Nossos Vídeos

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Vem aí a segunda edição da Gincana São Paulo Cidade Incrível

Uma das tarefas da Gincana é visitar pontos históricos de cada bairro. Um dos pontos que será visitado em Vila Prudente é a histórica Igreja de Santo Emídio, no Largo de Vila Prudente.

Devido ao sucesso da primeira edição - que encerrou o calendário de atividades esportivas em 2009, a Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME) realiza, no dia 30 de maio, a segunda edição da Gincana São Paulo Cidade Incrível.
A competição será nos mesmos moldes do ano passado e tem como principal objetivo, envolver toda a cidade de São Paulo por meio de brincadeiras, unindo os moradores das 31 Subprefeituras e resgatando o tempo que as ruas eram a principal opção de lazer de adultos e crianças. "Esse evento tem o intuito de resgatar o espírito esportivo da sociedade de uma maneira mais sadia e divertida", diz Celso Goldenberg, um dos organizadores da Gincana e supervisor de Esportes da Subprefeitura da Lapa. Para Rubens de Mello, supervisor de Esportes de Vila Prudente / Sapopemba, as provas que integram a Gincana mobilizam a sociedade de maneira pacífica e instiga as pessoas a repensarem seus hábitos. "As pessoas estão muito sedentárias, presas dentro de casa, sem convívio com o próximo. Essa Gincana resgata tudo isso", comenta.
As inscrições são gratuitas e podem ser feitas, desde o dia 22 de abril, pelo site www.gincanasp.com.br ou na Supervisão de Esportes das 31 subprefeituras. Cada região poderá inscrever 50 equipes de até cinco pessoas cada uma, sendo obrigatória a presença de um integrante menor de 18 anos e uma pessoa do sexo oposto. As equipes terão de preencher o formulário e assinar os termos de responsabilidade, além de arrecadar o total de cinco quilos de alimento não-perecível, que serão doados para uma instituição local. Apenas maiores de 14 anos poderão participar da gincana.
Como no ano passado, a gincana será realizada em duas etapas nos períodos da manhã e da tarde: a primeira em cada subprefeitura, envolvendo as equipes locais e a segunda, no centro da cidade, envolvendo as três melhores equipes de cada região. A organização garante, também, muitos prêmio e sorteios de brindes para todos os participantes.

Em 2009, A Gincana São Paulo Cidade Incrível movimentou mais de 3.000 pessoas nas 31 subprefeituras de São Paulo, e premiou os participantes com viagens, bicicletas, tvs, netbooks, tênis e muitos outros prêmios. Este ano, estão previstos os seguintes prêmios para os vencedores e participantes:

1º colocado: 5 mini cruzeiros (para duas pessoas cada); 5 pares de tênis Nike; ;10 ingressos para jogos no Pacaembu; 5 kits Stand Up
(camiseta, mochila, boné, meia).

2º colocado: 5 bikes, 10 ingressos para jogos no Morumbi; 10 ingressos para o Museu do Futebol, 5 kits Stand Up (camiseta, mochila, meia).

3º colocado: 5 bikes; 10 ingressos para jogos no Morumbi; 05 kits Stand Up (camiseta, boné)

4º colocado: 5 bikes; 10 ingressos para jogos no Morumbi; 5 bonés Stand Up.

5º COLOCADO: 5 BIKES; 10 INGRESSOS PARA O MUSEU DO FUTEBOL; 5 PARES DE
MEIA STAND UP.



Vale ressaltar que todos os 465 finalistas receberão ingressos do Playcenter.

Teremos sorteio no Vale do Anhangabaú para todos os participantes da Gincana (independentemente de serem finalistas ou não) que forem ao Vale e depositarem o seu número de inscrição na urna.
Concorrerão aos prêmios abaixo relacionados, sendo necessária a presença do mesmo para a retirada do premio (não pode ser capitão ou representante da equipe somente a pessoa relacionada no verso do número), inclusive dos participantes das equipes que forem sendo
eliminadas durante a final.

PREMIOS PARA SORTEIO:

05 bikes,

05 pares de tênis Nike;

20 ingressos para jogos no Morumbi (2 de cada vez),

10 ingressos para jogos no Pacaembu (2 de cada vez),

30 ingressos para o Museu do Futebol (2 de cada vez);

30 ingressos para o Playcenter (2 de cada vez).

03 skates.

edição de 2009 reuniu mais de 3.000 participantes que realizaram diversas provas como, corrida de saco e perna de pau.





Serviço:

Gincana São Paulo Cidade Incrível
Inscrições: até 25/05/2010
Quando: dia 30/05
Etapa I Regional - das 7h às 12h (em cada subprefeitura participante).
Etapa II - Final no Vale do Anhangabaú - das 14h às 19h
Informações e inscrições em Vila Prudente / Sapopemba:
- Supervisão de Esportes da Subprefeitura: 3397-0883
- Site oficial da Gincana: http://www.gincanasp.com.br/.

Operação Cata-bagulho acontece sábado na Vila Formosa

Equipes da Subprefeitura
Aricanduva/Formosa/Carrão percorrerão as ruas da região para mais uma operação Cata-bagulho. A ação acontece neste sábado (29/05).


Serão recolhidos materiais inservíveis, como móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, madeiras e utensílios domésticos. O perímetro atendido fica entre as ruas São Ticiano, Angá, Aracê, Vênus e Taubaté, além das Avenidas João XXIII, Dr. Eduardo Cotching, Dedo de Deus e Dezenove de Janeiro. É importante que o munícipe coloque os objetos a serem recolhidos nas calçadas até as 9 horas.
Um dos objetivos da ação é impedir que os materiais sem uso sejam descartados em vias públicas, comprometendo o escoamento da água em dias de chuva, que pode gerar alagamentos e enchentes. O serviço de cata-bagulho recolheu, no último trimestre, mais de 120 toneladas de objetos inservíveis.

As operações Cata-bagulho não fazem recolhimento de entulho. Para esses casos, pequenas quantidades de até 1 m³ de entulho - que corresponde a uma caixa d'água de mil litros ou 25% de uma caçamba - gerados por pequenas reformas e construções, podem ser levados gratuitamente para os Ecopontos da região.
Quem gera muito entulho deve contratar uma empresa especializada em serviços de coleta e transporte de entulho, cadastrada pela Prefeitura, que faz o descarte de forma apropriada em aterros de inertes. O cidadão pode conferir a relação das empresas cadastradas no site www.prefeitura.sp.gov.br.
serviço:

Operação Cata-bagulho na região de Vila Formosa

Data: 29 de maio de 2010

Horário: 10h às 16h

Serviço gratuito.

Ecoponto Alberto Badra

Local: sob o viaduto Engenheiro Alberto Badra, na avenida Aricanduva nº 200

Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas

Serviço Gratuito.



Ecoponto Astarte

Local: rua Astarte, nº 500 - Aricanduva

Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.

Serviço gratuito.

Carreta do Poupatempo móvel atende na Vila Prudente


A Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba informa que, a partir do dia 31 de maio, até o dia 12 de junho, a carreta do Poupatempo Móvel estará atendendo a população de Vila Prudente no estacionamento do estacionamento do COMPREBEM Supermercados, localizado na Av. Vila Ema, 1.370. O horário de atendimento será de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e aos sábados, das 9 às 13 horas. Não haverá atendimento na quinta-feira, dia 03/06, por conta do feriado de Corpus Christi.

Nas Unidades do Poupatempo Móvel que circulam pelos bairros e municípios mais distantes dos Postos fixos da Grande São Paulo, são prestados serviços como emissão de RG, Carteira de Trabalho e Atestado de Antecedentes Criminais. Além disso, os cidadãos podem acessar, através do e-poupatempo, mais de dois mil serviços públicos eletrônicos, dentre eles registro de Boletim de Ocorrência, consulta de multas de trânsito, pontos na Carteira de Habilitação (CNH), débitos de IPVA, inscrição em concursos públicos e emissão de 2ª via de contas. As taxas geradas pelos serviços do Poupatempo podem ser pagas no Banco Nossa Caixa, dentro da própria Unidade, em dinheiro ou através de cartão de débito da Nossa Caixa e rede afiliada.

A capacidade média das Unidades Móveis que percorrem a Grande São Paulo é de 800 atendimentos diários, organizados através da distribuição de senhas, entregues aos cidadãos mediante apresentação da documentação completa necessária ao serviço a ser executado. De acordo com a demanda, alguns serviços podem ter as senhas esgotadas antes mesmo do encerramento do expediente da Unidade.

Informações sobre os serviços prestados, seus pré-requisitos e roteiros de todos os Postos Móveis podem ser obtidas pelo Disque Poupatempo 0800 772 36 33 (ligação gratuita), nos seguintes horários: de segunda a sexta-feira, das 6 às 21 horas, e aos sábados, das 6 às 15 horas, ou através do Guia de Informações sobre Serviços Públicos, disponível no site, na página www.poupatempo.sp.gov.br.

A próxima parada do Poupatempo Móvel será em Sapopemba, de 14 a 26 de Junho de 2010, e ficará no estacionamento do MAXXI Atacado Sapopemba, na Rua Benedito Jacinto Mendes, 77 - Jd Grimaldi.

O Poupatempo é um Programa do Governo do Estado de São Paulo, vinculado à Secretaria de Gestão Pública e administrado pela Prodesp - Tecnologia da Informação.

Serviço:
POUPATEMPO Móvel em Vila Prudente
Local: estacionamento do COMPREBEM Supermercados - Av. Vila Ema, 1.370 - Vila Prudente
Data e horário: de segunda a sexta-feira, das 9 às 17h. Aos sábados, das 9h às 13h. No dia 3 de junho, o Poupatempo Móvel estará fechado por conta do feriado de Corpus Christi.

