Nossos Vídeos

quinta-feira, 25 de março de 2010

SP inaugura centro integrado de saúde mental

Pavilhão de 1933 é restaurado para abrigar unidade com 40 leitos

A Secretaria da Saúde entregou nesta quarta-feira, 24, o Centro de Atenção Integrada à Saúde Mental (Caism) de Franco da Rocha. A unidade irá funcionar em uma área de 2,3 mil m2 que já abrigou o antigo Pavilhão de Tuberculosos do Complexo Psiquiátrico do Juquery no século passado. "Este centro psiquiátrico vai ser tocado pela Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, o que vai significar qualidade no atendimento", afirmou o governador José Serra durante a cerimônia de entrega do centro.

Em seu discurso, o governador também falou sobre outros investimentos na região: o Hospital Estadual de Franco e uma Faculdade de Tecnologia. "É um hospital que deve ficar pronto nos próximos três meses. Eu também anunciei o início das tratativas para a implantação de uma Faculdade de Tecnologia, aqui para Franco da Rocha - na verdade para toda a região", disse.

O investimento foi de aproximadamente R$ 7 milhões, entre obras e equipamentos. O edifício, construído em 1933 e em processo de tombamento pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), passou por um cuidadoso processo de restauro das fachadas internas e externas, além de recuperação dos elementos arquitetônicos, portas, janelas e cobertura.

No local há 40 leitos, dos quais 20 para cada sexo, destinados a internações psiquiátricas de curta permanência, para casos agudos, além de ambulatório com nove consultórios para adultos e outros quatro para crianças. Foi construído um prédio anexo para abrigar a unidade de pronto-socorro, com mais 14 leitos para observação e quatro consultórios de pronto-atendimento.

O Caism terá capacidade para realizar cerca de 500 internações por ano, além de 24,3 mil consultas ambulatoriais e 7,8 mil atendimentos de urgência. Cerca de 250 profissionais irão atuar na unidade, entre médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, nutricionistas e equipes de apoio. O serviço será referência para cerca de 500 mil habitantes da região de Franco da Rocha.

"Sem dúvida trata-se de um moderno conceito de atendimento integrado em saúde mental, que reúne internações curtas e acompanhamento ambulatorial dos pacientes psiquiátricos", afirmou o secretário da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Novo hospital

Ainda neste ano será entregue à população o Hospital Estadual de Franco da Rocha, em substituição ao antigo hospital de clínicas, também no Complexo do Juquery. O investimento da Secretaria na nova unidade irá totalizar R$ 52 milhões entre obras e equipamentos.

O novo hospital, que está em fase de conclusão da obra física, irá funcionar em uma área de 15,9 mil m2. Com cinco andares, terá 120 leitos de internação e 14 de UTI adulto, além de centro cirúrgico com seis salas, hospital-dia, ambulatório e pronto-socorro adulto e infantil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0