Nossos Vídeos

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Influenza A aumenta em 61% ligações para o Disque Saúde

Entre 27 de abril e 6 de maio, o sistema recebeu cerca de 280 mil ligações. A média diária de acesso ao serviço, que antes do alerta de epidemia era de 19.400, passou para 34.500 telefonemas
A epidemia de Influenza A (H1N1) elevou em 61% as ligações para os teleatendentes do Disque Saúde (0800 61 1997), entre 27 de abril e 6 de maio. O sistema, um dos principais canais do Ministério da Saúde para esclarecer as dúvidas da população, oferece dois tipos de atendimento: um eletrônico com mensagens previamente gravadas ― unidade de resposta automática (URA) ― e outro de interação com os teleatendentes, que receberam treinamento específico sobre o tema. Entre a última semana de abril e a primeira de maio, foram 277.917 ligações. Deste total, 15% (41.433 ligações) foram transferidos para o teleatendimento. O restante optou pela resposta automática. Quando comparado o número de ligações entre abril de 2008 (613.305) e de 2009 (656.915), houve um aumento de 7,1%. Em relação aos teleatendentes, o aumento foi de 5,7%.
Entre 1º e 26 de abril, antes do alerta de epidemia por Influenza A, o Disque Saúde ― por meio dos atendentes ou mensagem eletrônica ― recebia, em média 19.400 ligações por dia. A partir do alerta, entre 27 de abril e 2 de maio, essa média subiu para 34.500 ligações gerais, o que representou um aumento de 56% no total de ligações. A demanda direta aos teleatendentes, antes com uma média diária de 3.900 ligações, passou para 6.400, uma elevação de 61%.
A maioria das pessoas que recorreu ao Disque Saúde queria informações sobre a definição da Influenza A, seus sintomas, a situação da gripe no país e as medidas de prevenção que deveriam adotar. Também buscaram recomendações aos que viajariam rumo aos países afetados e, neste caso, qual a orientação para se prevenir ou combater o H1N1. Tanto o acesso ao banco de informações (utilizado para informações prestadas pelos teleatendentes), quanto às mensagens eletrônicas na URA demonstrou que esses foram os assuntos mais demandados – definição; sintomas; e situação epidemiológica no Brasil. [ver quadro abaixo]

DÚVIDAS - No período de 28 a 30 de abril, a opção 2 do Disque Saúde [Doenças] ultrapassou, em média, a marca das 10 mil ligações diárias. A equipe da Ouvidoria do Ministério da Saúde suspeita que o crescimento foi provocado pela busca de informações sobre a gripe suína, estimulado pela presença ostensiva do tema no noticiário nacional e internacional e por ainda não ter sido feita, nesse período, a inclusão da opção específica sobre a Influenza no menu eletrônico. Totalizaram 5.715 os acessos ao Banco de Informações Técnicas em Saúde (BITS) sobre gripe e resfriado, dos quais 5.012 foram específicos a respeito do alerta referente à Influenza A.
Essa constatação reforçou a suspeita de que a maioria dos brasileiros estava mesmo interessada em obter informações e detalhes sobre a epidemia da gripe, cujos primeiros casos foram registrados no México e rapidamente se espalhou por 33 países, atingiu 5.728 pessoas e matou 61 (México, Estados Unidos, Canadá e Costa Rica), de acordo com o último informe da Organização Mundial de Saúde (OMS).
A partir de 1º de maio, quando a Influenza A passou a ser a opção 8 do Disque Saúde, houve um recuo de 53% na demanda direta aos teleatendentes. O relatório da Ouvidoria revela que a inclusão da opção 8 ― Influenza A ― permitiu ao sistema atender a mais de 500 pessoas ao mesmo tempo, mostrando um aumento expressivo da capacidade do Ministério da Saúde de disseminar a informação aos brasileiros e reduzir a sobrecarga dos teleatendentes.
Os brasileiros das regiões Sudeste e Nordeste foram os que revelaram maior interesse para obter detalhes sobre a epidemia de Influenza A. Apenas no dia 1º de maio, do Sudeste partiram 6.555 ligações para o Disque Saúde e do Nordeste 5.112. A terceira posição ficou para o Sul, com 2.267 telefonemas para o serviço oferecido pelo Ministério da Saúde.

*
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0