Nossos Vídeos

sábado, 28 de fevereiro de 2009

Novidade pretende acabar com as mortes nas carrocinhas

Estima-se que, apenas na cidade de São Paulo, mais de 20.000 animais sadios são recolhidos das ruas e mortos todos os anos, simplesmente por não existir estrutura para abrigá-los e doá-los.

Mas este cenário poderá ser mudado. Já está funcionando o Q1B (Quero Um Bicho) - um sistema arrojado, oferecido gratuitamente aos Órgãos Públicos, que pode ser utilizado em todo o território nacional.

Animais que seriam mortos, mesmo em perfeitas condições de saúde, passarão a ter mais uma chance de serem adotados e viverem felizes.

A PEA (Projeto Esperança Animal), OSCIP idealizadora do projeto, afirma que um pouco de boa vontade dos administradores dos CCZs (Centro de Controle de Zoonoses) e dos Canis Municipais, poderá mudar radicalmente o cenário atual em curto espaço de tempo. O envolvimento das ONG’s e de estabelecimentos comerciais também é fundamental para que as mortes nas carrocinhas acabem. Lembrando que a OMS (Organização Mundial de Saúde) condena a prática adotada no Brasil, e considera a captura e morte de animais sadios um método ineficiente e oneroso aos cofres públicos.

No Q1B, os animais aptos à adoção serão divulgados com fotos e detalhes como comportamento, cor, raça, sexo, idade e os dados de contato para os interessados em adotar.

Através desse sistema será possível disseminar a informação por toda a cidade, e o animalzinho não continuará isolado do resto do mundo, esperando a morte chegar.

Ana Gabriela de Toledo, fundadora e Vice-Presidente da PEA, alerta: “Muitas pessoas que gostam de animais ficam inconformadas com as mortes de seres inocentes nas carrocinhas, que é realmente um verdadeiro absurdo, mas, até agora, não restavam muitas opções a não ser reclamar do descaso do poder público e da ineficiência dos CCZs. Com o Quero Um Bicho vamos ter que parar de reclamar e ajudar os animais de verdade. O primeiro passo é exigir que os CCZs comecem a utilizar essa ferramenta imediatamente.”

Para participar do Q1B, basta o responsável pelo CCZ acessar o site http://www.queroumbicho.com.br/ e seguir as instruções. Existem quatro manuais disponíveis para download, direcionados aos Órgãos Públicos, ONG’s, Estabelecimentos Comerciais e também Pessoas Físicas interessadas em ajudar, além de uma carta de apresentação para que todos possam divulgar essa poderosa ferramenta em sua cidade.

Hoje, 17 cidades já estão cadastradas no sistema, sendo 3 capitais: Rio de Janeiro, Florianópolis e Cuiabá. O pioneiro foi o CCZ de Guarulhos que, após aderir ao Q1B, observou aumento significativo na procura por animais. Alessandra Gonçalves, Chefe da Seção Técnica de Educação Zoosanitária do CCZ de Guarulhos, informa que os interessados em adotar animais também vêm de longe: “Recebemos contato via e-mail para a adoção dos nossos animais de outras cidades e até estados...”. Alessandra também comenta a importância do Q1B e alerta sobre o desconhecimento da população: “É uma ferramenta facilitadora. Muitas pessoas desconhecem este tipo de serviço e nem sabem da existência destes animais que se encontram alocados nos CCZ's a disposição para a Adoção. Esperamos que, assim como o Centro de Controle de Zoonoses de Guarulhos aderiu a este movimento, outros possam seguir em conjunto.”

A campanha publicitária do Quero Um Bicho começará a ser veiculada nos próximos dias, e foi desenvolvida por uma das maiores agências da América Latina, a DM9DDB, sob a responsabilidade e direção de Christiano Neves.

Maiores informações:



Q1B (Quero Um Bicho): http://www.queroumbicho.com.br/
Como participar: www.queroumbicho.com.br/participe.htm
Novidades e Parceiros: www.queroumbicho.com.br/novidades.htm

Entrevistadas nesta matéria:

Ana Gabriela de Toledo – Vice Presidente PEA
(11) 8302 0185 – gaby@pea.org.br

Alessandra Gonçalves - CCZ Guarulhos
(11) 6436 3660 / 6436 3653 – alegon.ag@gmail.com

Campanha Publicitária
Christiano Rodrigues Neves - DM9DDB
(11) 3054 9252 – cneves@dm9ddb.com.br



PEA surge para defender os animais.
A PEA (Projeto Esperança Animal) é uma entidade ambiental sem fins lucrativos, com o objetivo de propiciar harmonia entre os seres humanos e o planeta. O projeto teve início em 1998, com um trabalho de conclusão de curso da então aluna Ana Gabriela de Toledo, atual vice-presidente da entidade. No segundo semestre de 2002 iniciou-se uma seqüência de reuniões com a intenção de aproximar pessoas e originar uma entidade ambiental que atuasse com determinação em busca dos objetivos do grupo. Em agosto de 2003, a PEA foi oficializada como pessoa jurídica de direito privado. Em setembro de 2005, recebeu a qualificação de OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) fornecida pelo Ministério da Justiça. Em 2007, a organização conta com sete mil ativistas cadastrados e mais de 70 mil simpatizantes em todo o país.

Mural:

Assista o Programa Balada da Fada: Aprendendo no Parque



Parceiros Afiliados MGroup



Parceiros Afiliados MGroup

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

14ª Feira Erótica - Erotika Fair vem aí!

A 14ª Erótika Fair agora acontece em outros pavilhões do Mart Center.

O Erótika Business (área de exposição – entrada gratuita) agora será no Mart 6 e acomodorá mais de 30 expositores, por onde se espera circular 20 mil visitantes nos dois fins de semana. Por lá, será também o acesso (pago) ao galpão anexo de 3 mil m2, o Erótika Hot, onde as atrações mais quentes vão acontecer em ritmo de balada.