Instituto CEMA realiza Campanha Visão do Futuro

Em parceria com a Secretaria Estadual de Saúde, o Instituto CEMA abre as portas neste sábado, 29, para ajudar alunos do ensino fundamental a enxergar melhor

Nem sempre as notas baixas na escola são resultado da falta de dedicação da garotada ou do professor. Se as crianças não estão apresentando o desempenho esperado é preciso saber se a culpa não está nos óculos ou em outros problemas da visão.

No próximo sábado, 29 de maio, das 8 às 14 horas, a equipe de oftalmologistas do Instituto CEMA receberá crianças das redes municipal e estadual de ensino para diagnosticar hipermetropia, astigmatismo, miopia e presbiopia, utilizando aparelhos como autorrefrator (examina a miopia, astigmatismo e hipermetropia) e tonômetro (para medir a pressão intraocular).

O diagnóstico fica pronto na hora e quem precisar de tratamento específico será encaminhado ao setor de Patologia do Instituto CEMA, que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS), para um diagnóstico mais detalhado e preciso.

Quem está com as notas em dia, também não deve deixar de participar. Segundo o oftalmologista e diretor-técnico do CEMA, Pedro José Monteiro Cardoso, a visita periódica ao oftalmologista é a melhor maneira de prevenir doenças oculares. “É aconselhável consultar sempre o seu médico. O indicado é visitá-lo uma vez ao ano para fazer os exames de rotina, mesmo sendo criança”, aconselha o especialista.

O Instituto CEMA é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos, reconhecida como de utilidade pública no âmbito federal, estadual e municipal, destinada ao atendimento de pessoas de baixa renda. A instituição fica na Rua Paschoal Moreira, 450, na Mooca. Para mais informações, acesse www.cemahospital.com.br

Operação Cata-Bagulho irá passar no SAPOPEMBA

No próximo sábado (29/05), a Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba realizará uma nova operação Cata-Bagulho na região do Sapopemba, no Jardim Grimaldi e Parque São Lourenço.
As equipes passarão pelas ruas do distrito das 9h às 14h, recolhendo materiais inservíveis, como móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, madeiras, pneus e utensílios domésticos. Os moradores devem descartar o material a ser recolhido a partir das 7h da manhã até às 9h.

É importante ressaltar que para cada operação realizada existem os repasses do caminhão, conforme perímetro previamente estabelecido, como segue.

O percurso tem início na Av. Oratório, passa pela esquerda na Estrada da Casa Grande, à direita na Av. Prof. Luiz Ignácio de Anhaia Mello, esquerda na Av. Dr. Frederico Martins da C. Carvalho, esquerda na Av. Sapopemba, direita na Av. Gal. Porfírio da Paz, esquerda na Av. Israel da Fonseca, direita na Av. Sapopemba, esquerda na R. José Antonio Fontes, e encerra o percurso à esquerda da Av. Oratório.


Serão beneficiadas 120 vias, numa área de 2,1 km², com 4.000 residências e uma população beneficiada de 26.000 habitantes.

O objetivo dessas operações é o de recolher materiais inservíveis em geral. Restos de obra não são recolhidos, nem lixos domésticos e hospitalares, ou de jardinagem (resíduos de poda). Para isso, existem os ecopontos na região, que são pontos de entrega voluntária de pequenas quantidades de até 1 m³ de entulho, que corresponde a uma caixa d' água de mil litros ou 25% de uma caçamba.

Caso a pessoa queira se desfazer de algum móvel, mas sua rua não tenha sido contemplada na última ação, ela pode se dirigir a qualquer um dos 36 ecopontos da Capital.

A próxima operação está prevista para o dia 12/06, quando volta à Vila Prudente e irá passar pela Vila Califórnia, Bairro Olaria, Jardim Figueira e Vila Alpina.

Até o momento, foram realizadas 7 operações cata-bagulho que recolheram quase 400 toneladas de entulhos e inservíveis das ruas.

Além das operações em todas as áreas de Vila Prudente, São Lucas e Sapopemba, são realizados diversos mutirões nos principais pontos de descarte de entulho, como no Viaduto Grande São Paulo, Forte de São Bartolomeu, Ibitirama, quando são recolhidos os detritos por meio de limpeza manual e mecanizada.
Recentemente, no início de maio, foi flagrado um caminhão mcom caçamaba despejando entulho nos baixos do Viaduto. O motorista foi preso e o caminhão permanece no pátio da Subprefeitura.


PONTO DE ENCONTRO


Final da Anhaia Mello (rua João Tobias Rebelo)



Endereço dos ecopontos de Vila Prudente / Sapopemba:

-Ecoponto Anhaia Mello - R. da Prece, 296 - esquina com a Anhaia Mello
-Ecoponto São Lucas - R. Florêncio Sanches, 307
-Ecoponto Sapopemba - R. Francesco Usper, 550

O horário de funcionamento dos três ecopontos é de 2ª. a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 14h.

ISO 10015 e 9001: Diretrizes para Treinamento e as Normas de Gestão

Objetivos:

Dar, ao participante, diretrizes para implementar programas de treinamento que atendam as reais necessidades da organização.

O participante terá, também, a oportunidade de conhecer processos eficazes para avaliar resultados e o retorno do investimento em treinamento.

interpretar o conteúdo da norma NBR ISO 9001:2008 e de outras normas de gestão sob a ótica do RH

Ao final do workshop, o profissional de RH estará orientado para atender aos requisitos exigidos nas auditorias de certificação da Qualidade.

Conteúdo programático:

Norma ISO 10015: Diretrizes para treinamento
DNT - Definição das Necessidades de Treinamento
Projeto e planejamento do treinamento
Execução do treinamento
Monitoração e melhoria do processo de treinamento

Avaliação dos resultados de treinamento

Avaliação de Reação
Avaliação de Aprendizagem
Avaliação de mudança de comportamento
Avaliação de Resultados Qualitativos e Quantitativos

Avaliação do retorno do investimento em treinamento

Indicadores para avaliar resultados
ROI – Retorno do investimento.
O RH Estratégico e a norma ISO 10015
Processo de implementação da norma ISO 10015

As normas de gestão e a correlação com a ISO 10015

Qualidade requerida X realidade
Análise e interpretação dos requisitos da ISO 9001:2008
Objetivo e aplicação da ISO 9001:2008 no RH
Abordagem da norma por processo
Mapeamento de Processos
Estrutura da documentação

Sistema de gestão da qualidade

Requisitos do sistema
Responsabilidade da direção e a atuação do RH Estratégico
Gestão de recursos
Realização do produto X capacitação necessária
Medição, análise e melhoria

Recursos Instrucionais: Norma NBR ISO 10015 e ISO 9001:2008 apostila, textos para estudo dirigido, modelos de avaliações e slides. Os participantes receberão, também, o livro: “Em Busca da Eficácia em Treinamento” – de autoria dos facilitadores do workshop.

Público alvo: Diretores e Gerentes de RH, Analistas de Treinamento, Consultores internos, Tecnólogos de RH, Instrutores, Facilitadores e Profissionais que atuam na área de Gestão da Qualidade. Destina-se, também, aos Empresários, Diretores, Gestores, Consultores, Auditores, Professores Universitários e demais interessados na obtenção de resultados mensuráveis na Gestão de Pessoas e na Gestão da Qualidade.

Período, local:
Dias 5 e 6 de Julho de 2010 – 2ª e 3ª feira – Das 8h30 às 17h30 Em São Paulo – SP

Informações e inscrições:
http://www.tgtreinamento.com.br/
Fone: (11) 9952.0634 e 2296.6038
Investimento: R$1.900,00

