Nossos Vídeos

quinta-feira, 25 de março de 2010

Assim como os adultos, as crianças devem aprender a se vestir “em camadas”

Quem pensa que vestir-se “em camadas” é exclusividade de novaiorquino ou de quem pratica montanhismo está enganado. As variações climáticas têm-se mostrado cada vez mais intensas e podemos experimentar, do lado de baixo do Trópico de Capricórnio, quedas de temperaturas tão bruscas quanto os aumentos, com diferenças de cinco ou seis graus centígrados em poucas horas. Isso obriga as pessoas a desenvolver a habilidade de se vestir de modo a acompanhar tais variações, inclusive as crianças. Afinal, não é nada elegante nem saudável passar o dia inteiro suando dentro de uma blusa de lã colada ao corpo.

“Além de ser necessário saber se vestir em camadas, hoje em dia também está na moda. E as meninas ficam adoráveis usando capelets, cachecóis e todo tipo de roupa que permite expressarem suas personalidades”, diz Lela Barbosa Torre, sócia e designer da Chicletaria – grife que há 30 anos atua na indústria da moda infantil brasileira.

De acordo com a executiva de moda, antes de tudo é importante não confundir “vestir-se em camadas” com “vestir qualquer roupa, uma por cima da outra”. Para não correr o risco de sair por aí com sua criança malvestida, seguem algumas dicas importantes.

“Geralmente, a camada mais interna, junto ao corpo, é composta por blusinhas de malha natural ou sintética. A segunda camada pode ser uma bela blusinha de lã, ou ainda um casaquinho de lã ou um blazer. A terceira camada, que é a que fica mais exposta, será definida de acordo com a ocasião. Se o objetivo for proteger a criança do frio, pode-se optar por uma jaqueta forrada. Já se o propósito for apenas evitar a friagem dos lugares abertos, as capinhas (capelets) são a melhor pedida. Para não errar, você monta um guarda-roupa básico de inverno para sua criança e define quais são as peças-chave de cada camada, combinando cores e estampas. Assim fica mais fácil visualizar cada ‘look’”, diz Lela.

A sócia da Chicletaria aponta as cinco peças-chave do guarda-roupa de inverno:

Lenços e Cachecóis. “As meninas ficam lindas e adoram colecionar desde lenços que pedem uma simples amarração no pescoço até cachecóis coloridos com várias voltas”;
Capelets e ponchos. “Os ponchos são mais compridos e grossos. Já os capelets protegem somente os ombros e podem ser encontrados em diferentes materiais. Desde lãs finas até pele sintética, com ou sem adereços. Independentemente do modelo escolhido, eles dão sempre um toque de charme à produção”;
Blazers. “Para meninos são praticamente uma peça obrigatória neste inverno. Mas as meninas também terão suas versões bem femininas, com aplicações e bordados, para usar”;
Blusas de manga curta. “Podem ser de malha ou de lã e ficam muito divertidas quando sobrepostas a camisetas de manga comprida ou cacharel”;
Vestidos de manga curta. “Para uma produção bem ‘fresh’, a primeira camada deve ser uma blusa de gola alta e mangas longas. Coloque por cima o vestido e finalize com uma capinha ou um casaco aconchegante. Botinhas completam o look”.

Fonte: Lela Barbosa Torre, sócia-fundadora e designer da Chicletaria Moda Infantil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0