Nossos Vídeos

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011

A Declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) relativa ao ano calendário 2010 deve ser entregue entre os dias 1º de março e 29 de abril de 2011. A advogada Rafaela Lirôa dos Passos, do escritório Innocenti Advogados Associados, informa que devem, obrigatoriamente, fazer a declaração aqueles que tenham recebido rendimentos superiores a R$ 22.487,25 em 2010. Abaixo dessa quantia, deve-se preencher a declaração de isento, cujo limite de rendimento mensal não tenha excedido R$ 1.499,15. Aqueles que não entregarem a declaração dentro do prazo estarão sujeitos à multa mínima de R$ 165,74.

Rafaela Lirôa destaca que o declarante pode optar por enviar sua declaração IRPF/2010 por meio do formulário simplificado ou completo, avaliando qual a melhor opção para seu caso. “Na declaração simplificada, o contribuinte pode deduzir 20% do montante dos valores tributáveis recebidos de Pessoa Física e Jurídica, não podendo ultrapassar, entretanto, o limite anual de R$ 13.317,09”, ressalta.

De acordo com a advogada, se o total das deduções exceder esse limite, a melhor opção é fazer a declaração completa, aconselhável ao contribuinte que tenha despesas consideráveis para dedução. “Esta declaração mais detalhada permite que sejam deduzidos gastos com educação, planos de saúde, pensão alimentícia fixada judicialmente, despesas com dependentes, doações e até contribuições realizadas à Previdência oficial e privada, observados os limites de dedução previstos para cada modalidade, salvo os gastos com despesas médicas, Previdência Oficial e pensão alimentícia, que podem ser deduzidos em sua totalidade”, explica.

Novas regras

A advogada ressalta que pela primeira vez, a declaração do IRPF somente poderá ser enviada pela internet, através do programa a ser disponibilizado no site da Receita Federal, o Receitanet. “Não será mais aceita a declaração via formulário em papel. Caso não consiga transmitir pela internet, o contribuinte poderá optar por entregar a declaração em disquete, nas agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, respeitado o horário de atendimento das agências”..

Rafaela Lirôa também chama atenção para as novas regras estabelecidas. Por meio de Instrução Normativa n.º 1.127/2010, publicada no Diário Oficial da União em 08/02/2011, a Receita Federal decidiu reduzir a carga tributária sobre os rendimentos recebidos pelo contribuinte acumuladamente, denominados RRA.

“Pela regra anterior, o contribuinte tinha que reter o imposto de acordo com os valores previstos na Tabela Progressiva de IRPF. Na grande maioria das vezes, a verba atingia a alíquota máxima de tributação, de 27,5%. Com a nova orientação, o contribuinte pode ser beneficiado pela redução da alíquota para os RRA recebidos, decorrentes de aposentadoria, pensão, transferência para reserva remunerada ou reforma, pagos pela Previdência Social da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, e, também, de rendimentos provenientes do trabalho. Nesses casos o imposto será calculado sobre o montante dos rendimentos pagos”, esclarece a advogada.

Os valores recebidos a partir de 28 de julho de 2010 a título de RRA, relativos aos anos-calendários anteriores ao do recebimento, serão tributados exclusivamente na fonte, no mês do recebimento ou crédito, em separado dos demais rendimentos recebidos no mês. E deverão ser informados na Declaração de IRPF, no campo “rendimentos recebidos acumuladamente”, observa a advogada.

O procedimento será o mesmo quanto aos rendimentos decorrentes de decisões das Justiças do Trabalho, Federal, Estaduais e do Distrito Federal, abrangendo também o 13º salário e qualquer acréscimo e juros deles decorrentes.

“O imposto será retido e calculado sobre o montante dos rendimentos pagos, mediante a utilização de tabela progressiva resultante da multiplicação da quantidade de meses (NM) a que se referem os rendimentos recebidos de forma acumulada, pelos valores constantes da tabela progressiva mensal correspondente ao mês final do recebimento do crédito”, explica.

