Nossos Vídeos

quarta-feira, 15 de julho de 2009

O segredo da vida cristã está no amor desinteressado

*Wellington Jardim

Guarde uma frase em seu coração: “A ninguém fiqueis devendo coisa alguma, a não ser o amor recíproco” (Romanos 13,8). Como é importante ter isso sempre em mente. Quando formamos a verdadeira comunidade de Jesus Cristo, nós nos dispomos a falar e a ouvir. Caso contrário, cada um guarda em si o seu problema. Deus não quer isso. Nós precisamos viver cada vez mais com tudo em comum.
Muitos sofrem por causa de dívidas. A Palavra não fala somente desse lado, mas vamos começar por aí. Procure os dons que Deus lhe deu. Se você não tem determinado dom, não sinta vergonha de buscar alguém em sua casa que possa ajudar. Não podemos levar a vida no “mais ou menos”. Devemos o amor uns aos outros. É preciso começar a amar os outros sem interesse. O amor de Deus é um amor desinteressado.
Eu devo o amor ao outro e devo fazer brotar isso no meu coração, independentemente de estar rodeado de pessoas difíceis de conviver. Eu devo o amor a elas também. Porque quem ama o próximo cumpre plenamente a lei: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Aí está o segredo da nossa vida cristã: amar sem interesse e abrir o coração para o próximo.
Não se trata de ficar bobo. O amor gratuito não deixa ninguém diminuído. Muito ao contrário. Quando a gente vive a gratuidade, do jeito que eu abraço a pessoa que varre o chão, devo abraçar uma autoridade que vem me visitar. É uma forma de praticar o amor gratuito sem fazer diferenças. Quando a gente ama, não deseja nem faz mal a ninguém. Deus quer isto de nós: que todos nos amemos uns aos outros. Não é algo fácil, mas temos de praticar.
Vamos vestir a nossa armadura de cristãos sérios, trabalhadores, que dão testemunho de vida íntegra, para ser testemunhas de Deus. O Todo-poderoso se utiliza de vasos de barro, mas não usa vasos sujos. Temos de descobrir, a cada dia, a grande riqueza que é Jesus Cristo em nossa vida.
“Procedamos honestamente, como em pleno dia: nada de glutonerias e bebedeiras, nada de orgias e imoralidades, nem de contendas e rivalidades” (Romanos 13,13). O que será que Deus quer nos dizer com esse texto? Talvez seja um perdão que precisa ser concedido; ou mesmo uma visita a alguém que deva ser realizada como forma de atenção e amor ao próximo. Lembre-se: o amor é cumprimento perfeito da Lei de Deus.

*Wellington Jardim é administrador da Fundação João Paulo II e apresentador do programa "Sorrindo pra Vida", da TV Canção Nova (http://www.cancaonova.com/)
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0