Nossos Vídeos

domingo, 21 de março de 2010

UBES pede preenchimento imediato das vagas ociosas nas universidades federais

A União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) considera grave o fato de 7111 vagas continuarem em aberto nas universidades federais que utilizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de seleção de calouros, e exige o preenchimento imediato de todas elas.

"Não podemos permitir que quase 15% das vagas fiquem ociosas nas universidades federais. Essas vagas têm de ser preenchidas já. O problema é que o ano letivo já começou e os alunos estão perdendo aulas", afirma o presidente da UBES, Yann Evanovick.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), das 47.900 vagas oferecidas pelo SISU (Sistema de Seleção Unificado), 40.789 foram preenchidas, após três fases de seleção e da chamada da primeira lista de espera, o que representa 85% do total.

"A aplicação do SISU foi prematura e causou um novo constrangimento. Alunos aprovados perderam vagas por ações judiciais e isso não pode mais ocorrer", finaliza Evanovick.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0