Nossos Vídeos

quinta-feira, 25 de março de 2010

CRF-SP apoia o combate ao uso indiscriminado de antibióticos

Uma simples febre ou dor de garganta nem sempre são motivos para recorrer ao medicamento

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) tem se mobilizado para combater o uso indiscriminado de antibióticos desde o ano passado, quando numa iniciativa inédita promoveu uma série de reuniões com entidades representativas de farmacêuticos, médicos, veterinários, odontólogos, vigilância sanitária, Secretaria Estadual de Saúde, infectologistas, entre outros, para discutir o assunto e, desde então, apoia a inclusão por parte da Anvisa dos antibióticos na lista de medicamentos controlados.

Na ocasião destas reuniões, foi criada uma liga inédita de combate à resistência bacteriana composta pelas entidades de classe presentes, para que fossem realizadas ações conjuntas de conscientização da população e profissionais da saúde. O Conselho então lançou a campanha “Uso racional de antibióticos e o combate à resistência microbiana”, para alertar tanto farmacêuticos quanto os usuários sobre os perigos da automedicação.

Para a presidente do Conselho, dra. Raquel Rizzi, a iniciativa de integrar as especialidades é fundamental para promover o uso racional de antibióticos, o que, segundo ela, também inclui prescrição e dispensação controladas. “Não adianta apenas a atuação do farmacêutico na dispensação, o diagnóstico e a prescrição também devem ser corretos e a população precisa entender que uma febre ou gripe nem sempre é motivo para o uso de antibiótico”, reitera.

A regulamentação do uso de antibióticos no País foi tema de audiência pública proposta pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária na tarde desta quarta-feira (24/03), em Brasília. A Agência propõe a inclusão dos antibióticos na Portaria SVS/MS nº. 344/98, que lista as substâncias e medicamentos sujeitos a controle especial no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0