O Erótika Hot resgatará os concursos de shows de strip-tease e outras performances sensuais que fizeram sucesso em edições anteriores. Terá um camarim repleto das melhores porno-stars brasileiras para que seus fãs possam tirar fotos, filmar e pegar autógrafos. O acesso será pago uma única vez, diferentemente das outras edições (em que se pagava pela entrada e pelos shows do evento). Nesse local, também acontecerá o EVA – Erótika Video Awards, que premiará a melhor produção cinematográfica da América Latina.

A ABEME respondendo às várias solicitações recebidas promoverá o 2º Seminário "Empreender no Mercado Erótico" com um time de palestrantes preparados para falar sobre como criar oportunidades de negócios no novo contexto econômico mundial.

O evento será realizado dias 15,16,17,22,23 e 24 de maio de 2009 no Mart Center São Paulo.
Os interessados poderão se cadastrar no site: http://www.erotikafair.com.br/



Propaganda:



Portabilidade na telefonia fixa à partir de Março

À partir de 2 de março, os usuários dos serviços telefônicos residentes nas áreas dos códigos nacionais (DDDs) 11 (São Paulo), 53 (Rio Grande do Sul), 64 (Goiás), 66 (Mato Grosso) e 91 (Pará), terão direito à portabilidade numérica, que permitirá aos usuários de serviços de telefonia fixa e móvel manter o número do telefone (código de acesso), independentemente da operadora do serviço a que esteja vinculado. Com a inclusão desses DDDs, a portabilidade estará disponível em todos os 5.564 municípios nas 27 unidades da federação e a mais de 193 milhões de assinantes.

Da Anatel.



Parceiros Afiliados MGroup















Saiba onde tem o melhor preço antes de comprar

Assista o Programa Balada da Fada "Platão e os mistérios de Atlântida"


sábado, 21 de fevereiro de 2009

PARTIDO ECOLÓGICO ALIANÇA VERDE

O avanço da degradação ambiental está transcorrendo na velocidade da luz. As calotas polares nunca derreteram tanto como nos últimos 250 mil anos, os tsunames e cataclismas ecológicos, estão avançando cada vez mais para os grandes centros urbanos.
Nos bairros das periferias de São Paulo, as subprefeituras recolhem mensalmente toneladas de lixo. As escolas ensinam seus alunos como fazer a reciclagem e separação seletiva; a televisão publica sempre matérias à respeito, as empresas fazem marketing com a preservação. Mas todos os esforços parecem insuficientes.
O problema é muito maior, porque as políticas de proteção ambiental às grandes reservas falham o tempo todo. Mas neste mar de lodo, cheio de perversidade e arbitrariedades, existem pessoas, que mesmo sem ganhar nada, exercem seu trabalho de conscientização, porque estão preocupados com o futuro do planeta. Um futuro não muito distante, onde residirão os descendentes de nossa raça. Até crianças, como é o caso da pequena apresentadora Gabrielle Brandão, que ao invés de brincar com suas bonecas ou preocupar-se com as fantasias de garota pré-adolescente, trabalha duro junto com seus pais, enfrentando uma jornada de gente grande, para cumprir a missão que escolheu: ajudar a preservar o planeta do qual é herdeira.
É um grito de socorro do planeta, que uma menina, como tantos outros jovens de sua idade, traduzem por onde andam, carregam em seus ombros, o fardo dos pecados cometidos pelos seus ancestrais. São pequenas células espalhadas por todos os cantos, tentando fazer o que parece impossível - frear a destruição enquanto ainda é tempo.
Na zona leste, pessoas como Gabrielle e seus pais, preocupados e comprometidos estão se juntando para criar o PAV - Partido Ecológico Aliança Verde, que tem por objetivo, fomentar a soberania da Mata Atlântica, Amazônia, Pantanal, Vale do Ribeira, Nordeste e aonde mais for necessário em prol de políticas de apoio à preservação. Junto com o PAV, será instituída a Fundação Verde é Vida, com o objetivo de formar ambientalistas técnicos, através de cursos e palestras. Seus organizadores estão arrecadando 500 mil assinaturas e fazendo o convite para todos as pessoas bem intencionadas com o planeta.
Para fazer parte deste movimento, os interessados devem fazer o seu registro junto ao TSE ou ir direto à Sede do PAV na Av. São João, 108 - sala 36 - Centro de São Paulo. Tels: 2079-6379 / 2273-5150 / 4818-8606.


Assista o Programa Balada da Fada: Aprendendo no Parque

Aprendendo no Parque no Yahoo! Vídeo

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Combate à pirataria em Itaquera



Na manhã desta quarta-feira (18), a subprefeitura de Itaquera realizou uma blitz de fiscalização nas proximidades da Estação Corinthians-Itaquera do Metrô, no centro do bairro e em algumas feiras livres.
Foram apreendidas cerca de mil mídias pirateadas, além de centenas de unidades de mercadorias contrabandeadas, como: óculos de sol, pilhas, fones de ouvido e relógios, pacotes de biscoitos e doces.
A ação foi acompanhada pela Guarda Civil Metropolitana (GCM).
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

Câmara Italiana oferece aulas gratuitas de Culinária Mediterrânea

Difundir a cultura gastronômica italiana.
Esta é uma das missões da Câmara Ítalo-Brasileira de Comercio, Indústria e Agricultura que realiza cursos todas as semanas em diversos supermercados de São Paulo.
As aulas são ministradas por uma nutricionista que, além de receitas, dá informações básicas sobre saúde, nutrição e gastronomia, demonstrando como a Cozinha Mediterrânea pode fazer parte da mesa dos brasileiros. Cada aula tem duração de duas horas e é gratuita. Ao final, é realizada uma degustação dos pratos preparados e sorteio de brindes.Reconhecida pela combinação bem-sucedida entre paladar saboroso e efeitos saudáveis, a Cozinha Mediterrânea se caracteriza pela abundância de cereais (massa, pães, polenta), verduras, legumes e frutas (frescas e secas); pelo uso do azeite de oliva como principal fonte de gordura e pelo moderado consumo de produtos de origem animal. Rica em vitaminas, minerais, carboidratos e fibras e pobre em ácidos graxos saturados, a Cozinha Mediterrânea faz com que os povos da região apresentem os mais baixos índices de infarto e derrame do mundo e as mais altas taxas de expectativa de vida.

