Nossos Vídeos

quinta-feira, 18 de junho de 2009

A LUTA PELA SOBREVIVÊNCIA NO MUNDO ANIMAL


*
*
*
Publicidade:






GUARDE UMA RECORDAÇÃO DO SEU PET
IMA DE GELADEIRA E CALENDÁRIOS
KID BRINDE
www.kidbrinde.webnode.pt

DOUTORES DA ALEGRIA NO TEATRO JARAGUÁ > 28/06


DOUTORES DA ALEGRIA REALIZAM A SEGUNDA “RODA ARTÍSTICA” DE 2009, NO TEATRO JARAGUÁ, DIA 28 DE JUNHO

Reunião de cenas extraídas do trabalho diário nos hospitais é levada ao palco bimestralmente para adultos e crianças

Os Doutores da Alegria seguem com a temporada 2009 de sua tradicional Roda Artística. Reunião de cenas vividas e experimentadas nos hospitais, o espetáculo será novamente apresentado no palco do Teatro Jaraguá, dia 28 de junho, domingo, às 11h. A montagem, voltada para adultos e crianças, reúne 15 palhaços do elenco paulistano da ONG que, em duplas e trios, apresentarão esquetes criados a partir das visitas aos leitos pediátricos dos hospitais.

As Rodas tiveram início como um processo criativo interno, realizado originalmente na sede dos Doutores da Alegria. Mensalmente. Duplas de palhaços – cada uma trabalha em dias e horários fixos em um mesmo hospital por 11 meses – reúnem-se para dividir cenas e descobertas “besteirológicas” extraídas, inspiradas e criadas a partir da sua interação com as crianças.

Em 2006, essas experiências transformaram-se em intervenções realizadas nos diferentes hospitais de atuação da organização a cada dois meses, intercaladas com os encontros mensais nas sedes. No final de 2007, foi realizada a primeira Roda Artística num palco. Com o sucesso da iniciativa, a partir de 2008 as Rodas passaram a acontecer a cada dois meses também no teatro.

“Os Doutores da Alegria levam teatro de qualidade para dentro do hospital. O improviso é fruto do encontro do palhaço com o inesperado, mas nós nos preparamos continuamente para esse encontro. Construir cenas, recriar cenas vividas, reinventá-las e aperfeiçoá-las numa sala de ensaio é um dos modos de nos prepararmos. E apresentá-las é o modo de realizarmos a vontade de compartilhar um pouco do que acontece durante as nossas intervenções no hospital com quem está aqui fora também, fazendo o caminho de volta”, afirma Beatriz Sayad, coordenadora artística da unidade de São Paulo dos Doutores da Alegria.

Doutores da Alegria – Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil cuja missão é promover e experiência da alegria junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais da saúde. A organização também conta com um núcleo de pesquisa dedicado à arte do palhaço, com foco na produção de conhecimento e criações artísticas, e com a Escola de Palhaços dos Doutores da Alegria, com cursos voltados a públicos diversos.

Com um elenco de cerca de 45 palhaços profissionais que atuam em 14 hospitais em São Paulo, Recife e Belo Horizonte, os Doutores da Alegria são reconhecidos em todo o país por seu profissionalismo e atuação inovadora. A organização recebeu o Prêmio Criança 1997 da Fundação Abrinq pelos Direitos da Criança e foi incluída três vezes na lista das 100 melhores práticas globais da divisão Habitat da Organização das Nações Unidas.



