Nossos Vídeos

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Prefeitura intensifica fiscalização de acessibilidade em estabelecimentos

A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED), está intensificando a fiscalização sobre estabelecimentos comerciais que descumpram as exigências de acessibilidade.
As ações de fiscalização tiveram início nos bairros de Santana e Mooca. Do total de 54 estabelecimentos inspecionados nessas regiões, 32 foram notificados para que executem adaptações. Em Santana, três padarias foram multadas; na Mooca, a subprefeitura visitou 25 estabelecimentos, dos quais nove não haviam feito as obras de adequação no prazo exigido, ficando sujeitos a multa.
As três padarias de Santana (Paris, Estrela Polar e Pedro Doll) foram multadas por não atenderem à exigência de execução de adaptações necessárias para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Elas já haviam sido notificadas e recebido prazo de 30 dias para fazer as adaptações. Até que ocorra a regularização do problema, receberão multa mensal de R$ 3,8 mil. Os problemas encontrados incluem ainda sanitários inadequados, falta de acesso ao pavimento superior, presença de degraus em todas as entradas e vagas de estacionamento irregulares. Nas próximas semanas, a Subprefeitura Santana/Tucuruvi visitará outros 23 estabelecimentos que foram notificados e receberam prazo para adequações.
O secretário de Coordenação das Subprefeituras destaca que a ação tem como objetivo orientar os proprietários sobre as ações necessárias para tornar os estabelecimentos acessíveis a toda a população da Cidade. "É uma ação para garantir o direito de ir e vir de todo cidadão a todo espaço público e privado da Cidade", comenta.
Segundo o secretário municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED), paralelamente às vistorias, também está sendo feito trabalho de conscientização junto aos empresários do setor, em parceria com o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria de São Paulo.

A campanha pretende mostrar que ações simples e baratas, como demarcar vagas de estacionamento, transformar degraus em rampas, alargar portas e corredores ou adaptar um sanitário, já podem garantir um mínimo de acessibilidade a todo esse público.

Um comentário:

  1. engraçado existe ums denuncia que eu fiz sobre o espaço analia franco situado na rua francisco zicardi 219 tatuape que lá não tem banheiro e adaptação para deficientes e até agora a subprefeitura aricanduva vila formosa não tomou providencias será que é porque o marido trabalha para o governo de são paulo e eles tem amizades com vereadores do DEM E PSDB????????

    ResponderExcluir

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0