A Itália, por exemplo, ocupa o primeiro lugar em longevidade na Europa, com uma expectativa de vida de 76 anos para os homens e de 82 para as mulheres (no Brasil, a expectativa média de vida é de 67,7 anos).

Por que Gastronomia é Cultura?• Responsável por 70 % do PIB Turístico das nações;• Dos 1,1 Milhão de empresas ligadas ao Turismo, estima-se que deste montante 760 mil sejam do setor gastronômico;• Maior gerador de empregos no turismo mundial;• Incentivo às manifestações culturais, através de exposições, workshops e apresentações públicas gratuitas durante o Festival.

Confira a Programação e os locais dos cursos:


Sonda Vila Carrão
Av. Conselheiro Carrão, 2255
18/02 - 15:00

Pão de Açúcar Afonso Bovero
Rua: Prof Alfonso Bovero, 480
13/11 - 19:00

Extra Aeroporto
Av: Washington Luiz, 5859
02/03 - 14:00

Shopping Center Lapa
Rua: Catão, 72
04/03 - 10:00

Sonda ABC
Av. Pereira Barreto, 1500
04/03 - 15:00

Wal Mart Washignton Luiz
Av: Washington Luiz, 1130
06/03 - 14:00


Obs: Cronograma sujeito á alterações. Vagas limitadas

Reservas:É necessário que se faça agendamento prévio para a participação nos cursos. Vagas Limitadas.
O agendamento deverá ser feito diretamente das lojas dos supermercados.


Da Assessoria de Imprensa Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Bingo Universal no Shopping Interlar foi lacrado


Pela segunda vez, o Bingo Universal no Shopping Interlar Aricanduva, foi lacrado e multado.
A Secretaria das Subprefeituras com a Subprefeitura de Itaquera estiveram no local em 16/01 e não encontraram os responsáveis do Bingo no local.
Um dos chefes de segurança do shopping, assinou a autuação no valor de R$4 mil.

Em 2006 o Bingo Universal teve 292 máquinas caçaníqueis apreendidas e recebeu multas no valor R$2 mil e R$4 mil.

A guarda civil metropolitana ficará no local durante 72 horas para se certificar de que o lacre não será rompido.



Mural:




Chaveiros

Parceiros Afiliados MGroup

Metrô, CPTM e EMTU têm operação especial para o Carnaval

As empresas do sistema de transporte metropolitano de São Paulo (Metrô - Companhia do Metropolitano de São Paulo, CPTM - Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e EMTU - Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos) iniciam, na próxima sexta-feira, dia 20, a operação especial para o Carnaval. A oferta de trens, tanto no Metrô como na CPTM, será reforçada durante os horários de maior movimento. A EMTU terá um esquema diferenciado de transporte, por meio da Ponte Orca, nas estações Tietê e Palmeiras-Barra Funda, para o Anhembi e vice-versa.
Esquema especial de Micro-ônibus Metrô-Sambódromo
Para facilitar os deslocamentos dos foliões até Sambódromo neste Carnaval, a EMTU criou duas linhas gratuitas de micro-ônibus que ligarão as estações Portuguesa-Tietê e Palmeiras-Barra Funda, do Metrô, ao local do evento. Serão 20 veículos da Reserva Técnica Operacional que sairão da estação Palmeiras-Barra Funda e outros 20 da estação Portuguesa-Tietê.
Para utilizarem o serviço, os usuários devem retirar as senhas distribuídas por agentes da CPTM e do Metrô que estarão nas linhas de bloqueio (catracas) antes da saída das estações. O passe dará direito ao embarque no micro-ônibus, na ida e na volta. Assim, é imprescindível guardá-lo para apresentá-lo ao funcionário na volta para casa.

