal você encontrá-los nas férias? Marcar um local turístico para irem conhecer juntos? Ou simplesmente fazer uma lista e marcar com cada um deles, um jantar ou um café? Serão férias inesquecíveis.

Converse com alguém diferente de você


Os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da ONU prezam pela vida humana, sem exceções de etnia, e planejam alcançar a igualdade e dignidade para todos ao redor do mundo. Sempre baseados na Declaração Universal dos Direitos Humanos, a base para a convivência das pessoas neste planeta. Um dos temas que mais caracteriza a humanidade de hoje é a diversidade. As tecnologias e a globalização fizeram muitos pensamentos, culturas e costumes se destacarem e mostrarem como são diferentes. A quantidade de povos que habita nosso planeta e divide o espaço de um país ou de uma cidade é enorme. Nestas férias busque conversar com um monte de gente diferente de você para enriquecer sua cultura, alma e inteligência. Geralmente, temos uma tendência a ficar perto dos nossos “iguais”, mas aproveite as férias para conhecer outros “mundos” mentais e comportamentais.

Assista a filmes e documentários com temas de sustentabilidade

Uma das melhores formas de se aprender é usar a diversão como forma de ensino ou associando o contexto de aprendizagem a algo que gostamos muito. E uma das ações mais importantes para ajudar a tornar o mundo um lugar mais sustentável é a busca da informação e do conhecimento. Entendendo a mensagem e o conceito que a sustentabilidade deseja alcançar, fica mais fácil de aplicar as ações para o desenvolvimento sustentável. E para você que vai curtir as férias em casa existem vários filmes e documentários sobre esta temática. Alguns, inclusive, abertos e gratuitos em sites como YouTube ou divulgados nas redes sociais.

Espero que tenha gostado das dicas. Muitas pessoas, por falta de conhecimento, podem considerar todos esses argumentos uma grande bobagem e chegam a causar até certo desânimo no meio de uma conversa. Mas se você acompanha os problemas que o mundo e as pessoas vêm enfrentando significa que entende os impactos que pequenas ações podem ter. E juntos vamos buscando a real transformação, ou a verdade. Boas férias cada dia mais sustentáveis!

*Marcus Nakagawa é professor da ESPM; coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental (CEDS); idealizador e conselheiro da Abraps; e palestrante sobre sustentabilidade, empreendedorismo e estilo de vida. Autor dos livros: 101 Dias com Ações Mais Sustentáveis para Mudar o Mundo e Marketing para Ambientes Disruptivos.
www.marcusnakagawa.com, www.blogmarcusnakagawa.com

terça-feira, 16 de julho de 2019

Patch Adams confirma presença no CONARH 2019


Médico e ativista pela paz, justiça e cuidado aos outros é um dos destaques do congresso

Patch Adams, médico e ativista, mais conhecido por viajar o mundo visitando hospitais vestido de palhaço, está confirmado como palestrante na 45ª edição do CONARH (Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas), um dos maiores eventos sobre gestão de pessoas do mundo, que acontece entre 13 e 15 de agosto, no São Paulo Expo (SP).

Criador do The Gesundheit Institute, uma organização sem fins lucrativos com a missão de reformular a ideia tradicional de hospital, prezando pela saúde não só do doente, mas também da família, da comunidade e da sociedade como um todo, Patch Adams viaja o mundo com sua equipe de palhaços, incluindo zonas de guerra e acampamentos de refugiados.



Com a palestra “Os desafios globais dos Recursos Humanos e sua influência nos negócios”, o médico vai abordar como a contínua valorização das pessoas tem influenciado as empresas a olharem mais fortemente para a capacitação de seus funcionários, e como isso faz com que a área de Recursos Humanos assuma um papel estratégico nas organizações, formando líderes, equipes engajadas e comprometidas com os resultados de forma geral.

Os ideais colocados em prática por Patch Adams têm total sinergia com o tema central do CONARH: #Humanize, que tem como objetivo mostrar que, apesar da tecnologia permear cada vez mais o dia a dia das organizações, a peça fundamental em todos os processos é o ser humano.
“O que significa humanizar? Eu gosto da ideia romântica de que quando somos humanizados somos gentis, amáveis, caridosos e não somos nocivos. Então aí vou eu, preparados ou não”, diz Patch Adams sobre sua participação no CONARH 2019.


