Nossos Vídeos

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Alda destaca importância do Movimento Constitucionalista para o Brasil

Prefeita em exercício de São Paulo acompanhou o desfile do 78° aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932

Fotos de Ricardo Fonseca /Secom - Autoridades acompanham a solenidade

A prefeita em exercício de São Paulo, Alda Marco Antonio, e o governador do Estado, Alberto Goldman, participaram da cerimônia comemorativa ao 78° aniversário do Movimento Constitucionalista de 1932, realizada na avenida Pedro Álvares Cabral, defronte ao Mausoléu do Soldado Constitucionalista.

"O movimento abriu o caminho para a volta da democracia. São Paulo teve a coragem histórica de enfrentar uma ditadura terrível, como foi a ditadura de Vargas. Com o seu sacrifício, São Paulo abriu caminhos para a volta de algo que é o mais importante para a humanidade, a liberdade", ressaltou a prefeita em exercício.

Após o cortejo fúnebre das urnas com despojos, os heróis foram homenageados por uma salva de tiros antes de serem conduzidas ao interior do Mausoléu. Alda prestou sua homenagem com flores e acompanhou o desfile cívico e militar. Após a cerimônia, a prefeita em exercício destacou a importância do papel da mulher durante o movimento.

"São Paulo deu um exemplo magnífico em busca de liberdade e democracia contra a ditadura de Vargas. Foi um heroísmo do estado inteiro, pois os homens foram para a frente de batalha e as mulheres ficaram na retaguarda construindo armamentos, uniformes, roupas e mandando alimentos. Foi um movimento de toda São Paulo em busca do que é mais precioso para a humanidade, a liberdade", finalizou Alda.

A Revolução Constitucionalista de 1932 foi o movimento armado ocorrido no Estado de São Paulo entre os meses de julho e outubro de 1932, que tinha por objetivo a derrubada do Governo Provisório da época e a promulgação de uma nova constituição para o Brasil. Foi uma resposta paulista à Revolução de 1930, a qual acabou com a autonomia de que os estados gozavam durante a vigência da Constituição de 1891. São Paulo, depois da revolução de 32, voltou a ser governado por paulistas, e, dois anos depois, uma nova constituição foi promulgada, a Constituição de 1934.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.