Nossos Vídeos

domingo, 21 de novembro de 2010

Cirurgia Plástica Parcelada

O Brasil é o segundo país com o maior número de cirurgias plásticas realizadas, perdendo apenas para os Estados Unidos. Em 2003, foram mais de 621 mil cirurgias. Isso prova a crescente evolução das técnicas e o constante aperfeiçoamento dos cirurgiões. A cirurgia plástica no Brasil cresce em progressão geométrica. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a média é de 500 mil cirurgias plásticas por ano.

Com o desenvolvimento da medicina estética e da cirurgia plástica, a população ganhou um meio de reverter ou minimizar as seqüelas que o tempo traz. Há alguns anos, a cirurgia plastica era privilégio de poucos, porém com a popularização destas técnicas, tornou-se acessível a praticamente toda população. “O grande avanço da medicina alcançado nas últimas décadas proporcionou um aumento significativo da longevidade da população. Com isso, a qualidade de vida passou a ser mais do que nunca valorizada. Hoje, além de viver muito, todos querem viver bem. E isso significa ter saúde, sentir-se bem, estar bem consigo mesmo”, afirma o cirurgião Frederico Fernandes.

O resultado dessa revolução estética é a possibilidade de se retardar o envelhecimento cronológico, corrigindo ou minimizando as alterações trazidas pelo tempo, refletindo, sobretudo, em um aumento da auto-estima pessoal.

Entre as condições que favorecem o grande número de cirurgias plásticas no país temos: o Brasil, por ser um país tropical, dá um estímulo à exposição do corpo. Outro fator é a formação qualificada dos especialistas em cirurgias plásticas. Para o Dr Frederico, os procedimentos são cada vez menos agressivos e mais eficazes. O valor das cirurgias plásticas, segundo ele, também foi reduzido, não somente no Brasil como em todo mundo, por causa da maior popularização, bem como do aumento do número de cirurgiões plásticos que se formam a cada ano e também pelas facilidades de pagamento.

Existem bancos com linhas de crédito especiais de até R$ 10 mil para servir a essa faixa de clientes. Os pacientes podem acessar linhas de crédito pagando a taxa de 2,90% ao mês em alguns casos. “Os bancos já perceberam um grande contingente de pacientes neste segmento e estão oferecendo condições cada vez mais facilitadas e com prazos mais longos” segundo Dr Frederico. Em muitos casos o paciente pode conversar diretamente com o profissional porque as formas de pagamento podem ser facilitadas diretamente com o médico sem cobrança de juros.

Independente da forma como será feito o pagamento, a segurança do paciente que se submete a uma cirurgia plástica deve ser a principal preocupação e é cada vez maior devido ao avanço das tecnologias, com aparelhos de maior precisão, drogas mais seguras, eficazes e profissionais mais especializados. Portanto, fique atento(a) na hora de escolher o profissional, que deve ter formação adequada e especialização na área.

Fonte:

Dr Frederico Fernandes Cirurgia Plástica
Rua Américo Salvador Novelli, 154, salas 205/206, Itaquera, São Paulo, SP.
Tels. (11) 2056-0963 e 2056-1006

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0