DOUTORES DA ALEGRIA – RODA ARTÍSTICA

Dia: 28 de junho
Horário: 11h
Teatro Jaraguá
Endereço: Rua Martins Fontes, 71 – Centro
Tel: (11) 3255-4380
Capacidade: 278 lugares
Duração: 60 minutos
Ingresso: R$ 20 - inteira e R$ 10 - meia.
Horários da bilheteria: das 14h às 19h
Acesso para deficientes físicos
Cartões de débito: Visa Electron, Redeshop, Maestro, Cheque Eletrônico
Cartões de crédito: Visa e Mastercard

Tatuagem e concursos públicos não combinam

Concursos públicos e remoção de tatuagem – Clínicas são cada vez mais procuradas por brasileiros que querem remover tatuagens


Desde que a crise mundial surgiu, os reflexos são sentidos também em nosso país. Bancos e empresas de consultorias estimam que a taxa de desemprego no Brasil, que em outubro de 2008 era de 7,5%, possa chegar a 9% até o final de 2009. Isso significa que, neste ano, a previsão é que mais de 365 mil brasileiros vão procurar por uma vaga para recolocação ou recorrer aos concursos públicos, elevando para 2,160 milhões o contingente de desempregados nas seis maiores regiões metropolitanas do país.

Mas nem tudo é tão simples. Concursos militares são mais rigorosos quanto ao uso de tatuagens que não fiquem escondidas sob a farda. Isso pode ser fator de eliminação do candidato na hora da prova prática. Tatuagens que fogem da normalidade ou que tenham teor racista, partidário também são um obstáculo para os candidatos.

Por isso as clínicas especializadas em remoção de tatuagem revelam que o movimento nas clínicas aumentou em 2009. A clínica Deep Laser, situada nos Jardins, em São Paulo, registrou aumento de 60% na procura por remoção de tatuagem de pessoas que estão prestando concursos públicos. Para Suelli Domingues, diretora clínica da Deep Laser “o aumento do número pessoas que vieram em busca de remoção de tatuagem no primeiro trimestre de 2009 nos surpreendeu. Como fazemos uma pesquisa na avaliação inicial notamos que grande parte está prestando concursos públicos e quer evitar qualquer empecilho na hora de conquistar a vaga.
*
Sobre a remoção por laser:
*
Foto: Antes e depois da remoção com laser
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Livrar-se de uma tatuagem era um processo quase impossível há algum tempo. Após muita pesquisa e análise, a solução definitiva para remoção de tatuagens foi aprimorando-se e hoje temos o laser de Diodo (YAG), considerado mundialmente como o mais eficaz método para este procedimento.

Seguro e confiável, o laser de Diodo é destinado a pessoas modernas que procuram uma forma segura e higiênica de livrar-se das tatuagens.

Este tipo de laser é menos traumático para a pele. Por ter afinidade com o pigmento da tatuagem, a luz do laser atua somente sobre ele, permitindo a remoção sem lesionar a pele ao redor.

A avaliação neste processo é imprescindível, para saber há quanto tempo foi feita a tatuagem, quanto o organismo já absorveu, tipo de pele, localização, coloração, tamanho, etc.

Tatuagens de cor preta são mais fáceis de serem removidas. A farmacêutica e cosmetóloga Suelli Domingues, que dirige a clínica Deep Laser nos Jardins (SP) é especializada no manuseio deste tipo de laser e possui várias especializações neste segmento.

Sobre a Deep Laser
*A DEEP LASER é um centro avançado de estética que possui uma equipe de cirurgia plástica, dermatologia, odontologia, medicina estética, nutrição e massoterapia que proporciona os mais diversos tratamentos relacionados à saúde, estética e equilíbrio energético, através de biotecnologia de ponta e capacitação constante de todos os profissionais.
Dispõe de novidades e tratamentos, através de terapias únicas ou combinadas, surpreendendo nos resultados finais. Cada parte e cada detalhe do corpo são tratados de forma personalizada.
Na Deep Laser a sinergia é perfeita entre a medicina, a estética e tratamentos complementares, respeitando a necessidade e objetivos de cada paciente.
O espaço foi especialmente projetado para que o cliente obtenha o máximo conforto e relaxamento durante seu tratamento.
*
Mais informações através do site www.deeplaser.com.br
A DEEP LASER fica na R. Estados Unidos, 701
Região dos Jardins - fones: (11) 3887 9571 / 3057 3633
*
*
*
*
*
*
Mural:
*