Nos dias 20, 21, 22, 23 e 27 de fevereiro, das 17h até a 1h, haverá micro-ônibus da Ponte Orca, gerenciada pela EMTU, das estações Portuguesa-Tietê (Linha 1-Azul) e Palmeiras-Barra Funda (Linha 3-Vermelha) para facilitar o acesso até o Sambódromo. O desembarque dos passageiros no Anhembi será no Portão 1 (entrada do Pavilhão de Exposição).
Nos dias, 21, 22, 23, 24 e 28/2, das 5h às 9h, a operação acontece no sentido inverso. Os veículos sairão do Sambódromo para as estações Portuguesa-Tietê e Palmeiras-Barra Funda.
Nos Trilhos
No Metrô, na sexta-feira (dia 20), o reforço será nas linhas 1-Azul (Jabaquara-Tucuruvi) e 3-Vermelha (Corinthians/Itaquera-Palmeiras/Barra Funda), que atendem os terminais rodoviários do Jabaquara, Tietê e Barra Funda. A Linha 1-Azul terá 41 trens em circulação no período da manhã e 42 no período da tarde, proporcionando um acréscimo de 28 viagens em relação a uma sexta-feira normal. Na Linha 3-Vermelha, circularão 42 trens, nos picos da manhã e da tarde, e 34 no período da noite, com 26 viagens a mais em relação a uma sexta-feira normal.
Já as linhas 2-Verde (Alto Ipiranga-Vila Madalena) e 5-Lilás (Capão Redondo-Largo Treze) vão operar com ofertas de trem de um dia útil normal. A Linha 2-Verde terá 15 trens nos picos da manhã e da tarde, realizando 728 viagens programadas. A Linha 5-Lilás oferecerá cinco trens nos horário de rush da manhã e da tarde, promovendo um total de 380 viagens.
No sábado (21) e domingo (22), a programação de trens será igual a de um final de semana normal; ou seja, 60% e 40% da frota de um dia útil, respectivamente.
A segunda-feira de Carnaval, dia 23, contará com uma oferta especial de trens. Haverá aumento no número de viagens: serão 698, na Linha 1-Azul; 455, na Linha 2-Verde; 845 na Linha 3-Vermelha e 322 na Linha 5-Lilás.
Na terça-feira, dia 24, o número de trens em circulação será igual à oferta de um domingo normal; ou seja, 40% da frota de um dia útil.
Horário antecipado na Quarta-feira de Cinzas
Na quarta-feira de Cinzas, 25/2, o início da operação comercial nas linhas 1 e 3 será antecipado para as 4 horas e, na Linha 2, para as 4h30. A Linha 1 terá 34 trens circulando no pico da manhã e 42 no pico da tarde. A Linha 2 terá 12 composições no período da manhã e 15 no período da tarde. Na Linha 3, circularão 37 composições pela manhã e 42 à tarde. A Linha 5 terá oferta de um dia útil normal, com cinco trens em circulação.
Na CPTM, entre sábado e quarta-feira, haverá um esquema especial para a circulação de trens nas Linhas 7-Rubi (Luz-Francisco Morato), 8-Diamante (Julio Prestes-Itapevi), 9-Esmeralda (Osasco-Grajaú), 10-Turquesa (Luz-Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz-Estudantes) e 12-Safira (Brás-Calmon Viana).

No sábado (21/2) e domingo (22/2), os intervalos não terão alterações, sendo os mesmos praticados normalmente nesses dias. A operação, na segunda-feira (23/2), será igual a de um sábado, com intervalos entre 12 minutos (linhas 7,8, 10, 11e 12) e 10 minutos (linhas 9 e Expresso Leste). Já na terça (24/2), a circulação será idêntica a dos domingos: os horários de partidas dos trens serão de 15 minutos (linhas 7,8, 10, 11e 12) e 12 (linhas 9 e Expresso Leste).
Já na quarta-feira (25/2), dia atípico, em que a maioria das pessoas começa a trabalhar após o meio-dia, os trens circularão com intervalos entre 12 e 10 minutos pela manhã. No horário de pico da tarde, a CPTM retoma a programação normal dos dias úteis, com os menores intervalos, entre 6 (linhas 9 e Expresso Leste) e 8 minutos (linhas 7,8, 10, 11e 12).
Ônibus metropolitanos e Pontes ORCA no Carnaval

A frota de quatro mil ônibus metropolitanos da Grande São Paulo será reduzida durante o Carnaval. No sábado (21/02) e domingo (22/02), a operação será normal; ou seja, 70% e 50%, respectivamente, do total que circula nos dias úteis. Na segunda-feira (23/02), a quantidade de ônibus será a mesma dos dias úteis e, na terça-feira (24/02), a mesma dos sábados.
No Corredor Metropolitano ABD, a frota de sábado (21) e domingo (22) seguirá a programação normal dos outros fins de semana. Na segunda-feira, as linhas 284, 285, 286, 287, 288, 289, 290 e 376 circularão com programação de dia útil. Na terça-feira (24), todas as linhas que circulam no corredor ABD seguem a programação de sábado.
Os serviços de Ponte ORCA que ligam a Estação Vila Madalena do Metrô às estações Palmeiras-Barra Funda e Cidade Universitária (CPTM) funcionarão com frota reduzida na segunda-feira, 23/02.
No caso dos veículos que atendem a Estação Cidade Universitária, a frota será reduzida de 21 para 15 veículos. A que atende a estação Palmeiras-Barra Funda será reduzida de sete para cinco micro-ônibus. Na terça-feira (24) de Carnaval, esse serviço, gerenciado pela EMTU, não funcionará.

Da Secretaria dos Transportes Metropolitanos
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Gabrielle Brandão estréia no teatro!

Estréia hoje às 21 hs na sede social do Clube Corinthians, a peça "A Flora Pequenina" estrelada pela pré adolescente Gabrielle Brandão, apresentadora do Programa Net Kids (Justtv). Os pais da estrela, Paulo Muniz e Alessandra Muniz, são autores da trama que tem por objetivo encabeçar mais uma das ações do “Projeto Ambientalista Net Kids Super Ecológico”.

Gabrielle vem se preparando para o estrelato, cantando, dançando e atuando. Com o apoio de seus pais, a menina prodígio leva a sério o seu trabalho e tem como missão a conscientização juvenil pela preservação do meio ambiente.


"Sinopse"

A história ocorre no ano de 2008, no interior do Brasil, em uma clareira em meio a mata atlântica. Narra a vida de uma família formada por:

· Um avô, o Sr. Raphael, um velho lenhador guardião da floresta (representante do “ser humano racional”), que apesar de cansado cria seus netos que perderam os pais soterrados em um dia de forte temporal que fez deslizar um morro sobre suas casas.
O avô e seus netos sobreviveram por terem saído para pescar no dia do temporal.

· O neto Gabriel, irmão mais novo (que na história representa o “ser humano irracional”). Um moleque mal criado, mal educado e muito rebelde contra a natureza. Por julgá-la responsável pela morte de seus pais, degrada o meio ambiente e vive atentando contra a vida dos animais, magoando o avô e chateando a irmã.
Mas seu futuro lhe reserva para muito breve uma missão muito importante.

