Nossos Vídeos

quarta-feira, 10 de junho de 2009

INDÚSTRIAS SEM CAPACIDADE DE ARMAZENAR SARDINHAS

Ministério da Pesca analisa possibilidade de financiamentos para ampliação da armazenagem

A recuperação dos estoques de sardinha na costa brasileira nos últimos três anos pegou a indústria de beneficiamento desprevenida para armazenar a quantidade capturada nesse período. Após uma queda preocupante da pesca em 2003, com apenas 17 mil toneladas no ano, a reprodução da sardinha alcançou excelentes níveis chegando a 78 mil toneladas no ano passado e com perspectiva de alcançar cerca de 90 mil toneladas este ano.
O aumento do estoque foi possível devido à política de ordenamento da captura da espécie. Até 2003, o defeso ocorria apenas na época da reprodução, o que colaborou para uma forte redução da espécie, já que a sardinha era pescada antes de chegar à fase adulta. Nesse ano, o defeso foi ampliado passando para duas vezes por ano, permitindo o crescimento da espécie até atingir aproximadamente 17 centímetros.
No ano seguinte, a captura de sardinha já chegava a 53 mil toneladas, o que representou um crescimento em torno de 64%. Em 2007, a pesca da sardinha chegou a 55 toneladas e em 2008 foi a 78 mil. Apesar da recuperação, estes números ainda estão longe das 230 mil toneladas pescadas em 1973. A queda da produção levou as indústrias de beneficiamento a reduzir a capacidade de armazenagem, o que gerou um problema este ano devido ao aumento dos estoques e a falta de lugar para armazenar.
De acordo com empresários do setor, a capacidade das indústrias foi totalmente alcançada no ano passado. Algumas beneficadoras, inclusive, tiveram que alugar câmaras frigoríficas em São Paulo e Belo Horizonte para acomodar o pescado. A recuperação dos estoques e a manutenção da política de preservação, com o ordenamento da captura, estão levando o Ministério da Pesca a analisar formas de financiamento para ampliação dessa capacidade. (Seap/PR)
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0