A visão da área da saúde

Também da área da saúde, Ana Claudia Quintana Arantes, médica e sócia-fundadora da Associação Casa do Cuidar - Prática e Ensino em Cuidados Paliativos, organização social sem fins lucrativos que atua na assistência integral para pacientes e familiares que estejam diante de uma doença grave que ameace a continuidade da vida, marca presença no CONARH 2019 com a palestra “A morte é um dia que vale a pena viver”.

Ana Cláudia irá compartilhar suas experiências pessoais e profissionais que incentivam as pessoas a cultivarem relações saudáveis e a cuidarem de si próprias com a mesma dedicação com que cuidam de parentes e amigos, sem deixar de fazer aquilo que têm vontade e as torna felizes. Esta palestra apresenta uma reflexão fundamental para os dias de hoje, tempo em que vivemos com a sensação permanente de que estamos deixando a vida. Um grande exemplo das chamadas competências humanas fundamentais, principalmente em um mundo digital.

Ambas as palestras, a de Ana Cláudia Quintana Arantes e a de Patch Adams, vão fazer parte da Trilha de Conhecimento Estratégia. As outras trilhas são Cultura, Liderança e Talentos, Digital, e Mercado e Tendências. Para saber mais, acesse www.conarh.org.br/.

45º Congresso Nacional sobre Gestão de Pessoas
Data: 13, 14 e 15 de agosto de 2019
Local: São Paulo Expo
Endereço: Rodovia dos Imigrantes, s/n - Km 1,5 - Vila Água Funda


Sobre a ABRH-Brasil

A ABRH-Brasil, presidida por Paulo Sardinha, está presente em 21 Estados e no Distrito Federal. As seccionais são desvinculadas juridicamente e independentes, integradas na missão de promover o desenvolvimento dos profissionais de RH e gestores de pessoas por meio de eventos, pesquisas e troca de experiências, além de colaborar com os poderes públicos e demais entidades nos assuntos referentes à sua área de atuação.

Filiada à WFPMA (World Federation of People Management Associations) e à FIDAGH (Federación Interamericana de Asociaciones de Gestión Humana), a ABRH-Brasil é cofundadora e integra a CRHLP (Confederação dos Profissionais de Recursos Humanos dos Países de Língua Portuguesa), fundada em 2010.

Contrata SP terá 50 empresas com mais de 1.000 vagas de emprego para pessoas com deficiência



Ação promove a inclusão de profissionais com deficiência e reabilitados do INSS conta com salários que chegam a R$ 5.000

Nesta quinta-feira, 18 de julho, a Prefeitura de São Paulo realiza a 7ª edição do Contrata SP voltado para a empregabilidade de profissionais com deficiência e reabilitados do INSS. O atendimento gratuito ocorrerá na Universidade Mackenzie - Prédio 30, região central, das 9h às 17h e contará com mais de 1.000 vagas ofertadas por cerca de 50 empresas.

Os candidatos a uma recolocação profissional terão acesso a empresas de diversos segmentos como Starbucks, Caoa, Latam, CIEE, Hospital Alemão Oswaldo Cruz, Viação Metrópole Paulista, Unisys, Paineiras Soluções Profissionais, Cervejarias Kaiser Brasil, Grupo Fleury, entre outras.

Há oportunidades para todos os níveis de escolaridade, incluindo ensino técnico e estágios. Os salários variam entre R$ 533 (para aprendizes em supermercados) a R$ 5.000, na área de enfermagem.

Os candidatos ainda podem participar da seleção para 30 oportunidades de coordenadores de restaurante, que exige o ensino médio completo e pelo menos seis meses na função. Outras 30 posições estão à disposição para atuar como recepcionista em sistema de escala, com salário de R$ 1.195.

O Contrata SP traz também 44 vagas para quem está cursando ou possui o ensino superior completo. Há cargos gerenciais nas áreas comercial e de tecnologia, assim como na categoria de analistas de recursos humanos. marketing e de finanças.

Para a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso, o Contrata SP é um evento já consagrado junto às pessoas com deficiência na cidade de São Paulo. “São esforços conjuntos dos órgãos municipais que evoluem a cada edição. Seja na organização ou na busca incessante para promover a empregabilidade desses profissionais, o Contrata SP se consolidou como uma importante ferramenta para a recolocação profissional”, destaca.

Os interessados devem comparecer com currículos e documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho, laudo ou certificado de reabilitação profissional). Também é possível fazer um cadastro prévio para evitar filas no dia pelo site:www.bit.ly/ContrataSP7candidatos .