Serviço Militar Facultativo

A polêmica proposta de Silvinho Peccioli que torna facultativa aos homens a prestação de serviço militar é aprovada na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados aprovou ontem (17/06), a admissibilidade da proposta de Emenda à Constituição 162-2007, que torna facultativa aos homens a prestação do serviço militar, como acontece com as mulheres. A proposta é do deputado federal licenciado Silvinho Peccioli (DEM-SP), atual Prefeito do Município de Santana de Parnaíba-SP. Pela PEC, o serviço militar seria facultativo para homens e mulheres entre 17 e 45 anos.
De acordo com o Regimento Interno da Câmara, a CCJC deve decidir apenas se a PEC é constitucional e jurídica. O mérito do texto será discutido, agora, em Comissão Especial a ser criada pela Presidência da Câmara dos Deputados e, posteriormente, discutido em Plenário.

Abaixo, a íntegra da Proposta e a Justificação

PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO No 162/2007
Dá nova redação ao art.143, da Constituição Federal.
As Mesas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, nos termos do art. 60 da Constituição Federal, promulgam a seguinte emenda ao texto constitucional:
Art. O art. 143, da Constituição Federal, passa a vigorar
com a seguinte redação:
Art. 143. O serviço militar é facultativo, para homens e
mulheres, atendidos os seguintes preceitos:
I – os brasileiros, entre dezessete e quarenta e cinco anos,
poderão alistar-se para o serviço militar inicial; e
II – o serviço militar inicial terá a duração mínima de vinte e
quatro meses.
§ 1º Os critérios de seleção para ingresso nas Forças Armadas


serão disciplinados em lei, observadas, em especial, as
restrições operacionais e orçamentárias.
§ 2º Concluído o período do serviço militar inicial, os
incorporados que manifestarem interesse em permanecer no
serviço ativo serão submetidos, nos termos da lei, a processo
seletivo, para integrarem permanentemente as Forças
Armadas.
§ 2º Na lei que disciplinar o serviço militar, é vedado o
tratamento diferenciado entre homens e mulheres.

JUSTIFICAÇÃO
O sistema brasileiro de seleção para o serviço militar brasileiro, obrigatório desde 1908, foi concebido em um período em que a arte da guerra impunha que os exércitos fossem constituídos por grandes efetivos para que pudessem, pelo princípio da massa, fazer frente a outra tropa militar, ainda que esta estivesse melhor equipada. Porém, no mundo moderno, o poder de destruição do armamento empregado em combate de há muito superou a questão do efetivo empregado. Hoje se deve privilegiar a capacitação técnica e a profissionalização do militar. O conflito entre Argentina e Inglaterra, na disputa pelas ilhas Malvinas, demonstrou próximo a nós essa realidade, ainda
que isso já fosse um fato nos conflitos envolvendo árabes e judeus, no Oriente.
Diante dessa realidade, mostra-se urgente modificar a disciplina constitucional do serviço militar. Como primeira mudança, ele deve ser tornado voluntário, uma vez que não há sentido em obrigar-se alguém a prestar o serviço militar quando o objetivo a ser atingido é o da profissionalização do soldado. O segundo ponto importante, que merece ter tratamento no texto constitucional, é o da profissionalização das nossas Forças Armadas. Isso só é possível quando se substitui o recruta – que permanece nos quartéis apenas um ano – por militares profissionais que permanecerão no mínimo dois anos e que terão a perspectiva de serem selecionados para integrar de forma permanente, como uma carreira, as fileiras das Forças Armadas brasileiras, onde poderão fazer cursos, serem promovidos e especializarem-se nas táticas e equipamentos militares. Por fim, em harmonia com a nova realidade social, está-se estabelecendo que a lei não poderá dar tratamento discriminatório às mulheres no que concerne à disciplina do serviço militar.

Secretaria de Comunicação de Santana de Parnaíba (SECOM)
*
*
*
*
*
*
Mural:





Funarte apresenta o espetáculo juvenil Cidadania, da Cia. Arthur-Arnaldo > 27, 28/6 e 4/7

A Cia Arthur-Arnaldo estreou, em junho, uma mostra de teatro juvenil na Sala Carlos Miranda da Funarte São Paulo que inclui as montagens DNA, Cidadania e Bate Papo.
Nos dias 27 e 28 de junho e 4 de julho - sábados e domingo, às 18 horas - será apresentada a peça Cidadania, do dramaturgo britânico Mark Ravenhill, que trata da descoberta da sexualidade na adolescência.

O texto foi traduzido por Soledad Yunge, a direção leva a assinatura do diretor Tuna Serzedello e o elenco é formado pelos atores Fábio Lucindo, Júlia Novaes, Jussane Pavan, Felipe Ramos, Leonardo de Vitto, Patricia Faolli, Paulo Moreno, Ricardo Estevam e Taiguara Chagas

No enredo de Cidadania o jovem Tom sonha que está sendo beijado, mas não sabe identificar se é por um homem ou uma mulher. Ao acompanhar Tom pela busca de sua identidade sexual, o espectador toma contato com a galeria de personagens desenvolvidos pelo autor Mark Ravenhill, cujos perfis traçam um retrato do jovem atual.

A Cia. Arthur-Arnaldo estreou Cidadania em 2008, que cumpriu temporada no Espaço dos Satyros 2, Teatro Cultura Inglesa Pinheiros e no Centro Cultural da Juventude, tendo sido elogiada pela critica especializada. O ator Fábio Lucindo (Tom) recebeu o prêmio FEMSA de Melhor Ator de 2008, além da peça ter recebido seis indicações ao mesmo prêmio, incluindo a de Melhor Espetáculo Jovem.
________________________________________
Espetáculo juvenil: Cidadania
Texto: Mark Ravenhill
Tradução: Soledad Yunge
Direção: Tuna Serzedello
Elenco: Fábio Lucindo, Júlia Novaes, Jussane Pavan, Felipe Ramos, Leonardo de Vitto, Patricia Faolli, Paulo Moreno, Ricardo Estevam e Taiguara Chagas
Iluminação: Marcelo Gonzalez
Cenários e Figurinos: Soledad Yunge
Direção de Produção: Soledad Yunge
Realização: Cia. Arthur-Arnaldo, da Cooperativa Paulista de Teatro
Dias: 27 e 28 de junho e 4 de julho – sábados e domingo – às 18 horas
Funarte SP - Sala Carlos Miranda – Capacidade: 80 lugares
Al. Nothmann, 1.058, Campos Elíseos/SP - Tel: (11) 3662-5177
Duração: 70 minutos - Classificação: 14 anos - Gênero: Comédia dramática
Ingressos: R$ 10,00 (¹/2 entrada: R$ 5,00) - Bilheteria: 1h antes das sessões.
Aceita cheque e dinheiro - Ar condicionado e acesso universal – http://www.funarte.gov.br/

*
*
*
*
*
*
Mural:



CANDIDATOS JÁ PODEM RECORRER AO TWITTER PARA BUSCA DE VAGAS

Com o avanço tecnológico, Twitter vira tendência para o recrutamento de profissionais e empresa de seleção já se destaca entre os usuários
Se antes a maneira mais efetiva de buscar oportunidades de emprego era a entrega pessoal de currículos impressos às empresas, o avanço da internet faz com o cenário seja outro. Hoje, os profissionais e jovens candidatos podem ir ao Twitter, ferramenta de microblog no qual usuários postam novidades, para se candidatar às vagas de seu interesse.

Com as redes sociais em alta, portais de emprego como a Trabalhando.com.br estão atentos a essa tendência e oferecem as mais recentes oportunidades com o menor esforço de busca. “O objetivo é permitir aos nossos seguidores do Twitter uma maneira mais prática e rápida de encontrar uma colocação no mercado de trabalho. Eles podem ver na sua própria página as vagas publicadas e se candidatar a elas em nosso site”, explica Renato Grinberg, diretor Geral do portal.