· A neta Gabrielle, doce irmã (representa o amor incondicional entre o racional e o irracional), preocupada com o avô e já quase sem paciência com o danado do irmão. Busca ajuda em suas orações, até que recebe a inesperada visita de uma angelical “Fada” em forma de menina. Começa então uma dura jornada onde as duas se colocam em posição de salvadoras do planeta, dando início a doces aventuras.
No elenco:

Gabrielle Brandão
(A Flora Pequenina)
Matheus Paiva
(Neto Gabriel)
Samuel di Paulla
(Vovô Raphael)
Tartaruga Jacinto
(Paulo Brandão)
Thamires Santana
(Neta Gabrielle)
Vinicíos Carvalheiro
(Narrador)

Escrita, Produzida e Dirigida : Alessandra Brandão e Paulo Brandão
Assista um trecho da peça:




Contato para apresentações em escolas:
(11) 9637-8047 / (11) 9637-8126
http://www.gabriellebrandao.com.br/

Carnaval de Itaquera!!!

SACODE ITAQUERA!!!!

A Subprefeitura de Itaquera promove, pelo quarto ano consecutivo, o tradicional carnaval de rua que promete, mais uma vez, sacudir os foliões da região

A quarta edição do Sacode Itaquera, tradicional festa carnavalesca da Zona Leste, vai ser realizada na segunda-feira, 23/2, das 18h às 24h, no cruzamento das avenidas Jacu-Pêssego e Profº João Batista Conti, no Conjunto José Bonifácio. Anualmente, a festa é realizada pela Subprefeitura de Itaquera em parceria com a São Paulo Turismo (SPTuris).

As últimas versões envolveram mais de 60 mil moradores da região que, sem tumultos, desfrutaram de muita música e animação. Novamente, quem subirá ao palco para sacudir a galera, será o Camilinho e a Banda do Ratinho, garantia de sucesso devido ao repertório diversificado, que não deixa ninguém ficar parado.

Os organizadores do evento já estão providenciando toda a estrutura necessária para garantir a diversão do público. Banheiros químicos, iluminação extra, assistência médica, praça de alimentação e muita água estarão à disposição dos foliões. A festa terá acompanhamento direto dos efetivos da Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e Corpo de Bombeiros.

SERVIÇO

Data: 23/2/2009 (segunda-feira)
Horário:18h às 24h
Local: Av. Jacu-Pêssego esquina com Av. João Batista Conti
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Parque Guarany em festa



A Associação Voluntária Douglas Ribeiro, realizará neste final de semana (14/02), um evento social para público em geral, com feira do livro e artesanato, festa do sorvete, bazar beneficente e culto de ação de graças. A festa será realizada embaixo do viaduto da Av. Jacú Pessego, próximo à Avenida Imperador no bairro do Parque Guarany e terá início às 15hs.

A entidade existe há 4 anos, está localizada no Parque Guarany e tem por objetivo promover ações de cidadania. Possui uma biblioteca com livros doados que são utilizados pela comunidade local e parceria com diversos profissionais na área de saúde.
Para utilizar os serviços, os interessados deverão se matricular e pagarão uma pequena mensalidade de R$5,00.

A AVDR também aceita e retira doações de todo tipo para vender em suas festas e gerar recursos próprios.

Para maiores informações:
Sede: Rua Rainha da Noite Nº 35
Pq. Guarani - Itaquera
Tel: 2051-8910 / 3455-5841 / 9591-7276

*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Dependentes químicos terão tratamento gratuito

O governador José Serra participou, nesta terça-feira, 27, da inauguração da primeira clínica pública no Estado para o tratamento de jovens com dependência de álcool e drogas. Sediada em Cotia, na Grande São Paulo, a unidade é uma parceria entre a Secretaria da Saúde e o Hospital Samaritano.
“Hoje, a internação para estes jovens é feita em hospitais psiquiátricos que não são os lugares mais adequados para este tipo de tratamento. Os jovens permanecerão três meses vivendo aqui e depois serão acompanhados durante dois anos por equipes multidisciplinares e com forte participação da família. Aqui, a recuperação será feita sem uso de remédios muito fortes, só quando necessários, mas sem enfatizar este aspecto”, comentou José Serra.
O governador disse também que se o projeto der certo será espalhado por todo o Estado de São Paulo. "É um projeto econômico dentro das possibilidades porque envolve internação, mas que se dirige exatamente a um dos principais problemas sociais o Brasil, que é a penetração do consumo de drogas e de álcool na adolescência", acrescentou Serra.
Batizada de Projeto Jovem Samaritano, a clínica irá oferecer 30 leitos de internação e terá capacidade de atender anualmente cerca de 120 adolescentes do sexo masculino entre 14 e 18 anos de idade incompletos.
O investimento para a implantação da unidade foi de cerca de R$ 1 milhão. A manutenção do serviço foi orçada em cerca de R$ 1,7 milhão por ano. Com uma área física de cerca de quatro mil metros quadrados, a unidade vai contar também com uma ampla sala de convivência para os adolescentes, sala de aula com computadores, quadra poliesportiva, horta para aulas de jardinagem, refeitório e ambulatório.
O tempo médio de permanência dos jovens será de um a três meses. Durante esse período, os pacientes vão contar com a participação da família em algumas atividades, o que será importante para o sucesso da recuperação. As atividades físicas, educacionais e orientação vocacional também fazem parte do processo de tratamento.O modelo da nova unidade foi baseado na Clínica Chestnut, em Illinois, nos Estados Unidos. A técnica americana incorpora a participação da família no tratamento, além das demais atividades oferecidas. Nos EUA a recuperação supera os 70%.O encaminhamento dos jovens será feito por meio das Secretarias de Saúde e Educação dos municípios, além dos conselhos tutelares. Não serão admitidos na clínica adolescentes infratores."É um novo modelo de tratar esses pacientes, que antes tinham como opção apenas o atendimento ambulatorial nos Caps (Centros de Atenção Psicossocial) ou internações curtas em hospitais gerais, para desintoxicação. A participação dos familiares, aliada às demais técnicas ao longo do tratamento, é fundamental para a recuperação dos jovens", afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Os interessados devem entrar em contato com o Projeto Jovem do Hospital Samaritano no telefone: 4148-8450.