As ações nas zonas oeste, leste, sul e centro já receberam mais de 3.600 inscritos, sendo que 400 já foram contratados. Segundo dados do Censo 2010 do IBGE, na cidade de São Paulo vivem quase 2,8 milhões de pessoas com deficiência. Dentre elas, 500 mil fazem parte da população economicamente ativa e apenas 42,8 mil estão empregadas com contrato formal.

Com o intuito de aumentar este número, foi sancionada em 1991 a Lei de Cotas (Lei Federal nº 8.213). A legislação exige que as empresas com mais de 100 funcionários destinem de 2% a 5% dos postos de trabalho para pessoas com deficiência, porém, esse percentual nem sempre é cumprido.

“Ainda temos muito a evoluir na prática para tornar essa política afirmativa ainda mais efetiva. Hoje, a legislação é cumprida por apenas 50% das empresas sujeitas a ela. Os motivos são, principalmente, o preconceito e a falta de informação, ainda latentes em empresários, executivos e, sobretudo, gestores de RH, que enxergam deficiência como incapacidade”, afirma Cid Torquato, Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.

O profissional com deficiência que não tiver a carteira de trabalho não precisa se preocupar. O CATe também realizará no evento a emissão da carteira de trabalho na primeira ou segunda via para pessoas a partir de 14 anos de idade. Para a emissão do documento a pessoa precisa levar RG, certidão de nascimento ou de casamento original e uma foto recente 3x4. No caso de segunda via também deverá levar a carteira anterior ou qualquer documento que contenha o número e a série da carteira de trabalho antiga.

O Contrata SP oferecerá também serviços que vão ajudar e orientar o trabalhador, entre eles:
• Orientação sobre benefícios previdenciários (INSS).
• Orientação sobre elaboração e cadastro de currículos (CATHO).
• Inscrição para vagas de estágio, disponíveis na Prefeitura de São Paulo (CIEE).
• Orientação sobre Direitos e Deveres da população com deficiência (CMPD).
• Orientação sobre os serviços da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência – SMPED.
• Orientação sobre Direitos trabalhistas (MPT).
• Orientação sobre serviços oferecidos pelos sindicatos dos trabalhadores e empregadores.

Serviço: Contrata SP 7ª Edição
Local: Universidade Mackenzie - Prédio 30 (Mackgrafe)
Endereço: Rua da Consolação, 930 (próximo ao metrô Higienópolis – Mackenzie)
Horário: 9h às 17h
Inscrições candidatos: www.bit.ly/ContrataSP7candidatos
Inscrições Empresas: www.bit.ly/ContrataSP7empresas
Mais informações: (11) 5667-5580 ou (11) 99973-8710


segunda-feira, 15 de julho de 2019

Shopping Penha terá Campanha contra tríplice viral


Ação é preventiva contra sarampo rubéola e caxumba


Amanhã (16) e sábado (20), o Shopping Penha recebe a Campanha Nacional de Vacinação contra sarampo, rubéola e caxumba. A vacina tríplice viral é indicada para pessoas a partir de 15 anos.

Para participar é necessário levar o cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e RG e estar dentro dos parâmetros da OMS. Como a vacina possui contraindicações, profissionais capacitados estarão à disposição no local para fazer as checagens necessárias e auxiliar nas dúvidas da população.

Campanha de Vacinação no Shopping Penha

DATA: 16 e 20 de julho

HORÁRIO: 10h30 às 17h no dia 16/07 | Das 10h às 16h no dia 20/07

LOCAL: Piso térreo – próximo à loja Via Uno

Endereço: Rua Dr João Ribeiro, 304, Penha de França/ São Paulo

Mais Informações: (11) 2095-8240 - http://www.shoppingpenha.com.br/


terça-feira, 9 de julho de 2019

Grupo Joining Forces faz levantamento inédito sobre direitos das crianças no Brasil



Relatório, que será apresentado no dia 10, mostra retrocesso em direitos e dá voz às crianças de todo o Brasil; os dados serão comparados com o mundo


Desde 2015 o Brasil passa por retrocessos nos direitos sociais das crianças e adolescentes, é o que mostra o relatório inédito “Child Rights Now – Análises da Situação dos Direitos da Criança”, feito pelo Grupo Joining Forces. O levantamento compara tópicos relacionados aos direitos das crianças e adolescentes à luz dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) estabelecidos pela ONU para 2030, com dados desde 1990, quando o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA) foi criado. Destaque também para a voz dos principais interessados no tema: crianças e adolescentes do Brasil inteiro se reuniram em grupos focais para dizer o que entendem sobre seus direitos e quais as soluções para garanti-los.