Para as empresas, a novidade também é de grande valia, pois essa ação permite uma maior exposição das vagas e, consequentemente, mais chances de encontrar o profissional ideal. “Em menos de um mês nos tornamos a empresa com maior número de seguidores entre os portais de recrutamento. Hoje temos mais de 400 pessoas interessadas em saber das nossas novidades”, revela Grinberg. “Isso aumenta o nosso banco de dados e, assim, temos mais chances de encontrar o candidato com o perfil mais adequado para as empresas que nos procuram”, afirma Grinberg.

A expectativa da empresa é que o número de seguidores aumente cada vez mais por conta da divulgação dos jovens entre si, faixa etária que mais acessa a página da Trabalhando.com.br. Essa tendência, segundo Grinberg, só tende a se expandir. “Hoje o futuro do recrutamento de candidatos é por meio da internet com redes sociais e redes colaborativas. Desse modo é possível conhecer os interesses e o perfil do profissional antes mesmo da entrevista e aumentar as chances de conquistas para os candidatos” , finaliza.

Para os interessados em ingressar na rede, basta acessar o site www.twitter.com, se cadastrar clicando no ícone Get Started – Join! e criar sua própria página. Para acompanhar as novidades da Trabalhando.com.br, a empresa se encontra pelo nome Trabalhandobr.
*
*
*
*
*
*
Mural:

III Encontro de Cultura Caipira reforça tradições e costumes do interior

Junto da comunidade de São Miguel Paulista, Fundação Tide Setubal promove a terceira edição de um trabalho que difunde gratuitamente atividades como a produção de bonecos, literatura de cordel, música, dança e culinária.
O III Encontro de Cultura Caipira da Fundação Tide Setubal será realizado, em São Miguel Paulista, bairro da zona leste da cidade de São Paulo, durante todo o mês de junho. Na programação, há cursos livres, um debate, uma festa no Galpão de Cultura e Cidadania, além do tradicional e animado arraial do CDC. “As atividades são gratuitas, abertas a todos e têm por objetivo reviver as tradições juninas e dialogar com a cultura caipira”, explica Tião Soares, coordenador de projetos da Fundação. Em 2008, somente no arraial, cerca de 6 mil pessoas prestigiaram os três dias do evento.
Uma parte importante da programação do Encontro é composta por atividades de formação, com cursos que abordarão elementos da cultura popular como bonecos feitos a mão e criação e impressão de literatura de cordel. Mestre Saúba, mamulengueiro de Pernambuco, trabalhará a confecção de bonecos, arte que pratica em Carpina, no interior de seu Estado, onde vive. De Pernambuco também é o Mestre Valdeck de Garanhuns, artista que mostrará seus conhecimentos sobre xilogravura e literatura de cordel. As inscrições para os cursos podem ser feitas por telefone (11) 2297-5969, ou por e-mail: inscricoes@ftas.org.br.
Um debate no dia 20 de junho, intitulado A cultura popular e suas práticas educativas, reunirá educadores e artistas e contará com as presenças de Mestre Nelson Jacó, de Minas Gerais, e Mestre Leonildo da Rabeca, do Paraná, além do pesquisador de cultura popular e músico, Paulo Dias.
Com a mediação da socióloga e diretora-presidente da Fundação, Maria Alice Setubal, o debate será uma oportunidade de estabelecer um diálogo dos saberes e dos fazeres da cultura popular com a educação. “Queremos dar voz à experiência dos artistas presentes, que transmitem seus conhecimentos oralmente, e conduzir o debate para a perspectiva do uso das práticas artísticas deles na composição do processo educativo”, esclarece Tião Soares.
A Fundação Tide Setubal apoiará também a festa promovida pela Sociedade Amigos do Jardim Lapenna, que acontecerá no fim de semana de 19 a 21 de junho, no Galpão de Cultura e Cidadania, localizado no Jardim Lapenna, distrito de São Miguel.
*
Arraial no CDC Tide Setubal Nos dias 26, 27 e 28, terá vez o grande arraial do CDC Tide Setubal, que há dois anos atrai milhares de pessoas. Marcado pela valorização das manifestações da cultura popular, o arraial de 2009 será ainda mais diversificado. “Nos três dias estão previstas apresentações cultivadas em diferentes cantos do Brasil”, afirma Tião. Entre as manifestações culturais do arraial, destacam-se:
• Trio de Forró, liderado por Gil Sanfoneiro;
• Percussão Brasileira, composta por 30 jovens do projeto ArteCulturAção;
• Bloco afro Ilú Obá de Min;
• Orquestra Paulistana de Viola Caipira;
• Maracatu de baque virado Porto de Luanda;
• shows de Sacha Arcanjo e Raberuan – artistas do histórico Movimento Popular de Arte, no final da década de 1970;
• e Paulo Freire Trio, com sua concepção moderna para o mundo da viola.