Análise e Viabilidade de Projetos - Como Tomar Decisões em Investimentos

Como Tomar Decisões em Investimentos para Viabilizar os Resultados Empresariais
São Paulo, 23 e 24 de Junho de 2010
Objetivos e Benefícios do Treinamento:
• Apresentar e praticar os conceitos da Matemática Financeira;
• Apresentar e praticar conceitos e métodos de elaboração do fluxo de caixa livre (resultado);
• Apresentar e praticar conceitos e métodos de análise e retorno de investimentos;
• Permitir análise quanto a viabilidade de utilização de capital próprio e de terceiros;
• Fornecer subsídios para a tomada de decisão na análise de investimentos simultâneos;
• Demonstrar a apuração do custo de capital;
• Conceituar e praticar as análises, priorizando os cálculos de: PAY BACK, VPL e TIR.
Público-Alvo:
Diretores, gerentes, chefias em geral, engenheiros, analistas e técnicos de todas as áreas da empresa, que estão diante de situações de preparação e/ou decisão sobre a viabilidade de projetos.
Programa:
1- Antecedentes Históricos
• Os objetivos sócio-econômicos da empresa
• Análise, planejamento e controle para avaliar as operações econômico-financeiras da empresa através das suas demonstrações financeiras
• Estratégias empresariais
• Decisões em investimentos
2- Cálculos Financeiros (HP 12C e Excel)
• Formação da taxa de juros
• Taxa de juros antecipada, nominal e efetiva
• Juros Simples
• Juros Compostos
• Equivalência de taxas
• Séries uniformes
3- Como Elaborar Orçamento de Caixa Livre (Resultado)
• Técnicas para elaboração do fluxo de caixa livre voltado para análise de viabilidade de projetos de investimentos
• Cenários econômicos
• Projeção das receitas
• Incidência dos impostos indiretos e concessão de descontos e abatimentos
• Estimativa de custos e despesas operacionais
• Tratamento das despesas e receitas financeiras
• Incidência do imposto de renda e contribuição social
• Conceito de lucro bruto, lucro operacional e lucro líquido
• Conceito do EBITDA / LAJIDA
• A geração de caixa de um projeto
4- As Ferramentas para a Tomada de Decisão sobre os Custos
• O sistema de custeio direto (variável)
• Análise do ponto de equilíbrio econômico, financeiro e contábil
• O conceito da margem de contribuição por produto
• O conceito da margem de contribuição mixada
5- Elaboração de Projetos
• Fase de implantação de projetos
• Cenários econômicos prospectivos
• Determinação do custo de capital próprio e terceiros e taxas de atratividade
• O tratamento da inflação em projetos
• Acompanhamento de cronogramas físico e financeiro
• Análise utilizando a curva “S”
6- Como Analisar Investimentos
• Método de Avaliação de Fluxo de Caixa
• Método do Pay-Back original e Descontado
• Método da Taxa Interna de Retorno (TIR)
• Método do Valor Presente Líquido (VPL)
• Método do Índice de Lucratividade
• Proposta de Investimento com prazos desiguais
• Método do Custo Anual Equivalente
• Análise dos riscos e retorno
• Proposta de Investimento de montantes desiguais
• Comparação dos Métodos VPL x TIR
• Como elaborar o fluxo de caixa com utilização de capital próprio e de terceiros e financiamentos de curto e longo prazos
7- Os Conceitos do Valor Econômico e Valor de Mercado Agregado
• Análise de valor econômico agregado
• O valor de mercado agregado
• Comparação do valor de mercado agregado e o VPL
Nota: Os participantes deverão estar munidos de calculadora HP-12C.
Metodologia das Aulas:
O curso será conduzido de forma Socrática, onde o apresentador irá questionar os participantes sobre as práticas atuais da sua empresa com relação aos conceitos apresentados, fortalecendo com exercícios práticos.
Sobre o Instrutor: Norberto Giuntini
• Mestre em Controladoria e Contabilidade Estratégica na FECAP/FACESP.
• Formação em Economia (Mackenzie), Ciências Contábeis (UNIP) e especialização em Controladoria pela Fundação Getúlio Vargas – FGV.
• Docente na disciplina “Finanças Empresariais” no Curso de MBA EXECUTIVO no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia em São Paulo - SP.
• Docente na disciplina “Contabilidade Introdutória e Gerencial” no Curso de Graduação de Administração de Empresas no Centro Universitário do Instituto Mauá de Tecnologia em São Paulo - SP.
• Docente nas disciplinas de Contabilidade Societária, Contabilidade Internacional e Gestão Orçamentária no curso Gestão de Negócios – Pós- Graduação – Faculdade Ítalo-Brasileira.
• Docente nas disciplinas de Contabilidade de Custos e Preços de Vendas e Contabilidade/ Auditoria no curso de Gestão Financeira - Pós-Graduação – IMES- Centro Universitário Municipal de São Caetano do Sul.
• Experiência profissional de 24 anos trabalhando em empresas de grande porte como: Mercedes Benz, Elebra S/A Eletrônica, Price Waterhouse Auditores Independentes, CIMAF - Grupo Belgo Mineira e Caloi Norte, nas áreas de Auditoria, Custos e Controladoria.
• Experiência de 8 anos em consultoria empresarial em empresas de médio e grande porte, nas áreas privada e pública.
• Autor de diversos artigos publicados em periódicos e apresentados em Congressos Nacionais e Internacionais de Contabilidade e Custos.
• Experiência na apresentação, condução de palestras, workshops e treinamentos a executivos e outros profissionais no Brasil.
Datas e local:
23 e 24 de Junho de 2010
Golden Tulip Paulista Plaza
Alameda Santos, 85
São Paulo - SP
Horário: 8h30 às 17h30.
Investimento: R$ 1.800,00.
Faça parte da torcida rumo ao HEXA!
Nos meses da COPA participe dos nossos cursos e ganhe uma camisa oficial da Seleção Brasileira Personalizada (com seu nome)*
*válido somente para novas inscrições com pagamento antecipado e sem desconto.

- Os pagamentos podem ser efetuados por depósito, boleto bancário ou cartão de crédito.
- Os custos de material, coffee break, almoço e estacionamento estão inclusos na inscrição.
Informações e Inscrições:
H&B Treinamentos e Soluções Empresariais
Telefone: (11) 3803-9340 ou solicite a ficha de inscrição pelo
E-mail: treinamentos@heb.com.br ou acesse nosso site: www.heb.com.br

Exposição gratuita " Monumentos naturais: as serras" retrata peças em xilogravura

Artista Salete Mulin expõe suas obras baseadas nas Serras do Parque Nacional de Itatiaia e Ibitipoca
Com o objetivo de enobrecer os sentimentos do homem e enriquecer-lhe a vida, proporcionando-lhe alegria e sentido, a Fundação Mokiti Okada possui o setor de Pesquisa e Produção Cultural no qual busca o desenvolvimento de uma consciência estética e de um senso artístico baseado na filosofia do Patrono Mokiti Okada.
Para tanto, periodicamente realiza atividades culturais entre elas, exposições gratuitas abertas ao público. "Monumentos Naturais: as serras" é uma mostra promovida pela instituição no Centro Cultura do Solo Sagrado de Guarapiranga, em Paralheiros, São Paulo - SP.
As peças da exposição foram criadas pela artista pós-graduada em desenho pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo-ECA-SP, Salete Mulin, que imprimiu em suas obras imagens baseadas nas Serras do Parque Nacional de Itatiaia,no Rio de Janeiro, e do Parque Estadual de Ibitipoca, em Minas Gerais.
A mostra traz peças em xilogravura, método originado na China, que consiste em entalhar a madeira da forma desejada com o auxílio de um instrumento cortante. Salete imprimiu seu talento nas imagens de forma sinuosas que nos remetem a uma analogia entre monumentos criados pela natureza e pelo homem.
A técnica exige o entalhe da forma desejada, na matriz, com o auxílio de um instrumento cortante. Em seguida, utiliza-se um rolo de borracha para entintar as partes elevadas do entalhe. A finalização do processo consiste em revelar a impressão em papel ou outra superfície desejada.
O resultado pode ser observado nos trabalhos em forma de sobreposição, levando o visitante a imensão de todo o espaço, intocável e ao mesmo tempo muito próximo, de acordo com a visão. Atualmente, Salete Mulin, desenvolve trabalhos em um atelier em São Paulo.
Os interessados em conferir a exibição devem comparecer no Centro Cultural do Solo de Guarapiranga, na Estrada do Jaceguai, 6567 - Jardim Casa Grande, Parelheiros, São Paulo-SP. A mostra está disponível de quarta a domingo, das 09h às 17h, e permanecerá no local até o dia 27 de junho. A entrada é franca. Informações pelo telefone: (11) 5970-1000.

REDES SOCIAIS E SEU USO NO AMBIENTE CORPORATIVO: BENEFÍCIOS, RISCOS E PROTEÇÃO DA EMPRESA

Marcos Gomes da Silva Bruno (*)
Renato Leite Monteiro (**)

O surgimento de novas tecnologias e as inovações em mídias sociais tem alterado a forma como as pessoas se comportam. Convergência está em todo lugar e nunca foi tão fácil atingir um público tão grande.

Para que seja possível ter uma ideia da dimensão deste assunto, atualmente, 96% das pessoas da chamada geração Y (nascidos após 1980) utilizam redes sociais; um em cada oito casal americano se conheceu através de uma rede social; a televisão levou 13 anos para atingir os 50 milhões de expectadores, enquanto que a rede social Facebook alcançou o dobro da marca, em número de usuários, em apenas nove meses, somando hoje mais de 400 milhões de usuários. Caso fosse um país, o Facebook seria o 4º mais populoso do mundo e teria quase a população total da Europa.

Neste contexto, é relevante o papel das redes sociais, que a cada dia estão mais inseridas na vida das pessoas, com utilização maciça e crescente, principalmente para fins pessoais.

Por este motivo, no início do surgimento das redes sociais, os gestores de Tecnologia da Informação (TI) das empresas se apressaram em bloquear o acesso a todas as redes sociais, em um trabalho incansável, já que a cada dia mais e mais redes sociais surgem na Internet, sob o pretexto de inibir uma eventual perda de produtividade dos trabalhadores, que poderiam passar a dedicar mais tempo a questões pessoais do que ao seu trabalho.

Porém, a evolução das redes sociais convergiu para a utilização destas ferramentas também para fins profissionais, passando a ser uma importante ferramenta de pesquisa e publicidade, mas nunca deixando de lado aquele caráter de finalidade pessoal da rede social, o que hoje já faz com que a visão dos gestores de TI comece a mudar.

A cada dia é mais comum ver empresas, muitas delas de grande porte, liberando o acesso de seus funcionários às redes sociais, até porque pesquisas já revelam que empresas que permitem o uso de mídias sociais a seus empregados são, em média, 9% (nove por cento) mais produtivas do que as que agem no sentido contrário (Social Networks vs. Management? Harness the Power of Social Media – Fresh Perspectives. Manpower Inc. New York, 2010).

Porém, é importante ressaltar que esta nova mentalidade dos gestores de TI, apoiada pela mais alta direção das corporações, embora alinhada com os conceitos modernos de gestão, tem consequências no âmbito jurídico, que poderão ser suportadas pela empresa e não podem ser ignoradas.

Os riscos são inúmeros, mas é possível destacar, dentre outros, o risco de vazamento de informações da empresa, bem como o risco de responsabilização da corporação por atitudes impróprias de seus empregados no uso das redes sociais.

A autorização de acesso a redes sociais mal implementada cria na empresa uma verdadeira “porta aberta” para o acesso e disseminação de informações confidenciais e restritas.

