Nossos Vídeos

sexta-feira, 15 de maio de 2009

ESPORTE RADICAL PARA DEFICIENTES EM SANTO ANDRÉ > 17/05

Domingo (17) tem esporte radical gratuito para deficientes em Santo André

Aberta ao público, a ação oferece atividades em equipamentos, como tirolesa, rapel, bungee trampolim e parede de escalada, para serem praticadas por crianças e adultos

A Prefeitura de Santo André e a Associação das Indústrias do Pólo Petroquímico do Grande ABC (Apolo) realizam neste domingo, 17 de maio, mais uma edição do Circuito Aventura, programa social gratuito que proporciona a prática de esportes radicais a crianças e adultos com deficiência. A ação é aberta, acontece das 10h às 17h, no Parque Regional da Criança, em Santo André, e conta com rapel, tirolesa, parede de escalada e outras atividades, além de dança e oficinas de pintura em tela e modelagem com argila. Toda pessoa com deficiência pode participar das brincadeiras, basta comparecer ao local, à avenida Itamaraty, 530, Parque Jaçatuba.

Na 10ª edição, o Circuito Aventura traz como novidade oficina de artes plásticas, que será agitada por Zeca Del Bueno, artista plástico e vice-presidente da Associação pela Cidadania das Pessoas com Deficiência (Acide), parceira na ação. Durante o evento, ao ar livre, Del Bueno vai ensinar a fazer esculturas com argila e pintura em tela.

“Assim como o esporte, a arte é um instrumento que ajuda, e muito, a melhorar a auto-estima das pessoas, ao permitir que elas percebam suas capacidades naturais”, explica Ivan Teixeira Cardoso, professor de Educação Física e coordenador do Programa de Educação Física Adaptada (Pefa).

O Circuito Aventura conta, ainda, com escoteirismo, pintura facial, bungee trampolim, cama elástica, pula-pula e três tirolesas - têm de 30 a 60 metros de extensão cada. As atividades são desenvolvidas com o apoio de 80 instrutores, entre profissionais e estudantes de Educação Física e integrantes do Grupo de Escoteiros de Santo André.

Além das atrações esportivas e artesanais, o público poderá conferir apresentações culturais, como exibição de dança do grupo de hip-hop formado por alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Santo André), e performance de balé, feita por ex-alunos do programa.

Limites - Em 2008, o Circuito Aventura atraiu 2 mil pessoas, entre deficientes, familiares e visitantes do parque. Para esta primeira edição do ano, a expectativa é reunir mais de mil participantes. “O que nos motiva a apoiar esta ação é poder propiciar aos participantes a oportunidade de experimentar e de encontrar novos limites, junto com seus familiares”, comenta Francisco Ruiz, presidente da Apolo.

O Circuito Aventura faz parte do Programa de Educação Física Adaptada (Pefa), da Prefeitura de Santo André, que tem como carro-chefe um curso de natação adaptada exclusivo para pessoa com deficiência. Ministrado pelo Núcleo de Natação Adaptada de Santo André (Nanasa), o curso conta com 240 alunos matriculados e desde a criação, em 2002, formou 661 deficientes. A iniciativa tem o apoio, ainda, da Fefisa (Faculdades Integradas de Santo André), Shopping ABC Plaza, Alcoa Alumínio e Acide.

*Fotos: JB Ferreira


IX Circuito Aventura
Dia 17 de maio (domingo), das 10h às 17h.
Parque Regional da Criança - av. Itamaraty, 530, pq. Jaçatuba, Santo André.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

UNINOVE oferece acompanhamento nutricional

Atendimento é realizado no campus Memorial e é gratuito
A obesidade infantil tem aumentado de forma significativa, determinando várias complicações na infância e na idade adulta, e já é considerada um importante problema de saúde pública, que cresce no Brasil, aliada a globalização e ao progresso do país.
Na opinião da nutricionista e professora da UNINOVE, Fernanda Borges Carlucio da Silva, o sedentarismo e as dietas com alto índice de gordura e calorias, do tipo fast food, estão entre as principais causas do aumento do sobrepeso e da obesidade. “Em crianças e adolescentes, a obesidade também está associada à alteração de fatores de risco como aumento do colesterol, triglicerídeos, pressão arterial e glicemia que podem levar ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares, além de contribuir para a baixa auto-estima e discriminação social”, explica.
A reeducação dos hábitos alimentares, segundo a nutricionista, é essencial para reduzir a obesidade e os riscos que ela gera à saúde. “Evitar doces, gorduras e ter disciplina no horário das refeições são os passos iniciais de quem pretende iniciar essa reeducação”, informa.
Para ajudar as pessoas que precisam emagrecer por problemas estéticos ou de saúde, a UNINOVE mantém junto ao seu Ambulatório Integrado de Saúde, um serviço de acompanhamento nutricional inteiramente gratuito. Os interessados devem entrar em contato pelo tel. 3665-9752 ou 9092. Os atendimentos são realizados no campus Memorial (Av. Adolfo Pinto, 109 – próximo à estação Barra Funda do Metro).
*
*
*
PUBLICIDADE:
RESTAURAÇÃO E RETOQUE DE FOTOS!
www.kidbrinde.webnode.com.pt

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0