Nossos Vídeos

domingo, 20 de setembro de 2009

União e Estado viabilizam construção de 13 mil moradias populares para famílias de 0 a 3 salários mínimos

Foto: JM Pereira
O vice-presidente da Caixa, Jorge Hereda e o Secretário Estadual da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, assinam acordo para viabilizar 13 mil moradias populares nas regiões metropolitanas do Estado
*
O vice-presidente de Governo da Caixa Econômica Federal Jorge Hereda e o Secretário de Estado da Habitação e Presidente da Companhia de Desenvolvimento Urbano (CDHU), Lair Krähenbühl, assinaram hoje , em São Paulo, Acordo de Cooperação e Parceria entre o banco e o Governo do Estado de São Paulo para viabilizar a construção de 13 mil moradias populares por meio do Programa do Governo Federal Minha Casa Minha Vida (PMCMV).
Serão beneficiadas famílias com rendimentos de 0 a 3 salários mínimos, nas cidades com mais de 50 mil habitantes, e prioritariamente nas regiões metropolitanas e nos municípios com mais de 100 mil. O acordo é o resultado da parceria iniciada no último mês de abril entre os governo paulista e o Ministério das Cidades, quando ocorreu a adesão ao PMCMV.
Durante esse período, foram desenvolvidos diversos estudos e promovidas reuniões entre técnicos do banco, da CDHU e da Secretaria da Habitação para viabilizar o acordo e promover a construção de moradias para a população de baixa renda no estado de São Paulo.
As primeiras moradias terão a construção iniciada a partir dos próximos 30 dias, na Região Metropolitana de São Paulo, uma vez que já foram licitadas pela CDHU. Equipes da Caixa, da CDHU e da Secretaria de Habitação estão trabalhando nos procedimentos que preparam a licitação das demais moradias.
O acordo estabelece que a CDHU e a Secretaria de Habitação aportarão recursos para complementar o valor exigido para a construção dentro dos padrões atualmente adotados no Estado de São Paulo. A demanda que será atendida neste primeiro lote de moradias será definida pela Secretaria de Estado da Habitação, CDHU e prefeituras municipais, dentro dos critérios estabelecidos pelo Ministério das Cidades para o PMCMV.
Segundo os representantes da Caixa e do Governo Estadual, o documento prevê a ampliação do número de unidades que beneficiarão famílias no âmbito PMCMV no Estado de São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0