Na medida em que o empregado tem contato com o mundo externo através desta já mencionada “porta aberta”, mais exposta a empresa está à rápida disseminação e divulgação de informações restritas, em caso de má-fé de seus empregados.

No mesmo sentido, a interação do empregado com terceiros, externos à empresa, aumenta a possibilidade de recebimento de artefatos maliciosos e vírus, que podem vir a infectar a rede corporativa e permitir a invasão de terceiros, mesmo que por um descuido do empregado, leal e de boa-fé.

Ademais, é cada vez mais comum nos depararmos, em redes sociais, com casos de pessoas que se passam por outras, comunicações ofensivas, discriminatórias, violação de propriedade industrial e/ou intelectual pela reprodução indiscriminada e não autorizada de criações de terceiros e outras condutas ilícitas.

Ocorre que, partindo tais condutas ilícitas da conexão corporativa, é inequívoco que a Legislação Brasileira dá amparo à eventual responsabilização do empregador por tais atos de seu empregado, já que foi o responsável por dar ao empregado a possibilidade de cometer aquele ilícito e ter se omitido em seu dever de cautela, enquanto empregador, de verificar as atitudes de seu empregado naquele serviço ao qual facultou acesso.

Mas, em que pesem estes riscos, além de outros previsíveis, temos que a ideia dos gestores de TI, de liberar acesso às redes corporativas, não é ruim, e nem deve ser desprezada. Apenas é necessário que a implementação desta permissão ao empregado seja realizada de forma adequada, com adoção dos devidos mitigadores de risco.

O processo deve se iniciar com a elaboração de um Regulamento Interno de Segurança da Informação, um documento de cunho jurídico, que estabelece os direitos e deveres dos empregados, no uso de recursos tecnológicos.

Neste documento, não só as redes sociais serão abordadas, mas, de forma geral, serão estabelecidas as responsabilidades civis e penais de todos dentro da empresa por seus atos, os limites impostos, e, principalmente, a quebra de qualquer expectativa de privacidade do empregado, para que possa ser monitorado pelo empregador em sua trajetória nas redes sociais ou mesmo no uso do e-mail corporativo, o que é perfeitamente aceito, em consonância com as mais recentes decisões dos nossos Tribunais.

Estabelecido o regulamento, este deve ser implantado na empresa e a implementação se inicia no ponto de vista técnico, onde ferramentas informáticas deverão ser aplicadas ao ambiente, para monitoramento, controle, e preservação de evidências, tudo de acordo com o Regulamento elaborado.

Prontas para entrar em funcionamento as ferramentas informáticas, o empregador deve passar à implementação jurídica, que envolve a colheita da assinatura de todos os colaboradores, manifestando sua aceitação às condições impostas pelo Regulamento, que regerá o seu uso dos recursos tecnológicos da empresa.

Feito isso, o empregador deve passar ao gerenciamento deste ambiente tecnológico, investindo em pessoas para auxiliar no cumprimento das diretivas estabelecidas pelo Regulamento implantado, monitorando os atos de seus empregados, coletando e preservando adequadamente evidências, e, inclusive, reunindo periodicamente seus empregados, para palestras sobre conscientização quanto ao uso responsável dos recursos informáticos da empresa, em áreas multidisciplinares, do jurídico ao técnico.

Assim, podemos concluir que o uso das redes sociais nos ambientes corporativos é uma realidade inevitável, em curto prazo, pois já se mostra benéfica à produtividade dos colaboradores, mas, ao mesmo tempo, demanda o preparo prévio dos gestores de TI e da alta direção da empresa, para que a liberação de tais acessos ocorra com um nível de maturidade legal e técnica adequado da empresa, dentro das melhores práticas de governança corporativa, o que poderá reduzir, senão inibir, boa parte dos riscos inerentes a tal política de permissão de acesso.


(*) MARCOS GOMES DA SILVA BRUNO - Advogado - Sócio da Opice Blum Advogados Associados - Membro da Comissão de “Direito na Sociedade da Informação” da Ordem dos Advogados do Brasil – Secção de São Paulo (OAB/SP); Fundador e Ex-diretor do GU de Legislação da SUCESU/SP - Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações de São Paulo; Professor da Lex Editora S.A.; Professor convidado da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP), da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e das Faculdades Anhembi Morumbi; Palestrante convidado em várias instituições e congressos, tais como Telexpo, Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico (Camara-e.net), Federação da Indústria do Estado de Minas Gerais (FIEMG), Associação dos Advogados de São Paulo (AASP), International Business Communications (IBC), Academia de Desenvolvimento Profissional e Organizacional (ADPO), Sociedade de Usuários de Informática e Telecomunicações do Paraná e São Paulo (SUCESU/PR e SUCESU/SP), entre outras; Autor de diversos artigos relacionados ao Direito da Informática e a Internet; Colaborador em diversos veículos de informação; Autor da monografia "Os Aspectos Jurídicos do Comércio Eletrônico"; Autor do livro "Resumo Jurídico de Direito Civil – Obrigações e Contratos no Novo Código Civil" (Ed. Quartier Latin); Co-autor do livro “Novo Código Civil – Questões Controvertidas – Série grande temas de Direito Privado – Volume I” (Ed. Método); Co-autor do livro “Internet Legal – O Direito na Tecnologia da Informação” (Ed. Juruá); e Co-organizador do livro “Manual de Direito Eletrônico e Internet” (Ed. Lex).

(**) RENATO LEITE MONTEIRO – Advogado – Associado da Opice Blum Advogados Associados –Mestrando em Ordem Jurídica Constitucional pela Universidade Federal do Ceará (UFC); Membro do Comitê de Crimes Eletrônicos da OAB-SP; Estagiário do Setor de Desarmamento e Manutenção da Paz e do Departamento de Assuntos Políticos da Organização das Nações Unidas (ONU) em Nova York, NY, EUA; Estagiário do Departamento de Direito Internacional da Organização dos Estados Americanos (OEA), em Washington, DC, EUA; Formação complementar em Relações Internacionais pelo Instituto Legislativo do Senado Federal; Professor de Direito do Consumidor e de Informática Jurídica do Curso de Direito da Universidade Federal do Ceará (UFC); Professor da Pós-Graduação em Processo Civil da Escola Superior de Magistratura do Ceará (ESMEC); Membro da Comissão de Informática Jurídica da OAB-CE; Bolsista de Pesquisa Conselho Nacional de Desenvolvimento e Pesquisa (CNPq).

Viva a Mata 2010 apresenta importantes resultados na luta pela conservação da Mata Atlântica

Com 85 mil visitantes, o evento destacou a importância do diálogo, sensibilização e da atuação local para a garantia da qualidade de vida para todos.

No último final de semana (21 a 23 de maio), a Fundação SOS Mata Atlântica realizou a sexta edição do Viva a Mata - mostra de iniciativas e projetos em prol da Mata Atlântica, na Arena de Eventos, ao lado da Marquise do Parque Ibirapuera, em São Paulo. O evento comemorou o Ano Internacional da Biodiversidade, o Dia da Mata Atlântica (27 de maio), além de outras questões fundamentais ao Bioma, como a importância da sua preservação para a sociedade urbana. A iniciativa teve o patrocínio do Banco Bradesco e apoio da Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA), da Tam Linhas Aéreas, da Rede Globo e da Eldorado como rádio oficial. “Mais uma vez o Viva a Mata alcançou seu objetivo de reunir as organizações que lutam pela preservação e conservação da Mata Atlântica, fomentando a troca de experiências entre elas”, avalia Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da Fundação. “Conseguimos convidar e sensibilizar a sociedade para a importância desse tema, de maneira interativa, já que as ações de cada um são fundamentais para o Bioma. Nos três dias tivemos um grande número de pessoas participando das atividades oferecidas no evento, o que demonstra uma maior proximidade com a causa”.

O debate do Código Florestal e campanha ‘Exterminadores do Futuro’ foram destaques da programação. Participaram diversas organizações ambientais: André Lima, do IPAM – Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia; o deputado José Sarney Filho, presidente da Frente Parlamentar Ambientalista; Renato Cunha, da Rede de ONGs da Mata Atlântica; e Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas da SOS Mata Atlântica. Durante o encontro foi definida a forma de atuação da campanha, que visa o envolvimento de cada cidadão e/ou organização no acompanhamento mais próximo dos políticos em todas as regiões e não apenas em Brasília.

"Esse ano o Viva a Mata reforçou a importância da mobilização local para o alcance dos objetivos de toda a nação. Cada um em seu bairro, cidade ou até em associações precisa dar o primeiro passo. Cada cidade é uma peça do quebra-cabeça, que precisa ser montado. Esse é o nosso desafio", diz Mario Mantovani.

Em outro momento especial da programação, Rogério Arns, da United Way Brasil, falou sobre a importância do diálogo com comunidades, reforçando a necessidade de identificar inicialmente seus valores e atitudes, sem imposições. “Em comunidade você nunca chega com respostas, e sim com perguntas”, diz. Ele enfatizou que é preciso entendê-la e que normalmente sua força está atribuída aos líderes locais, que podem servir de ponte para se chegar na comunidade como um todo.

Também foram apresentados os Planos Municipais de Mata Atlântica, que são extremamente necessários para a consolidação da Lei da Mata Atlântica. Os Planos contemplam pontos como áreas para criação de Unidades de Conservação (UCs) públicas, proteção de áreas frágeis e de risco de enchente e deslizamento, proteção e recuperação de áreas de mananciais, implantação de atividades de ecoturismo, indicação de áreas com potencial de uso sustentável dos recursos naturais, entre outros. Além de mostrar para os municípios como eles podem ganhar preservando o meio ambiente, a iniciativa é também uma oportunidade de envolver o setor privado, dialogar com o cidadão e grupos organizados e fazer política. Uma forma destacada pela Frente Parlamentar Ambientalista de se fazer política é promover o diálogo entre a sociedade e deputados e vereadores.