Haverá espaço, ainda, para outras performances como:
• Grupo Folclórico da Casa de Portugal – danças de diferentes regiões de Portugal;
• Os Favoritos da Catira – sapateado derivado do antigo fandango português;
• Congada Marujada Nossa Senhora do Rosário e Congada de São Benedito – cortejos que homenageiam São Benedito, com reis negros;
• Cordão de Bichos – desfile de animais feitos de madeira, papelão, estopa e arame;
• Casamento Caipira – apresentado pelos jovens do Núcleo de Formação Sócio Cultural do projeto ArteCulturAção
• Quadrilha Junina – composta por crianças das oficinas do programa Clube Escola, do CDC Tide Setubal.
Como de costume, as barracas de comidas no CDC prestigiarão a cozinha do interior. Não faltarão as atrações tradicionais, como pau de sebo e fogueira. Haverá também exibição de documentários e exposições de xilogravura, cordel e bonecos e das casas de farinha, de escravo e de Lampião construídas por Mestre Saúba.
*
Programação do III Encontro de Cultura Caipira

Curso de xilogravura e literatura de cordel com Mestre Valdeck de Garanhuns
1 a 5 de junho, segunda a sexta, das 14h às 17h, no CDC Tide Setubal

Curso de construção de bonecos com Mestre Saúba
16 a 19 de junho, terça a sexta, das 14h às 17h, no CDC Tide Setubal

Debate: a cultura popular e suas práticas educativas
20 de junho, sábado, das 14h às 17h, no CDC Tide Setubal

Festa do Galpão de Cultura e Cidadania
19 a 21 de junho, sexta, sábado e domingo, das 17h às 23h
Rua Serra da Juruoca, s/nº, Jd. Lapenna
São Miguel Paulista – São Paulo - SP
Tel.: (11) 2956-0091