Da Secretaria da Saúde
Foto: Milton Michida



Mural:


Camisetas Transfer





Assista também o programa Balada da Fada - Dependentes quimicos


http://videolog.uol.com.br/video.php?id=383665

Subprefeitura recolhe 70 toneladas de lixo em Itaquera

Os mutirões de limpeza, realizados em 17 e 24 de janeiro, visaram combater as enchentes e os criadouros do mosquito da dengue

O segundo mutirão de limpeza, realizado pela Subprefeitura de Itaquera, em 24/01, superou todas as expectativas, resultando no recolhimento de quase 40 toneladas de lixo e de entulho das estreitas ruas e vielas da comunidade do Zorrilho, no Distrito de Itaquera. Juntas, as duas operações deste início de ano, resultaram no recolhimento de 70 toneladas de inservíveis.

Paralelo ao trabalho de limpeza, a Supervisão de Saúde, por meio de uma equipe da Zoonoses, realizou um trabalho de conscientização junto a essas comunidades. Durante todo o dia foram distribuídos panfletos educativos com informações sobre os riscos da dengue.

O recolhimento dos objetos, especialmente os de grande porte como: colchões, sofás, geladeiras e móveis velhos e/ou quebrados, evita o alagamento (enchentes) das áreas mais baixas da comunidade, assim como elimina os possíveis “ninhos” do mosquito da dengue, que se reproduzem em objetos que acumulam água limpa.

Os moradores colaboraram, depositando nas calçadas tudo aquilo que não lhes tinha mais serventia, como os pneus “carecas” que, em geral, são encontrados boiando em córregos ou avolumando-se em terrenos baldios.

Este trabalho preventivo é realizado em Itaquera desde 2005. Os locais do mutirão são escolhidos estrategicamente conforme cruzamento de dados entre a subprefeitura e a Supervisão de Saúde. A prioridade são áreas com grande número de moradias, às margens de córregos ou terrenos baldios. “Com essa ação minimizamos dois grandes problemas nesta época de chuvas que são as enchentes e o combate aos criadouros do mosquito da dengue”, diz o subprefeito Laert de Lima Teixeira que já planeja para as próximas semanas mais ações como esta.
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Butantan capacita agentes para atuar em ataques de escorpiões