O ator Marcos Palmeira também participou do Viva a Mata para falar sobre a sua relação com as questões ambientais e o trabalho em sua fazenda com alimentos orgânicos. Interessado por esse tema desde sua infância, há 15 anos ele se tornou proprietário de um sítio no Rio de Janeiro, onde produz alimentos orgânicos. O que o despertou para o trabalho com orgânicos foi a resposta dos trabalhadores de seu sítio ao serem indagados porque não se alimentavam da produção: ‘a gente está colocando veneno o dia todo nisso, e como podemos comer?’. Desde então, ele não utiliza agrotóxicos na produção de alimentos. Alguns resultados já obtidos são as mais de 10 mil mudas plantadas, retorno de alguns animais como lobo guará e nove mil famílias auxiliadas pelo programa PAIS – projeto que disponibiliza um kit para que a família plante seu próprio alimento. “O problema da fome só vai melhorar quando o Brasil investir em agricultura familiar”, afirma Marcos Palmeira.

O programa Clickavore, da Fundação SOS Mata Atlântica, lançado em agosto de 2000, apresentou os resultados alcançados ao longo desses anos com uma nova publicação, com o plantio de 22 milhões de mudas, restaurando mais de 10 mil hectares do Bioma, o equivalente a mais de 13 mil campos de futebol, com parceria do Instituto Ambiental Vidágua e do Grupo Abril. Na ocasião também foi apresentado o novo formato do programa, que também terá a participação de internautas, disponibilizando um “VOTO” por dia. A organização apresenta no portal as regiões onde as mudas podem ser plantadas, e o participante faz a votação. Eles também podem fazer campanhas online para envolver seus amigos e, ao votar diariamente, ganham pontos para participar de um jogo virtual em que cada um terá uma fazenda para cuidar e restaurar. O primeiro edital para que os proprietários se inscrevam e enviem suas propostas para recebimento das mudas está aberto com mais informações pelo site. Essa segunda fase continua com a parceria do Grupo Abril.
Também no Viva a Mata 2010 foi lançada a publicação “RPPN e Biodiversidade: O papel das reservas particulares na proteção da biodiversidade da Mata Atlântica”, produzida no âmbito do Programa de Incentivo às Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs) da Mata Atlântica, realizado pela Conservação Internacional, SOS Mata Atlântica e The Nature Conservancy (TNC), com patrocínio de Bradesco Cartões e Bradesco Capitalização. O livro é resultado de um estudo que mostra à sociedade qual é a biodiversidade protegida e o papel e contribuição das RPPNs na sua conservação. O estudo analisou 127 RPPNs em oito municípios, que equivalem a 20% das RPPNs do Bioma. Essa foi uma das primeiras dificuldades dos pesquisadores: encontrar os dados sobre as RPPNs, pois sobre muitas delas (80%) não há informação. Nestas 127, foram encontrados 450 registros de pesquisa. Entre os resultados obtidos estão as cerca de 3000 espécies de plantas e animais encontradas nas reservas, assim como um número significativo de espécies endêmicas e de fauna e flora ameaçadas de extinção, algumas delas tendo as RPPNs como os últimos refúgios de vida. As reservas estudadas têm cerca de 60% das espécies de aves e mamíferos que ocorrem no Bioma, e mais de 40% de espécies de anfíbios e répteis que ocorrem na Mata Atlântica também estão representados nas reservas. No caso de espécies endêmicas foram registradas no estudo mais de 360 delas. Esses e os outros resultados apresentados comprovam a efetiva proteção da biodiversidade realizada pelas RPPNs.
Outro estudo apresentado durante o Viva a Mata foi o estudo de impacto para as políticas de conservação marinha no Brasil, que levantou dados de espécies de peixes ameaçadas no país identificando áreas chave para a conservação do mar brasileiro. O estudo levantou 59 espécies de peixes ameaçados e mapeou áreas-chave em oito ecorregiões. “O desaparecimento de uma espécie traz impactos negativos para o equilíbrio ecológico, com efeitos em cadeia que chegam a afetar a economia de uma região, prejudicando atividades como pesca e turismo. A abordagem de KBAs (key biodiversity áreas) marinhas, além de contribuir para a proteção de espécies ameaçadas, pode subsidiar também a proteção de hábitats críticos e suas comunidades biológicas associadas”, explicou Ronaldo Francini-Filho, professor da Universidade Federal da Paraíba.
O guia do programa de Voluntariado da SOS Mata Atlântica “Plantando Cidadania”, patrocinado pela Fundação Toyota do Brasil, também foi lançado e apresentou os resultados do projeto iniciado em 2001, que já envolveu centenas de professores e milhares de alunos em ações de formação e cidadania socioambiental. “O Viva a Mata abrange um público diversificado, discute questões ambientais, no caso do Espaço Amigos da Mata, fala sobre consumo, práticas do dia-a-dia e provoca a reflexão nos visitantes. A gente fala das causas ambientais, mas não põe na nossa agenda diária. O Viva a Mata estando no Parque Ibirapuera, um espaço de lazer, que faz parte de São Paulo e da Mata Atlântica, pode contribuir com essa sensibilização”, diz Sâmia Nascimento, voluntária da Fundação há seis anos.
O último dia do Viva a Mata foi marcado pela manifestação “O Futuro é Nosso e o Voto Também”, que contou com um cortejo fúnebre, com três caixões que simbolizaram o que está em risco com as alterações na Legislação Ambiental brasileira. Um deles simbolizou o clima e a água, pois a flexibilização das leis ambientais e do Código Florestal podem dar espaço a mais desmatamentos e as florestas em pé contribuem para a manutenção do clima e da água. O outro simbolizou a biodiversidade e as futuras gerações, pois com florestas menos protegidas e sem matas ciliares, diversas espécies podem entrar em processo de extinção, inclusive o ser humano. E o último representou a Legislação Ambiental Brasileira, conquista dos brasileiros ameaçada por setores e interesses econômicos específicos.
A manifestação contou com cerca de 250 pessoas, sendo voluntários, ciclistas, artistas populares, estudantes, cidadãos e diversas ONGs do Brasil todo. Saindo da Arena de Eventos, a manifestação percorreu o parque e chegou ao Monumento às Bandeiras, onde a bandeira da SOS Mata Atlântica foi aberta. Atividades lúdicas e artísticas como mamulengos – bonecos de Olinda - simularam os Exterminadores; a manifestação contou também com grupo de percussão e a performance de grupo circense.

SP precisa de 20 voluntárias para testar novo tratamento contra câncer de mama

Estudo sugere nova droga e nova forma de aplicação de quimioterapia

O hospital estadual Pérola Byington, da Secretaria de Estado da Saúde, está precisando de mais 20 voluntárias para participar de estudo internacional desenvolvido em vários continentes para testar uma nova droga contra o câncer de mama. Doze pacientes em tratamento no hospital já estão participando da pesquisa.
O estudo prevê também uma forma mais racional de aplicação da quimioterapia em mulher com câncer de mama em estágio avançado. O tratamento é realizado por meio de uma injeção subcutânea, aplicada no braço. A vantagem desta nova droga seria seu curto tempo de aplicação, entre dois e cinco minutos, e a diminuição dos efeitos colaterais do tratamento quimioterápico.
“Esta nova forma de tratamento está sendo estudada em mulheres com câncer de mama avançado. Além da diminuição dos efeitos colaterais, com a nova droga o tumor é reduzido antes da realização da cirurgia. Com isso, evitamos a retirada completa da mama”, afirma o médico Roberto Hegg, responsável pela pesquisa.
Atualmente o tratamento de quimioterapia contra o câncer de mama leva de três a seis horas para ser aplicado. É dolorido e causa muito incômodo à paciente.
As mulheres interessadas em participar do estudo devem procurar o próprio hospital. Devem ter câncer de mama em estágio avançado e ainda não ter iniciado nenhum tipo de tratamento. Mais informações podem ser obtidas através do telefone (11) 3248-8145.

O estudo deve terminar no primeiro semestre de 2011.

OFICINA GRATUITA PARA PACIENTES E CUIDADORES ENSINA COMO PREVENIR CÂNCER COM ALIMENTOS RISCOS EM FIBRAS

Oficinas mensais abertas ao público e gratuitas mostram a cuidadores e pacientes como preparar o melhor cardápio conforme a condição clínica de cada um, mantendo a riqueza nutricional dos alimentos e ressaltando sabores. No próximo encontro dia 28, às 16 horas, o tema será a prevenção de tumores do aparelho digestório por meio de dieta rica em fibras

Como utilizar ingredientes ricos em fibras em receitas culinárias enriquecendo a alimentação e prevenindo tipos de câncer de aparelho digestório como intestino e reto. Este é o tema da edição de maio da Oficina de culinária do Hospital A.C.Camargo, promovido pelo departamento de Nutrição Oncológica da instituição e direcionada à pacientes com câncer e cuidadores. O encontro acontecerá na próxima sexta-feira, dia 18, às 16 horas, no restaurante do A.C.Camargo.
Principal referência para o tratamento oncológico no país, o A.C.Camargo traz aulas que mostram a cuidadores e pacientes como realizar uma cozinha rica em nutrientes e paladar. As aulas são gratuitas e abertas a toda a comunidade, não somente para pacientes e cuidadores do hospital. Acontecem todos os meses, sendo os ímpares dedicados ao público adulto e os meses pares para as oficinas na pediatria. A próxima edição da oficina pediátrica - exclusiva para pacientes internados - será em 14 de junho e será inspirada em receitas de festas juninas, voltada somente para pacientes internados da pediatria.
Em todas as aulas, os nutricionistas e gastrônomos dão dicas de como aproveitar o máximo de cada alimento e ensina os participantes como colocar a ´mão na massa´. "O público tem uma experiência sensorial, podendo tocar, sentir o aroma e degustar as receitas elaboradas. Buscamos sempre estimulá-los a buscar sempre uma alimentação saudável e, ao mesmo tempo, prazerosa. As receitas beneficiam o paciente com câncer e eventualmente com outras doenças associadas", destaca a organizadora do evento e responsável pelo Departamento de Nutrição do A.C.Camargo, Mônica Macedo Lameza.
Em todas as oficinas são distribuídas apostilas contendo dicas e receitas relacionadas ao tema do mês. Inscrição prévia por telefone (11) 2189-5000 - ramal 1051 ou pelo site http://www.accamargo.org.br/.

