Nossos Vídeos

segunda-feira, 29 de junho de 2009

CDHU inaugura casas-modelo em Pompéia, Rancharia e Tupã

Municípios receberam imóveis edificados de acordo com novo padrão construtivo da companhia; em Tupã, 135 casas foram sorteadas

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) apresentou hoje, 27 de junho, as primeiras casas-modelo das regiões de Marília e Presidente Prudente. Os imóveis foram inaugurados em empreendimentos que estão sendo construídos nos municípios de Pompéia, Rancharia e Tupã. Neste último, a companhia também sorteou 135 casas do conjunto "José Feliciano".
As casas-modelo apresentadas fazem parte da nova metodologia criada pela atual gestão da CDHU, na qual é prevista a construção de uma unidade experimental para servir como modelo para as demais casas do empreendimento. O secretário de Estado da Habitação e presidente da
companhia, Lair Krähenbühl, que participou dos eventos em Pompéia e Tupã, ressaltou a preocupação do governo estadual em garantir que todas as moradias sejam edificadas com qualidade. "Com o imóvel referencial pronto, a própria comunidade fiscaliza a obra para que as outras casas fiquem tão boas como a que foi apresentada, que incorpora o novo projeto com a
utilização de materiais adequados", disse.
O atual padrão de construção traz inovações como imóveis com dois ou até três dormitórios, pé-direito ampliado de 2,4 para 2,6 metros, aquecedor solar, piso cerâmico, forro de PVC ou laje, azulejos na cozinha e no banheiro, esquadrias de alumínio e estrutura de metal nos telhados. Na
parte externa, o botijão de gás tem abrigo e a área de serviço, cobertura. As casas têm muro divisório entre os lotes e as áreas comuns recebem tratamento paisagístico.
O prefeito de Pompéia, Oscar Yasuda, disse que apresentar esse modelo de habitação aos futuros moradores também funciona como um incentivo para que os trabalhos sejam executados com mais empenho e dedicação. "Ver e entrar em uma casa pronta é um estímulo para que a construção termine mais rápido.

De olho na casa-modelo, vamos acelerar o ritmo de trabalho e concluir o conjunto habitacional até o final do ano, antes do prazo previsto", afirmou. O empreendimento Pompéia C2 terá 173 imóveis de dois dormitórios, um investimento de R$ 3,3 milhões da CDHU. As famílias beneficiárias participam das obras de edificação dos imóveis.
Em Rancharia, a CDHU inaugurou três casas-modelo nos conjuntos Rancharia J, K1 e K2, que terão respectivamente 180, 350 e 150 unidades. A companhia está investindo R$ 21,7 milhões nas obras. Os imóveis têm melhorias como aquecedor solar, piso cerâmico em todos os cômodos, azulejos na cozinha e banheiro e forro de PVC.
Já no município e Tupã, o secretário Lair Krähenbühl inaugurou a casa-modelo no conjunto habitacional "José Feliciano", na Estrada Tupã-Parnaso. Das 135 casas do empreendimento, 68 terão três dormitórios, com investimento previsto de R$ 8,4 milhões. "Essa nova característica das moradias produzidas pela CDHU é o reflexo da busca pela qualidade, que proporciona à população mais conforto e bem-estar", disse o secretário.

As modificações adotadas são frutos do aperfeiçoamento das técnicas de construção desenvolvidas pela companhia. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE, em 2007, que mediu as expectativas da população de baixa renda em relação à moradia, apontou o terceiro dormitório como um dos principais itens desejados, já que as famílias se defrontam, muitas vezes, com o problema da coabitação. A inclusão de plantas com três dormitórios aumentará a área
construída para até 64m² e proporcionará uma série de benefícios para melhorar a qualidade de vida dos mutuários. A inclusão de plantas com três quartos trará uma série de benefícios para a qualidade de vida como a redução do índice de morbidade gerada pela aglomeração de pessoas e a diminuição da defasagem escolar, uma vez que as crianças terão mais espaço e conforto para estudar. O prefeito de Tupã, Waldemir Gonçalves Lopes, disse que moradias mais amplas e bem acabadas fazem com que os moradores tenham orgulho da casa e cuidem melhor de todo o bairro. "A pessoa que mora bem tem uma vida mais saudável. Essas melhorias implementadas nos projetos de habitações de interesse social promovem, inclusive, o desenvolvimento da cidade", disse o prefeito.
Sorteio em Tupã ? Após inauguração das casas-modelo, a CDHU sorteou as 135 casas do conjunto "José Feliciano", no Estádio Municipal "Alonso Carvalho Braga". As famílias sorteadas deverão comparecer entre os dias 30 de junho e 2 de julho, no Ginásio de Esportes do Centro de Educação Integrada, Avenida dos Universitários, nº 145, no Jardim Ipiranga, para realizar a habilitação. Nessas datas, apresentarão documentos que comprovem os requisitos exigidos para ingressar nos programas da companhia.
O empreendimento é destinado a famílias que ganham entre um e dez salários mínimos, com prioridade para as que recebem até três salários. Os contemplados devem morar ou trabalhar no município há pelo menos três anos, não ser proprietários de imóvel, nem possuir nenhum financiamento habitacional. O prazo para quitar o imóvel é de até 25 anos e as prestações
serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a faixa de renda de cada família. Assim, as que ganham de um a três salários pagarão o equivalente a 15% dos rendimentos.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

2 comentários:

  1. quero saber quando começa a construçao das casas de galia e os modelos

    ResponderExcluir
  2. quero saber quando serão entregues as casas populares de rancharia

    ResponderExcluir

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0