Os bairros do Ipiranga e Moinho Velho, na capital paulista, registraram, há cinco anos, várias ocorrências de escorpiões. Lapa, Mooca e Cidade Tiradentes também já detectaram o problema em outras ocasiões. No começo deste ano, a vítima foi uma creche em Pirapozinho, a 580 quilômetros da capital. Apesar desses e outros casos, Paulo Goldoni, biólogo do Instituto Butantan e especializado em Saúde Pública e Controle Biológico, explica que a quantidade desses animais não aumentou nos últimos anos.
O que ocorreu é que “informatizou a notificação dos casos”, destaca o profissional. Desde 1988, segundo ele, foram disponibilizadas ferramentas, como a Internet, que possibilitaram a melhoria dos dados. “Hoje, pelo último levantamento que temos, os acidentes com escorpiões ultrapassaram os relacionados a serpentes”, informa.Goldoni observa ainda que esses casos em meio urbano devem-se ao que chama de “incidência do encontro”. Ou seja, é mais fácil localizá-los quando são desalojados de seu habitat – pela expansão imobiliária, por exemplo. Isso ocorre porque tendem a se dispersar, principalmente se existe via para isso, como os esgotos, onde se concentram as baratas, seu principal alimento em meio urbano.
Eliminar focos – Segundo o biólogo, não existe veneno de efeito comprovado cientificamente para combater os escorpiões. Muitas empresas vendem produtos que, na verdade, não eliminam o animal, apenas o afugentam, ao dificultar sua respiração. “As pessoas acham que o problema está resolvido, mas, poucos meses depois, eles reaparecem”.
Na década de 1990, lembra Goldoni, ocorreram em algumas cidades paulistas registros de ataques de escorpiões. Os focos estavam em cemitérios (devido à enorme população de baratas) e ao longo da rede ferroviária (por se esconderem nos dormentes dos trilhos). Com a aplicação de veneno no local, os animais haviam-se espalhado para as casas vizinhas.
Ao encontrar um escorpião num determinado local ou dependência, uma das primeiras medidas é identificar o que há próximo (imóvel abandonado, terreno baldio, zona rural, área de mata). Pelo menos 85% dos atendimentos no Instituto Butantan se referem a ocorrências próximas a terrenos baldios ou galpões abandonados por empresas, esclarece o biólogo.
Ao se deparar com escorpião perto de áreas habitadas, outra providência é, se possível, capturá-lo e encaminhá-lo ao Butantan para identificação (de espécie, periculosidade, entre outras). Em residências, a medida mais eficaz é vedar ralos e janelas com tela verde utilizada contra mosquitos, e retirar entulhos.
Com a identificação elaborada pelo Butantan, o interessado pode acionar o Centro de Controle de Zoonoses para providências em relação ao local de proliferação do animal. Ou seja, é preciso eliminar os focos. Em caso de terrenos baldios, o órgão pode solicitar a limpeza da área, que tem de ser feita pelo menos a cada dois meses. Outra dica é efetuar o controle químico de baratas em caixas de gordura e de esgoto, pois esses insetos atraem escorpiões.
Ao manipular entulhos ou materiais dispostos em ambientes suspeitos, o ideal é utilizar sapatos fechados e luvas de raspa de couro (encontradas em casas de jardinagem), que impedem a entrada do ferrão. Os escorpiões preferem atacar os dedos das mãos e pés, conforme revelou pesquisa realizada durante anos com pacientes do Butantan.
Publicações – A sensação mais comum após a picada é a dor (às vezes, muito intensa) no local. Numa frequência menor ocorrem vômito, sudorese e, nos casos mais graves, insuficiência cardíaca. Essas manifestações são mais comuns em crianças e, geralmente, aparecem nas primeiras três horas após a picada, podendo levar à morte. Quanto menor a faixa etária, maior o risco, segundo a médica Ceila Maria Malaque, do Hospital Vital Brazil, pertencente ao Instituto Butantan.
“Em casa não há muito que fazer”, observa a doutora. “No máximo, uma compressa de água morna no local da picada, para aliviar a dor”. Em seguida, é necessário procurar o serviço médico mais próximo com urgência, principalmente quando se tratar de criança. Se há apenas dor muito forte onde ocorreu a picada, o melhor é passar anestésico no local. Caso existam outras manifestações, é indicado soro, que deve ser administrado logo que apareçam os sintomas.
As solicitações de providências em relação a casos de escorpiões devem ser feitas a um dos três órgãos municipais: Centro de Vigilância Ambiental, Sanitária ou de Controle de Zoonoses, de acordo com o número de habitantes do lugar. O Instituto Butantan, órgão estadual da Secretaria da Saúde, não interfere em termos locais. Apenas fornece cursos de capacitação para os técnicos municipais, além de receber e classificar animais quanto à periculosidade e produzir soro. A qualificação se dá mediante solicitação que as prefeituras fazem ao Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE), instituição estadual com quem o Butantan mantém parceria. Mais informações, no site do Butantan.
Para auxiliar na tarefa de treinamento, há duas publicações em reedição: uma delas, sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Saúde, é o Manual de vigilância epidemiológica: acidentes por animais peçonhentos – identificação, diganóstico e tratamento, elaborado em 1993, em parceria com o Instituto Butantan. A obra – com informações sobre animais venenosos, inclusive escorpiões – agora terá fotos em cores, entre outras novidades, além de dispor de versão on-line. A distribuição se restringirá ao Estado de São Paulo, sendo os médicos o público-alvo. A outra publicação, específica sobre o aracnídeo, é reeditada pelo Ministério da Saúde. O objetivo é a capacitação de gestores em zoonoses e profissionais da Saúde (como agentes e técnicos). A distribuição será para todo o País.
Espécie reproduz sem auxílio do macho
No Brasil, há cerca de cem espécies de escorpiões conhecidas, das quais apenas quatro são consideradas perigosas: Tityus serrulatus (escorpião amarelo), Tityus bahiensis (marrom), Tityus stigmurus e Tityus paraensis. A primeira é encontrada do sul da Bahia ao norte do Rio Grande do Sul, inclusive na região Centro-Oeste. Sua peculiaridade é a reprodução por partenogênese (ou seja, as fêmeas se auto-reproduzem, não sendo necessária a participação do macho). Em razão dessa característica, há estudos que apontam a tendência de ultrapassar em número a marrom, cuja reprodução envolve macho e fêmea. No Estado de São Paulo, por exemplo, predominam essas duas espécies. As outras, perigosas, restringem-se ao Nordeste (Tityus stigmurus) e Norte do País (Tityus paraensis). O soro produzido pelo Butantan só é eficaz para as três primeiras espécies. A instituição tem projetos para construção de uma base na Amazônia, o que possibilitará a produção de soros para diversas espécies de animais peçonhentos de outras regiões do País. O projeto está em fase de captação de recursos.




Curiosidades sobre escorpiões:

70% dos acidentes com escorpiões ocorrem em áreas urbanas
Os escorpiões são errantes (ou seja, caminham). Podem percorrer, por exemplo, um quarteirão
Conseguem atingir pontos elevados, como o teto de edificações. O Instituto Butantã já os capturou até no 19o andar de um edifício
Sapos, corujas, quatis, saguis, seriemas e gambás são alguns dos predadores naturais dos escorpiões. Desses, o que vive mais próximo de áreas urbanas e rurais é o gambá. Galinhas, principalmente as d’angolas, também agem como predadoras
Os escorpiões têm olhos, mas não enxergam. Como não têm proteção direta contra a luz, preferem viver em ambientes escuros e com melhores condições de temperatura.

Mais informações, no site http://www.butantan.gov.br/, link cursos e material didático

*
*
*
Publicidade:


Cursos Grátis para 1.220 estudantes na Capital

A Secretaria da Educação de São Paulo abriu na sexta-feira-feira, 30 de janeiro, cerca de 7,3 mil vagas para os estudantes que queiram aprender gratuitamente algum dos idiomas: alemão, japonês, francês, espanhol e italiano. A Secretaria mantém 83 Centros de Estudos de Línguas (CELs) espalhados pelo Estado. Somente na capital são 1.220 vagas.

Todos os alunos da rede estadual já têm aulas de inglês na grade curricular. Os CELs oferecem oportunidade para aprendizagem de um terceiro idioma. Para inscrever-se é preciso ser aluno de escola estadual, frequentando cursos regulares ou supletivos a partir da 6ª série do Ensino Fundamental. Estudantes de escolas técnicas estaduais também podem freqüentar as aulas.

"Um outro idioma é importante para o enriquecimento curricular dos estudantes, além de representar um diferencial na hora de disputar vaga no mercado de trabalho", afirma a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.

Os alunos interessados têm até 6 de fevereiro (cronograma depende de cada CEL) para se inscrever. A inscrição deve ser realizada no próprio CEL, mediante apresentação do comprovante de matrícula escolar e documento de identidade. No caso menor de idade, o estudante deve ir acompanhado pelo pai ou responsável.

