Nossos Vídeos

sábado, 3 de julho de 2010

JORNADA DA CIDADANIA SUPERA EXPECTATIVA DE PÚBLICO

No Dia Mundial de Combate às Drogas, Polícia Militar e UNIBAN uniram esforços para levar serviços de saúde, educação e cidadania à comunidade carente da Vila Jacuí

Nem mesmo o sol forte durante praticamente toda tarde do dia 26 impediu que os moradores da Vila Jacuí, no extremo leste da capital, participassem da 1ª Jornada da Cidadania promovida pela Polícia Militar, em parceria com a UNIBAN, no Parque da Vila Jacuí. A iniciativa solidária beneficiou aproximadamente 5 mil pessoas e contabilizou mais de 1.500 atendimentos na área de saúde e assistência social.

Os serviços superaram as expectativas das duas instituições. O Tenente Demétrius Corrêa Nunes destacou a importância de iniciativas de cunho cívico e social como esta. "Nosso objetivo foi alcançado, de sensibilizar policiais militares, professores e alunos da Universidade para a necessidade da prática de ações afirmativas que reduzam as assimetrias de comunidades sujeitas a vulnerabilidades, exclusão e risco".

O evento marcou também o Dia Mundial de Combate às Drogas e o tráfico é um grave problema na região. O deputado Fernando Capez proferiu uma palestra sobre o tema e atraiu a atenção de muitos moradores e dezenas de estudantes do curso de Direito da Universidade. Quem foi ao posto de atendimento da PM pôde emitir a segunda via de documentos pessoais. Mais de 270 pessoas saíram do local com novas carteiras de identidade. Além disso, um juizado itinerante levado pela Universidade permitiu o acesso a um banco de empregos e a formatação de currículos.

Em paralelo, professores e alunos estiveram à frente de oficinas de artes, aulas de recreação e atividades físicas, exames de glicemia, aferição de pressão arterial, orientação nutricional e limpeza de ouvido. Para Ana Paula Marques, Fernanda Spts, Nayara Souza e Vanessa Parra, alunas de Nutrição, o trabalho de prevenção com a comunidade é fundamental. "Após o cálculo do MMC e a medição da circunferência abdominal nós percebemos que boa parte das pessoas está fora do peso ideal. Isto se deve à alimentação de baixa qualidade. Nós estamos dando orientação nutricional e aconselhando a ida a um pronto-socorro", explica Ana Paula.

Lindinalva Oliveira é um exemplo. Aliviada após saber que a pressão arterial está em dia, ela aprova a iniciativa da Polícia Militar e da UNIBAN e denuncia o déficit da saúde no país. "O atendimento no posto de saúde é muito demorado, graças à Jornada da Cidadania pude medir pela primeira vez a minha pressão". O planejamento familiar também mereceu atenção especial na ocasião. Além de promover palestras educativas sobre o assunto, a Polícia Militar distribui cerca de 7 mil preservativos.

Já as atividades de lazer foram as mais procuradas pelas crianças, que tiveram como opções de entretenimento oficinas de artes, cama elástica, recreação, escorregador, futebol de quadra e exposição do canil da PM. Fundadora da Vila Jacuí e avó das pequenas Maria Eduarda e Giovana, Sônia Maria Aparecida é só sorrisos quando o assunto é a Jornada. "Quero aproveitar ao máximo essa oportunidade. Isso aqui é um privilégio, espero que essa seja a primeira de muitas Jornadas da Cidaddania. As meninas brincaram muito e o nosso próximo passo é a tenda de corte de cabelo", disse ela entusiasmada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.