Nossos Vídeos

domingo, 27 de setembro de 2009

Transição da carreira esportiva

O sonho de tornar-se um atleta começa a despertar, geralmente, ainda na infância ou no início da adolescência. Isso acontece porque a vida esportiva tem duração e tempo útil, é preciso empenho e muitas horas de treino, o que leva inúmeros jovens a abandonar os estudos e se dedicar apenas ao esporte.

Durante alguns anos, esses profissionais tornam-se conhecidos, desfrutam de salários razoáveis e passam a maior parte do dia dentro das quadras. Muitos deles, quando chegam ao final da carreira, não possuem bagagem para seguir outra profissão e arrependem-se de não terem investido e cursado o ensino superior. Pesquisas apontam que essa transição pode se r dolorosa e levar o atleta a graus preocupantes de estresse, dependência química, depressão e até mesmo de suicídio.

O que fazer para incentivar os jovens atletas a continuar os estudos e obter, além da profissão esportiva, outra fonte geradora de renda? Como prepará-los da melhor forma possível, a fim de evitar sofrimentos físicos e psicológicos, tão comuns no final da carreira?

A Universidade Guarulhos (UnG), por meio de uma parceria com a Secretaria de Esportes da cidade de Guarulhos, oferece bolsas de estudos integrais em diversas áreas, visando oportunizar que os atletas tenham uma opção de carreira no momento da transição. “É uma chance única de aprendizado. Só exigimos que eles se dediquem ao máximo na formação”, afirma a diretora do curso de Educação Física da UnG, profa. Rosemeire de Oliveira
*
*
*
Publicidade:



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0