Nossos Vídeos

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Programa Minha Biblioteca

O Minha Biblioteca distribuirá cerca de 1 milhão de livros aos alunos da Rede Municipal


A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Educação (SME), lançou na manhã desta terça-feira (17) a quarta edição do Programa Minha Biblioteca. A solenidade ocorreu na Bienal do Livro, que está acontecendo no Anhembi, e contou com as presenças da prefeita em exercício, Alda Marco Antonio, e do secretário municipal de Educação, Alexandre Schneider.

O Minha Biblioteca visa incentivar os hábitos de leitura e a formação de biblioteca pessoal pelos alunos da Rede Municipal de Ensino. Em 2010, cerca de 490 mil estudantes matriculados no Ensino Fundamental receberão cada um dois livros, totalizando quase 1 milhão de exemplares entregues, 225 títulos e mais de R$ 11 milhões investidos.

Secretário de Educação mostra à prefeita em exercício os livros que serão entregues às crianças


"Esse projeto é de uma importância vital, pois as crianças podem pegar o gosto e sentir a importância da leitura. Então isso aqui é capital para nós. Queremos uma geração melhor para o futuro", afirmou a prefeita em exercício após o evento de lançamento. A solenidade contou com a participação de um grupo de alunos do 1º ano da EMEF Hipólito José da Costa, localizada na Zona Norte.

Schneider concordou com Alda. Segundo o secretário, a implantação do programa em 2007 fez renascer nos alunos a vontade de formar clubes de livros nas escolas. Ao final desta quarta edição do Minha Biblioteca, terão sido distribuídos cerca de 4 milhões de livros aos estudantes.


Alda é entrevistada pela Imprensa Jovem no estande da Secretaria na Bienal


"O programa é um sucesso. Estamos entregando 1 milhão de livros, sendo dois livros para cada aluno do Ensino Fundamental. Isso acontece junto com as atividades em salas de leitura, são 670 na cidade, nas quais os estudantes têm uma hora de aula por semana. Sem contar com as atividades realizadas pelos professores", explicou Schneider.

As duas obras desta quarta edição virão em uma sacola biodegradável. Para os alunos do 1º ano, que recebem os dois primeiros livros de sua biblioteca pessoal, o kit é entregue em uma maleta feita com garrafas pet recicladas. Dessa forma, eles poderão armazenar adequadamente os 18 livros que recebem durante os nove anos do Ensino Fundamental.

Entre as obras estão Reinações de Narizinho e Viagem ao Céu, de Monteiro Lobato (um dos autores homenageados pela Bienal do Livro deste ano); 50 Crônicas Escolhidas, de Rubem Braga; Dez Sacizinhos, de Tatiana Belinky; Feliz Ano Velho, de Marcelo Rubens Paiva e A Corrente Da Vida, de Walcyr Carrasco.

Parceria com a CBL

O programa Minha Biblioteca é realizado em parceria com a Câmara Brasileira do Livro (CBL), que congrega editores, livreiros, distribuidores e profissionais de venda direta do país. Em 2010, as negociações da Secretaria com aproximadamente 90 editoras resultaram em um desconto de 61,5% no preço de catálogo, totalizando R$ 17,5 milhões em economia.
"Para a Câmara Brasileira do Livro é um orgulho muito grande estar na Bienal para assinar essa parceria. O Minha Biblioteca está em seu quarto ano, mas queremos que ele dure mais 40, pelo menos", disse a presidente da CBL, Rosely Boschini. A logomarca do Minha Biblioteca foi desenvolvida por Ziraldo - padrinho do programa - e que também está na lista de autores selecionados. O Menino Maluquinho, de autoria de Ziraldo, também é um dos títulos do programa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0