Nossos Vídeos

quarta-feira, 15 de julho de 2009

Crianças são maiores vítimas de acidentes domésticos

Pesquisa aponta que 140 mil crianças por ano sofrem acidentes dentro de casa

Uma pesquisa feita pelo Ministério da Saúde informa que a cada ano mais de 140 mil crianças são internadas em hospitais da rede pública. A causa? Acidentes Domésticos, o que representa para o Serviço Único de Saúde (SUS) um custo no total de 63 milhões de reais.

A maioria dos ferimentos nas mãos ocorre dentro de casa e as crianças são as principais vítimas. Na fase da infância, onde a curiosidade prevalece, os pequenos costumam tocar tudo o que encontram como facas, tomadas, vidros e portas – considerados os itens que mais oferecem riscos. Por isso, nessa época de férias escolares a atenção dos pais é de extrema exigência, já que as crianças passam ainda mais tempo dentro de casa. Os ferimentos mais comuns neste período são os esmagamentos de dedos e mãos em portas e janelas, queimaduras e cortes com vidros e objetos cortantes.

Com o intuito de diminuir os números de acidentes com as mãos é que a Associação Brasileira de Cirurgia da Mão (ABCM) desenvolve a Campanha Nacional de Prevenção a Acidentes e Traumas da Mão, uma ação com o intuito de conscientizar a população sobre os acidentes diversos que podem ocorrer tanto em casa como no trabalho, e ainda, ressaltar a importância do especialista em cirurgia da mão no primeiro atendimento do acidentado, já que dele depende o resultado e a evolução do caso. O pronto atendimento mal conduzido gera graves sequelas ao acidentado, podendo causar incapacidade funcional.

Acidentes infantis têm maior ou menor incidência de acordo com a faixa etária e o desenvolvimento motor da criança, e o melhor remédio para essa realidade é a prevenção. E prevenir pode ser simples, se o adulto adquirir a consciência de que as crianças não possuem noção do perigo, nem discernimento sobre o que é certo ou errado, lembrando também, que qualquer objeto aparentemente inofensivo pode se tornar uma arma poderosa na mão de uma criança. Sendo assim, deve-se orientar, ensinar, alertar e esclarecer numa linguagem inteligível a ela, os riscos que pode ocorrer se tomar aquela atitude, como forma de aprimorar a noção sobre o perigo.

A ABCM (Associação Brasileira de Cirurgia da Mão) é uma sociedade que reúne especialistas em cirurgia da mão, que hoje é reconhecida como uma especialidade médica, em todo o Brasil. A cirurgia da mão engloba todo o membro superior, o que implica em tratar traumas que possam atingir estruturas que o constituem como osso, articulações, ligamentos, tendões, músculos, nervos, pele e vasos sanguíneos. Preocupada com os traumas que podemos adquirir ao manuseio incorreto ou acidentes com as mãos, a ABCM, em seu ano cinquentenário, lança a Campanha Nacional de Prevenção a Acidentes e Traumas da Mão, a fim de conscientizar a população sobre os riscos e maneiras de prevenir uma futura lesão.
Para saber mais: http://www.cirurgiadamao.org.br/
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0