No dia 10 de julho, em São Paulo, o grupo se reúne para debater evidências que permitam observar as tendências de implementação dos ODS que impactam na realização dos direitos das crianças. O tema central será: “Convenção dos direitos das Crianças e Agenda 2030: qual é o diagnóstico do cenário brasileiro? Quais são as conquistas e os desafios atuais?”

A densa pesquisa expõe quatro temas prioritários, considerados críticos e em áreas com necessidade de “virar o jogo”, que estão sendo gravemente violados. Entre eles: acesso à educação de qualidade; convivência familiar; desigualdades, abusos e violências de gênero; e extermínio de adolescentes e jovens negros. Cada um desses tópicos é elaborado com estatísticas e analisado individualmente. O cenário apresentado é alarmante: 33 milhões (61% do total) de crianças e adolescentes brasileiros vivem na pobreza ou em privação de ao menos um direito, segundo a UNICEF.

Em relação a cada tema prioritário, os números mostram avanços e retrocessos. No campo da pobreza e desigualdade, o Brasil diminuiu o índice de pobreza extrema de 25,5% para 3,5% entre 1990 e 2012. Já entre 2014 e 2017, esse número dobrou de 5,2 milhões para 11,8 milhões. No que tange os jovens negros, eles constituem 77% do número de adolescentes que cumprem medidas de privação e restrição de liberdade no Brasil. No geral, a soma de adolescentes presos aumentou 58,6% nos últimos seis anos, dado obtido em uma pesquisa do Levantamento Anual do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo de 2018. Outros destaques são os 2,5 milhões fora da escola e as mais de 100 mil meninas que se estima que sofrem violência sexual todos os anos, de acordo com uma pesquisa feita pela Plan International Brasil.

Perguntados sobre os principais problemas que os afetam, as crianças destacam a falta de estrutura familiar, falta de oportunidades, doenças, o crime e as drogas. A adolescente Luanny, de 16 anos do estado do Pará, é apenas um exemplo da realidade de milhões de crianças brasileiras: “Eu morei com meus pais até os 14 anos, mas onde eu morava o ensino só chegava a 7ª serie. E eu tive que escolher: ou ficava lá e me casava cedo, cuidando de filho e roça, ou saia para estudar e trabalhar na cidade em casa de família. Aí eu tive que ir trabalhar na cidade grande aos 14 anos e hoje estudo e cuido da casa de família. Eu varro, lavo a louça, preparo o almoço, faço tudo”.

O relatório estará disponível para download no site das organizações e apresentação será transmitida ao vivo pelas redes sociais do ChildFund Brasil (@childfundbrasil).



Sobre o Joining Forces

O Joining Forces é constituído por cinco Organizações Não-Governamentais (ONGs) Internacionais no Brasil. O grupo traz dados de fontes oficiais junto às vozes de um diverso grupo de jovens, que discutem seus direitos. São eles:

Aldeias Infantis SOS Brasil: a Children’s Villages SOS (Aldeias Infantis SOS Brasil) é uma organização humanitária global de promoção ao desenvolvimento social, que trabalha em todos os estados brasileiros, há mais de 50 anos, na defesa, garantia e promoção dos direitos de crianças, adolescentes e jovens.

ChildFund Brasil: há 52 anos no país, o ChildFund Brasil - Fundo para Crianças é uma agência humanitária internacional de proteção e assistência a crianças, adolescentes, jovens e famílias em situação de pobreza. Atua nos estados de Minas Gerais, Ceará, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Amazonas, Piauí, Bahia e Goiás.

Federação Internacional Terre des Hommes: formada em 1966, é a rede que reúne 10 organizações que trabalham pelos direitos da criança e promovem seu desenvolvimento pleno sem qualquer forma de discriminação. No Brasil a Federação está presente desde 1984 com atuação nas regiões norte, nordeste e sudeste.

Plan International: com 80 anos de história, a Plan International é uma Organização não governamental, não religiosa e apartidária que defende os direitos das crianças, adolescentes e jovens, com foco na promoção de igualdade de gênero, atuando em São Paulo, Maranhão, Piauí e Bahia desde 1997.

Visão Mundial: a Visão Mundial é uma organização cristã de desenvolvimento e resposta às situações de emergência. Está no Brasil desde 1975 atuando em todos os estados brasileiros, através de programas e projetos nas áreas de proteção, educação, advocacy e emergência, priorizando crianças e adolescentes que vivem em situação de vulnerabilidades diversas.