Nossos Vídeos

sábado, 26 de dezembro de 2009

Subprefeito Laert recebe os heróis da Gincana SP Cidade Incrível

A equipe vencedora, na companhia do Supervisor de Esportes da Subprefeitura de Itaquera, Jefferson Lopes, e do diretor do Clube Escola Parque do Carmo, Gilberto Pacheco.

Gincana reuniu três mil paulistanos na “Cidade Incrível” e a equipe MCM, de Itaquera, foi vice campeã
Doze horas de atividades ininterruptas, passando pelas 31 subprefeituras da capital. Mais de 500 equipes, totalizando três mil participantes. Números que, somados à chuva incessante que caiu sobre a cidade no último domingo, 13 de dezembro, comprovam o fato de São Paulo ser, definitivamente, uma cidade incrível. E no meio dessa multidão de guerreiros a equipe MCM, da Subprefeitura de Itaquera, conquistou o segundo lugar e os cinco participantes levaram pra casa uma bicicleta novinha.
Em reconhecimento ao feito, o subprefeito de Itaquera, Laert de Lima Teixeira recebeu os atletas na última quarta-feira em seu gabinete para cumprimentá-los pessoalmente. “O talento de vocês tem de servir de inspiração a todos os jovens da região, é um exemplo fundamental para formar cidadãos. Parabéns pela garra e por representar Itaquera tão bem”, agradeceu o subprefeito. Ainda este mês o esquadrão irá, na companhia do Supervisor de Esportes de Itaquera Jefferson Lopes e com o diretor do clube escola Parque do Carmo, Gilberto Pacheco, para um encontro no gabinete do Secretário Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, Walter Feldman.
A equipe MCM, formada pelos atletas de taekwondo Fabio Lozano, Diego Cordeiro, Rebbeka Carrafa, Gustavo Souza, Carlos Mariano, Karina Correia, Carlos Antonio Silva e pelo líder Manuel Marcos enfrentou diversos desafios pelo centro da cidade e foi superada apenas no final por uma equipe do Clube Escola Santo Amaro. “Foi mais difícil ser vice na gincana do que campeão dos Jogos Abertos de Londres. O fato de as provas serem sempre uma surpresa também deixou a competição mais emocionante”, contou o capitão do time.
Realizada pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação, com promoção da Adventure Club, a primeira edição da Gincana São Paulo Cidade Incrível começou às 8h da manhã de domingo, em toda a cidade, e terminou às 20h, no Vale do Anhangabaú. A subprefeitura de Itaquera foi seguida pelos times de Campo Limpo, Parelheiros e São Miguel Paulista.
“Achei a Gincana muito bem organizada e espero que seja a primeira de muitas outras”, disse a competidora Fabiana, da equipe Samba do Buraco, de Freguesia do Ó. E se depender dos organizadores, a Gincana veio para ficar. “A gincana não é só incrível, mas é histórica. É um exemplo para o Brasil, ao sugerir que as pessoas se mobilizem em diferentes locais da cidade, mostrando carinho pela sua região. Como já acontece há três anos, com a Virada Esportiva, queremos que a Gincana faça farte do calendário anual de eventos da cidade, já a partir do ano que vem”, disse Walter Feldman.
Durante o dia, equipes de todas as regiões puderam conhecer melhor a cidade em que vivem, participando de corridas por pontos estratégicos, e de provas e brincadeiras das gincanas à moda antiga como corrida de saco, arremesso de avião de papel, perna-de-pau e corrida de bolinha de gude na colher.

Na fase final, provas mais difíceis levaram 93 equipes (as três melhores de cada região) a uma eletrizante disputa pelo centro da cidade. Entre as tarefas, uma corrida cultural passando pela Praça Ramos de Azevedo, Sindicato dos Comerciários, Prédio dos Correios, Mosteiro de São Bento e Prefeitura de São Paulo. Em cada um desses pontos, os participantes precisavam responder corretamente uma pergunta para seguir em frente. Depois, o desafio foi percorrer, antes que as outras equipes, a escadaria de 14 andares do Edifício Joelma, além de uma corrida de revezamento em cadeira de rodas e, pra encerrar, um empolgante rapel no Viaduto do Chá.
“Pra mim, a maior dificuldade foi na prova com a cadeira de rodas. O piso estava escorregadio por causa da chuva e era preciso ter muita força nos braços. Estou muito feliz com o desempenho da minha equipe. Quase fomos eliminados em três provas, passamos pela repescagem e conseguimos vencer essa Gincana”, contou entusiasmado, Álvaro Leandro, de 17 anos, membro da equipe do Clube Escola Santo Amaro, a grande campeã da primeira edição da Gincana.
Para encerrar a noite, uma homenagem à cidade de São Paulo: foi apresentado um vídeo com a música “Sampa”, elaborado pelas equipes que participaram desta primeira edição da Gincana São Paulo Cidade Incrível.

Mais informações no site www.gincanasp.com.br
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0