Nossos Vídeos

domingo, 26 de julho de 2009

REVISÃO GERAL NO AUTOMÓVEL PARA APROVEITAR AS FÉRIAS TRANQUILO

Affinia dá dicas para manutenção segura nas férias

Durante as férias escolares, muitas famílias pegam a estrada para pequenas viagens. Com o aumento de circulação de carros e a falta de manutenção de alguns, o resultado é um trânsito cada vez mais caótico nas rodovias brasileiras. Para evitar surpresas no meio da viagem, uma revisão completa do veículo é essencial. Jair Silva, Supervisor de Serviços, da Affinia Automotiva, empresa fabricante e distribuidora de peças para reposição automotiva, levantou os principais itens de manutenção que devem ser verificados antes do motorista pegar a estrada.

- Filtro de ar
De forma geral, filtros sujos podem causar diversos problemas para o automóvel. Por isso, de forma preventiva, a Affinia recomenda sempre a troca do filtro de ar nas revisões periódicas, independente se veículo utiliza injeção eletrônica, que afeta o desempenho, ou carburador, que eleva o consumo de combustível e aumento o nível de emissões. Ou seja, não trocar o filtro preventivamente vai gerar algum tipo de prejuízo ao proprietário do veículo.

- Filtro de óleo
A função do óleo é lubrificar, resfriar e, principalmente, limpar o motor graças à função detergente. Por isso, é muito importante a cada troca de óleo substituir também o filtro, em geral a cada 10 mil km. Do contrário, o resíduo de óleo sujo na caneca do filtro vai contaminar o óleo novo. Existe a falsa idéia de que o filtro de óleo deve ser trocado a cada duas trocas de óleo, mas não é o recomendado, pois pode acarretar diminuição da vida útil do motor. Lembrando que o melhor óleo, bem como o intervalo correto de troca é o indicado pela montadora no manual do proprietário. Comprou um carro seminovo ou usado e tem dúvidas sobre a qualidade do óleo? O ideal é remover todo o óleo e o filtro, substituindo-os pelo recomendado pela montadora.

- Filtro de combustível
Não há uma data ou quilometragem padrão para troca. O importante é seguir a recomendação de substituição da montadora. Em razão da baixa qualidade de combustíveis, o filtro pode ter o processo de saturação acelerado. Um filtro de combustível saturado pode provocar desde danos à bomba de combustível até a parada total do motor. Ou seja, a suposta economia no abastecimento pode trazer sérios prejuízos no sistema de alimentação do veículo, e também do bolso. Na hora da substituição do filtro deve-se levar em conta o combustível, álcool, gasolina ou flex. Existe um filtro para cada tipo de combustível.

- Carburador
Os veículos fabricados com carburador passaram por um processo de substituição pela injeção eletrônica que durou de 1989 até 1996 quando os motores com carburador não atendiam as leis de emissões de poluentes vigentes no país. Estudos feitos com combustíveis, em especial de alguns postos sem bandeira, revelaram que a má qualidade do produto atinge diretamente o carburador, principalmente os componentes à base de borracha nitrílica. Por isso recomenda-se a manutenção preventiva, ou seja, limpeza ou regulagem, a cada seis meses ou 10 mil km, conforme o uso do veículo, em geral veículos com mais de 15 anos.

- Bomba d’água
Não existe substituição preventiva. Mas recomenda-se tomar certos cuidados para a manutenção. É muito importante a manutenção do sistema de arrefecimento, mantendo-o sempre com a proporção adequada de aditivo e substituir todo o líquido uma vez por ano. As causas mais comuns de danos na bomba d’água são aquelas que comprometem a vedação do selo mecânico, desgaste por tempo de uso ou falta de manutenção no sistema de arrefecimento. A vida útil de uma bomba d’água, tanto original de fábrica quanto a de reposição, está diretamente ligada à manutenção prestada. Lembre-se, os veículos atuais possuem o sistema de arrefecimento selado, a necessidade de reposição periódica de água indica vazamento, fique atento, pois o nível do líquido abaixo do mínimo pode provocar superaquecimento e sérios danos ao motor.

- Amortecedor
Muitas pessoas acreditam que os amortecedores servem apenas para o conforto interno do veículo, mas a função vai além. O amortecedor é responsável por manter os pneus em contato com o solo e garantir a estabilidade do veículo. É comum ouvir que o motorista perdeu a direção do carro. Numa curva, por exemplo, caso os amortecedores estejam desgastados, o carro pode perder a trajetória devido à falta de equilíbrio, ficando ‘solto’. A troca preventiva dos amortecedores pode ser feita por volta dos 40 mil km. Alguns tipos de veículos, ou modo de condução ou ainda condição do solo, podem ter esta média alterada, para mais ou menos. Porém, estudos comprovam que o recomendado para os carros que rodam no Brasil é que, preventivamente, a troca seja feita, em média, com 40 mil km. Os amortecedores da Affinia, fabricados sob a marca Nakata, por exemplo, possuem dois anos de garantia e quilometragem livre.

- Discos e pastilhas de freio
O mesmo carro, ano e modelo, que trafega por uma pequena cidade do interior tem o desgaste de pastilhas e discos completamente diferente daquele que anda-pára no trânsito das grandes cidades. Estes são itens de extrema atenção. O que muitos motoristas não levam em consideração, é que a placa sinalizadora no início da serra com a mensagem “desça engrenado” não é à toa. O objetivo é fazer com que o carro utilize o freio-motor e evite o superaquecimento das pastilhas e freios. O contrário também é verdadeiro. Numa enchente, por exemplo, pastilhas de má qualidade podem absorver água comprometendo a resposta adequada dos freios nas próximas frenagens. Pode-se fazer só a troca das pastilhas de freio e a retífica do disco, se a espessura mínima ainda permitir. No entanto, preventivamente, recomenda-se trocar discos e pastilhas juntos, pois, com a proibição do amianto na composição das pastilhas, passou-se a utilizar elementos metálicos que aceleram o desgaste do disco.

Sobre a Affinia:
Com vendas globais de US$ 2,1 bilhões por ano, 9.500 colaboradores e 52 unidades fabris espalhadas pelo mundo, a Affinia é voltada para o mercado de reposição automotiva. No Brasil, as quatro unidades de negócios contam com 750 colaboradores. A empresa está no mercado desde dezembro de 2004 e 55% de suas vendas são provenientes do segmento de suspensão e freios, 27% de filtros e 18% entre diversas linhas de produto. Pertencente ao grupo norte-americano Cypress, no seu portfólio no Brasil conta com sete marcas líderes. Entre elas estão Nakata (componentes de freios e suspensão), Wix (filtros), Brosol (sistemas mecânicos de alimentação), Urba (bombas d’água), Spicer (transferência de força), Perfect Circle (componentes de motor) e Victor Reinz (sistemas de vedação). A Affinia Automotiva em parceria com o DENATRAN, CET e SENAI-SP lança a campanha Carro 100% - Quem tem chega bem, com o objetivo de conscientizar o motorista que a manutenção preventiva garante a segurança do veículo. Baseado em três pilares: segurança, economia e meio ambiente, a campanha também busca contribuir para a melhora da qualidade do ar.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.