Arraial do CDC
26, 27 e 28 de junho, sexta, sábado e domingo, das 17h às 23h
Rua Mário Dallari, 170, Jd. São Vicente
São Miguel Paulista – São Paulo - SP
Tel.: (11) 2297-5969
Importante: mediante agendamento com a Assessoria de Imprensa da Fundação, os artistas estarão à disposição dos jornalistas para concederem entrevistas e conversarem sobre seus trabalhos.
*
Sobre a Fundação Tide Setubal
Trabalha desde 2005 para contribuir com o desenvolvimento sustentável da região de São Miguel Paulista, bairro da zona leste de São Paulo (SP). Para isso, desenvolve ações voltadas a famílias, jovens e adolescentes em situação de alta vulnerabilidade social, em parceria com órgãos do governo e ONGs e em articulação com políticas públicas, priorizando a participação ativa da comunidade, fornecendo-lhe informação e estimulando a construção da sua autonomia.
A organização surgiu com o desafio de retomar, ampliar e aprofundar o trabalho social inspirado por Tide Setubal, quando foi primeira-dama de São Paulo na gestão do prefeito Olavo Setubal (1975-79) e criou o Corpo Municipal de Voluntários (CMV), com grande participação da comunidade.
Todas as relações e as atividades da Fundação são norteadas por quatro princípios: construção de uma sociedade justa e solidária tendo como pressuposto a inclusão democrática e participativa de todos os segmentos sociais; respeito às diferentes temporalidades, pluralidades e diferenças culturais; valorização da cultura, tradições, experiências e costumes da comunidade; valorização do trabalho voluntário.
*
Quem é quem nos cursos
Mestre Saúba
O bonequeiro de Carpina, no interior de Pernambuco, é um dos mais reconhecidos em sua arte. Suas criações já foram tema de exposições por todo o país, em locais como a Fundação Joaquim Nabuco, em Recife, e os Centros Culturais do Sesi. A habilidade que mestre Saúba tem para a arte da escultura pode ser vista em suas famosas casas-de-farinha. Há objetos de sua autoria expostos em museus e em coleções particulares. Em suas apresentações, Saúba dança músicas típicas, como o forró, junto com seus personagens-bonecos.
*
Mestre Valdeck de Garanhuns Com 25 anos de carreira, o pernambucano trabalha com diversas expressões da cultura popular: literatura (poesia e literatura de cordel), xilogravura, música e teatro de mamulengos. Como xilogravurista – uma das práticas que ensinará aos alunos de seu curso – participou de importantes salões de artes plásticas, de exposições coletivas e individuais. No exterior, expôs em Washington e Nova York, nos Estados Unidos; em Hameln e Erlangen, na Alemanha. Há obras suas no acervo do Museun für Völkerkunde, em Frankfurt, Alemanha.
*
Quem é quem no debate
*
Mestre Leonildo da Rabeca
Apesar de seu apelido, Leonildo Pereira, morador de Abacateiro, interior do Paraná, é um multi-instrumentista: além da rabeca, toca também viola e violão, sempre dando destaque ao fandango. Na família de Leonildo, a cultura de música popular é uma tradição: o pai, inspirador da família, e todos os dez irmãos tocam viola e rabeca. Leonildo também aprecia ensinar sua arte e costuma construir seus próprios instrumentos.
*
Mestre Nelson Jacó
Nascido em 1931, em Santana do Pirapama, e morador de Jequitibá, em Minas Gerais, é um dos grandes mestres da viola, instrumento que começou a tocar ainda criança, por influência do pai, que lhe ajudou a aprender as primeiras notas. Além da viola, toca também violão, cavaquinho e caixa. Hoje, suas composições – feitas em seis afinações diferentes – trazem a marca da religiosidade, influência provável das Folias de Reis, que acompanhou desde pequeno.
*
Paulo Dias
Músico e pesquisador da cultura popular, Paulo Dias é presidente da Associação Cultural Cachuera!. Bacharel em piano pela Unicamp, é também organista e percussionista, além de etnomusicólogo. Suas pesquisas, desde o fim dos anos 1980, vêm ajudando a redescobrir as tradições musicais populares brasileiras. Em particular, as de origem afro-descendente na região Sudeste.
*
Calendário das apresentações no Arraial do CDC

Sexta-feira, 26/06

17h – Trio de Forró
Liderado por Gil Sanfoneiro, conta também com triângulo e zabumba para apresentar clássicos do forró de pé de serra nordestino.

18h – Percussão Brasileira
Formado por 30 jovens do projeto ArteCulturAção, vai apresentar ritmos populares brasileiros como o coco, a ciranda e o samba de roda.

18h30 – Casamento Caipira
Apresentado pelos jovens do projeto ArteCulturAção, e que desenvolve o teatro em todas as frentes (dramaturgia, iluminação, sonoplastia e cenário).

19h– Quadrilha Junina do Clube Escola
Formado por crianças participantes das oficinas do programa Clube Escola do CDC Tide Setubal haverá uma tradicional quadrilha junina em homenagem a São João.

20h – Bloco Afro Ilú Obá de Min
Teve início em novembro de 2004, no Acervo do Viver e da Memória Afro-Brasileira, no Centro Cultural Jabaquara, a partir da Oficina de Tambores Toques Masculinos e Femininos dos Orixás, coordenada pelas regentes da Banda Ilú Obá de Min. Em seis anos de existência, o vem se firmando como nome importante dentro da cultura afro-brasileira.
21h30 – Sacha Arcanjo
Um dos fundadores, no fim da década de 1970, do Movimento Popular de Arte (MPA), é cantor, compositor e coordenador da Oficina Cultural Luiz Gonzaga. Apresentará composições próprias e parcerias relacionadas ao universo da cantoria popular.

22h – Orquestra Paulistana de Viola Caipira
Fundada em outubro 1997, interpreta clássicos da música raiz, além de arranjos criativos e inusitados para música erudita, MPB e world music. É vinculada a uma ONG, o Instituto São Gonçalo de Estudos Caipiras, que tem como objetivo central a pesquisa, difusão e divulgação da cultura caipira. Também promove o resgate do repertório musical da viola caipira, uma vez que não existem publicações formais ou informais com as letras e arranjos dos registros fonográficos originais em que se utilizam esse instrumento.

Sábado, 27/06

17h – Trio de Forró

18h– Quadrilha Junina do Clube Escola

19h – Maracatu de baque virado Porto de Luanda
Manifestação cultural afro-pernambucana, nascida nos terreiros de candomblé com a dramatização da coroação dos reis negros. A história desse grupo, que faz pesquisas e confecciona instrumentos musicais, teve início em oficinas de maracatu de baque virado, realizadas em bairros da zona leste de São Paulo – São Miguel Paulista, Guaianases e Itaquera – e em municípios próximos – Mogi das Cruzes e Guarulhos. Um dos focos atuais de seu trabalho é realizado junto a professores e alunos de escolas públicas da região da COHAB 2, em Itaquera, promovendo, o intercâmbio cultural em ambiente escolar.

20h – Raberuan
Um dos fundadores do MPA, é cantor, compositor e produtor cultural da Casa de Cultura de São Miguel Paulista e criador do projeto Quintas Culturais, realizado no Conde Wlad Rock Bar.

21h – Os Favoritos da Catira
O grupo mostra a catira e o cateretê, denominações de danças de sapateado, derivadas do antigo fandango português.

22h – Grupo Folclórico da Casa de Portugal
Fundado em 1973, divulga o folclore português ao povo brasileiro em apresentações que trazem o garbo e o entusiasmo do Vira, música da região portuguesa do Minho, o fandango, do Ribatejo, e o corridinho, do Algarve, entre outras tradições.


Domingo, 28/06

17h – Trio de Forró

18h – Percussão Brasileira

19h – Cordão de Bichos
Fundado por Vicente de Almeida e Aladim Ponce é composto de animais feitos de madeira, papelão, estopa e arame.

20h – Congada Marujada Nossa Senhora do Rosário e Congada de São Benedito
As congadas são folguedos que comumente aparecem na forma de cortejos, onde os participantes, cantando e dançando, homenageiam São Benedito e contam com um rei e uma rainha negros. Na sua instrumentação, destaca-se a percussão, estimulando muitos momentos de bailados vigorosos e manobras complicadas. Esses dois grupos, fundados na década de 1970, estão entre os poucos que conseguiram se rearticular no contexto adverso da Grande São Paulo.

21h30 – Raberuan e Sacha Arcanjo

22h – Paulo Freire Trio
Paulo Freire traz uma concepção moderna para o mundo da viola. Ele que aprendeu a tocar no sertão do Urucuia, noroeste de Minas Gerais, já participou de grupos como Teatro Vento Forte, Ânima e Orquestra Popular de Câmera. Viajou pela Europa e Estados Unidos, ganhou diversos prêmios, lançou CDs, livros, ensaios e produziu trilhas para cinema, teatro e televisão. Além dos temas caipiras tradicionais, e de suas próprias músicas, diversas situações da vida brasileira são mostradas em suas apresentações: a saga de Antônio Conselheiro e a poesia de João Pacífico, a história do homem que virou passarinho, além de cocos de viola, nos quais o público é convidado a participar. Adriano Busko, na percussão, e Tuco Freire, no contrabaixo, juntam-se ao violeiro, para mostrar o lundu, os toques de viola, as canções sertanejas e até um tema de Thelonious Monk.
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado: