Nossos Vídeos

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Uma das maiores industrias do setor textil mostra o que vem por aí

Gracia Bassi - Foto: Jo Capuso

Visual high tech, influência safári, estampas tribais e muita cor. Estas são apenas algumas das tendências apresentadas pela Adar Tecidos para o verão 2011. Em evento realizado nesta terça-feira, 23, no Auditório Elis Regina, no Anhembi, a empresa mostrou o que vai estar em alta nas vitrines europeias e norte-americanas e os seus lançamentos que farão a cabeça das brasileiras. “Este evento serve para apresentar aos lojistas os tecidos que estarão em alta na próxima estação”, comentou Gracia Bassi, gerente de produtos do núcleo feminino da Adar Tecidos, uma das maiores indústrias do setor.

Após uma temporada de pesquisa na Europa e nos Estados Unidos, a Adar Tecidos traz para a sua coleção 2011 cores vibrantes e intensas, inclusive para serem usadas em visuais mais requintados; tecidos tribais sóbrios e alegres, fazendo referência à Copa do Mundo da África; cores cítricas para serem usadas como pano de fundo; cores naturais para serem usadas sem erro no dia a dia; além de bolas e xadrez, que também estarão nas roupas do próximo verão. “As tendências mostram que é bacana brincar com os tecidos. Vale a pena soltar a imaginação”, alerta Sandra Falci, gerente de marketing da empresa.

Este foi o primeiro ano que a Adar Tecidos separou as apresentações dos seus produtos: feminino, masculino, infantil e denim. “Fazíamos um evento só para falar de todos os nossos produtos e isto tornava a apresentação longa. Neste ano, apostamos na segmentação das apresentações para maior aproveitamento do público e, hoje, estamos mostrando as tendências para o segmento feminino”, explicou Gracia Bassi, lembrando que a empresa já fez o evento infantil e ainda vai fazer o masculino e o denim.

Para Orlando Brandão, administrador de produtos e gerente do núcleo masculino da Adar Tecidos, a análise completa da segmentação das apresentações só poderá ser feita após o seu término, mas ele acredita que será positiva. “Estamos sempre tentando inovar para atingir de forma correta o nosso público”, finalizou. A coleção ainda será mostrada em outras cidades brasileiras como: Fortaleza, Belo Horizonte, Brusque (SC), Rio de Janeiro, Porto Alegre, Santa Catarina e São José do Rio Preto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.