Nossos Vídeos

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Alunos com deficiência passam a ter apoio de Auxiliares de Vida Escolar

Em 2011, os alunos com necessidades educacionais especiais matriculados na Rede Municipal de Ensino de São Paulo que não têm autonomia para alimentar-se, fazer a própria higiene e locomover-se em decorrência de deficiência física ou autismo contarão com um importante apoio na vida escolar. Esses estudantes passarão a ter o acompanhamento de Auxiliares de Vida Escolar (AVEs) durante o período de permanência na escola. O trabalho já começa na volta às aulas, dia 7 de fevereiro.

As boas-vindas a esses profissionais foi dada em evento promovido pela secretaria no Sesc Vila Mariana, na terça-feira, 1º. O encontro reuniu profissionais da Divisão de Orientação Técnica - Educação Especial, profissionais da Saúde, mais de 400 diretores de escola, representantes dos 13 Centros de Formação e Acompanhamento à Inclusão (Cefai) e supervisores escolares que atuam nas 13 Diretorias Regionais de Educação.

Neste mês, a rede receberá 409 Auxiliares de Vida Escolar, que trabalharão em 385 escolas e atenderão mais de 600 alunos. Cada AVE poderá atender até quatro estudantes, variando de acordo com o grau de dependência de cada aluno. Segundo o secretário municipal de Educação, esse número chegará a 500 profissionais ainda este ano e será ampliado de acordo com a necessidades das escolas. "Além de atenderem os alunos, os AVEs também serão irradiadores da causa da inclusão em suas comunidades, o que é muito importante. Parabenizo todos que escolheram a função, que optaram por caminhar conosco neste trabalho".

Os AVEs são pessoas da comunidade onde as unidades estão inseridas que se inscreveram para a função, receberam formação de profissionais da Unifesp e agora integram o Rede, um dos sete projetos que compõem o maior e mais completo programa de inclusão nas escolas - o Inclui -, lançado em setembro de 2010. Esse é mais um passo da Secretaria Municipal de Educação para que a cidade de São Paulo tenha escolas cada vez mais adaptadas e acolhedoras, possibilitando que os alunos participem de forma plena de todas as atividades escolares. Os auxiliares, formados de acordo com o que os alunos e as escolas precisam, passarão por capacitação a cada dois meses. Quinzenalmente, o trabalho será supervisionado por fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que integram a equipe multidisciplinar do Rede.



O Programa Inclui

Transformar a escola em um lugar onde todas as crianças possam aprender juntas é o principal objetivo da Secretaria Municipal de Educação. Pensando nisso, em 2009 uma Comissão Intersetorial foi criada para avaliar como a inclusão vinha sendo feita nas escolas municipais e o resultado foi a criação do programa, que chegou para melhorar e ampliar o que já era feito. Hoje, mais de 14 mil crianças, adolescentes, jovens e adultos com algum tipo de necessidade educacional especial são atendidos em escolas municipais.

Para garantir bom atendimento, cerca de 25 mil educadores passaram por formação nos últimos cinco anos, sendo que 400 freqüentaram cursos de pós-graduação. Em 2011, serão 5 mil vagas de formação para os profissionais da Educação. Outro suporte em sala de aula são os mil estagiários de Pedagogia que apóiam os professores em turmas que têm um ou mais alunos com necessidades educacionais especiais. Esse número chegará a 1,3 mil neste ano. E, para dar tranqüilidade às famílias e conforto aos alunos, o Transporte Escolar Gratuito Acessível (TEG Acessível) é ampliado constantemente e chegará a uma frota de 170 veículos em 2012.



Superando metas

O apoio pedagógico especializado também vem sendo ampliado. "A previsão para 2011 era que o número de Salas de Apoio e Acompanhamento à Inclusão (SAAIs) - que eram 221 em setembro - chegasse a 314 espaços até o fim do ano, mas esse número já foi alcançado em janeiro e a meta agora são 400 salas", informa o secretário. Para garantir escolas acessíveis, a secretaria já vem construindo unidades que atendam aos parâmetros de acessibilidade. Entre as escolas mais antigas, a prioridade de reforma é para aquelas que têm ou terão SAAI.

Além de material próprio para alunos com deficiência, garantindo seu acesso ao currículo escolar, as unidades da rede ganharam mobiliário adaptado. Outra grande novidade do Programa Inclui é desenvolvida em parceria com a Sociedade Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM). Uma equipe com 48 profissionais, formada por fisiatras, psiquiatras infantis, fonoaudiólogos, psicólogos, enfermeiros, nutricionistas, assistentes sociais, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, dentre outros especialistas, avalia e acompanha os alunos e, juntamente com os Centros de Formação e Acompanhamento à Inclusão (Cefais), apóia as famílias e as equipes escolares.

* Charles Roberto

Itaquera tem novo subprefeito


Foi nomeado em 3/2, o novo subprefeito de Itaquera, Paulo Cesar Máximo. Coronel da reserva, ex-corregedor da GCM - Guarda Civil Metropolitana e ex-chefe de gabinete da Subprefeitura de São Miguel, Máximo, vem substituir Roberto Kazushi Tamura, que irá para Superintendência do Serviço Funerário. O chefe de gabinete também mudou, saindo Francisco Wanderlei Rohrer e entrando Wanderlei Bendasoli de Arruda.

Uma solenidade no anfiteatro da Subprefeitura, com a presença dos servidores da Sub e do vereador Paulo Frange, marcou a posse do novo subprefeito. Na sua despedida, Roberto Tamura, agradeceu ao prefeito Kassab pela oportunidade de comandar a Sub Itaquera e falou da nova sede da Subprefeitura.

"Se não fosse o prefeito Kassab não teria a oportunidade de conhecer Itaquera e as pessoas daqui, que são muito acolhedoras. A estrutura fragmentada da antiga sede da Subprefeitura dificultava o trabalho. Com a nova sede, com todos os departamentos juntos, há uma interação maior entre os servidores, refletindo na melhora dos serviços prestados aos munícipes", disse o ex-subprefeito.

Já o subprefeito Paulo Máximo, se mostrou consciente do desafio que terá que enfrentar e enalteceu o trabalho dos servidores. "Tenho a noção do grande desafio que terei pela frente. O futuro da Zona Leste está aqui em Itaquera. A minha experiência na outra subprefeitura me mostrou que se consegue atingir mais rápido os objetivos, trabalhando em equipe e já me informei sobre a equipe aqui de Itaquera e sei que é muito boa. Isso aumenta minha confiança de que atingiremos nossas metas e objetivos", disse.

* Alice Cardoso

Guarda Civil Metropolitana recebe 60 pistolas 380 e certifica inspetores

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo recebeu na última segunda-feira, das mãos do secretário de Segurança Urbana de São Paulo, as primeiras armas de um lote de 60 pistolas semi-automáticas, calibre 380, que serão usadas pelos inspetores que ocupam cargos de comando e chefia na corporação. Na cerimônia de entrega das armas, que ocorreu no Centro de Formação em Segurança Urbana (CFSU), Belenzinho, foram entregues também os certificados de conclusão do curso de treinamento para habilitar ao uso desses armamentos.

Método Giraldi

A GCM foi capacitada no uso dessas pistolas adotando o Método Giraldi, reconhecido pela Organização das Nações Unidas e pela Cruz Vermelha Internacional como método de preservação da vida e da garantia dos Direitos Humanos, na atuação policial armada. Os guardas habilitados passaram por treinamento no Centro de Treinamento de Tiro do CFSU, que foi adaptado para a instrução do Método Giraldi, com carga horária de 100 horas/aula. No estande, além dos alvos convencionais, foram usados alvos móveis e alvos referentes à metodologia Giraldi. Cada aluno fez 144 disparos, número 200% superior ao previsto na legislação federal. O objetivo foi a análise e estratégia para o uso da arma e do tiro em proteção da vida, em que o disparo da arma é sempre a última de todas as possibilidades, que devem privilegiar o diálogo e o uso de armas não-letais.