Programação 2010:
Oficina de culinária infantil - para pacientes internados
09/08 - Receita em homenagem ao Dia dos Pais
11/10 - Receita especial para o Dia das Crianças
13/12 - Receita homenageando o Natal

Oficina de culinária - adultos - aberta ao público, com inscrição prévia
28/05 - Fibras - Como utilizar ingredientes ricos em fibras em receitas culinárias enriquecendo a alimentação e prevenindo câncer de aparelho digestório.

30/07 - Doenças cardiovasculares - Dicas de alimentos e preparações saborosas e que são capazes de prevenir hipertensão, aumento do colesterol e outras doenças relacionadas ao coração.

24/09 - Vitaminas - Receitas ricas em polifenóis, licopeno e outras substâncias que colaboram para a manutenção da saúde e estão relacionadas à prevenção de câncer.

26/11 - Diabetes: co-morbidade associada aos pacientes que tratam da doença ou a desenvolvem por conta do tratamento.


SERVIÇO

Oficina de Culinária do Hospital A.C.Camargo
Tema: Fibras - Como utilizar ingredientes ricos em fibras em receitas culinárias enriquecendo a alimentação e prevenindo câncer de aparelho digestório
Data: sexta-feira, dia 28 de maio de 2010
Horário: 16 horas
Local: Restaurante do A.C.Camargo - 2º. Subsolo, Bloco A
Endereço: Rua Professor Antônio Prudente, 211, Liberdade - São Paulo - SP
Inscrições pelo site: www.accamargo.org.br
Sobre o Hospital A.C.Camargo - O Hospital A.C.Camargo é um dos maiores centros de tratamento oncológico da América Latina. Realiza de forma integrada a prevenção, o diagnóstico e o tratamento ambulatorial e cirúrgico dos mais de 800 tipos de câncer identificados pela Medicina, divididos em mais de 40 especialidades, sempre baseado na assistência multidisciplinar. Realiza anualmente mais de 950 mil atendimentos anuais (internações, tratamento ambulatorial e diagnóstico por imagem) sendo responsável hoje, por uma das maiores casuísticas no tratamento do câncer do país.

Sua pós-graduação, criada em 1996, é a única em um hospital privado reconhecida pelo Ministério da Educação e foi avaliada com nota máxima durante toda essa década pela CAPES, tornando-se assim a melhor do país em Oncologia e uma das duas melhores em Medicina.

Uma instituição filantrópica que atua, desde sua criação por Antônio e Carmen Prudente em 1953, no atendimento especializado a pacientes com câncer. Seu corpo clínico é fechado e composto por uma equipe de 403 médicos especialistas, a maior parte com mestrado e doutorado. A interação desses profissionais em atividades multidisciplinares resulta em índices de sucesso de contra o câncer semelhantes aos observados nos melhores centros de oncologia internacionais.

Na área de ensino e pesquisa, o A.C.Camargo criou a 1ª residência oncológica, em 1953, e é responsável pela formação de 1/3 dos oncologistas em atividade no Brasil. Tem a maior produção científica da área, com mais de mil trabalhos publicados na última década nas principais revistas internacionais de alto impacto. Centralizou em 2000 o Genoma do Câncer no Brasil, financiado pela Fapesp e Instituto Ludwig, instituição de pesquisas em câncer que o A.C.Camargo abrigou por mais de 20 anos.

Em 2009, o Hospital foi apontado pela edição 500 Melhores Empresas da revista Istoé Dinheiro como uma das melhores em Saúde pelo terceiro ano consecutivo. No mesmo ano foi eleito pelo Guia Você S/A Exame como uma das Melhores Empresas para Você Trabalhar e pela segunda vez consecutiva está entre as 10 melhores empresas de serviços médicos do Brasil na Gestão de Pessoas, de acordo com o anuário Valor Carreira.

Mais informações: www.accamargo.org.br
Siga-nos no twitter: http://twitter.com/haccamargo

Os benefícios da psicoterapia: derrubando mitos

Houve época em que procurar a ajuda de um psicólogo para melhor enfrentar as dificuldades do dia-a-dia era algo que se fazia escondido, sem revelar aos amigos nem familiares. Soava, para algumas pessoas, como "coisa de louco" ou desperdício de dinheiro. Aos poucos o conceito foi mudando e a psicoterapia passou a ser melhor compreendida.

Hoje, mesmo em meio aos modismos de livros e ferramentas de autoajuda - alguns válidos, outros, porém, apenas peças de marketing - a psicoterapia ocupa posição privilegiada na sociedade. Definida como o ramo da psicologia que auxilia o indivíduo a lidar com angústias em geral, a psicoterapia pode trazer benefícios a diversos aspectos da vida moderna. Ansiedades e dificuldades que parecem impossíveis de superar no dia-a-dia são analisadas e trabalhadas em cada pessoa, fazendo o indivíduo conhecer, enfrentar e superar o problema.

A psicóloga e diretora da Bem-Estar Desenvolvimento Humano, Daniela Zanuncini, aponta o aumento da auto-estima, melhora na qualidade de vida e desenvolvimento de autonomia como alguns dos benefícios. "A psicoterapia também pode ser preventiva. Evita que problemas psicológicos não tratados ou analisados se agravem" completa Daniela.

No processo psicoterápico, paciente e psicólogo trabalham em conjunto examinando e identificando áreas emocionais e sociais que afetam o indivíduo. Os resultados a serem alcançados dependem da disposição do paciente em falar sobre assuntos que o incomodam e do comparecimento às sessões.

Sugestão de entrevista:

Psicóloga Daniela Zanuncini - consultora empresarial, leader e life coach, e proprietária da Bem-Estar Desenvolvimento Humano.

Sobre a Bem-Estar Desenvolvimento Humano:
Consultoria especializada em Desenvolvimento Humano, que propõe soluções e promove processos de mudança, organização, desenvolvimento, profissional e pessoal, gerando benefícios, crescimento, reconhecimento e bem-estar. A empresa atua em consultoria empresarial, Leader & Life Coaching, Análise de Perfil Profissional, Desenvolvimento de Líderes, Assessoria em Gestão Estratégica de Pessoas, Treinamento e Desenvolvimento, além de realizar cursos, palestras e workshops.
A Bem-Estar dispõe também de uma equipe clínica especializada para atendimento ao estresse corporativo, visa a saúde do paciente e não a doença, gerando bem-estar emocional, físico e intelectual. Trabalhamos com prevenção e tratamento de sintomas, combatendo o estresse, gerando mais vida e movimento.

João Morais expõe sua arte na Casa de Cultura Raul Seixas

Foto: O artista explica detalhes da sua obra

Convivência e tolerância entre os povos, política e solidariedade. Temas como esses fazem parte do cotidiano e do trabalho de João Morais, que há trinta anos faz trabalhos em diversas áreas da arte. Mas é através do patchwork, técnica que costura retalhos e alguns objetos reciclados, que ele tem se expressado nos últimos anos. E é essa arte que ele traz à Casa de Cultura Raul Seixas para a exposição Onde está a chave da Paz?, que fica em cartaz até o final de julho.

Essa é a terceira vez que Morais, de 52 anos, expõe no espaço, que fica dentro do Parque Raul Seixas, no Conjunto José Bonifácio, em Itaquera. Mas não são apenas os retalhos que ganham destaque em sua arte, já que boa parte do material utilizado é reciclável. Utiliza fundos de sofás abandonados, cabos de vassoura, tampas de garrafa, dentre outros dejetos. Segundo ele, tudo que não serve para alguém, pode ser útil para outra pessoa.

Suas obras possuem uma grande variedade de cores e texturas, e são repletas de simbolismos e sentidos que demandam uma imersão do espectador. Alguns dos trabalhos têm títulos que por si só transmitem uma mensagem, como "Mais paz e amor nas escolas sempre amando seu próximo" e "A Natureza está pedindo socorro". "Muitos acham que os títulos não têm fundamento, mas meu objetivo é criar uma reflexão não só sobre os temas do dia a dia, mas sobre o que é realmente importante para o bem estar", conta João.

Além de se aventurar com linhas e agulhas, o artista tem experiências nas áreas de teatro, pintura, artesanato e também já escreveu duas novelas. Seus trabalhos vêm ganhando repercussão após ter sido contemplado com diversas premiações no concurso Arte na Cohab. A lucidez é uma espécie de combustível e questões de gestão pública e de religião aparecem com freqüência em suas intervenções. "Pouca gente se dispõe a pensar em casos como o da venda de sentenças e a influência forçada da religião muçulmana na África subsaariana, mas eu trago para meus trabalhos", explica o artista. João Morais já expôs em lugares como o Salão Internacional de Humor de Piracicaba, Galeria Prestes Maia e CEU Azul da Cor do Mar, em Itaquera.


SERVIÇO
Onde está a chave da Paz?, de João Morais
Local: Casa de Cultura Raul Seixas
Rua Murmúrios da Tarde, 211 - Conjunto José Bonifácio - (11) 2521-6411
Horário: 9 às 17hs, de segunda a segunda-feira (até o mês de julho)

Montenegro lança site sobre Cirurgia Plástica Gratuita para informar população

Objetivo é mostrar que este procedimento pode ser feito, em muito casos, até mesmo pelo SUS, sem qualquer despesa para o paciente

O cirurgião plástico Wagner Montenegro lançou ontem o site Cirurgia Plástica Gratuita (www.cirurgiaplasticagratuita.com.br), com o objetivo de acabar com o mito de que cirurgia plástica é um procedimento estético destinado apenas às classes de renda mais alta. Na verdade, o que grande parte da população não sabe é que muitas delas podem ser feitas gratuitamente, inclusive por médicos de renome e hospitais de primeira linha.

Com esse trabalho, a equipe do site busca oferecer conteúdo diferenciado e de qualidade, além de prestar um serviço de utilidade pública aos interessados no assunto. Ele é, também, uma ferramenta importante para proporcionar à população maior acesso a tratamento médico. Muitos dos procedimentos cirúrgicos gratuitos não são usufruídos pela população por falta de informações.

Após a cirurgia bariátrica (redução do estômago), por exemplo, com o emagrecimento, o paciente acumula grande quantidade de pele na região abdominal e nas pernas, principalmente. É uma típica cirurgia que pode ser feita gratuitamente, inclusive pelo SUS. O mesmo ocorre com a redução de mamas, quando elas são tão grandes que afetam a coluna da pessoa.

Além disso, o Cirurgia Plástica Gratuita abre espaço para comentários dos internautas, médicos que respondem dúvidas, explica a legislação brasileira sobre o assunto, além de listar onde é possível se fazer uma plástica de graça em todo o Brasil.

Para tornar o site sempre atualizado e “recheado” de novas informações, o cirurgião conta com um grupo comprometido e engajado em pesquisar, apurar, e, acima de tudo, ajudar a todos que acompanham seu trabalho, idealizado para agregar, a um público cada vez mais exigente, um material rigorosamente selecionado. Sem falar nos médicos renomados, que irão acrescentar mais conteúdo ao debate e tema propostos.

Serviço:
Montenegro Cirurgia Plástica – Cirurgia Plástica Gratuita
Wagner Montenegro
Tel: (11) 5539-1811
www.cirurgiaplasticagratuita.com.br
www.plasticamontenegro.com.br

Fabricantes pedem linhas de financiamento que acelerem a inovação

Indústria médico-hospitalar e odontológica apresenta propostas ao governo para agilizar os processos de pesquisa & desenvolvimento e dar fôlego às pequenas empresas que investem em novas tecnologias.

Mais financiamento, mudanças na legislação focada em inovação e harmonização tributária foram a base das propostas elaboradas pelas fabricantes de produtos para a saúde a fim de viabilizar a pesquisa & desenvolvimento na área. A pauta foi apresentada ao ministro da Saúde, José Gomes Temporão e ao Grupo Executivo do Complexo Industrial da Saúde (GECIS), integrado por 14 instituições governamentais, nesta terça-feira (25). A reunião ocorreu durante a Feira Hospitalar, que acontece esta semana em São Paulo (SP).
O presidente da Associação Brasileira das Indústrias Médico-Hospitalares e Odontológicas (ABIMO), Franco Pallamolla, destacou ainda a necessidade do Ministério da Saúde exigir o Certificado de Boas Práticas de Fabricação para todos os produtos para a saúde adquiridos no âmbito do SUS, de forma direta ou indireta. "A medida estabelece isonomia entre os setores de medicamentos e produtos para saúde, além de determinar um padrão mínimo de qualidade", explicou Pallamolla.
O coordenador do GECIS e secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, Reinaldo Guimarães, afirmou que o grupo irá analisar as propostas. Na reunião, Temporão assinou também a revisão da Portaria 978/2008, oficializando a atualização da lista de produtos estratégicos para a saúde a cada dois anos. O documento tem como propósito subsidiar o BNDES no apoio às operações de participação nos resultados do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Complexo Industrial da Saúde (PROFARMA).
Outro ponto discutido na reunião foi a regulação de bioprodutos, ou seja, de origem animal, como os anticoagulantes. "Essa é uma proposta arrojada que abre novas perspectivas para a indústria", enfatizou o ministro. Ele lembrou que 41% dos gastos públicos com medicamentos são com bioprodutos. A proposta está disponível para consulta pública. Segundo Temporão, as ações voltadas ao complexo da saúde é fazer com que o ministério seja indutor da ampliação da capacidade produtiva do país.

Saiba Mais
As propostas da ABIMO para o GECIS:

- Financiamento - BNDES
 Criar linha específica para aquisição de novas tecnologias no exterior;
 Permitir que distribuidores também possam realizar operação de Finame na venda de equipamentos médicos;
 Agilizar o cadastramento de novos produtos no Finame
- Financiamento - FINEP
 Criar um mecanismo de fluxo contínuo de recursos, com datas específicas para avaliação dos projetos apresentados;
 Criar linha de subvenção permanente para pequenos projetos de inovação incremental, através de sistema semelhante ao cartão do BNDES;
 Redução das contrapartidas nos projetos para empresas de capital nacional;
 Agilizar a contratação de projetos aprovados.

- Lei de Inovação
 Regulamentar a Lei de Inovação permitindo encomendas tecnológicas para produtos de interesse do SUS.

- Tributação - ICMS sobre produto acabado

 Buscar entendimento com o CONFAZ, a fim de estabelecer alíquota única no País aos produtos para saúde;
 Extinguir práticas como a redução de alíquotas na utilização de portos ou as sobretaxas na entrada do produto no Estado.

ESPM abre incrições para pós, Master e MBA com destaque para novos cursos

As novidades ficam por conta dos cursos de Master em Comunicação, e das especializações em Gestão de Negócios do Entretenimento, e em Liderança de Equipes e Gestão de Projetos

 A ESPM-SP está com as inscrições abertas para os cursos de Pós-Graduação 2010 deste 2º semestre. A grade oferece 14 cursos lato sensu para os profissionais interessados no desenvolvimento e ampliação de seus conhecimentos.

Os programas são direcionados para aqueles que buscam uma formação gerencial inicial, por meio da Pós Primeira Gerência, até programas para executivos que já ocupem posição de média gerência e direção como o MBA Executivo, Master em Marketing e Master em Comunicação. A indústria hoteleira, a promoção de eventos e a vinda da Copa do Mundo em 2014 e dos Jogos Olímpicos em 2016 geram destaque para os cursos em Gestão de Negócios do Entretenimento e, para o já conhecido, Administração e Marketing do Esporte.

Outra novidade deste ano é o curso de pós: Liderança de Equipes e Gestão de Negócios. Os demais cursos permeiam várias áreas de conhecimento, como comunicação, marketing, negócios, design, gestão de pessoas, vendas, consumo, entre outras.

Para o candidato ou interessado em conhecer um pouco mais sobre os cursos, a ESPM realizará as Palestras de Apresentação. A do programa MBA acontecerá no dia 16/06, a do Master em 07/07 e a dos programas de Especialização em 15/06 e 06/07 - a iniciativa consiste em um encontro de duas horas que permite o contato com o conteúdo, conhecer a proposta dos cursos, assim como, os professores e coordenadores.

A ESPM também realizará o IV Ciclo de Palestras - Aula Aberta que acontecerá de 30/6 a 22/07. Um formato de evento que apresenta a realidade do mercado, com a apresentação de cases em cerca de uma hora e meia de duração. Cada curso de pós-graduação possui sua própria Aula Aberta.

As inscrições para os cursos de pós, seguem até 20 de julho, terça-feira, exclusivamente pelo site www.espm.br/candidato, onde também podem ser encontradas maiores informações sobre as palestras.

Cursos oferecidos:

MBA
MBA Executivo em Marketing

Master Acadêmico
Master em Comunicação
Master em Marketing

Pós-graduação / Especialização
1ª Gerência em Gestão de Negócios
Administração e Marketing do Esporte
Ciências do Consumo Aplicadas
Comunicação com o Mercado
Comunicação Corporativa
Design Estratégico
Gestão Empresarial e Inovação Tecnológica
Gestão de Negócios do Entretenimento
Gestão de Vendas
Inteligência de Mercado ESPM/IBOPE
Liderança de Equipes e Gestão de Projetos

Pós-Graduação ESPM
Inscrições: até 20 de julho
Início das aulas: primeira semana de agosto/2010
Carga horária: de 360 a 600 horas/aula
Provas MBA e Master: a definir
Entrevistas Pós-Graduação: a definir

Informações sobre os programas
Local: Campus Rodolfo Lima Martensen - Rua Joaquim Távora, 1240, Vila Mariana, São Paulo
Informações: www.espm.br/candidato
Telefone: (11) 5081-8225 ou pelo e-mail candidato@espm.br

Sobre a ESPM
A Escola fundada em outubro de 1951, por Rodolfo Lima Martensen, nasceu como “Escola de Propaganda de São Paulo”, e contou com o apoio decisivo de um grupo de publicitários da época e de Pietro Maria Bardi, diretor do Masp. No ano seguinte, a primeira turma de alunos ingressava para a escola. A ESPM é uma instituição sem fins lucrativos e considerada centro de excelência no ensino da propaganda, marketing, administração de empresas, design, gestão, negócios internacionais e, atualmente, está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Brasília.

