Nossos Vídeos

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

CDHU irá construir 2.550 moradias para famílias das bacias Guarapiranga e Billings

A previsão é que as obras tenham início até dezembro de 2010; as moradias serão edificadas de acordo com o novo padrão de construção da CDHU, adotado na atual gestão

No último sábado, 22 de outubro, o governador do Estado de São Paulo, Alberto Goldman, e o prefeito da cidade, Gilberto Kassab, vistoriaram o bairro Cantinho do Céu, Zona Sul, uma das 45 áreas que serão urbanizadas pelo "Programa Mananciais – Vida Nova", uma iniciativa da Prefeitura.

Entre as ações previstas no projeto, A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) irá construir 2.550 unidades habitacionais, para famílias que serão removidas de áreas de risco ou de preservação ambiental das Bacias Hidrográficas Guarapiranga e Billings. No local de onde as pessoas serão retiradas será construído um parque linear, para proteção de ocupação de uma área de 50 metros entorno do espelho d'água.

"A meta é urbanizar locais onde hoje existem favelas. Vamos proteger os mananciais e transformar submoradias em verdadeiros bairros", disse o governador Alberto Goldman durante a visita.

Com investimento de aproximadamente R$ 188 milhões, a CDHU pretende iniciar as obras de pelo menos 180 moradias, até dezembro. As outras 2340 unidades deverão ser construídas em 2011. Todas serão construídas de acordo com o novo padrão de construção da CDHU, que inclui melhorias como aquecedor solar e piso cerâmico em todos os cômodos, além azulejo na cozinha e no banheiro.

"Com essas moradias vamos desadensar as áreas de risco e proteção. Contribuiremos para o projeto de parcelamento do solo e na regularização do bairro" falou Antônio Lajarin, assessor da CDHU.

Para o prefeito Gilberto Kassab, a reestruturação do bairro terá impacto direto na qualidade de vida de todos os moradores da cidade. "Melhoramos a qualidade de vida dessas pessoas e com a proteção deste manancial, garantimos o abastecimento de água de toda cidade", disse o prefeito.

Além da remoção das famílias que vivem em áreas de preservação permanente e de risco, os 45 loteamentos precários das bacias Guarapiranga e Billings passarão por obras de drenagem, implantação de sistema de água e esgoto, contenção de encostas, canalização de córregos, criação de sistema viário, criação de parques e áreas de lazer, que serão executados em parceria pela prefeitura e Governo do Estado.

O Programa Mananciais - Vida Nova, da Prefeitura de São Paulo, visa recuperar e proteger as represas, rios e córregos utilizados para o abastecimento de água da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) e melhorar a qualidade de vida da população residente em áreas de mananciais. Além da CDHU, participam do projeto Governo do Estado (Secretarias de Saneamento e Energia, do Meio Ambiente e Sabesp), e as Prefeituras de São Bernardo do Campo e de Guarulhos.

Poluição do ar piora doenças respiratórias e aumenta risco de infecções, aponta pesquisa da Unifesp

Os poluentes permaneçam mais tempo em suspensão no ar, um fator aditivo que contribui para causar desconforto respiratório na população exposta

Pesquisa realizada na Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) comprova que o acúmulo de partículas e gases nocivos lançados na atmosfera estão provocando doenças respiratórias pré-existentes e podem aumentar o índice de infecções das vias aéreas superiores e pneumonia nos paulistanos, em diferentes faixas etárias.
O objetivo do estudo foi avaliar a relação entre a concentração diária dos poluentes atmosféricos emitidos pela frota automotiva na cidade de São Paulo e o número de consultas diárias realizadas no serviço de emergência do Hospital São Paulo, ligado à Unifesp e localizado na Vila Clementino, zona sul da capital paulista.

Durante três anos, o estudo analisou 177.325 casos, atendidos pelo Serviço de Emergência do Hospital São Paulo. Em sua grande maioria, 137.530 atendimentos foram por doenças respiratórias. Os dados foram fornecidos pelo SAME (Serviço de Arquivo Médico e Estatísticos) da Unifesp ligado ao Hospital São Paulo.

Do resultado supra citado dos atendimentos por doenças respiratórias, o estudo selecionou quatro delas para uma análise mais detalhada:

Infecção de vias aéreas superiores (IVAS) - 72% das admissões; (sinusite,faringite,nasofaringites e amidaglite)
Influenza 12%; (Gripes em geral)
Pneumonia - 9%;
Asma - 7%.


O maior grupo atendido no serviço de emergência foram os menores de 13 anos, e na sequência, pelas idades de 40 a 65 anos, 30 a 39, maiores de 65 e de 13 a 19 anos. Foi significativa a associação do aumento da concentração dos poluentes com a gripe influenza entre jovens de 13 a 19 anos e em idosos maiores de 65 anos. Em relação à asma, os resultados mais impactantes aparecerem entre 30 a 39 anos de idade e também entre 40 e 65 anos. O excesso de material nocivo no ar também se associou significativamente com admissões por pneumonia nas idades de 40 a 65 anos e em maiores de 65 anos.

“O tempo seco e a baixa umidade relativa do ar permitem que os poluentes permaneçam mais tempo em suspensão no ar, um fator aditivo que contribui para causar desconforto respiratório na população exposta. A melhor forma de manter as mucosas úmidas é por meio da ingestão de bastante líquido. É aconselhável evitar exercícios físicos entre 10h da manhã e 4h da tarde, cuidado que deve ser redobrado com os idosos e crianças pequenas. Utilizar toalhas úmidas e bacias com água em ambientes mais fechados pode evitar a desidratação mais acentuada das mucosas. O nariz é o órgão designado para aquecer e umidificar o ar, portanto deve-se sempre priorizar a respiração por meio dele. Se este estiver obstruído, é necessário buscar auxílio médico para identificar a causa e tratá-la.”. afirma a pesquisadora Silvia Letícia Santiago.

Sobre a Unifesp

A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) foi criada oficialmente em 1994, a partir da Escola Paulista de Medicina, entidade criada em 1933 que foi federalizada em 1956. Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006 foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação. O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema). Atualmente, a Unifesp conta com 4.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 3.342 discentes nos cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado e Mestrado Profissionalizante), outros 8.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento) e ainda 713 discentes no maior programa de residência médica do Brasil.

A instituição tem em seu quadro 935 docentes, sendo que 94,2% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição. Em 1940 a universidade, então Escola Paulista de Medicina, inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp localizado junto ao campus São Paulo, no bairro Vila Clementino. Ao longo de sua história, a Unifesp se consolidou como um dos principais centros de pesquisa e inovação da América Latina, tendo contribuído com 80.715 trabalhos de produção científica no período entre 2001 e 2009 em várias áreas do conhecimento.

Grupo Orsa participa mais uma vez do Dia Nacional da Coleta de Alimentos

Campanha deve contar com mais de 5 mil voluntários e 170 supermercados participantes em 37 cidades

O Dia Nacional da Coleta de Alimentos está na sua 5ª edição e há três anos conta com a participação do Grupo Orsa. A campanha que é realizada pela Companhia das Obras do Brasil acontece no dia 6 de novembro simultaneamente em 37 cidades de 15 estados brasileiros. Para este ano, a previsão de arrecadação é de 130 toneladas de alimentos, que serão doados aos Bancos de Alimentos de todo o país.

A ação acontecerá das 8 h às 19 h. Na entrada dos supermercados das cidades participantes, os voluntários ficarão na porta para explicar aos clientes o que é a campanha e como é possível ajudar. A pessoa que participar receberá um panfleto informativo com a lista de entidades que receberão as doações.
Os voluntários armazenam os alimentos em caixas próprias da campanha, pesam e contabilizam para que, no final do dia, possam ser encaminhados aos Bancos de Alimentos parceiros do projeto em cada uma das cidades participantes.
Neste ano, o Grupo Orsa doará 12 mil caixas para o armazenamento dos alimentos.

Desde 2005, já foram arrecadadas mais de 215 toneladas de alimentos, com a ajuda de 12.500 voluntários em 26 cidades do Brasil. Só em 2009, a campanha conseguiu arrecadar 99 toneladas de alimentos.

Serviço:
Dia Nacional da Coleta de Alimentos
Data: 6 de novembro de 2010
Horários: das 8 h às 19 h
Nos supermercados das cidades de:

Americana
Londrina
Aracajú
Macapá
Araraquara
Manaus
Barreiras
Natal
Barueri
Niterói
Belém
Parintins
Belo Horizonte
Paulínia
Boa Vista
Paulo Afonso
Brasília
Petrópolis
Brusque
Porto Alegre
Campina Grande
Ribeirão Preto
Campinas
Rio de Janeiro
Carapicuíba
Salvador
Contagem
São João del-Rei
Curitiba
São José do Rio Preto
Florianópolis
São Paulo
Fortaleza
Sorocaba
Guarulhos
Teresópolis
Limeira
Vitória

Sobre a Companhia das Obras do Brasil
A Companhia das Obras (CdO) foi fundada no Brasil em 1999, tendo nascido na Itália, em 1986, a partir da experiência do Movimento Católico Comunhão e Libertação. Sua missão é promover e defender a dignidade do indivíduo na sociedade e no ambiente de trabalho; tutelar a criação de obras assistenciais e empresas, compreende e respeita a pessoa em todos os seus aspectos, dimensões e momentos da vida.

Sobre o Grupo Orsa
Uma das principais organizações brasileiras no setor de madeira, celulose, papel e embalagens, com atuação também no mercado de produtos florestais não madeireiros, o Grupo Orsa traz a sustentabilidade como eixo de sua estratégia de negócios. Com 100% de capital nacional, tornou-se referência mundial em manejo sustentável de floresta tropical nativa por suas operações na região Amazônica do Vale do Jari, localizado entre os estados do Pará e do Amapá.