Para o coordenador-geral do CFSU, Flávio Domingos Rosa, "as aulas tiveram como objetivo proporcionar noções relativas ao manuseio da pistola, o conhecimento técnico e físico no uso dos equipamentos semi-automáticos, a padronização da conduta e a postura na prestação de um serviço cada vez mais qualitativo e seguro à população. É um avanço técnico, operacional e estratégico para uma corporação capaz e moderna, que se qualifica neste novo manuseio".

Os três primeiros classificados foram o comandante em exercício da GCM, Francisco Maurício Marino, e os inspetores chefes regionais Roberto Molinari e Francisco Carlos Rocha Uchoa, que receberam simbolicamente suas pistolas. "A aquisição dessas armas e a habilitação para os inspetores representam a valorização e o reconhecimento do nosso trabalho, além de uma conquista da corporação", destaca o comandante em exercício e primeiro colocado no curso.

Para o secretário, o investimento em equipamentos modernos e a capacitação e valorização da corporação são a estratégia utilizada para o serviço cada vez mais eficiente e para demonstrar o empenho da administração municipal, propiciando uma corporação cada vez mais preparada para atuar nos programas de competência da GCM e de interesse da comunidade. Na oportunidade, o secretário solicitou ao comando da GCM a previsão no Plano de Metas para planejar a aquisição de novos lotes desse armamento para outros integrantes da GCM.

PRECISA-SE DE PROMOTORES - 1/2 PERÍODO

O Cursos 24 Horas é uma empresa que vende cursos 100% pela internet. Para que os cursos sejam vendidos, precisamos de pessoas interessadas em aprender, ou mais claramente, Clientes.
Você provavelmente possui amigos, colegas, parentes, entre outras pessoas que se interessariam em fazer os nossos cursos, porém ainda não conhecem nosso site.

E como isso vira dinheiro?

É bem simples: Você indica nossos cursos para seus amigos, colegas, parentes, etc. Cada vez que um dos seus indicados decidir fazer algum curso, você recebe uma comissão. Nada mais justo, afinal, você indicou a pessoa para nós.

Como vocês fazem para saber que eu indiquei?

Nós temos um rigoroso sistema de controle. Você fará um cadastro e receberá um endereço exclusivo do tipo: www.cursos24horas.com.br?id=seulogin.
Quando o sistema detecta que alguém entrou com este endereço é feita a associação da pessoa ao seu cadastro como promotor. Desta forma, quando a pessoa fizer o cadastro em algum curso será registrado automaticamente como seu indicado.

Qual é a minha comissão?

A comissão varia de acordo com o preço do curso que ele fizer. A tabela abaixo mostra mais detalhes:

Preço do curso / Sua comissão
R$ 20 /  R$ 3
R$ 25 /  R$ 4
R$ 30 /  R$ 5
R$ 35 /  R$ 6
R$ 40 /  R$ 7
R$ 45 /  R$ 8
R$ 50 /  R$ 9


Ainda com Dúvidas?






 



Cursos Online é Cursos 24 Horas




MICROEMPREENDEDORES PROCURAM CURSOS DE APERFEIÇOAMENTO

O Site Cursos24horas está atraindo cada vez mais os profissionais liberais em busca de novos conhecimentos.
Microempreendedores individuais que estão formalizando suas empresas, possuem a necessidade de desenvolverem conhecimentos nas áreas administrativas, marketing, informática, recursos humanos, entre outras, uma vez que não dispôem de verba suficiente para a contratação de profissionais.
Enquanto pequeno empreendedor, se faz necessário o conhecimento de tudo um pouco para se alavancar os negócios e adquirir novas competências.
O SEBRAE disponibiliza vários cursos gratuitos para os novos empresários e o site Cursos24horas possui também diversos cursos rápidos e pela internet com preços atrativos.


GANHE DINHEIRO COM O SEU SITE!