A advogada ressalta que, com relação aos RRA recebido entre 1º de janeiro e 27 de julho de 2010, também poderão ser tributados exclusivamente na fonte, contudo, desde que haja o respectivo ajuste na apuração do imposto relativo àqueles rendimentos na Declaração de Ajuste Anual referente ao ano calendário de 2010. Nesse caso, o imposto resultante da apuração será adicionado ao imposto apurado na declaração, sujeitando-se aos mesmos prazos de pagamentos e condições deste.

Veja abaixo a composição da Tabela Acumulada para o ano calendário de 2011:
A nova orientação da Receita certamente beneficiará milhares de contribuintes, que, poderão, inclusive, discutir eventual possibilidade de restituição de parte das verbas tributadas sobre rendimentos recebidos acumuladamente, nas esferas administrativa e judicial, respeitada a prescrição no que couber.

O COLORIDO MUNDO DO PATCHWORK


Os retalhos que não saem de moda. Assim podemos definir a técnica de patchwork que sairam do mundo têxtil para invadir móveis, objetos de decoração, azulejos, entre outros.
O trabalho é 100% manual e feito com a junção de diferentes estampas, padronagens e cores, costurados de forma intercalada, sem seguir uma regra.

PAVÃO REVESTIMENTOS - Os azulejos decorados da Pavão Revestimentos usam técnicas de patchwork na junção de cores e estampas que compõem o kit. Assinado pela designer gráfico e empresária Carina Canavesi, o kit color é encontrado em diversas cores, grafismo, florais e geometrias. Uma infinidade de desenhos disponíveis em caixas de um metro quadrado aplicado.
Preço sob consulta.

DECAMERON - Com tecidos cortados de forma irregular, a poltrona foi criada pelo designer Marcus Ferreira com exclusividade para a Dpot. Segue a nova fase de desenvolvimento de produtos que o designer imprimiu nas coleções da sua própria marca, a Decameron.
Preço sob consulta.

CARBONO - As formas, cores e estampas diversas em nada atrapalham a harmonia desconstrutiva do sofá 104, também disponível nas versões banco, chaise e poltrona. Com design assinado pelo designer gráfico, cenógrafo e artista plástico Mutza, a C104 reúne inspiração proveniente da moda, arquitetura e música. As cores e estampas refletem as tendências da moda e até mesmo dos azulejos. As almofadas do encosto apresentam diferentes inclinações, umas maiores do que as outras e em alturas diferentes.
Preço sob consulta.



MOSARTE - referência nacional em revestimentos especiais, porcelanato diferenciado e pioneira na fabricação de mosaicos no Brasil - entrou na onda da consciência ecologicamente correta e traz duas novas coleções de revestimentos reaproveitados. As linhas Pietra Ônix e Street Beige oferecem um verdadeiro patchwork de mármore com ônix e concreto, respectivamente. As duas novidades são muito bem aplicadas tanto em áreas internas como externas.
Preço sob consulta.

BY KAMY – Francesca Alzati, designer de tapetes e sócio-proprietária da By Kamy, desde 2005 desenvolve tapetes elaborados em patchwork e assina uma linha que reaproveita peças de tapetes desgastados do mundo inteiro. Feitos em placas de kilim de 0,50cm X 0,50cm antigos e novos (Bessarabian, Khaskai, Anatolia, Ghazvin), fragmentos de tapetes iranianos que são costurados a mão no Brasil. O guarda–sol indiano tem design marcante, um colorido único, festivo e alegre. Cada um possui combinações de cores diferentes, que brilham intensamente por si só. Feito à mão, sua beleza particular é tal como a de seu país de origem, a Índia.

Preço sob consulta.

TEC DEC - A junção de jacquard, seda, algodão com estampas modernas e sofisticadas resultam nas belíssimas almofadas em patchwork de tecidos exclusivos da Tecdec.
Preço sob consulta.


*Daniella Gibertoni