As empresas do Grupo – Jari Celulose, Papel e Embalagem, Orsa Florestal, Ouro Verde Amazônia e Fundação Orsa – atuam de forma integrada, em linha com o conceito dos 3 P’s (people-pessoas, profit-lucro e planet-planeta), incorporando modelos de ação economicamente viáveis, socialmente justos e ambientalmente corretos.

Prefeitura de São Paulo despeja lixo em Guarulhos

Três pessoas foram presas em flagrante na noite desta sexta-feira, em Guarulhos (Grande São Paulo), por descarte irregular de lixo na Estrada Pedro Souza Campos, próximo ao bairro do Cambará. O caminhão apreendido pertence à empresa Unileste e presta serviços à Prefeitura de São Paulo. O trio foi levado ao 2º Distrito Policial de Guarulhos, na região central, e enquadrado no artigo 54 da Lei de Crimes Ambientais, por despejo de resíduos em locais proibidos. O crime é inafiançável e prevê pena de 1 a 5 anos de prisão. A empresa Unileste será multada pela Prefeitura e a ocorrência será encaminhadao ao Ministério Público. A ação foi realizada em conjunto pela Polícia Militar, Guarda Civil Ambiental de Guarulhos e fiscais da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos
Fabio Bittencourt – 7689.5596

UNIFESP RECRUTA VOLUNTÁRIOS NAS ÁREAS DE FIBROMIALGIA, ALCOOLISMO E MENOPAUSA‏

UNIFESP RECRUTA VOLUNTÁRIOS

A Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas e estudos científicos, oferece vagas para voluntários nas seguinte áreas:

EXERCÍCIOS PARA PORTADORES DE FIBROMIALGIA

A disciplina de Reumatologia da Universidade Federal de São Paulo, UNIFESP, está recrutando voluntários com diagnóstico de Fibromialgia.

Podem participar do estudo mulheres com idade entre 18 e 60 anos, que saibam nadar e que tenham disponibilidade para participar de programa de exercícios físicos 3 vezes por semana, por um período de 12 semanas.

Os interessados deverão entrar em contato com Giovana pelo telefone (11) 8498-7581.

PESQUISA DE TRATAMENTO AO ALCOOLISMO

O Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (CEBRID) está recrutando homens e mulheres, com idade entre 18 e 65 anos, para participarem de uma pesquisa clínica sobre o tratamento do álcool.

Os voluntários devem apresentar problemas relacionados ao uso de bebidas alcoólicas, mesmo se já freqüentaram tratamentos anteriores.

Inscrições: (11) 5083-1084, falar com Valéria.

TRATAMENTO PARA MENOPAUSA

O Ambulatório do Climatério busca voluntárias interessadas em participar de um tratamento, com medicamento a base de soja, para combater sintomas da menopausa. As voluntárias devem ter entre 40 e 65 anos, com atividade sexual ativa e que apresentem queixas sexuais, esquecimento e perda d e memória. É necessário que as voluntárias apresentem ausência de menstruação por pelo menos um ano e não tenham utilizado nenhum tipo de terapia hormonal nos últimos três meses. Para iniciar o tratamento no ambulatório do Climatério serão realizados exame s ginecológicos, antes da administração do medicamento por um período de seis meses.

Inscrições: de segunda à sexta-feira, das 8h às 15h, pelo telefone (11) 5549-6174.

Endereço: Rua Embaú, 66 (próximo à estação Santa Cruz do metrô)

A Universidade não se responsabiliza por custos com transporte e alimentação.

Sobre a Unifesp

Entidade criada em 1933, a Escola Paulista de Medicina foi federalizada 23 anos depois, tornando-se oficialmente Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) em 1994. Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica. Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006 foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação. O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema). Atualmente, a Unifesp conta com 6.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 3.342 discentes nos cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado e Mestrado Profissionalizante), outros 6.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento) e ainda 800 discentes no maior programa de residência médica do Brasil. A instituição tem em seu quadro 935 docentes, sendo que 94,2% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição. Em 1940, a universidade, então Escola Paulista de Medicina, inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp localizado no campus São Paulo, no bairro Vila Clementino. Ao longo de sua história, a Unifesp se consolidou como um dos principais centros de pesquisa e inovação da América Latina, tendo contribuído com 80.715 trabalhos de produção científica no período entre 2001 e 2009 em várias áreas do conhecimento.

Concerto gratuito homenageia Gustav Mahler na Sala São Paulo

Apresentação no dia 14 vai reunir 120 integrantes da Orquestra Jovem de Guarulhos e da Orquestra Sinfônica de Santos

A Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos (Grande São Paulo) e a Orquestra Sinfônica de Santos realizam no próximo domingo (14), às 11h, um concerto especial para marcar os 150 anos de nascimento do compositor Gustav Mahler (1860-1911). A apresentação faz parte da série Concertos Matinais. A entrada é gratuita e os ingressos poderão ser retirados na bilheteria da Sala São Paulo, a partir da segunda-feira (8).
O repertório inclui a Sinfonia nº 1 em ré maior, Titã, que foi escrita entre 1884 e 1888, e teve sua estreia em novembro de 1889, em Budapeste (Hungria), sob a regência do próprio Mahler. A composição foi criada para ser interpretada por cerca de 100 músicos, sendo quatro flautas (dois piccolos), quatro oboés (um corne inglês), quatro clarinetes, três fagotes (um contrafagote), sete trompas, quatro trompetes, três trombones, quatro tímpanos, tuba, pratos, triângulo, tam-tam, bombo, harpa, violinos, violas, violoncelos e contrabaixos.
Neste ano, músicos do mundo inteiro estão homenageando Gustav Mahler, um dos maiores compositores da música clássica. Ele ficou famoso por sua habilidade na elaboração de estruturas musicais e também por utilizar uma quantidade muito grande de instrumentistas em suas obras.

Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos
Criada em 2003, a Orquestra Jovem Municipal de Guarulhos conta com 75 músicos bolsistas, que recebem auxílio financeiro mensal da Prefeitura.. A faixa etária para admissão é de 14 a 25 anos.
Nos últimos anos o grupo tem se apresentado com grandes solistas convidados e também com conjuntos de música instrumental e vocal, como o Núcleo Hespéride - Música das Américas, o grupo Mawaca, o Collegium Musicum de São Paulo e o Coral do Estado de São Paulo, entre outros.

Orquestra Sinfônica Municipal de Santos
A Orquestra Sinfônica Municipal de Santos foi criada em 1994, a partir de um projeto elaborado pelo Maestro Luís Gustavo Petri, com objetivo de divulgar a música de concerto, incluindo em seu repertório o que há de melhor na produção brasileira e mundial.
Na trajetória da orquestra constam a estreia mundial da ópera Café de H-J Koelreuter, sobre texto de Mário de Andrade; as montagens de Le Nozze di Figaro, de Mozart, do balé Baile na Roça, La Traviata, em concerto; além do Prelúdio à Tarde de um Fauno, de Claude Debussy, e El Amor Brujo, de Manuel de Falla, dentro da Série Danças, e a Sinfonia nº 9, de Beethoven.

Serviço:
Concertos Matinais
(Orquestra Jovem de Guarulhos e Sinfônica de Santos)
Quando: domingo, 14, 11h.
Onde: Sala São Paulo - Praça Júlio Prestes, 16, Bairro da Luz, São Paulo.
Quanto: entrada gratuita (ingressos podem ser retirados a parir da próxima segunda-feira, 8)

Guarulhos (SP) promove mês da Consciência Negra

Programação inspirada na cultura afro-brasileira terá oficinas práticas, exposição de arte, ciclo de debates e mostra de filmes, dança e teatro

Em comemoração ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado no próximo dia 20, data de aniversário da morte de Zumbi dos Palmares, a Coordenadoria de Igualdade Racial (CIR) de Guarulhos (Grande São Paulo) realiza a 11ª edição do Mês da Consciência Negra. O evento também faz parte das comemorações dos 450 anos da cidade.
A Secretaria de Assistência Social e Cidadania desenvolverá atividades de valorização da cultura africana junto à população, incluindo debates, oficinas práticas, exibição de filmes, música e dança. O evento conta com o apoio de órgãos do governo, representações da sociedade civil, autarquias e diversas empresas da cidade.
A Marcha da Consciência Negra homenageia João Cândido, o Almirante Negro, herói da Revolta da Chibata, no dia 20 (domingo). A concentração começará às 8h30 na Praça dos Estudantes, no Centro. Os participantes poderão trocar um quilo de alimento não perecível (exceto farinha, sal e açúcar) por uma camiseta do evento. Todas as doações serão encaminhadas para o Fundo Social de Solidariedade.
Também no dia 20, às 19h, no Pátio de Eventos do Adamastor Centro (Avenida Monteiro Lobato, 734, Macedo), o show da cantora Leci Brandão encerra o 1º Festival de Artes e Cultura Negra, que terá exposição de trabalhos e oficinas práticas inspirados pela cultura negra.
Abaixo, segue a programação completa do Mês da Consciência Negra.

DATA: 8/11
Horário: das 17h às 19h30
Exibição de filme e Debate: O Sol é Para Todos
Debatedoras: Profª. Drª. Fabiana Schleumer e Profª Drª Patrícia Santos Schermann
Universidade Federal do Estado de São Paulo
Local: UNIFESP - Teatro Adamastor Pimentas
Sinopse: O Sol é para Todos (Robert Mulligan), de 1962, consta na lista dos 100 melhores filmes do século XX, e é considerado uma obra-prima para a reflexão sobre o racismo, preconceito e discriminação.

DATA: 9/11
Horário: 19h30
Exibição de Filme e Debate: A Dança das Cabaças - Exu no Brasil
Debatedor: Nelson Ribeiro - UNEGRO – Guarulhos
Local: Adamastor (Cineclube)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Público: Aberto
Sinopse: Dança das Cabaças, dirigido por Kiko Dinucci. O documentário conta a história do orixá Exu. Na África Exu era caracterizado como o princípio da vida, a força que move os corpos, a dinâmica, o senhor dos caminhos e das encruzilhadas. Exu, a principal ponte entre os mortais e as divindades que habitam o além, passa a ser visto como a personificação do mal perante o modelo cristão, devido ao seu símbolo fálico e seu comportamento astucioso.

DATA: 10/11
Horário: das 8 às 17 horas
Exposição: Novembro Negro – Exposição de Arte e Cultura Negra
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Cabuçu e Xikelela / CIR
Local: Centro de Convivência Cabuçu - Rua Cabuçu, s/nº - Jd. Cabuçu

Horário: 10 horas
Oficina de Bonecas Negras - Profª. Lucia Makena
Regional de Saúde II Cantareira - UBS Cabuçu e Xikelela / CIR
Inscrições no local (30 vagas)
Local: Centro de Convivência Cabuçu - Rua Cabuçu, s/nº - Jd. Cabuçu

Horário: 14 horas
Roda de conversa com adolescentes: A sexualidade da juventude afrodescendente
Dr. Marcelo Hendrigo Cesto - Médico Psiquiatra
Regional de Saúde II Cantareira
Local: Centro de Convivência Cabuçu - Rua Cabuçu, s/nº - Jd. Cabuçu

DATA: 12/11
Horário: das 8 às 17 horas
Oficinas de Africanidades para crianças - Profº Ronaldo Monteiro da Silva
Instituto Cultural e Esportivo Meu Futuro e Xikelela / CIR
Público do projeto
Local: Rua Galáxia, 50 - A - Pq. Primavera

Horário: das 19 às 22 horas
Balada Black
Secretaria de Cultura
Local: Bosque Maia- Tenda

DATA: 14/11
Horário: das 8 às 18 horas
2º COMAB- Congresso Municipal das Religiões Afrobrasileiras
Associação das Tendas de Umbanda e Candomblé de Guarulhos. Apoio: Fórum das Religiões Candomblé, Umbanda e Espiritualistas de Guarulhos
Local: Adamastor (Salão de artes)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Público: Aberto

DATA: 16/11 a 19/11
Horário: das 13 às 17 horas
Exposição de Telas da Cultura Negra
Secretaria de Assistência Social e Cidadania / Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS
Expositores: Cléo Sales e Du Freitas
Local: CREAS - Av. Brigadeiro Faria Lima, 375

DATA: 16/11 a 19/11
Horário: das 9 às 17 horas
Semana da Consciência Negra
Regional de Saúde II Cantareira e UBS Recreio São Jorge
Exposição Cultural Afro-Brasileiras: Máscaras africanas, atabaques e instrumentos típicos;
Grupo de capoeira;
Percussão - apoio do Ponto de Cultura Chico Mendes;
Exposição fotográfica: "Comunidade dos Arturos" - Fotógrafo Prof. Mario Espinosa;
Estética Afro: penteados afro;
Sons da África: Som ambiente na unidade, músicas de Angola e Moçambique.
Público: Aberto
Local: UBS Recreio São Jorge - Estrada Davi Correa, s/nº - Cabuçu


DATA: 16/11
Horário: das 8 às 14 horas
Palestra: Prevalência de algumas doenças na População Negra
Palestrante: NAAB Taboão / UBS Santa Lidia / Regional de Saúde II Cantareira
Regional de Saúde II Cantareira em parceria com Associação de moradores do Jardim Santa Lídia
Público: Aberto
Local: Rua João Paulo Piassentini, 72

Horário: das 9 às 12 horas
Lançamento da Revista Ashanti
Uma publicação sobre as relações étnico-raciais, produzida pela Secretaria Municipal de Educação
Palestra com Rogério de Andrade Barbosa – escritor, professor e contador de histórias
Apresentação Cultural dos Corais: Todos os Cantos (USP) e Madrigal Vivavoz (USP), sob regência de Lucymara Apostólico
Inscrições pelo telefone: 2475-7304
Local: Adamastor -Teatro
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

Horário: das 9h30 às 12 horas
Oficina de Penteado Afro - Profª. Denise Morena
Secretaria de Educação em parceria com Coordenadoria da Igualdade Racial
Inscrições no local (30 vagas)
Local: CEU Pimentas – Estrada do Caminho Velho, 333 Pimentas

Horário: das 14h30 às 17 horas
Oficina de Penteado Afro - Profª. Denise Morena
Secretaria de Educação em parceria com Coordenadoria da Igualdade Racial
Inscrições no local (30 vagas)
Local: EPG Pedro Geraldo Barbosa - Rua Carnaubais, 451 – Jd. Santa Terezinha

Horário: das 13 às 17 horas
Roda de conversa sobre Preconceito e Discriminação Racial
Debatedor/a: Juliana Diamante - Educadora Social
Secretaria de Assistência Social e Cidadania / Centro de Referência Especializado de
Assistência Social – CREAS
Público: População atendida pela Associação Nossa Senhora Rainha da Paz (30 vagas)
Local: CREAS - Av. Brigadeiro Faria Lima, 375

Horário: das 16 às 19 horas
Palestra com o Professor Dr. Marcos Cezar de Freitas - Coordenador do Programa de Pós-Graduação de Educação e Saúde na Infância e na Adolescência – UNIFESP
Secretaria Municipal de Educação
Inscrições pelo telefone: 2475-7304
Local: Adamastor ( Auditório 3 )
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

DATA: 17/11
Horário: das 8 às 14 horas
Palestra: Prevalência de algumas doenças na População Negra
Palestrante: Representante do Núcleo de Apoio a Atenção Básica - NAAB Taboão
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Taboão
Público: Aberto
Local: Rua Maria Elisa, s/nº - Taboão

Horário: das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas
Peça Teatral Infantil: Menina Bonita do Laço de Fita
Secretaria Municipal de Educação
Público: Educandos e educandas da Rede Municipal (600 vagas por espetáculo)
Inscrições pelo telefone: 2475-7304
Local: Adamastor (Teatro)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Sinopse: Adaptação da obra da autora Ana Maria Machado, encenada pelo Grupo Teatral Banquete Cênico de São Paulo. Uma proposta que integra o Projeto Africanidade, desenvolvido pelo Grupo Eloin - Educação, Cultura e Sustentabilidade

Horário: das 9 às 12 horas
Oficina – Efeitos Psicossociais do Racismo
Oficineira: Maria Lucia da Silva- Psicóloga, psicoterapeuta, Diretora do Instituto AMMA Psique e Negritude e empreendedora social da Ashoka.
Secretaria Municipal de Educação
Inscrições pelo telefone: 2475-7304
Local: Adamastor ( Auditório 1A )
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Objetivo: Propõe por meio de dinâmicas de autoconhecimento levar à reflexão e construção de estratégias para superação das atitudes de racismo no ambiente escolar.

Horário: 10 horas
Debate sobre a animação: Estrutura da Discriminação Racial
Debatedora: Potyra Tibiriçá Lopes Sartori - Cientista Social
Moderador: Jose Norman Nascimento Ribeiro da Silva - Vice Presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Guarulhos - COMPIR
Secretaria de Desenvolvimento Urbano
Público: Servidores e servidoras da Secretaria
Local: SDU – Rua Anice, 200 – Jd. Santa Mena

Horário: das 11 às 12 horas
As relações etnicorraciais no âmbito da universidade
Palestrantes: Márcia Eurico - Assistente Social, Mestranda em Serviço Social, Docente na Universidade de Guarulhos e Conselheira do COMPIR e Mabel Assis - Assistente Social, Mestre em Antropologia Social, Docente na Universidade de Guarulhos. Conselheira do COMPIR e Chefia Técnica da Coodenadoria da Igualdade Racial
Universidade de Guarulhos
Público: Profissionais do Serviço Social, estudantes e áreas afins
Local: UNG - Praça Tereza Cristina, s/nº , Centro

Horário: das 13 às 17 horas
Roda de conversa sobre Preconceito e Discriminação Racial
Debatedoras: Márcia Eurico - Assistente Social, Mestranda em Serviço Social, Docente na Universidade de Guarulhos e Conselheira do COMPIR e Mabel Assis- Assistente Social, Mestre em Antropologia Social, Docente na Universidade de Guarulhos. Conselheira do COMPIR e Chefia Técnica da Coodenadoria da Igualdade Racial
Secretaria de Assistência Social e Cidadania / Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS
Público: Servidores e servidoras do CREAS
Local: CREAS - Av. Brigadeiro Faria Lima, 375, Cocaia

Horário: 14h30
Palestra: Anemia Falciforme
Palestrante: Dra. Christiane Maria da Silva Pinto - Médica Hematologista
Secretaria da Saúde – Hospital Municipal da Criança
Público: Servidores, servidoras e população (30 vagas)
Local: HMC - Rua José Maurício, 191 - Centro

Horário: das 19 às 22 horas
Palestra: Em busca de um príncipe encantado: Discriminação Racial e Tráfico de Mulheres Negras
Palestrante: Elizangela André dos Santos- Psicóloga da ASBRAD (Associação Brasileira da Mulher, Infância e Juventude)
Secretaria Municipal de Educação
Inscrições pelo telefone 2475-7304 (120 vagas)
Local: Adamastor (Cineclube)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

DATA: 18/11
Horário: das 8 às 14 horas
Palestra: Prevalência de algumas doenças na População Negra
Palestrante: Representante do Núcleo de Apoio a Atenção Básica - NAAB Taboão
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Cidade Martins
Local: UBS Cidade Martins - Rua Jaú, 190 – Jd. Bela Vista

Horário: das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas
Exposição: Mostra de Arte Negra
Secretaria Municipal de Educação
Local: Adamastor (Teatro)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Sinopse: Este espaço tem como objetivo dar visibilidade às práticas pedagógicas sobre promoção da igualdade racial desenvolvidas nas escolas da Rede Municipal, a partir de diferentes linguagens, como dança, música, poesia, contação de histórias, etc.

Horário: das 13 às 17 horas
Roda de conversa sobre Preconceito e Discriminação Racial
Debatedoras: Equipe técnica da CIR
Secretaria de Assistência Social e Cidadania / Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS
Público: Mulheres atendidas no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (30 vagas)
Local: CREAS - Av. Brigadeiro Faria Lima, 375, Cocaia

Horário: 14 horas
Oficina de Bonecas Negras - Profª Lucia Makena
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Jd. Palmira e Xikelela / CIR
Público: Aberto (30 vagas)
Local: UBS JD Palmira - Rua Jaime dos Santos A.. Filho, 59- Jardim Palmira

Horário: 15 horas
Debate sobre a animação: Estrutura da Discriminação Racial
Debatedora: Potyra Tibiriçá Lopes Sartori - Cientista Social
Moderador: Jose Norman Nascimento Ribeiro da Silva - Vice Presidente do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial de Guarulhos - COMPIR
Secretaria de Desenvolvimento Urbano
Público: Servidores e servidoras da Secretaria
Local: SDU – Rua Joaquim Miranda, 326 – Vila Augusta

Horário: das 16 às 19 horas
Oficina de Contação de Histórias
Lenice Gomes- Escritora, Licenciada e Bacharel em História, Especialista em Literatura Infanto-Juvenil, Pesquisadora, Contadora de Histórias.
Secretaria Municipal de Educação
Inscrições pelo telefone: 2475-7304 (60 vagas)
Local: Adamastor (Auditório 3A )
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

Horário: das 18 às 19 horas
As relações etnicorraciais no âmbito da universidade
Palestrantes: Márcia Eurico e Mabel Assis- UNG
Público: Profissionais do Serviço Social, Estudantes e áreas afins
Local: Universidade de Guarulhos- Praça Tereza Cristina S/N

Horário: das 19 às 22 horas
Desfile da Beleza Negra
Destaque Black Cabeleireiros. Apoio: Coordenadoria da Igualdade Racial, Secretaria do Trabalho, Educação e Fundo Social de Solidariedade
Público: Aberto
Local: Adamastor (Salão de Artes )
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

DATA: 19/11
Horário: das 7 às 17 horas
Exposição Cultural: Personalidades Negras
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Belvedere
Público: Aberto
Local: UBS Belvedere - Estrada Municipal, 475

Horário: das 8 às 13 horas
Formação: Igualdade Racial com foco no cooperativismo
Secretaria de Serviços Públicos e Coordenadoria da Igualdade Racial
Expositoras: Edna Roland, coordenadora da Igualdade Racial da Prefeitura de Guarulhos, e Mabel Assis
Público: Servidores e servidoras da Secretaria
Local: Adamastor (Salão de Artes )
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

Horário: das 9 às 12 horas
Palestra - “O Ensino da História Africana, Afro-brasileira e o Papel do Coordenador Pedagógico como articulador de Ações Etnicorraciais na Escola”
Palestrante: Prof. Lauro Cornélio da Rocha, Mestre em História Econômica - USP, membro da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros e Coordenador Pedagógico da Rede Municipal de Educação de São Paulo.
Secretaria Municipal de Educação
(Inscrições pelo telefone 2475-7304)
Local: Adamastor (Auditório 3)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Sinopse: Trabalhar com conceitos básicos sobre África e organização da população negra no Brasil, dialogando sobre o entendimento e a repercussão no ambiente escolar do preconceito, discriminação e racismo.

Horário: das 14 às 17 horas
Exibição e debate do Filme - Família Alcântara
Debatedor: Daniel Solá Santiago - Diretor do filme
Secretaria Municipal de Educação
Inscrição pelo telefone 2475-7304
Local: Adamastor (Auditório 3)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro
Sinopse: Conta a história da família Alcântara, formada por aproximadamente 70 pessoas, descendentes de africanos escravizados em Minas Gerais da etnia bantu.

Horário: 19:30
Musical Gospel: O Coral Mintre canta Zumbi dos Palmares
Ministério Mintre. Apoio: Coordenadoria da Igualdade Racial e Secretaria da Educação
Público: Secretaria da Educação e população
Local: Adamastor (Teatro)
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

20 DE NOVEMBRO –MARCHA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Tema: Guarulhos 450 anos: Construindo a Igualdade Racial
Saída: Praça dos Estudantes - Centro
Concentração às 8:30

1º FESTIVAL DE CULTURAS E ARTES NEGRAS
Apoio Artístico e produção cultural: Guarani Produções

Centro Educacional Adamastor
Av. Monteiro Lobato, 734 - Centro

Praça de Alimentação Rua Lídio F. Santana, ao lado do Adamastor
Funcionamento das 12 às 22 horas

As Salas e auditórios do Adamastor no período das 13 às 18h30 receberão diversas atrações culturais e artísticas, oficinas e exposições que ocorrem durante toda a tarde.
Os alunos e as alunas formados pelo Projeto Xikelela ministrarão as oficinas sob a orientação dos oficineiros e oficineiras.

PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL:

Oficina de Penteado Afro - Profª Denise Morena
Auditório 1A
Das 13h às 15h30 e das 16h às 18h30
Bonecas Negras de Pano - Profª Lúcia Makena
Auditório 1B
Das 13 às 15 horas
Bonecas Negras em Miniaturas - Profª Ana Maria
Auditório 1B
Das 15h30 às 18h30
Biscuit Negro- Profª Cristiane
Auditório 2A
Das 13 às 15 horas
Colares e Brincos- Profª Teca e Sol
Auditório 2A
Das 15h30 às 18h30
Terapias Naturais e Complementares – Coordenadoria do Fundo Social de Solidariedade
Auditório 2B
Das 13h às 18h30

Museu Cigano e apresentações artísticas das danças ciganas - Associação Ananke
Auditório 3A
Das 13h40 às 14h – Apresentação de Dança Cigana Cia Filhos do Vento e Grupo Vurdón Gitano (Rumba Gitana; Dança de Casal; Flamenco Árabe e Dança Típica Cigana Espanhola).

14h15 – Oficina de Dança Cigana para Homens e Mulheres.

15h – Palestra de Tradição e Cultura Cigana – Albino Granado, Fernando Lonan e Esmeralda Garcia.

Das 16h às 16h20 – Apresentação de Dança Cigana Grupo de Dança Luz de Sarah Kalli (Caracol Cigano; Rumba Gitana; Duelo Cigano e Dança Típica Cigana).

Das 16h30 às 16h50 – Apresentação de Dança Cigana Cia Filhos do Vento e Grupo Vurdón Gitano (Rhom; Dança com Leque e Xale; Buleria Gitana e Dança Típica Cigana Espanhola).

16h50 – Apresentação de Dança Cigana Grupo de Dança Luz de Sarah Kalli – Dança Típica Cigana.

Simpósio – A História do Samba Rock - Profº Cassio Higino Pereira- Projeto sociocultural Sambarockano
Auditório 3B
Das 13 às 14 horas – palestra
Das 14 às 15 horas - Aula prática de Samba Rock

Oficina de percussão - LIESG – Liga Independente das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Guarulhos
Auditório 3B
Das 16 às 17 horas

Oficinas de HIP HOP - Coordenação: Panikinho e Janaina
Auditório 5
Das 13 às 14 horas - Roda de Conversa sobre o Movimento Hip-Hop
Das 14h às 18h30 - Oficina de Grafite
Das 14h às 15h30 - Discotecagem
Das15h30 às 17h - Rap Rima
Das 17h às 18h30 - Break

Oficinas de capoeira - Liga Guarulhense de Capoeira
Auditório 6
Das 14h às 14h30 - Grande Roda de Capoeira
Das 14h às 14h30 - Maculelê
Das 15h30 às 16h30 - Puxada de Rede
Das 16h30 às 17h30 - Dança do Coco
Das 17h30 às 18h30 - Samba de Roda
Apresentação do Grupo Teatral do Projeto Xikelela – Direção Profª Dirce
Teatro Adamastor
Horário: 16h às 18h30

Africanidades para crianças – Prof. Ronaldo
Pátio de Eventos
Horário: 13h às 18h30

Programação do Salão de Artes

Das 12h30 às 12h40 – Grupo de Dança Afro-brasileira do Projeto Xikelela
Das 12h40 às 13h40 – Engoma Paulista (samba de bumbo)
Das 13h40 às 14:20 – Periafricania
Das 14h20 às 15h – Dança Afro
Das 15h às 15h30 – Arte Nativa Indígena
Das 15h30 às 15h50 – Afoxé
Das 15h50 às 16h20 – Cia Filhos do Vento, Grupo Vurdón Gitano e Grupo de Dança Luz de Sarah Kalli
Das 16h20 às 17h – Apresentação Musical: Mano Heitor
Das 17h às 17h30 – Apresentação do grupo infantil: Nós do Morro
Das 17h30 às 17h40 – Apresentação de Samba Rock (Sambarockano)
Das 17h40 às 18h30 – Comitê do Soul

Show de Encerramento com LECI BRANDÃO
Pátio de Eventos do Adamastor - Centro
Horário: 19 horas

DATA: 21/11
Horário: das 8 às 17 horas
XVI Festival Guarulhense de Capoeira
Liga Guarulhense de Capoeira, apoio da Coordenadoria da Igualdade Racial
Local: Ginásio Poliesportivo João do Pulo

DATA: 22/11 a 28/11
Dia 22/11 - Vernissage às 19 horas
De 23/11 a 28/11 - Exposição das 8 às 17 horas
Mostra de Artes Negras do Projeto Xikelela
Secretaria de Cultura e Coordenadoria da Igualdade Racial
Local: Praça Cícero Miranda, s/nº, Lago dos Patos – Vila Galvão
Sinopse: A Coordenadoria da Igualdade Racial, através do Centro de Referência de Cultura Negra e Igualdade Racial Xikelela, promoverá a exposição de Artes e Culturas Negras como resultado das oficinas realizadas pela Coordenadoria da Igualdade Racial durante o ano de 2010. A exposição contará com artesanatos em biscuit, bonecas negras, bonecas em miniaturas e colares e brincos. Serão exibidos também quadros que retratam aspectos da cultura afro-brasileira e africana, produzidos na oficina de arte em tela.

O objetivo desta exposição é promover a igualdade racial, proteção e garantia de direitos individuais e coletivos da população negra. O Projeto Xikelela promove o resgate e a valorização da cultura afro-brasileira e africana.

DATA: 23/11
Horário: 10h30
Palestra: Saúde da Mulher Negra X Mioma
Palestrante: Drª. Heloísa Helena Sampaio Ferreira de Castro – Diretora do HMC
Público: Servidores, servidoras e população (30 vagas)
Local: HMC – Rua José Maurício, 191 Centro

DATA: 24/11
Horário: das 8 às 12 horas
Palestra: “A influência da cultura africana na sociedade brasileira”
Regional de Saúde II Cantareira / NAAB Jovaia / UBS Jovaia / UBS Morros / UBS Vila Rio
8h - Apresentação de filme para reflexão e discussão dos participantes;
10h30 - Mesa com alimentos típicos da cultura afro-brasileira e roda de conversa sobre crenças e costumes;
11h30 - Roda de capoeira.
Público: Aberto
Local: UBS Jovaia - Avenida: Brigadeiro Faria Lima, 2001 Jd Rossi

Horário: 9 horas
Palestra: Saúde da Mulher Negra
Palestrante: Dr. Giacomo Trotta - Médico ginecologista, obstetra, hebiatra e acupunturista
Horário: 10h30
Desfile: Valorização da Beleza Negra
Regional de Saúde II Cantareira – UBS Santa Lidia parceria com a Escola Estadual Antonio Velasco Aragon
Público: Aberto
Local: Escola Estadual Antonio Velasco Aragon - Rua Fraiburgo, 80 – Jd. São Domingos

DATA: 26/11
Horário: 9 horas
Oficina: A importância do quesito cor na implementação da Política Pública
Oficineiros/as: Equipe técnica da Coordenadoria da Igualdade Racial
Região II – Supervisão de Saúde Cantareira e Coordenadoria da Igualdade Racial
Público: Gestores das unidades de Saúde e Policlínica Paraíso da Região II Cantareira
Local: Av. Sete de Setembro, 1.374 – Vila Galvão

DATA: 28/11
Horário: das 14 às 18 horas
Rua do Samba
Liga Independente das Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos de Guarulhos – LIESG parceria com a Secretaria da Cultura
Público: Aberto
Local: Rua Ana Cardoso de Santana – Macedo (atrás do Sindicato dos Químicos)

USUÁRIOS LEVES DE MACONHA SOFREM DANOS NO CÉREBRO

Uso crônico da maconha parece afetar área do cérebro responsável pela
memória e pela execução de atividades complexas que requerem planejamento
 e gerenciamento das informações

São Paulo, 08 de novembro de 2010 – Lembrar de informações simples do dia a dia, além de realizar atividades que demandem planejamento e gerenciamento para sua execução pode ser um processo complexo para usuários de maconha. Mais ainda, se o uso da droga for crônico e antes dos 15 anos de idade, indicando um efeito tóxico e acumulativo da substância no desempenho cerebral ainda em desenvolvimento, principalmente no que se refere à memória.

A conclusão é de um estudo realizado na Unifesp que aponta os prejuízos gerados pela substância nas chamadas “funções executivas” do cérebro. São elas que nos possibilitam planejar e monitorar a execução de uma equação matemática, por exemplo, até que se chegue ao resultado final. “A função executiva nos permite processar e organizar todas as novas informações que nos são passadas diariamente e que necessitam de planejamento, iniciação, memória operacional, atenção sustentada, inibição dos impulsos, fluência verbal e pensamento abstrato”, explica a neuropsicóloga Maria Alice Fontes, autora da pesquisa que foi apresentada como tese de doutorado pelo LiNC (Laboratório de Neurociências Clínicas) da instituição.

Acioly Tavares de Lacerda, professor do Departamento Psiquiatria e orientador da pesquisa, explica que esse é o estudo com a maior amostra no mundo de usuários crônicos avaliados por meio de testes neuropsicológicos e o primeiro que mostra que os déficits cognitivos pelo uso leve (cerca de dois cigarros por dia), porém crônico, da maconha parecem ser muito expressivos em desencadear disfunções no cérebro humano. “Quando mais precoce e maior a exposição à droga, pior também será a memória, mesmo depois de um período de abstinência”, afirma.

No estudo, Maria Alice verificou que os déficits no armazenamento de informações e evocação da memória nesses usuários persistiram após um tempo médio de 14 dias de abstinência.

A pesquisa avaliou preliminarmente 173 usuários crônicos de maconha e selecionou subamostras com 104 indivíduos para o estudo sobre funcionamento executivo – sendo 49 usuários de início precoce e 55 de início tardio –, 34 usuários crônicos abstinentes há mais de sete dias e 55 controles não usuários. A idade dos participantes variou entre 18 e 55 anos.

De acordo com Maria Alice é fundamental a avaliação de eventuais déficits neuropsicológicos em usuários crônicos da droga para prevenir futuros danos, além de direcionar e favorecer a aderência do tratamento dos dependentes químicos, já que esses déficits cognitivos também fazem com que o paciente tenha mais recaídas e de desistir do tratamento.
Sobre a Unifesp
A Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) foi criada oficialmente em 1994, a partir da Escola Paulista de Medicina, entidade criada em 1933 que foi federalizada em 1956. Na ocasião da criação da Unifesp, a instituição era a primeira universidade brasileira especializada em Saúde, abrigando em seu currículo de graduação os cursos de Medicina, Enfermagem, Fonoaudiologia e Tecnologias Oftálmica e Radiológica.

Em 2005, iniciou-se o projeto de expansão com a criação do campus Baixada Santista. Em 2006 foi criado o campus Guarulhos, seguido de Diadema e São José dos Campos, em 2007, dando seguimento ao processo de ampliação.
O ambicioso processo de expansão fez com que a Universidade saltasse de um para cinco campi e de cinco para 28 cursos. Com os novos campi, a Instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de Humanas (Guarulhos), Exatas (São José dos Campos) e Biológicas (Diadema).
Atualmente, a Unifesp conta com 6.442 alunos matriculados nos cursos de Graduação, além de 3.342 discentes nos cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu (Doutorado, Mestrado e Mestrado Profissionalizante), outros 6.296 na Pós Graduação Lato Sensu (Especialização e Aperfeiçoamento) e ainda 800 discentes no maior programa de residência médica do Brasil.

A instituição tem em seu quadro 935 docentes, sendo que 94,2% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida pela Instituição.
Em 1940 a universidade, então Escola Paulista de Medicina, inaugurou o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, que hoje é o Hospital Universitário da Unifesp localizado no campus São Paulo, no bairro Vila Clementino.
Ao longo de sua história, a Unifesp se consolidou como um dos principais centros de pesquisa e inovação da América Latina, tendo contribuído com 80.715 trabalhos de produção científica no período entre 2001 e 2009 em várias áreas do conhecimento.

Guarulhos intensifica fiscalização de despejo irregular de lixo

Na sexta-feira, um caminhão da Prefeitura de São Paulo foi flagrado jogando sujeira em uma estrada de Guarulhos. Denúncias de descarte de entulho em locais impróprios podem ser feitas pelo telefone 0800-7722006

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e a Guarda Civil Ambiental de Guarulhos intensificaram a fiscalização de despejo irregular de lixo na cidade. Somente em 2010, já foram realizadas mais de 200 apreensões no município. A última ocorrência foi registrada na sexta-feira, quando um caminhão de coleta domiciliar que presta serviços à Prefeitura de São Paulo foi flagrado despejando lixo na estrada Pedro Souza Campos, na região do Cabuçu. O funcionários foram presos e a empresa Unileste, dona dos caminhões, terá de pagar multa de R$ 35,4 mil. O caso será também encaminhado ao Ministério Público.
Na semana passada, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente já havia apreendido um caminhão que despejou 1,2 toneladas de entulho no mesmo local. Para se esquivarem das taxas de descarte cobradas pelos aterros sanitários, os caminhões clandestinos despejam lixo e entulho em terrenos baldios e áreas públicas do município.
A ação pode custar caro para as empresas que violam a legislação ambiental. Em Guarulhos, a multa é de R$ 600 por metro cúbico de entulho despejado. Quando o volume de lixo é maior que dois metros cúbicos, o valor dobra e cada metro passa a custar R$ 1.200. Os caminhões são apreendidos pela Guarda Municipal Ambiental e os motoristas, assim como os responsáveis pela contratação do serviço, são presos.

Disque-Denúncia
Guarulhos possui um Disque-Denúncia que funciona oficialmente para combater os crimes ambientais, uma linha 0800 para a comunidade informar a Prefeitura sobre as ações suspeitas de irregularidade. Atividades ilegais como depósito irregular de lixo em área pública, movimentação de terra sem autorização, construção em área de preservação, poluição ou obstrução de mananciais podem ser informadas pelo telefone 0800-7722006. A ligação é gratuita.
A linha direta com a equipe de Fiscalização Ambiental da Prefeitura funciona de segunda-feira a sábado, das 8 às 22 horas. A pessoa que faz a denúncia não precisa se identificar. Em caso de emergência, aos domingos, quando o serviço não funciona, o denunciante pode entrar em contato com a Defesa Civil, através do telefone 199. O órgão, neste caso, aciona a Fiscalização Ambiental que opera todos os dias da semana.

CDHU realiza plantões para atender inadimplentes na Capital‏

CDHU realiza plantões para atender inadimplentes na Capital Expectativa é retomar a arrecadação de 120 mil contratos em todo o Estado;Companhia dará condições especiais para negociação dos débitos

 Neste fim de semana, dias 9 e 10 de outubro, a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) realiza quatro plantões em São Paulo para renegociar dívidas de mutuários inadimplentes e regularizar contratos. O atendimento no sábado será para os mutuários dos conjuntos Jova Rural, no CIC Jaçanã, Rua Ari da Rocha Miranda, nº 36.

Para aqueles que residem nos condomínios AE Carvalho, Águia de Haia, São Miguel Paulista e Limoeiro, o plantão será no Posto Artur Alvim, Avenida Águia de Haia, nº 280. O atendimento será das 9 às 15 horas.

 No domingo, das 9h30 às 13h, os atendimentos serão para os moradores do Jardim São Carlos, também no Posto Artur Alvim, Avenida Águia de Haia, nº 280, e para os mutuários dos conjuntos Belém, Braz, Mooca, Pari e Santa Cecília, na Alameda Glete, no Posto Santa Cecília, Travessa da Rua das Palmeiras.

A CDHU oferecerá alternativas aos devedores para a regularização dos débitos, como o parcelamento da dívida mediante amortização mínima de 10% e a ampliação do prazo de financiamento, que resultaria na diminuição do valor das prestações. Os mutuários poderão, ainda, utilizar até 80% do FGTS como parte do pagamento das prestações a vencer. Pessoas que adquiriram imóveis de mutuários originais por meio de "contratos de gaveta" também poderão resolver essa situação irregular. Para isso, é necessário que o morador se enquadre no perfil de atendimento da CDHU. Se for o caso, o imóvel poderá ser transferido para o seu nome. Os mutuários convocados devem comparecer ao plantão munidos de RG, CPF e a última prestação paga ou comprovante de propriedade do imóvel.

Até o final do ano, serão promovidos, aproximadamente, 670 plantões de atendimento na Região Metropolitana de São Paulo, incluindo a Capital, e nas regiões de Araçatuba, Araraquara, Baixada Santista, Bauru, Campinas, Marília, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté. Para facilitar o deslocamento das pessoas, o atendimento será realizado em locais próximos aos conjuntos habitacionais.

A CDHU prevê regularizar 120 mil contratos, aumentar a receita em 10% e receber mensalmente R$ 6 milhões. Pela Internet (http://www.habitacao.sp.gov.br/ ou http://www.cdhu.sp.gov.br/), o mutuário pode se informar sobre o financiamento e emitir boletos de pagamento, calcular o débito, parcelar dívida, fazer propostas de renegociação, entre outros serviços.

CURSO: COMO REALIZAR REUNIÕES EFICAZES

Ganhando tempo e aumentando a produtividade pessoal e a eficiência da Organização.

23 de novembro de 2010 – São Paulo – SP

1. APRESENTAÇÃO

Ainda não fomos capazes de criar outro mecanismo de trabalho colaborativo e democrático que seja
capaz de gerar idéias e soluções e que ao mesmo tempo transfira conhecimento com a mesma
eficácia de uma boa reunião.

As boas reuniões são um dos principais alicerces do trabalho colaborativo, da comunicação
organizacional eficaz e do processo decisório. Entretanto não precisamos de muitas reuniões,
nem de reuniões excessivamente longas e improdutivas. 

Precisamos de reuniões eficazes. Daí a razão deste treinamento que a Visão Empresarial e a
Academia do Tempo lhe oferece. Afinal, reuniões não são uma causa perdida.

2. OBJETIVOS
 
Conscientizar os profissionais sobre a importância de planejar, organizar e administrar encontros,
tendo como objetivo o consenso, através do desenvolvimento de técnicas e habilidades pessoais e a
obtenção de sinergia organizacional;

Otimizar a relação entre tempo investido em reuniões de trabalho e os resultados produzidos a partir
das mesmas;

Alertar para a importância de posturas e atitudes dos participantes,  fornecendo um conjunto de
técnicas que otimizem a sua performance;

Incrementar a capacidade de dinamização de grupos, lidando com diferentes tipos de pessoas
(dimensão e perfil);

Fornecer ferramentas e instrumentos que favoreçam a condução de processos e de pessoas,
implementando o conceito de motivação em rede;

Incrementar as habilidades de comunicação.

3.  PÚBLICO ALVO
 
Todos os profissionais e pessoas que desejam desenvolver habilidades, técnicas e práticas de gestão
do TEMPO para alcançar maior produtividade e equilíbrio em sua vida profissional e pessoal. 

4.  PROGRAMA PRINCIPAIS TÓPICOS ABORDADOS

Por que convocar uma reunião?
Tipos de reunião
A reunião passo a passo: antes, durante e depois
ROI: Retorno do Investimento em Reuniões
Check list de uma reunião eficaz
Definição e atribuição de papéis
Como lidar com participantes problema
Aspectos psicológicos presentes em reuniões
O processo de comunicação
Brainstorming X Workout X Seis Chápeus
Dicas de apresentações eficazes
Técnicas para tomada de decisão
Administração de conflitos em grupo
Como buscar a participação e o envolvimento de todos
Controlando a pauta e as discussões
IV - O Tempo e o Despertador: Disciplina 
Ferramentas de Administração do Tempo 
Qual a agenda mais adequada para você? 

V - Trabalho Colaborativo: O Tempo na empresa 
O tempo do líder e o tempo da equipe 
Como enfrentar os desafios da administração do tempo na empresa: reuniões improdutivas, excesso
de e-mails e de informações, interrupções constantes, delegação ineficaz, entre outros...   

5. METODOLOGIA
 
O curso é desenvolvido com interação constante com  os participantes, com aplicação de exercícios
práticos e estudos de casos. 

6. INSTRUTOR

Sérgio Guimarães

Publicitário e designer instrucional especializado em Administração do Tempo e Produtividade Pessoal.

Idealizador e gestor do portal Academia do Tempo especializado em administração do tempo,
produtividade e qualidade de vida.

Desde 1991 atua como palestrante e facilitador em programas de desenvolvimento profissional para
empresas como Sabesp, Unimed, Porto Seguro, Johnson & Johnson, Aon Affinity, PUC, MasterCard,
Caixa Econômica Federal, Nossa Caixa, Banco ABN AMRO Real, Ely Lilly, Nissan, Volvo, Citroen, Ford,
BMW, Porsche, Honda, Clube Pinheiros, Sotreq, IBM, HP, Accenture, Vivo, Telefônica, Louis Dreyfus,
Phelps Dodge e Leroy Merlin.

7. DATA E HORÁRIO

Dias 22 de novembro de 2010, de 09:00 às 18:00 horas

8. LOCAL

Integração Escola de Negócios - Rua Manuel Guedes, 504 Itaim Bibi - São Paulo - SP 
Telefone (11) 3046 7878. Mapa de localização.

9. VALOR DO INVESTIMENTO

:. R$ 600,00 por participante;
:. R$ 675,00 por participante, com almoço e estacionamento;
:. Desconto de 25% para participação nos dois cursos [Tempo + Reuniões], sob condições.

10. INCLUÍDO NO VALOR DA INSCRIÇÃO

:. Coffee break;
:. Pasta com material de apoio e apostila com conteúdo e apresentação;
:. Certificado de participação emitido pela VE-RH e Instrutor.

11. INSCRIÇÕES E PAGAMENTO

Clique aqui ou acesse nosso site e faça sua(s) inscrição(ões) on-line. Aguarde a confirmação
da(s) inscrição(ões) e as instruções para o pagamento. Se preferir, baixe a  Ficha de Inscrição,
preencha e envie por e-mail.

12. INFORMAÇÕES

Tel.: (27) 3391-2054

Curso: Administração do tempo

Como usar o TEMPO em favor de sua Organização e de sua Vida

22 de novembro de 2010,
de 09:00 às 18:00 h
São Paulo – SP

Dominar o tempo é uma prioridade na vida do homem de hoje. Os atropelos do dia-a-dia da maior parte das pessoas tornam seu cotidiano estressante e minam compromissos profissionais e pessoais.

A crescente aceleração dos processos e informações torna o tempo ainda mais escasso e precioso. Tudo tende a ficar mais difícil sem um planejamento estratégico e uma dose certa de organização pessoal e profissional. Hoje, não ter o controle exato do tempo exigido para o desenvolvimento de ações pode significar riscos e perdas irreparáveis para a produtividade e a qualidade de vida.

O objetivo deste curso é propiciar a oportunidade de reflexão sobre as técnicas para melhorar a administração do seu tempo, em benefício do equilíbrio em sua vida profissional e pessoal.

Objetivos

Conscientizar sobre a importância do TEMPO como bem extremamente valioso e a importância de sua utilização racional na vida profissional e pessoal de todas as pessoas; Propiciar aos participantes a oportunidade de reflexão sobre os desperdiçadores do tempo; Propiciar aos participantes a oportunidade de conhecer técnicas, práticas e instrumentos para planejamento, uso e controle eficaz do TEMPO; Indicar os caminhos que podem conduzir ao uso racional do TEMPO nas ações do dia-a-dia, com ganhos significativos de produtividade e qualidade de vida.

Público Alvo

Todos os profissionais e pessoas que desejam desenvolver habilidades, técnicas e práticas de gestão do TEMPO para alcançar maior produtividade e equilíbrio em sua vida profissional e pessoal.

Instrutor

Sérgio Guimarães, publicitário e designer instrucional, especialista em Administração do Tempo e Produtividade Pessoal. www.academiadotempo.com.br

Local
Integração Escola de Negócios - Rua Manuel Guedes, 504 – Itaim Bibi - São Paulo – SP. Telefone (11) 3046 7878.

Incluído no Valor da Inscrição
Coffee break; Pasta com material de apoio e apostila com conteúdo e apresentação; Certificado de participação emitido pela VE-RH e Instrutor.

Inscrições e Pagamento
http://www.visaorecursoshumanos.com.br/Treinamentos/tempo_sp_plus.pdf

Curso: ISO 10015 - Diretrizes para treinamento

Objetivos:
• Dar ao participante, diretrizes para implementar programas de treinamento que atendam as necessidades da organização.
• O participante terá, também, a oportunidade de conhecer processos para avaliar resultados e o retorno do investimento em treinamento.



PROGRAMA

Norma ISO 10015: Diretrizes para treinamento

• DNT - Definição das Necessidades de Treinamento • Projeto e planejamento do treinamento • Execução do treinamento • Monitoração e melhoria do processo de treinamento

Avaliação dos resultados de treinamento

• Avaliação de Reação • Avaliação de Aprendizagem • Avaliação de mudança de comportamento • Avaliação de Resultados Qualitativos e Quantitativos

Avaliação do retorno do investimento em treinamento

• Indicadores para avaliar resultados • ROI – Retorno do investimento.

O RH Estratégico e a norma ISO 10015

• A ISO 10015 como auxiliar das outras normas de Gestão • Processo de implementação da norma ISO 10015

Recursos Instrucionais: Norma NBR ISO 10015 apostila, textos para estudo dirigido, modelos de avaliações e slides. Os participantes receberão, também, o livro: “Em Busca da Eficácia em Treinamento” – de autoria dos facilitadores do workshop.


PÚBLICO ALVO:
Diretores e Gerentes de RH, Analistas de Treinamento, Consultores internos, Tecnólogos de RH, Instrutores, Facilitadores e Profissionais que atuam na área de Gestão da Qualidade. Destina-se, também, aos Empresários, Diretores, Gestores, Consultores, Auditores, Professores Universitários e demais interessados na obtenção de resultados mensuráveis na Gestão de Pessoas.


FACILITADOR:
Sebastião Guimarães
Autor de diversos livros didáticos e técnicos publicados pelas editoras: Ática e Saraiva. Vivência profissional como Professor de curso de pós-graduação e de extensão, das Universidades: São Judas e Fea/Unicamp, Orientador de Ensino do Senac-SP, Coordenador de Treinamento Empresarial do CCESP, Gerente de Divisão de Treinamento da Mercedes Benz do Brasil, Gerente do Programa de Gestão da Qualidade Total do Sebrae – SP.

DATA E LOCAL:

26/11/2010, das 8:30 às 17:30, em São Paulo - SP
Informações e inscrições: CULTCORP - http://www.cultcorp.com.br/
Fone: (11) 3817-8700



INVESTIMENTO:
Valor: 890,00
(inclui material didático, almoço, estacionamento e certificado)

IDEPAC: CURSOS PARA PESSOAS COM MAIS DE 29 ANOS‏

IDEPAC PASSA A OFERECER CURSOS GRATUITOS DE CAPACITAÇÃO PARA PESSOAS COM MAIS DE 29 ANOS

• Interessados devem se inscrever para participar do processo seletivo, que ocorre na próxima quinta-feira 28 de outubro, às 13h, na sede da fundação
• A entidade vai reservar uma cota das 500 vagas disponíveis dos cursos extensivos, com mil horas-aula, para adultos que buscam capacitação profissional
• Ao completar 5 anos de existência, Idepac passou a oferecer também cursos de informática para adultos com mais de 60 anos de idade

A Fundação Idepac realiza na quinta-feira 28 de outubro, às 13h, o processo seletivo para o preenchimento das 500 vagas para os cursos semi-extensivos programados para 2011. Das centenas de vagas disponíveis, a partir do ano que vem, o Idepac vai reservar uma cota delas para adultos com idade acima dos 29 anos – até então, admitia-se apenas pessoas entre 16 e 29 anos.

Com 500 horas-aula, os cursos semi-extensivos são compostos por disciplinas como técnicas administrativas, Departamento Pessoal, contabilidade básica, escrita fiscal e informática (rede e hardware). Os requisitos para frequentá-los são estar cursando ou já ter concluído o ensino médio e possuir renda per capita de meio salário mínimo. Eles são gratuitos e ministrados na sede da entidade, na capital paulista (Rua Visconde de Itaboraí, 443, no bairro do Tatuapé). As inscrições podem ser efetuadas por meio do site www.idepa c.org.br.

O processo seletivo é dividido em duas fases – um teste de múltipla escolha com 50 questões (20 de português, 20 de matemática e dez de conhecimentos básicos de informática) e uma entrevista –, realizadas no mesmo dia. Para participar do processo, os interessados devem apresentar RG, CPF e cópia simples do comprovante de residência.

“Depois que criamos o curso de informática para a maturidade, tivemos uma grande demanda de adultos com mais de 29 anos que gostariam de qualificar ou aperfeiçoar-se profissionalmente. Eles buscam condições para competirem no mercado de trabalho”, afirma Mário Hessel, presidente da Fundação Idepac.

A Fundação Idepac fornece, gratuitamente, todo o material didático, uniforme e lanche aos alunos. Ao longo dos estudos, eles podem ser indicados para preencher vagas de trabalho colocadas à disposição pelas 18,5 mil empresas clientes da Contmatic, empresa mantenedora da entidade.

Curso de informática para a maturidade - Com 54 horas-aula e duração total de cerca de dois meses, o curso está disponível para adultos com idade superior a 60 anos, de qualquer nível socioeconômico. Os alunos também recebem gratuitamente, durante todo o treinamento, material didático, uniforme e lanche. As turmas, com média de 35 alunos cada uma, são formadas de acordo com a quantidade de inscritos e depois de uma triagem a partir de critérios como idade e formação escolar, entre outros.

Caminhão-escola – A unidade móvel foi uma das maiores conquistas nos cinco anos de história da entidade, por permitir levar a educação profissional aos locais mais distantes. Ela já esteve estacionada em mais de 10 bairros paulistanos e nos municípios de Guarulhos, São José do Rio Preto, São Vicente, Peruíbe e Caieiras. Lançado em 2006, mais de 1,2 mil alunos passaram pelo caminhão-escola, que se converte em uma sala de aula completa, com 25 microcomputadores conectados à internet, ar-condicionado, projetor e telão.


Todos os releases da Fundação Idepac estão disponíveis no site da Versátil Comunicação: http://www.versatilcomunicacao.com.br/versa/imprensa.asp.

___________________________________________________________________________________

Sobre a Fundação Idepac (www.idepac.org.br)


A Fundação Idepac, criada como ONG em abril de 2005 e instituída fundação em dezembro de 2007, é mantida exclusivamente pela Contmatic Phoenix, empresa de softwares administrativos e de gestão (ERP). O Instituto de Desenvolvimento Profissional Amigos Contabilistas, Empresários, Profissionais Liberais e de Informática oferece a jovens carentes da cidade de São Paulo vários cursos profissionalizantes gratuitos de administração e informática.
Além da qualificação profissional, a entidade fornece todo o material didático, apostilas e lanche aos alunos. Ao longo dos estudos os jovens podem ser indicados para preencher vagas de trabalho colocadas à disposição pelas 18,5 mil empresas clientes da Contmatic.
Em 2010, passou a beneficiar também as pessoas com mais idade, com o lançamento do Curso de informática para a maturidade, para integrar socialmente os maiores de 60 anos por meio do aprendizado, na prática, das facilidades e recursos dos computadores e da internet.
A fundação possui uma sede, no bairro do Tatuapé, na zona leste da capital paulista, com 1,2 mil metros quadrados e 200 computadores conectados à internet, e uma unidade móvel, o caminhão-escola, que se transforma em uma sala de aula equipada com 25 microcomputadores conectados à internet, ar-condicionado, projetor e telão.

Fonte: Bianca/Idepac

Grupo Pão de Açúcar contrata 500 profissionais com deficiência

Seleção começará pela Zona Leste da Capital Paulista e se estenderá para todo Brasil

O Grupo Pão de Açúcar inicia contratação de 500 pessoas com deficiência, para atuação em todas as suas lojas espalhadas pelo Brasil. Inicialmente, a seleção acontecerá na Zona Leste de São Paulo, para os cargos de empacotador, açougueiro, padeiro, peixeiro, confeiteiro e operador de supermercado.

Para se candidatar, é necessário que os interessados possuam ensino fundamental completo e não há necessidade de experiência anterior. A seleção será realizada em parceria com a Plura Consultoria e Inclusão Social (www.plura.com.br), que fará toda captação de candidatos. “O grande diferencial dessa seleção é que idosos com deficiência terão a mesma chance de serem contratados, a idade não será um fator decisivo na escolha do futuro colaborador”, comenta o diretor da Plura, Alex Vicintin.

Os interessados terão três possibilidades para se candidatar às vagas – enviar um email para plura@plura.com.br, pelo telefone (11) 3206-4455 ou mensagem de texto do celular (SMS) para (11) 8444-1712. O Grupo oferece o pacote completo de benefícios aos contratados, que inclui convênio médico, odontológico, cooperativa de crédito, entre outros.

Sobre o Grupo Pão de Açúcar

Pioneiro no setor varejista de alimentos no Brasil, o Grupo Pão de Açúcar, que completou 60 anos em 2008, é hoje a maior empresa de distribuição do País com mais de 1.300 unidades, entre super e hipermercados, lojas especializadas, atacarejo (cash&carry) além de postos de combustíveis e drogarias. Ao se unir a Casas Bahia, a empresa passa a ser o maior empregador privado do País, com mais de 140 mil funcionários e mais de 1800 lojas. A companhia mantém operações em 18 estados de todas as regiões do Brasil e Distrito Federal, totalizando mais de 2,8 milhão de m² de área de vendas.

No último mês de setembro, o Grupo Pão de Açúcar recebeu o Selo Paulista da Diversidade Pleno 2010. Instituído pelo decreto 52..080 de 22/08/2007, o Selo Paulista tem como objetivo destacar organizações públicas, privadas e da sociedade civil que desenvolvam programas, projetos e ações de promoção e valorização da diversidade em seus ambientes de trabalho e em suas áreas de atuação.

Dentre as ações realizadas pelo Grupo, destaque para os programas de diversidade, que incluem o ‘GPA para Todos’, que visa a inclusão de profissionais com algum tipo de deficiência, ‘Jovem Aprendiz’, que é a inclusão e qualificação profissional de jovens em parceria com o Senac, “Primeiro Emprego’, jovens a partir de 16 anos com 1º registro na carteira profissional, além de outros dois projetos – contratação de profissionais de terceira idade (a partir de 55 anos) e ‘Gente de Futuro’, que trata de jovens sob medida sócio educativa da Fundação Casa. Juntos, os projetos empregam mais de 3000 pessoas.


Sobre a Plura Consultoria e Inclusão Social

A Plura Consultoria e Inclusão Social (http://www.plura.com.br/) promove a inclusão de pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Atua diretamente com as empresas contratantes e candidatos às vagas. Junto às corporações, oferece diversas ferramentas como planejamento da inclusão, projetos estruturais para acessibilidade, treinamentos comportamentais, educacionais e operacionais para recrutamento e seleção. Já para os candidatos, há um banco de vagas no site para consultas e cadastro de currículos.

Fonte: Misasi

CDHU viabiliza participação de movimentos pró-moradia no Programa "Minha Casa Minha Vida"‏

Companhia fornecerá assistência técnica gratuita para elaboração de projetos e outras ações; Governo de São Paulo dará complementação de até R$ 20 mil para a construção de imóveis


O secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, com a presidente da Associação Pastoral Social, Ludmila Costa, que representou as demais entidades durante o evento de assinatura de contrato com empresas de assistência técnica. - Foto: JM Pereira

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) assinou nesta quinta-feira, 28 de outubro, contrato com empresas de assistência técnica que vão assessorar mais de 55 entidades e movimentos de moradias na construção de imóveis populares no Estado de São Paulo.

O secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, destacou as iniciativas do Governo do Estado no auxílio às entidades e na produção de moradias populares. "As parcerias com as
prefeituras e com os movimentos por moradia são as bases da política habitacional do Estado. Essas ações são pioneiras e vão servir de referência para outros Estados do Brasil", disse.

A ação faz parte do convênio entre o Governo do Estado e a CAIXA, que prevê auxílio da Secretaria da Habitação às entidades na elaboração dos projetos e a complementação, em até R$ 20 mil reais por unidade, para viabilizar o "Programa Minha Casa Minha Vida ? Entidades" no Estado.

"Sentimos a dificuldade das entidades na elaboração dos projetos. Esses recursos extras e a assessoria técnica do Governo do Estado vão facilitar o dia a dia desses movimentos", disse Euclides Tedesco, gerente regional da CAIXA.

Foram habilitadas na CDHU e no Ministério das Cidades 55 entidades para participar do programa. Cada uma das participantes pôde escolher a empresa de assistência técnica de sua preferência, dentre as 17 previamente selecionadas por meio de edital pela CDHU. Com a formalização da contratação, a elaboração dos projetos pode ter início imediato. Cerca de 120 associações e movimentos por moradia demonstraram interesse no programa. Em setembro, 12 delas passaram a integrar o programa com a
escolha da assistência técnica.

Por meio do auxílio que será prestado pela CDHU, as entidades poderão conduzir os trabalhos para elaboração de descritivo de projeto com foco no público alvo, aprovação de projeto, memorial descritivo, registro de incorporação imobiliária e cumprimento de exigências do Estado, da prefeitura, bombeiros, entre outros requisitos obrigatórios para aprovação da liberação do crédito adicional do Programa "Minha Casa Minha Vida" ?

Entidades. "Essa ajuda da Secretaria da Habitação vai agilizar os projetos e fazer que o Governo construa mais moradias. A habitação teve um avanço muito grande nos últimos anos em São Paulo", disse Eugito Boaventura, presidente da Frente Paulista de Habitação Popular.

Caso tenha seu projeto aprovado, cada entidade receberá da CAIXA até R$ 52 mil por unidade construída ou reformada. Outros R$ 20 mil serão somados a este valor com verba da Secretaria de Estado da Habitação, aplicados pelo Fundo de Desenvolvimento Social ? FDS. Com isso, as unidades podem chegar até o valor limite de R$ 72 mil. "Com esse recurso extra poderemos trazer melhorias para as moradias, as famílias viverão com mais dignidade", disse Rosalvo Salgueiro, coordenador do Movimento Terra de Deus, Terra de Todos.

O aumento do orçamento das unidades habitacionais para R$ 72 mil garante o atendimento prioritário de associações, cooperativas e entidades que apresentarem projetos nas Regiões Metropolitanas de São Paulo, onde está concentrado o maior déficit habitacional do Estado. "Uma das condições para ter acesso ao recurso é que as moradias precisam estar inseridas à infraestrutura das cidades e próximas de aparelhos públicos como creches, escolas, postos de saúde", disse Lair Krähenbühl. A grande demanda por moradias nessas localidades elevava o preço dos terrenos, encarecendo o valor final de financiamentos, que acabava ficando superior aos recursos disponibilizados pela CAIXA.

Para que os projetos sejam aprovados pelo Programa "Minha Casa Minha Vida ? Entidades" é obrigatório também que as moradias contemplem as diretrizes do Desenho Universal e possuam as melhorias do novo padrão construtivo da CDHU. Entre as vantagens estão a incorporação do terceiro
dormitório, aquecedor solar e revestimento cerâmico. O cumprimento deste item também será assessorado pelas empresas contratadas pela Companhia.

A parceria entre a Secretaria da Habitação e CAIXA visa garantir a oferta de moradias para a população com menor renda. As entidades devem indicar beneficiários cuja renda familiar esteja entre zero e três salários mínimos mensais.

Também estiveram presentes ao evento o secretário da Habitação da Prefeitura de São Paulo, Ricardo Leite, o deputado estadual Reinaldo Alguz e dezenas de lideranças de entidades e de movimentos pró-moradia.

Segue relação das entidades habilitadas, separadas por cidades:


Americana
Cooperativa Nacional de Habitação e Construção

Bragança Paulista
Grupo de Saúde Raios de Sol

Campinas
Associação do Conjunto Habitacional Sol Nascente
Associação do Conjunto Residencial São Pedro

Carapicuíba
Associação Kolping Santa Brígida

Cotia
União Habitacional Operária ? Unihab

Diadema
Associação Pró Moradia Popular da Alta Paulista
Associação de Luta por Moradia Unidos da Leste
Associação do Conjunto Habitacional Vila Nova
Associação dos Moradores da Vila Alice e Vila Cláudia
Associação dos Moradores dos Núcleos Habitacionais, Cortiços e Moradores de
Aluguel de Baixa Renda da Região Oeste de Diadema
Associação Pró Moradia Liberdade
Ação Social para Desenvolvimento da Vida Santa Rita

Embu
Associação Beneficente e Cultural Sem Fronteira
Associação Comunitária de Construção Flor do Oriente
Pastoral Social

Guarulhos
Associação Comunitária e Cidadania de Guarulhos ? ACC

Mauá
Movimento Nacional de Interesse Social

Mogi Das Cruzes
Associação Beneficente aos Carentes da Sagrada Família

São Paulo
Apoio Associação de Auxílio Mútuo da Região Leste
Associação Amigos do Jardim Ipanema
Associação Cidadania e Cultura do Grande Estado de São Paulo e Região -
Accgesper
Associação Comunitária e Beneficente do Jardim Santa Adélia
Associação Comunitária Filhos da Terra
Associação Comunitária Nova Jerusalém da Cidade de São Paulo
Associação Cultural Educacional Assistencial Afro Brasileira Ogban
Associação de Desenvolvimento e Integração Humana
Associação de Moradores da Favela do Jardim Helena
Associação de Moradores do Jardim Comercial e Adjacências
Associação de Mulheres da Columbia
Associação do Jardim São Vicente e Adjacências
Associação dos Sem Terra da Zona Norte
Associação por Habitação com Dignidade
Associação Pró Moradia Popular do Itaim Paulista
Associação Recriando do Itaim Paulista
Associação Vento Leste
Centro de Apoio de Moradores 13 Irmãos do Jd. Imperador
Clube de Mães Flor do Oriente
Conselho Coordenador das Entidades Habit. de São Paulo - Consehab
Cooperativa Brasileira de Transporte Cobrate
Cooperativa Habitacional dos Cidadãos do Estado de São Paulo - Coopercid
Federação das Entidades Comunitárias do Estado de São Paulo - Fecesp
Federação das Entidades da Capital-Sp, Região Sudoeste, Cinco Distritos -
Fecap 5
Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Estado de São Paulo
Fórum de Cortiços e Sem Tetos de São Paulo
Frente Paulista de Habitação Popular do Estado de São Paulo
Movimento de Moradia dos Encortiçados, Sem Teto, Catadores de Papelão da
Região Central de São Paulo - MMC
Movimento dos Trabalhadores Sem Terra Leste 1
Movimento Habitacional e Ação Social - Mohas
Movimento pelo Direito à Moradia
Sociedade Amigos de Bairro Vila Leme e Jardim dos Marianos
Sociedade Amigos Nova República
Sociedade de Apoio à Luta Pela Moradia - SAM
Unificação das Lutas de Cortiços ? ULC

Suzano
Central Pró Moradia Suzanense