Nossos Vídeos

segunda-feira, 15 de março de 2010

Balão Intragástrico é alternativa para adolescentes com sobrepeso

Um estudo recente foi publicado na revista científica da Associação Médica Americana (AMA), onde pesquisadores australianos acompanharam 50 adolescentes, sendo que a metade deles frequentou um programa intensivo de mudança de estilo de vida, enquanto que a outra metade passou por uma cirurgia bariátrica de banda gástrica. Após dois anos, o grupo que passou pela cirurgia havia perdido mais peso: de um total de 25, 21 jovens perderam mais da metade do sobrepeso. Entre os que não passaram pela cirurgia, a taxa de perda de sobrepeso foi de 3 em 25.
Nos Estados Unidos, Brittany Caesar, na época com 14 anos, foi a primeira adolescente a passar por uma cirurgia bariátrica no Hospital Infantil do Texas, embora o procedimento ainda esteja em fase experimental para jovens e crianças. Além de ser uma cirurgia experimental, médicos divergem opiniões já que os adolescentes não têm maturidade física e emocional. Esses jovens devem receber aconselhamentos psicológicos, pois seus sistemas digestivos e suas dietas serão alterados para sempre.
Aqui no Brasil, além do tratamento com a banda gástrica ajustável, existe uma alternativa diferente da cirurgia bariátrica e aprovada pela ANVISA: Balão Intragástrico. O tratamento atua como um bolo alimentar artificial e, consequentemente, aumenta a saciedade precoce.
Introduzido no estômago e retirado via endoscopia, o balão é feito de silicone e possui uma válvula lisa e um catéter de introdução. Ao chegar ao estômago, o balão é preenchido com um volume de 400 a 700 ml de solução salina e azul de metileno estéreis. Recomendado por no máximo seis meses, o procedimento é simples, não exige afastamento das atividades diárias e o paciente pode comer de tudo e ter uma vida normal.
Para complementar e ter um resultado totalmente satisfatório no tratamento, o paciente é acompanhado por uma equipe multidisciplinar que ajuda a emagrecer no tempo certo e com saúde. Além disso, dicas de nutrição, bem-estar, atividade física e motivação estão à disposição dos pacientes durante o tratamento.
Portanto, fica a dica para procurar sempre um médico antes de iniciar qualquer tratamento para sobrepeso. Só ele orientará qual a melhor forma de emagrecer com saúde e ter uma melhor qualidade de vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.