Nossos Vídeos

domingo, 21 de março de 2010

Paulistas “se culpam” pela dengue

Em pesquisa da APPM, 79% dos entrevistados creditam a culpa pela epidemia de dengue à própria população


Durante o ano de 2009, o Ministério da Saúde confirmou um total de 7.960 casos de dengue. No Estado de São Paulo, o número de casos vem crescendo em 2010. Este movimento tem levantado a discussão sobre quem é o culpado desta situação. Uma pesquisa realizada pela APPM - Análise, Pesquisa e Planejamento de Mercado mostra que, para 79% dos entrevistados, a culpa é da própria população, que não toma os cuidados necessários para combater o mosquito transmissor da doença. Outros 13% creditam a culpa ao Governo, que não realiza as ações necessárias no combate - 8% não souberam responder.
Quando a pergunta é se a pessoa costuma tomar alguma atitude para evitar a dengue, 98% afirmaram que sim - dentre as atitudes adotadas, a pesquisa apontou que 99% dos entrevistados mantêm a caixa d’água tampada, 98% não deixam vasos, garrafas e pneus com água parada e 71% apelam para inseticidas ou repelentes para combater o mosquito. “Apesar da pesquisa apontar a população como a principal culpada pela dengue, 98% afirmam tomar alguma atitude para evitar o problema. Não deixa de ser uma contradição pois, naturalmente, as pessoas não se incluem como culpadas. É a velha história de que a culpa é sempre do meu vizinho e, de vizinho em vizinho, chegamos a 79% da população”, explica Rodrigo de Souza Queiroz, diretor de Comunicação e Marketing da APPM.
A APPM realizou a pesquisa telefônica junto a uma amostra representativa do Estado de São Paulo, entrevistando 1.000 pessoas entre os dias 24 e 25 de fevereiro de 2010.

Sobre a APPM
A APPM – Análise, Pesquisa e Planejamento de Mercado é uma empresa de Pesquisa de Mercado e Opinião Pública que trabalha com uma visão global sem perder o foco nas necessidades de seus clientes. Os resultados das pesquisas são analisados e sistematizados para apresentar, de forma acessível e estratégica, caminhos de soluções e oportunidades para o sucesso de um projeto. Os produtos oferecidos pela APPM se dividem em três áreas: Mapeamentos, Tendências e Avaliação. Com sede em São Paulo (SP), a empresa já atendeu clientes de renome no mercado, como Governo do Estado de São Paulo, África Propaganda, Banco do Brasil, DPZ, Nike, Ponto Frio e Vivo, entre outras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0