Nossos Vídeos

segunda-feira, 8 de junho de 2009

DANIEL DALCIN posa com “Eco Bag” da Campanha contra o câncer de mama

O Alex de “Malhação” mostra que além de bom ator se preocupa com as causas sociais

Estrelando nas tardes de segunda a sexta, o ator Daniel Dalcin, que vive o jovem músico Alex, nas tramas de “Malhação”, mostrou que mesmo com a agenda cheia, por conta das gravações, dedica parte do seu tempo para as causas sociais.

O jovem galã posou com a nova “Eco Bag” da campanha O Câncer de Mama no Alvo da Moda, demonstrando a sua preocupação com o meio ambiente e a luta contra o câncer de mama.

“Eu me sinto honrado em participar da campanha social ‘O Câncer de Mama no Alvo da Moda’, que é sem dúvida a de maior relevância em nosso país. A campanha tem conseguido fazer com que as pessoas se conscientizem de que o diagnóstico precoce tem a sua importância, pois quanto mais cedo a doença for detectada, tanto por mulheres quanto por homens também, haverá sempre maiores chances de cura”, declarou o ator.

As “Eco Bags” fazem parte de uma ação social da LG Electronics, que presenteia seus clientes com a bolsa ecológica quando adquirem um aparelho celular da marca. Cada sacola distribuída reverterá em uma doação ao IBCC (Instituto Brasileiro de Controle do Câncer).

A promoção é válida até o final do mês de maio ou dos estoques, para todas as operadoras de celular e nas redes Fast Shop, G Barbosa e Ponto Frio. Ao todo, serão distribuídas 60.000 sacolas.

Daniel Dalcin é o mais novo artista a entrar para a lista das personalidades que sabem usar seu talento e fama em prol de boas causas.
*

*
*
*
*
*
Mural:

Primeira casa modelo da CDHU é inaugurada em Sertãozinho

Foto: Clóvis Deangelo

Primeira casa modelo da CDHU é inaugurada em Sertãozinho pelo secretário Lair Krähenbühl As casas-modelo apresentam todos os itens do novo padrão de construção da CDHU; metade incluem o terceiro dormitório, pé-direito ampliado para 2,6 metros, piso cerâmico, azulejo na cozinha e banheiro, aquecedor solar entre outros itens.

O secretário de Estado da Habitação e presidente da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), Lair Krähenbühl, inaugurou em 22/5, em Sertãozinho, a primeira casa-modelo da Companhia em um empreendimento que está sendo construído no município. O imóvel foi projetado de acordo com o novo padrão desenvolvido pela CDHU para oferecer maior conforto e melhor qualidade de vida à população.
O modelo incorpora benefícios e facilidades como o terceiro dormitório, aquecimento solar, piso cerâmico em toda a casa, azulejo na cozinha e banheiro, pé-direito ampliado de 2,4 para 2,6 metros, laje, esquadrias de alumínio, estrutura de metal no telhado em substituição à madeira, abrigo para botijão de gás e cobertura na área de serviço, muros divisórios entre os imóveis e tratamento paisagístico das ruas, calçadas e espaços livres. Os novos projetos da Companhia também atenderão os parâmetros de acessibilidade do Desenho Universal, que estabelece conceito arquitetônico adaptável para permitir facilidade no uso da moradia por qualquer indivíduo com dificuldade de locomoção, temporária ou permanente.
Em breve, todos os canteiros de obras de empreendimentos da CDHU distribuídos pelo Estado terão uma casa-modelo previamente edificada que servirá de referência para as demais unidades em construção. "As casas-modelo são projetadas para servirem de padrão de construção para as demais unidades do conjunto. Todas precisam seguir, obrigatoriamente, as especificações contidas no modelo", diz Lair Krähenbühl. A casa inaugurada em Sertãozinho é a primeira de uma série que serão apresentadas nos próximos dias, em diversos municípios do Estado.
Segundo o diretor-técnico da CDHU, João Abukater Neto, um dos objetivos das casas-modelo é permitir que a população possa acompanhar a obra e visualizar como serão as demais unidades construídas. "A casa-modelo é uma amostra do produto final. É importante para a população saber o padrão que será adotado, até para ela fiscalizar a execução das obras", diz.
As mudanças adotadas no novo padrão de imóveis da CDHU são fruto de um extenso trabalho de pesquisa de opinião pública e aperfeiçoamento das técnicas de construção desenvolvidos pela atual gestão da Companhia. Uma pesquisa realizada pelo IBOPE em 2007 sobre as expectativas da população de baixa renda em relação à moradia apontou o terceiro dormitório como um principais itens desejados.
A inclusão de plantas com três dormitórios aumentará a área construída para até 64m² e trará uma série de benefícios para a qualidade de vida como, por exemplo, a diminuição do índice de morbidade (capacidade de produzir doenças gerada pela aglomeração de pessoas) e a redução da defasagem escolar, uma vez que as crianças terão mais espaço e conforto para estudar.
Um importante acessório que equipará todas os novos imóveis da CDHU é o aquecedor solar. Desde 2007, a Companhia incluiu o item nos projetos de moradias de interesse social com o objetivo de reduzir as despesas dos mutuários com a conta de luz, economizar energia, principalmente nos horários de pico, e contribuir com a sustentabilidade ambiental. A CDHU já concluiu a compra de 15 mil kits do equipamento, que serão instalados em todos as novas unidades. A economia gerada na conta de luz dos mutuários com o uso do aquecedor solar é estimada em 30%, valor que retorna à economia do município em forma de consumo direto de outros itens.
A construção do conjunto habitacional Sertãozinho G teve início em agosto de 2008, com prazo de término em dois anos. A CDHU está investindo R$ 32,8 milhões no projeto. Metade das casas terá três dormitórios e todas seguirão o novo padrão de construção da CDHU.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

