Nossos Vídeos

sábado, 14 de agosto de 2010

Central de Atendimento da Cohab-SP/Sehab é inaugurada

A nova Central de Atendimento da Cohab-SP/Sehab foi inaugurada em 2/8 pelo prefeito Gilberto Kassab. A mudança possibilitará um melhor acesso à população que busca os serviços habitacionais - o local tem capacidade para atender mais de 500 pessoas diariamente.
Situada na avenida São João, 299, a central é maior, mais moderna e melhor equipada do que a antiga sede, que ficava na Rua Líbero Badaró, 504. "Agora tudo está informatizado e pode ser acessado online. A Cohab (Companhia Metropolitana de Habitação) e a Sehab (Secretaria Municipal de Habitação) estão integradas no mesmo prédio, o que facilita a vida da população", afirmou Kassab.

A nova Central conta com dois terminais para auto-atendimento. A sala de espera tem TV e ar condicionado e no subsolo há uma brinquedoteca para as crianças acompanhantes, que serão supervisionadas por estagiárias de pedagogia. O receptivo é feito com maior privacidade, pois os munícipes são atendidos por assistentes sociais em áreas privadas.

O prédio onde está localizada a Central possui quatro pavimentos distribuídos em 1.900 m² - o anterior tinha 800 m². Totalmente recuperado, o prédio foi alugado e reformado pela Prefeitura. "A recuperação deste prédio acaba sendo inserida na recuperação do Centro, em especial nesta região, onde estamos construindo um dos mais importantes equipamentos de cultura na cidade: a Praça das Artes", observou o prefeito.

Além de Kassab, a cerimônia de inauguração da nova Central contou com a presença do secretário municipal de Habitação, que também representa a Cohab, Ricardo Pereira Leite, e dos Secretários de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb), Elton Santa Fé Zacarias, e de Planejamento, Rubens Chammas.

O secretário da Habitação destacou o aumento da procura pelos serviços da Companhia. "A Cohab atende mais de 500 pessoas/dia. Há dois anos, eram 50. Esse aumento se deve ao fato da companhia aplicar a renegociação de dívida. E essas pessoas vêm para a Cohab porque o programa é interessante para elas", contou Pereira Leite.

fotos: Fernando Pereira/Secom.

Reforma transforma Praça José Ênio da Silveira na melhor opção de lazer dos moradores

Os moradores do distrito Cidade Líder em Itaquera não precisam esperar mais. A reforma que começou no início do mês de maio na praça José Ênio da Silveira, localizada na rua Landirana já está quase pronta. A Supervisão de Áreas Verdes da Subprefeitura de Itaquera mandou sua equipe para fazer a diferença na região.

Os moradores contam que a praça está irreconhecível, pois o que antes o que era só mato e sujeira hoje é um grande espaço de lazer para a região. “A criançada não tinha liberdade para brincar, essa praça antes era só mato e sujeira. Nunca imaginei que nós fossemos privilegiados por um espaço tão lindo. Há 10 anos estou esperando, mas agora que está pronto, sempre trago a minha neta Luisa de seis anos para brincar”, ressalta animada a moradora Marlene Borges Neves.

O subprefeito Roberto Tamura celebra a conclusão da obra com os munícipes. “É uma grande alegria poder entregar mais esse equipamento aos moradores, que com certeza aproveitarão muito. Esse tipo de ação nos deixa orgulhosos de fazer parte da administração do prefeito Kassab”, enfatizou.

Para a reforma da praça foram incluídas construções de passeios, plantio de grama, instalação de conjunto de mesas e bancos, playground e cercamento do campo de futebol com alambrado. “Os moradores pediram a praça há muito tempo atrás e percebemos que foi muito bem recebida por eles. Quando estávamos definindo quais equipamentos e o que precisava ser reformado, sempre pedíamos a opinião deles para entender quais eram as necessidades no local”, afirma Supervisora Técnica de Áreas Verdes, Ana Carolina Lauriano Gil.

João Rosa de Godói, encantado com o resultado, comenta. “Antes não tínhamos opção de lazer, era horrível. Nós precisamos criar uma comissão de moradores para organizar a praça e mantê-la sempre nova”, afirma ele. Os moradores reconhecem a importância de manter a praça sempre limpa e conservada. “O que podemos fazer para que a praça continue limpa é preservá-la e também ter a consciência de não jogar o lixo no chão”, finaliza o morador Venâncio Pereira da Silva acompanhado dos netos.

Além de reformar as praças do bairro, a Subprefeitura de Itaquera também começou a reforma da praça do centro de Itaquera. Esta ação faz parte do projeto de revitalização do centro e é uma iniciativa que tem o objetivo de valorizar o comércio local.

Escolas da rede municipal podem participar de concurso sobre saúde bucal

Pelo segundo ano consecutivo, alunos da Rede Municipal de Ensino matriculados no Ensino Fundamental podem participar do concurso A Saúde Bucal. Resultado de uma parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e o Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp), o projeto premiará alunos, professores, escolas e diretores de escola.
O tema central deste ano é Prevenção na Saúde Bucal. Ele será a base para os diferentes trabalhos educativos realizados nas escolas municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), Ensino Fundamental e Médio (EMEFMs) e de Educação Especial (EMEE). Diversos assuntos no âmbito dessa temática serão abordados na produção pedagógica de cada unidade e darão origem aos trabalhos que serão inscritos no concurso.
Para orientar e ajudar os educadores no desenvolvimento das atividades, cada escola receberá do Crosp um material com conteúdo completo sobre a saúde bucal. São cinco DVDs educativos e manuais, que poderão ser usados pelos professores de todos os anos dos Ciclos I e II do Ensino Fundamental.

Categorias
O concurso da edição de 2010 terá quatro categorias. Crianças dos 1º e 2º anos produzirão colagens em cartolina, de qualquer cor e tamanho, sobre o subtema A Importância do Sorriso. Os matriculados nos 3º e 4º anos escreverão frases sobre Como ter um Belo Sorriso.
Os jovens dos 5º e 6º anos devem criar poemas de, no máximo, 15 versos, escritos à mão em papel pautado, abordando o subtema A importância da Mastigação e da Fala. E os alunos dos 7º, 8º e 9º anos confeccionarão jogos educativos - podendo ser usados materiais diversos - que transmitam informações importantes sobre A importância da Saúde Bucal para a Saúde Geral.
Cada aluno poderá inscrever apenas um trabalho, que deve conter título; nome, endereço e telefone da escola; Diretoria Regional de Educação (DRE) correspondente; nome completo do aluno e ano que cursa.
Anexo ao trabalho, a escola deve enviar um ofício - seguindo modelo disponível para download no www.portalsme.prefeitura.sp.gov.br - em papel timbrado. Os trabalhos devem ser individuais, inéditos, originais e desenvolvidos com o apoio da equipe pedagógica da escola, privilegiando as diversas disciplinas.

Premiações
Os alunos e educadores vencedores em cada categoria receberão R$ 2.000 cada um. Para os segundos colocados o prêmio será de R$ 1.500 e quem conquistar o 3º lugar receberá R$ 1.000. As escolas onde estudam os primeiros colocados de cada modalidade receberão R$ 2.000, assim como seus diretores. As DREs responsáveis por essas unidades receberão R$ 300.
Além disso, todos os autores e professores orientadores dos quatro trabalhos encaminhados por cada uma das 13 DREs para a seleção final receberão o prêmio de R$ 300,00.
Na primeira fase do concurso, as escolas devem selecionar um trabalho de cada categoria e encaminhá-lo à Diretoria Regional à qual pertencem até o dia 29 de setembro. Em seguida, a DRE fará uma seleção regional, encaminhando um representante de cada modalidade para o Crosp até 20 de outubro.
Na terceira e última etapa, uma comissão constituída por representantes da Secretaria Municipal de Educação e do Crosp escolherá os três melhores trabalhos de cada modalidade. A divulgação dos vencedores deve ocorrer por volta do dia 5 de novembro, no Diário Oficial da Cidade. Na primeira edição do concurso, realizada em 2009, mais de 470 mil alunos do Ensino Fundamental participaram do projeto. Foram distribuídos prêmios num total de R$ 110 mil para os autores dos 51 melhores trabalhos e seus professores.

Prefeitura aprova proposta de reajuste de 35,83% à Guarda Civil Metropolitana

Em reunião realizada na sexta-feira, 30 de julho, as secretarias de Gestão, Segurança Urbana e Planejamento, com a presença do comando da GCM, levaram ao sindicato da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo a proposta aprovada pelo prefeito relativa ao conjunto de medidas que dão prosseguimento à revalorização do quadro da GCM.
As medidas prevêem: majoração a partir de setembro de 2010, por meio de decreto, da gratificação pelo Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), em 20%, elevando-a de 60% para 80%, o que representa aumento imediato na remuneração dos GCMs; e reajuste de 20,74% sobre os padrões de vencimento, a serem pagos em duas parcelas (em 1° de janeiro de 2011 e na mesma data em 2012), por meio de projeto de lei que será enviado à Câmara Municipal nos próximos dias, promovendo inclusive a equiparação com os demais servidores do ensino médio.
Assim, somados tais reajustes, a partir de janeiro de 2012, os servidores do quadro da Guarda Civil Metropolitana terão um reajuste de 35,83%, sem contar as gratificações previstas nos projetos de lei que já foram encaminhados para a Câmara Municipal (ver abaixo), e novo projeto de lei que também será encaminhado nos próximos dias e cria a gratificação para grandes eventos a GCMs que estiverem de folga.

1. Prêmio de Desempenho em Segurança Urbana
Pagamento anual, no mês de dezembro, a partir de 2011 (poderá ser concedida antecipação de parte do valor na forma que dispuser o regulamento), em razão das metas e indicadores de desempenho, conforme disponibilidade orçamentária e financeira, no valor máximo de R$ 2.000,00.

2. Gratificação por Exercício de Função de Comando da Guarda Civil Metropolitana
Pagamento mensal no valor de R$ 500,00 a R$ 2.200,00.

3. Gratificação pela execução de trabalhos técnicos nas Comissões Processantes da Corregedoria Geral da Guarda Civil Metropolitana
Pagamento mensal no valor de R$ 353,00.

4. Gratificação pelo Exercício da Atividade de Motorista de Viatura Operacional
Pagamento mensal a partir de janeiro de 2011, no valor máximo de R$ 160,41 (até 30% do padrão inicial da carreira).

5. Gratificação pelo Exercício de Função em Regiões Estratégicas para a Segurança Urbana
Pagamento mensal a partir de janeiro de 2011, no valor máximo de R$ 427,76 (até 80% do padrão inicial da carreira).

6. Gratificação por Exercício de Atividade Operacional Diferenciada em Grandes Eventos
A ser paga por exercício de atividades em eventos especiais ao GCM que estiver em horário de folga.

Biblioteca Mário de Andrade oferece preparação de literatura para vestibular

A partir do próximo sábado, dia 7, a Biblioteca Mário de Andrade retoma as atividades do projeto Ciclo Literatura, vestibular e algo mais. O objetivo desta atividade, que tem lotação máxima de 60 pessoas por palestra, é auxiliar os candidatos aos principais vestibulares do País a compreender as obras exigidas nos exames.
Entre os livros que serão analisados neste mês estão: A cidade e a serras, de Eça de Queirós (dia 7); Memórias de um sargento de milícias, de Manuel Antônio de Almeida (dia 14); O Cortiço, de Aluísio Azevedo (dia 21) e Dom Casmurro, de Machado de Assis (dia 28).
A série de palestras segue até novembro. As inscrições estão abertas e são gratuitas. Devem ser feitas antecipadamente através do e-mail acaocultural@prefetura.sp.gov.br ou pessoalmente ou do telefone 3241-3459.

