Nossos Vídeos

domingo, 5 de julho de 2009

UMA HISTÓRIA DE AMOR

PRÊMIO ESCOLA VOLUNTÁRIA aguardará projetos até 15/07

Escolas devem enviar seus projetos até o dia 15 de julho
As inscrições para a nona edição do Prêmio Escola Voluntária foram prorrogadas até o dia 15 de julho. O objetivo é atender às escolas que não conseguiram inscrever seus projetos até a última terça-feira, dia 30 de junho.
Uma iniciativa da Rádio Bandeirantes e da Fundação Itaú Social, o Prêmio Escola Voluntária recebeu em 2008 o Grande Prêmio da Crítica na categoria rádio da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA).
A meta do Prêmio é incentivar e reconhecer instituições de ensino responsáveis por projetos sociais que promovam o trabalho voluntário entre os seus alunos. Desde sua criação em 2001, Ano Internacional do Voluntariado, o Prêmio recebeu inscrições de 2540 escolas.

Como participar
Qualquer escola, pública ou particular, pode se inscrever desde que o projeto esteja em operação desde o começo do ano letivo de 2009, e que dele participem alunos regularmente matriculados no 9º ano (ou 8ª série) do Ensino Fundamental ou em qualquer série do Ensino Médio. As inscrições podem ser feitas via internet nos sites www.radiobandeirantes.com.br e www.fundacaoitausocial.org.br ou, então, pelo correio entre 13 de abril e 30 de junho. Caso a inscrição não seja feita pela internet, a escola deverá enviar a ficha de inscrição devidamente preenchida para a Rua Radiantes, 13, CEP 05699-900, Morumbi, São Paulo, SP.
*
*
*
*
*
*
Publicidade:

CELULARES SÃO ALVOS DE SPAM SOBRE MICHAEL JACKSON

Já era esperada a criação de spams e malware que se aproveitariam da grande onda de notícias referentes à morte do astro pop Michael Jackson para infectar os usuários da Internet. Mas, o que ninguém esperava era que os hackers também usariam esta isca para infectar os usuários de celulares via SMS.

Os laboratórios da F-Secure descobriram um SMS, contendo um link, que oferece novas músicas e atualizações do Rei do Pop, como mostra a figura abaixo:

O endereço de IP aparenta ser registrado na Malásia, mas o link não funciona, segundo testes realizados pelos laboratórios da empresa.

A F-Secure recomenda que os usuários não acessem o link ou respondam o SMS. “Apesar de parecer inofensivo, nós não sabemos que tipo de engenharia maliciosa está por trás dessa mensagem”, diz Gabriel Menegatti, Diretor de Tecnologia da F-Secure Brasil.


Sobre a F-Secure;
Fundada em 1988, na Finlândia, a fabricante é líder de mercado em soluções de segurança para dispositivos móveis, operadoras e provedores de serviços. Posicionada como visionária no quadrante mágico elaborado pelo Gartner Institute, a empresa possui escritórios nos Estados Unidos, França, Alemanha, Suécia, Reino Unido, Japão e Brasil. Seu maior diferencial é o tempo de resposta às novas ameaças e invasões e suas soluções estão disponíveis para mais de 180 parceiros como provedores de Internet e operadoras de celulares no mundo, tornando a F-Secure líder global nesse mercado. Além disso, as equipes dos laboratórios de pesquisa da F-Secure fornecem informações atualizadas sobre segurança e códigos maliciosos, disponível na Internet: http://www.f-secure.com/weblog e http://www.f-secure.com/virus-info/virus-news.
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:

CDHU já regularizou cerca de 30 mil imóveis no Estado

O secretário Lair Krähenbühl discursa durante o evento "Jornadas Institucionais" realizada no Secovi, em São Paulo (foto JMPereira)

Regularização fundiária é prioridade da atual gestão; outros 65 mil imóveis estão em processo de aprovação e averbação
O secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, divulgou que a Companhia já regularizou cerca de 30 mil imóveis em todo o Estado. Atualmente, mais 65 mil moradias estão em processo de averbação. A regularização fundiária é uma das prioridades da atual gestão da CDHU. O assunto foi abordado durante a abertura da segunda edição do evento das "Jornadas Institucionais", promovido pela Associação dos Notários e Registradores do Estado de São Paulo (Anoreg-SP) que aconteceu nos dias 2 e 3 de julho, na sede do Secovi-SP, o Sindicato da Habitação, na Capital.
Segundo o secretário Lair Krähenbühl, o Governo do Estado prioriza a regularização fundiária não apenas de imóveis da CDHU. Para isso, criou o Programa "Cidade Legal", que presta apoio técnico para que as prefeituras possam promover a legalização de núcleos habitacionais, e reduziu o valor do primeiro registro em até 90% para habitações de interesse social por meio da "Lei de Emolumentos", aprovada pela Assembléia Legislativa. "Essas medidas são reflexo do olhar diferenciado do atual governo para a questão da regularização fundiária", afirmou o secretário.
Por meio do Programa "Cidade Legal", a Secretaria de Estado da Habitação indica às prefeituras quais são os trâmites necessários e como solucionar entraves burocráticos para regularizar imóveis e loteamentos, públicos ou privados, de maneira rápida e eficaz. "Mais de 200 municípios em todo o Estado já aderiram ao programa. Isso representa cerca de 1,2 milhão de habitações em processo de regularização, sendo que 200 mil estão situadas na Região Metropolitana de São Paulo, onde a situação é mais crítica", disse Lair Krähenbühl.
Sobre a "Lei de Emolumentos", o secretário destacou que foi uma grande conquista alcançada após diversas reuniões com entidades representativas de notários e registradores. A "Lei de Emolumentos" garante descontos especiais para moradias populares, o que reduz os gastos para menos de R$ 200 no primeiro registro. Antes, as custas da escritura e do registro chegavam a R$ 2 mil. "Graças à sensibilidade da classe cartorária e o entendimento da Assembleia Legislativa, conseguimos tornar viável essa lei. O proprietário do imóvel é beneficiado diretamente quando tem garantido o termo de posse", explicou o secretário.
Para orientar a população e os registradores sobre como aplicar a "Lei de Emolumentos", a Secretaria da Habitação elaborou uma cartilha, que explica detalhadamente o processo de registro com o desconto. "São mais de 1,5 milhão de exemplares que serão entregues em todos os cartórios do Estado para garantir que o benefício seja validado", afirmou o secretário.
O evento "Jornadas Institucionais" reúne profissionais da atividade registral e cartorária e têm como objetivo de reunir esforços, discutir melhorias e aperfeiçoar a atuação da categoria para melhor atender à população. Na solenidade de abertura estiveram presentes o secretário municipal de Negócios Jurídicos de São Paulo e ex-governador, Cláudio Lembo, a presidente da Anoreg-SP, Patrícia André de Camargo Ferraz, o presidente da Anoreg-BR, Rogério Portugal Bacellar, entre outras autoridades.
*
*
*
*
*
Publicidade:


APÓS BEBER NÃO PEGUE NO VOLANTE


*
*
*
*
*
*
Publicidade:
Para evitar maiores transtornos no trânsito e acidentes desnecessários, quando sair com os amigos, leve o seu próprio bafômetro e tenha controle da hora de parar de beber: