Nossos Vídeos

domingo, 20 de setembro de 2009

UNIFESP inicia estudo com voluntários para tratamento da gripe H1N1

Reconhecida pelo desenvolvimento de pesquisas e estudos científicos, a Universidade Federal de São Paulo oferece vagas para pessoas com os sintomas da doença

O Núcleo de Pesquisa em Geriatria Clínica e Prevenção (NUPEQ) da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) abre nesta segunda-feira, 14 de setembro, vagas para voluntários que possam participar de Estudo Clínico aprovado pelo Comitê de Ética e Pesquisa da Universidade, para tratamento da gripe H1N1. Os voluntários receberão medicação e serão acompanhados por uma equipe médica especializada durante todo o tratamento.

Para participar, o candidato deve apresentar os seguintes sintomas e perfil:
- Febre igual ou acima de 38°C
- Início súbito
- Mal-estar
- Dores musculares pelo corpo
- Tosse
- Início dos sintomas nas últimas 48 horas
- Idade igual ou acima de 18 anos

Os interessados devem entrar em contato pelo telefone 5579-0400, das 8h30 às 12h30, de segunda à sexta-feira.

Sobre a UNIFESP
Criada em 1933 por um grupo de médicos reunidos em uma sociedade sem fins lucrativos, a Escola Paulista de Medicina (EPM) foi federalizada em 1956 e, em 1994, transformada em Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), primeira universidade especializada em saúde no País. Atualmente, com 18 mil alunos matriculados nos cursos de graduação, pós-graduação e demais programas de pós, a UNIFESP conta com 874 docentes, sendo que 93% possuem título de doutor, um percentual que marca a qualidade de ensino oferecida por uma das universidades que mais cresce no País.
A Escola, que possuía um único prédio no início de suas atividades, inaugurou em 1940 o Hospital São Paulo, primeiro hospital-escola do País, e atualmente o campus na capital - Campus São Paulo - ocupa 251 propriedades, com 138 mil m2. Em 2006, a UNIFESP iniciou o mais ambicioso processo de expansão universitária do País, saltando de um para cinco campi e de cinco para 25 cursos de graduação. Com os novos campi na Baixada Santista, Diadema, Guarulhos e São José dos Campos, a instituição deixou de atuar exclusivamente no campo da saúde, inaugurando cursos nas áreas de humanas (Guarulhos) e exatas (Diadema e São José dos Campos). Até 2014, a UNIFESP planeja criar mais sete cursos, fazendo com que o número total de vagas oferecidas a cada ano no vestibular evolua das atuais 1.812 vagas para 2.598.
*
*
*
PUBLICIDADE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0