HOSPITALAR: Coração flutuante é atração no Pavilhão Verde


Imagem holográfica projetada ‘no ar’ em 3D é a mais nova tecnologia do setor para auxiliar os médicos na apresentação de diagnósticos

Um "coração flutuante" vem chamando a atenção dos visitantes que passam pela Rua I do Pavilhão Verde do Expo Center Norte, em São Paulo, onde acontece a Hospitalar 2010. A imagem holográfica projetada "no ar" em 3ª Dimensão (3D) é a mais nova tecnologia que a Input Center trouxe para a feira.

O principal objetivo das imagens holográficas é ajudar os médicos a explicar aos pacientes o que está escrito no diagnóstico. "O novo código de ética diz que o médico deve explicar ao paciente exatamente o que ele tem. E a imagem tridimensional será uma ferramenta poderosa no cumprimento dessa premissa", diz Edson Leite, diretor da Input Center. O executivo lembra que hardware e software utilizados na projeção holográfica são "Made in Brazil".


MAIS INFORMAÇÕES
Com o maior estande do Pavilhão Verde, a Input Center está apresentando ao público, além do "coração flutuante" o "Hospital do Futuro", uma área de 132m² onde são exibidas as ferramentas de um sistema que beneficia mais de 11 milhões de cidadãos.


Serviço:
HOSPITALAR 2010
17ª Feira Internacional de Produtos, Equipamentos, Serviços e Tecnologia para
Hospitais, Laboratórios, Farmácias, Clínicas e Consultórios.
Data: 25 a 28 de maio de 2010
Horário: 12h às 21h
Local: Pavilhões do Expo Center Norte
Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme - São Paulo

Argel: novo destino da TAP

A TAP lança a sua nova rota para Argel a partir de 1º de junho. O novo destino terá uma oferta de três ligações por semana, às terças, quintas e sábados, operadas em equipamento Embraer com capacidade para 45 passageiros.
Os voos Lisboa/Argel partem às 15h45, chegando à capital da Argélia às 18h05. No sentido inverso, a partida de Argel é às 18h50, com chegada a Lisboa às 21h00. Do Brasil a companhia disponibiliza voos partindo de nova cidades brasileiras: Belo Horizonte, Brasília, Campinas (a partir de 03 de julho), Fortaleza, Natal, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo para Lisboa.
Recorde-se que, também em 1º de junho, a TAP inaugura ainda outro destino, Marrakech com uma operação de três voos por semana, às terças, sextas e domingos.
Com a abertura destas novas rotas, a TAP passa a cobrir, a partir de junho, uma rede de onze cidades em nove países de África e a operar um total de 63 ligações semanais entre Portugal e África.
Em Marrocos, Marrakech junta-se a Casablanca, para onde a companhia passa em conjunto a efetuar 20 voos semanais. Em Cabo Verde, a TAP voa para o Sal e Cidade da Praia, sete vezes por semana para cada um dos destinos, e a mesma oferta para Dakar no Senegal. Para Luanda, a companhia aumentou o ano passado a sua oferta para 10 frequências semanais. Na operação Maputo/Joanesburgo, a TAP oferece três voos por semana, operando adicionalmente uma frequência semanal direta apenas para a capital de Moçambique. A transportadora também oferece três ligações semanais a Bissau (que passam a quatro no período entre junho e setembro) e uma para São Tomé.

A influência da publicidade no consumo de álcool entre os jovens

Seminário apresenta pesquisas que evidenciam a relação entre a propaganda e os altos índices de consumo de bebidas em parcela da população que, por lei, é proibida de compra-las e ser alvo de tais apelos

Jovens entre 14 e 17 anos consomem 6% de todo o consumo anual de álcool do país. Esse é um dos dados alarmantes de pesquisa recente que levantou o volume de álcool consumido por diferentes grupos populacionais, adotando critérios como sexo e faixa etária. O estudo será apresentado durante o seminário Álcool, Tabaco e a Publicidade, promovido pela Associação Brasileira de Estudos do Álcool e outras Drogas (Abead), hoje, na Unifesp, em São Paulo.

Raul Caetano, psiquiatra brasileiro radicado nos Estados Unidos, onde é diretor regional e professor de epidemiologia da Escola de Saúde Pública da Universidade do Texas, vem ao Brasil exclusivamente para o encontro, onde fará a análise dos dados e sua relação com a publicidade de bebidas alcoólicas.

Intitulado “Distribuição do consumo de álcool e problemas em subgrupos da população brasileira”, de autoria de Raul Caetano, Ronaldo Laranjeira, Ilana Pinsky e Marcos Zaleski, a pesquisa entrevistou cerca de 3 mil pessoas em todo o território nacional e apontou que 5% dos bebedores brasileiros bebem 27% de todo o álcool consumido anualmente no país. E do total de bebedores, 78% são homens.

Em relação à faixa etária, o levantamento apontou que o grupo de adolescentes entre 14 e 17 anos bebe 6% de todo o consumo anual de álcool. “O número é preocupante, já que a Lei proíbe o consumo de bebidas alcoólicas por menores de 18 anos”, comenta Raul Caetano.

Outro dado alarmante é o índice entre os jovens de 18 a 29 anos, que é responsável por 40% do consumo. “Segundo o IBGE, esse grupo representa 22% (1/5) da população brasileira. Se pensarmos que apenas pouco mais de 20% da população bebe 40% de todo o consumo anual de álcool e, mais ainda, que são jovens, fica evidente o risco que a publicidade, cada vez mais voltada a esse publico, representa”, explica o psiquiatra.

Ainda de acordo com o estudo, a população de 30 a 39 e 40 a 49 anos bebem cada uma 20% do total consumido no Brasil. “Em distribuições por sexo e faixa etária, o consumo de álcool dos grupos brasileiros são semelhantes aos padrões encontrados nos Estados Unidos e em alguns países da Europa”, afirma Raul.

Apesar das amostras, estudos ressaltam que essa concentração de volume de álcool em certos grupos populacionais não significa que um pequeno grupo de bebedores “pesados” – em geral aqueles que estão no topo (10%) – são responsáveis pelos problemas de álcool que existem no país. “Pelo contrário. Outras análises demonstraram que os chamados bebedores moderados são responsáveis por dois terços dos problemas sociais e de dependência ao álcool no Brasil”, diz o especialista.

Na realidade, é o grupo de consumo aparentemente moderado que mais preocupa. Como freqüentemente nesse grupo ocorre o consumo de 4 doses, no caso de mulheres, ou 5 doses, homens, por ocasião de beber – o “binge drinking” ou “beber pesado episódico” – também leva ao desenvolvimento de problemas com o álcool. “O grupo que possui esse padrão de consumo é responsável por 90% de todos os problemas de álcool que ocorrem no Brasil”, acrescenta.

Raul Caetano lembra ainda que esses resultados indicam que as políticas de prevenção de problemas com o álcool devem abranger toda a população e não somente pequenos grupos. E que essas ações envolvem, por exemplo, o controle da disponibilidade do álcool na comunidade através do controle de preço, horas e locais de venda, a identificação precoce de bebedores em risco, as intervenções breves e tratamento.

“O controle da publicidade de álcool é, também, extremamente central, já que é especialmente dirigida aos homens e aos jovens, justamente os grupos que mais bebem. Além disso, o principal controle em vigor no Brasil, que é a autorregulamentação, não funciona”, conclui Raul Caetano.

No Brasil, observa-se uma grande diversidade de estratégias de publicidade de bebidas alcoólicas, principalmente de cerveja, em todos os períodos da programação de TV. “Ignora-se que, entre o público-alvo, estão grupos com idade abaixo da permitida por lei (menores de 18 anos)”, destaca a psicóloga Ilana Pisnky, idealizadora do Seminário Álcool, Tabaco e a Publicidade e que apresenta três pesquisas que correlacionam o consumo com a publicidade no evento.

Em uma análise de 420 horas de programação, foram encontradas 7.359 peças publicitárias. Dessas, 438, ou 7,6%, eram de bebidas alcoólicas, ficando com o sexto lugar de produto mais anunciado.

Outro levantamento conduzido por Ilana Pinsky avaliou os anúncios de quatro canais da TV aberta durante duas semanas e durante três períodos de elevada audiência: Carnaval e Copa do Mundo, eventos que atraem a atenção à TV, e a Páscoa, período de descanso em que a televisão também é fonte de lazer e diversão.

“Os resultados mostraram que existe uma relação direta na transmissão da propaganda de bebidas em todos os períodos do dia, com destaque para a transmissão relacionada a esportes. Não houve nenhum programa esportivo que não tivesse bebidas alcoólicas entre os anúncios”, relata Ilana Pinsky.

Outra pesquisa inédita sugere que a propaganda de bebidas alcoólicas pode ter um efeito grave sobre os adolescentes e adultos jovens, devido à vulnerabilidade deste grupo ao conteúdo da mensagem publicitária.

A partir da análise de cinco anúncios que foram publicados durante o verão de 2005-2006 e a Copa de 2006, percebidos como altamente atraentes para os adolescentes, foram identificados diversos pontos que violam a regulamentação nacional, em especial a diretriz que visa proteger crianças e adolescentes e a orientação que proíbe conteúdo incentivando o consumo excessivo de bebidas alcoólicas de forma irresponsável.

Esse é um problema grave que deve servir de alerta para alterações nas políticas públicas, em que se incluem a redução da disponibilidade do álcool, punições a quem dirige alcoolizado, intervenções breves e a restrição à publicidade, entre outras.

“Essas evidências do consumo de álcool entre jovens são ainda mais preocupantes por sabermos que, neles, os efeitos podem ser ainda mais devastadores. Além de estar atrelado à maior parcela de acidentes de carro e agressões entre os jovens, o consumo de bebidas alcoólicas entre os adolescentes pode provocar sérias alterações comportamentais, sendo ainda a principal porta de entrada para o consumo de outras drogas. Isso apenas para resumir os estragos provocados pela bebida”, afirma Ilana Pinsky.