21 de agosto
O Cortiço, Aluísio Azevedo

28 de agosto
Dom Casmurro, Machado de Assis

18 de setembro
Iracema, José de Alencar

25 de setembro
Vidas secas, Graciliano Ramos

01 de outubro
Capitães de areia, Jorge Amado

23 de outubro
Auto da barca do inferno, Gil Vicente

29 de outubro
Antologia poética, Vinicius de Moraes

Serviço: Biblioteca Mário de Andrade - Circulante. Avenida São Luís, 235 - Centro. (próximo da estação Anhangabaú e República do metrô). Dias 7,14,21 e 28 de agosto, das 9h às 12h30. Tel.: 3256-5270

Reforma transforma praça na melhor opção de lazer dos moradores de Cidade Líder

Os moradores do distrito Cidade Líder, em Itaquera, estão ganhando nova opção de lazer, com a reforma da praça José Ênio da Silveira. O que antes era só mato e sujeira hoje é um grande espaço de entretenimento para a região. "A criançada não tinha liberdade para brincar. Nunca imaginei que fôssemos privilegiados por um local tão lindo. Há 10 anos estou esperando, mas, agora que está pronto, sempre trago a minha neta Luisa, de seis anos, para brincar", conta, animada, a moradora Marlene Borges Neves.
Para a reforma da praça foram incluídas construções de passeios, plantio de grama, instalação de conjunto de mesas e bancos, playground e cercamento do campo de futebol com alambrado. "Os moradores pediam a praça há muito tempo e percebemos que foi muito bem recebida por eles. Quando estávamos definindo quais equipamentos e o que precisava ser reformado, sempre pedíamos a opinião deles para entender quais eram as necessidades no local", afirma a supervisora técnica de áreas verdes da subprefeitura, Ana Carolina Lauriano Gil.
Outro morador, João Rosa de Godói, encantado com o resultado, comenta: "Antes não tínhamos opção de lazer, era horrível. Agora precisamos criar uma comissão de moradores para organizar a praça e mantê-la sempre nova", afirma. Os moradores reconhecem a importância de manter a praça sempre limpa e conservada. "Para que a praça continue limpa é preciso preservá-la e também ter a consciência de não jogar o lixo no chão", diz o morador Venâncio Pereira da Silva.
Além de reformar as praças do bairro, a Subprefeitura Itaquera também começou a reforma da praça do centro de Itaquera. Esta ação faz parte do projeto de revitalização do centro e é uma iniciativa que tem o objetivo de valorizar o comércio local.

Inscrições abertas para o festival de capoeira dos Jogos da Cidade

Os amantes da capoeira poderão desfrutar e participar das apresentações que acontecem durante o festival de capoeira dos Jogos da Cidade no dia 22 de agosto, a partir das 8h, no ginásio Mané Garrincha, do Clube Escola Ibirapuera. Cada subprefeitura pode inscrever um grupo de 15 a 20 participantes, incluindo o mestre. Para a inscrição, que termina no próximo dia 13, deverá ser apresentado nas Supervisões de Esportes o nome de todos os integrantes do grupo, além do nome e RG do mestre.
Não há limite de idade para os participantes. Por ser uma disputa em forma de apresentação, jovens menores de 16 anos podem participar do festival e terão as mesmas regulamentações e regras de avaliação dos alunos mais velhos: vestimenta tradicional adequada, respeito ao ritual, bateria, palmas e canto de acordo com os fundamentos capoeiristas, além da boa colocação, criatividade, objetividade e estratégia nas técnicas e movimentos da luta.
O Clube Escola Ibirapuera fica na rua Pedro de Toledo, 1.651, e para mais informações a regulamentação está disponível no site .