Os cursos têm duração de três anos, divididos em seis semestres. As aulas acontecem duas ou quatro vezes por semana, no contraturno, 50 minutos por dia. Somente em 2008 cerca de 20 mil alunos passaram pelos CELs.

Confira as vagas

Diretorias da Cidade de São Paulo

Zona Leste
EE Professora Maria De Carvalho Senne: 150 Vagas
EE Fadlo Aidar: 605 Vagas
EE Senador Paulo Egydio De Olibveira Carvalho: 100 Vagas

Centro
EE Buenos Aires: 35 Vagas
EE Mauro De Oliveira: 35 Vagas
EE Alberto Levy: 30 Vagas
EE Alexandre De Gusmão: 30 Vagas

Zona Sul
EE Laerte Ramos: 45 Vagas

Zona Norte
EE Antônio José Leite: 250 Vagas


Da Secretaria da Educação
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

DOE SANGUE ANTES DO CARNAVAL

A Secretaria da Saúde está convocando os paulistas para doação de sangue antes do carnaval. O objetivo é reforçar os estoques dos bancos paulistas até a véspera do feriado (21 a 25 de fevereiro), evitando que haja falta de sangue nos hospitais durante o feriado.
Tradicionalmente, há uma redução entre 30% e 50% do estoque de bancos de sangue nos períodos de férias e feriados. Com o aumento do trânsito nas estradas devido às viagens de Carnaval e o conseqüente aumento no número de acidentes de trânsito, esta queda pode representar riscos para os pacientes que necessitem de sangue nas emergências.
“A Secretaria vem incentivando a doação e prepara um esquema especial para o carnaval, mas é de extrema importância que as pessoas compareçam aos bancos. É um gesto simples, que pode salvar vidas”, afirma o secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Qualquer pessoa saudável, com idade entre 18 e 65 anos e peso acima de 50 quilos pode doar sangue. O candidato deve estar bem alimentado e munido de documento original com foto. Não pode doar sangue quem teve hepatite após os 10 anos de idade, seja portador de hepatite B, hepatite C, Aids e usuários de drogas injetáveis.
A lista de endereço dos postos de coleta de todo o Estado pode ser consultada no site da
Secretaria de Estado da Saúde: http://www.saude.sp.gov.br/.

FIQUE POR DENTRO:

- Todo o material utilizado é descartável;
- Você pode doar sangue sempre que quiser, desde que respeite os intervalos de 60 dias para os homens e 90 para as mulheres;
- Doar sangue, não afina, nem engrossa o sangue, tampouco engorda ou emagrece;
- O organismo repõe o volume doado imediatamente;
- Seu sangue poderá salvar até 4 pessoas.

VANTAGENS:

- Seu sangue será testado para doença de chagas, hepatite B e C, HIV, HTLV I e II e sífilis

Local: Banco de Sangue do Hospital do Servidor Público Estadual
Endereço: R Pedro de Toledo, 1800 - Ibirapuera (ao lado da AACD)
Telefone: 5088.8166 / 5088-8249
Horários: 2ª a 6ª das 7h30 às 18h00 / sábados das 7h00 às 17h00 / Domingos e feriados das 7h30 às 17h00.

*
*
*
Publicidade:
WWW.KIDBRINDE.WEBNODE.COM.PT
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Desfile de Sapatos e Fantasias de Carnaval em São Paulo

Data: DIA 07 DE FEVEREIRO
Local: Auditório Fernando de Azevedo
Horário: 20hs
Endereço: Avenida São Luis - Portão 3











Com o objetivo de colaborar na revitalização e desenvolvimento da área central de São Paulo e transformá-la num grande, forte e eficiente Centro Metropolitano, contribuindo para o bem-estar da população, o jornalista e produtor cultural, Maurício Coutinho organizará, em parceria com a Ação Local República II, filiada a Associação Viva o Centro, o Desfile de Sapatos de Carnaval de Fernando Pires, o 2° Desfile “Brilho & Magia” de Fantasias de Destaques de São Paulo e a apresentação de Linda D´Bergamo, que tentará quebrar o recorde de desfiles para o Guinness.
O evento conta com o apoio da São Paulo Turismo, Shopping Light, Casa Castro, Colégio Técnico Santa Maria Goretti, Serafin´s Carnaval, Tek Digital, Vick Houseware, André Stéfano, Revista Paulista SP, Nova Foto Ferrara, o evento terá a apresentação de Max Fivelinha, Silvetty Montilla, Baby Garroux e Márcio Mendes/Trio Los Angeles com a participação da ala das baianas da Camisa Verde e Branco, sendo que dentre os destaques que se apresentarão nesta noite especial, constam Francisco Nemer, dentista que há 40 anos desfila no Grupo Especial e de Acesso e a empresária Edilza Serafim, uma das mais renomadas personalidades do Carnaval paulista, que em 2008 se apresentou no Sambódromo com luxuosas fantasias em oito escolas de samba.
Reconhecido como o “Arquiteto dos Pés” das grandes estrelas, o designer de calçados, Fernando Pires, que acaba de participar da São Paulo Fashion Week, trará sapatos de Carnaval com muito brilho, luxo e saltos altíssimos que certamente farão a festa das passistas, rainhas de bateria e celebridades na Folia de Momo, tais como Adriane Galisteu, Luciana Gimenez, Deborah Secco, Eliana, Susana Vieira, Juliana Paes, Adriana Alves e Luiza Mel.
Com entrada gratuita, haverá ainda a presença da Côrte oficial do Carnaval de SP e a Côrte oficial da PHolia (http://www.pholia.com.b/r) os convites poderão ser solicitados pelo e-mail: revistapaulista@gmail.com.br, sendo que a equipe de produção é formada por Rey Neves, André Stéfano, Mara Porto, Roberto Sabará e Letícia Stella.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt