Nossos Vídeos

segunda-feira, 22 de junho de 2009

CDHU assina primeiro contrato do Programa Serra do Mar e documentos de moradias em Santos

Foto (Clóvis Deangelo): Deputado Bruno Covas (à esq.), o secretário Lair Krähenbühl e o prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, em assinatura de contratos da CDHU em Santos, na sexta-feira, 19/6.
Empresa Schahin Engenharia S/A construirá 1.840 moradias do Residencial Rubens Lara, no Jardim Casqueiro, em Cubatão; CDHU assinou também contratos de financiamento dos primeiros apartamentos do conjunto Estradão, em Santos

O secretário de Estado da Habitação e presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), Lair Krähenbühl, esteve em Santos na sexta-feira, dia 19, para a assinatura de importantes documentos para a população da Baixada Santista. Primeiro, o secretário assinou o contrato com a construtora Schahin Engenharia S/A, empresa vencedora da licitação para a construção de 1.840 unidades habitacionais do Residencial Rubens Lara, no município de Cubatão. Logo depois, Lair Krähenbühl recebeu do prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, o "Habite-se" do conjunto Estradão, localizado na zona noroeste do município. O secretário assinou os primeiros cinco contratos de financiamento dos 500 apartamentos construídos no empreendimento.
O futuro Residencial Rubens Lara será construído pela Schahin no Jardim Casqueiro, em Cubatão. O empreendimento será o primeiro do "Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar", cujo objetivo é remover famílias de áreas de risco, proteger os ecossistemas e recuperar porções degradadas da serra. "Segundo o Banco Interamericano de Desenvolvimento
(BID), o Programa da Serra do Mar é um dos maiores programas socioambientais em andamento no mundo", disse o secretário Lair Krähenbühl.
O residencial abrigará as famílias que serão transferidas de áreas de risco da Serra do Mar.
Devido a recurso judicial de um dos participantes do certame, o processo licitatório ficou paralisado por oito meses. No último dia 10, a liminar que impedia a conclusão da licitação foi cassada. A CDHU investirá R$ 175,2 milhões na obra. "Será um empreendimento diferenciado, com várias tipologias: prédios grandes, pequenos, casas assobradadas, casas térreas, moradias conjuntas com comércio, construiremos um verdadeiro bairro", disse o secretário. A estimativa é que a construção das unidades seja iniciada ainda este mês. As primeiras moradias deverão ser entregues até o fim de 2010.
A Schahin Engenharia S/A será responsável pela elaboração do projeto executivo, pela construção dos imóveis e pelas obras de infraestrutura urbana e condominial, além da realização de trabalho social junto às famílias que serão beneficiadas. O empreendimento será entregue com rede hidráulica, elétrica, de telefonia e de gás, iluminação pública, guias, sarjetas e pavimentação, paisagismo, cercamento e sistemas de lazer. A contratada deverá providenciar também a aprovação e licenciamento do conjunto junto aos órgãos municipais e estaduais.
Além das unidades do Residencial Rubens Lara, mais 1.754 moradias serão construídas em Cubatão: 1.154 no Bolsão 9 e outras 600 no Bolsão 7. Serão adquiridos também imóveis do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), da Caixa Econômica Federal, alguns dos quais estão em fase de conclusão e serão repassados para as famílias cadastradas pela CDHU na região da Serra do Mar.
O conjunto Estradão, em Santos, cujos primeiros contratos de financiamento foram assinados nesta sexta-feira, possui 500 apartamentos com 44,89 m² de área útil cada, divididos em dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro. A CDHU investiu R$ 18,8 milhões na construção das
unidades. O empreendimento será entregue com toda a documentação regularizada. "Este conjunto é fruto da parceria entre o Governo do Estado e a prefeitura de Santos. Os prédios estão prontos há algum tempo, mas por determinação do governador Serra, esperamos para entregar aos moradores com toda documentação regularizada", disse o prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa. "Desde o primeiro dia desta gestão, a CDHU só entrega as chaves das moradias com a certidão de posse ou escritura. Até 2007, um terço das unidades eram entregues pela Companhia sem a documentação completa. Hoje isso acabou", disse o secretário Lair Krähenbühl.
Além do secretário Lair Krähenbühl e do prefeito Papa, estiveram presentes ao evento o deputado estadual Bruno Covas, vereadores de Santos e diretores da CDHU.
O primeiro empreendimento habitacional do Programa de Recuperação da Serra do Mar, no Jardim Casqueiro, terá o nome de "Residencial Rubens Lara", em homenagem ao coordenador do Programa e diretor executivo da Agência Metropolitana da Baixada Santista (AGEM), Antonio Rubens Costa de Lara, falecido em março de 2008.
As 1.840 unidades serão erguidas nos moldes do novo padrão de construção da CDHU, que incorpora melhorias como o terceiro dormitório, azulejos na cozinha e no banheiro, medidor individualizado do consumo de água, revestimento nos pisos de todos os cômodos, aquecedor solar para água do chuveiro e pé-direito ampliado de 2,4 para 2,6 metros. Especificamente nas
casas, as melhorias incluem também laje, cobertura na área de serviço e muro divisório. As obras de terraplanagem já foram concluídas.
Programa da Serra do Mar - Lançado pelo governador José Serra no início da atual gestão, é um dos programas mais importantes e ambiciosos do Estado. Os principais objetivos são remover famílias de áreas de risco, proteger os ecossistemas de possíveis acidentes ambientais e recuperar
porções degradadas da serra, no município de Cubatão. Algumas áreas consolidadas serão urbanizadas com infraestrutura urbana e serviços públicos. O programa envolve as secretarias da Habitação, Meio Ambiente, Segurança Pública, Casa Civil, Energia e Saneamento, Desenvolvimento, Justiça, Economia e Planejamento, Procuradoria Geral do Estado, Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, em parceria com a Prefeitura de Cubatão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0