VINHOTERAPIA previne o envelhecimento e reduz medidas

Tudo se inicou na França, que lançou a termogênese - técnica que consiste em aplicar em todo o corpo, vinho quente misturado a outras substâncias. Uma fonte térmica externa obriga o organismo a aquecer internamente para se harmonizar com o exterior e dizem que esse processo acaba queimando as gordurinhas e reduzindo medidas.

A polpa da uva fresca de Sauvignon e Merlot é utilizada em massagens de relaxamento. Já a massagem com vinho Cabernet remove da pele as células mortas e a aplicação de um vinho gran reserva dá vitalidade à pele. Também são feitas máscaras com casca de uvas tintas e óleo de semente de uva para reduzir as rugas e a hidromassagem com extrato de uvas e algas marinhas para estimular a circulação.A vinhoterapia se baseia nos benefícios dos polifenóis, substâncias presentes na casca da uva e que são 10 mil vezes mais eficazes que a vitamina E, podendo reduzir em até 85% os famosos radicais livres causadores de rugas. Os polifenóis são antioxidantes que também hidratam e revitalizam a pele, removem células mortas, deslocam placas de gordura e aceleram o emagrecimento.

Vão de cremes à base de uvas malbec a perfumes elaborados com champagne. A vinhoterapia previne o envelhecimento das células, hidrata a pele e tonifica os músculos.

A Deep Laser, clínica estética localizada nos Jardins, São Paulo, oferece vários tratamentos á base de uvas. O banho de ofurô é o mais procurado. Meia hora antes é feita uma esfoliação. O banho dura trinta minutos e logo após a saída, a pele já sente os benefícios.

Outro tratamento que usa a vinhoterapia como base são as massagens com cremes à base de uvas, que combatem e previnem o envelhecimento e dão mais firmeza a pele.

Cada uva contém vitaminas A,C e várias do complexo B, que retarda o envelhecimento, elimina toxinas e ajuda na regeneração do fígado -, ferro - que serve para evitar a anemia - tartaratos e sulfato de potássio, que faz bem para os rins.Alguns especialistas vão mais longe e afirmam que as propriedades da uva ajudam a estabilizar as fibras sobre as artérias e reduzem o risco de câncer.

Mais informações através do site http://www.deeplaser.com.br/
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Imas de geladeira, calendários, diplominhas
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

DROGARIA SÃO PAULO inicia Campanha do Agasalho

O inverno ainda não chegou, mas para garantir uma estação confortável a milhares de pessoas, a Drogaria São Paulo, mais uma vez, participa da Campanha de Arrecadação de Agasalhos.


A partir deste mês, todas as lojas de São Paulo passam a funcionar como postos de recolhimento de roupas de frio e cobertores.

Esse é o sexto ano que a rede promove essa iniciativa em parceria com o Fundo de Solidariedade e Desenvolvimento Social e Cultural, vinculado ao Governo do Estado de São Paulo. O destino dessas peças são entidades assistenciais cadastradas, hospitais, albergues da capital e de todos os municípios do estado de São Paulo.

No ano passado, a Drogaria São Paulo superou o próprio recorde de arrecadação, chegando ao resultado de 5.460 sacolas plásticas de 100 litros repletas de agasalhos, um aumento de 30% em relação a 2007.

A Drogaria São Paulo se orgulha mais vez em contribuir para o bem-estar social da população carente e em participar desta campanha, que torna o inverno de milhares de paulistas desamparados aquecido.

Sobre a Drogaria São Paulo

Com 66 anos de atuação, a Drogaria São Paulo é líder no mercado de drogarias em São Paulo com 240 unidades distribuídas em mais de 50 municípios. Foi pioneira na implantação de farmácias 24 horas no Brasil e hoje atende cerca de 5 milhões de pessoas por mês.
*
*
*
*
*
Mural:



google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0