Nossos Vídeos

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ExpoBelta: Conheça programas de trabalho voluntário no exterior

Fazer intercâmbio como voluntário é uma chance de ajudar o próximo e o planeta e crescer profissionalmente

Fazer um intercâmbio no exterior pode envolver muito mais do que o crescimento estritamente pessoal: pode ser uma oportunidade única de usar um pouco do tempo disponível em prol de um bem maior, ajudando o próximo e o planeta. Escolher sair da badalação e do aprendizado individual que a viagem no exterior proporciona para se dedicar, voluntariamente, a uma causa, pode trazer muito retorno, como especialização em projetos sócio-ambientais. "Os voluntários oferecem apoio e sustentabilidade, uma vez que contribuem com mão de obra e recursos. Se são estrangeiros, como são de diferentes culturas, inserem uma visão diferenciada, colocando em prática ideias que melhoram as condições dos projetos que participam", explica Maria Barreto, representante da EduSA (associação de escolas de idiomas sul-africanas) no Brasil.
O crescimento da procura por este tipo de programas vem aumentando gradativamente. Uma das escolas sul-africanas registrou um número três vezes maior no começo de 2010 de estudantes destes programas, comparado ao mesmo período de 2009. A CI, uma das operadoras de intercâmbio que oferece este programa, registrou um aumento de 120% nas vendas desses programas no ano passado.
A justificativa é que quem opta pelo trabalho voluntário tem todas as vantagens de um intercâmbio internacional comum - como adquirir fluência em um idioma estrangeiro, conhecer e ter contato com pessoas de diferentes culturas, etc. - e um grande crescimento pessoal. "É uma oportunidade de se sentir útil, ajudar o próximo e ter contato com a comunidade e cultura local. Com isso, é possível acrescentar uma experiência pessoal que conta muitos pontos no currículo uma vez que as empresas brasileiras estão muito engajadas com a responsabilidade social", explica Maria Barreto. Angela Lucena, do Centro de Turismo Espanhol, compartilha da mesma opinião: "viajar como voluntário é uma forma de aprender a língua local, estar em contato profundo com a cultura e vivenciar um crescimento como ser humano", diz ela.
A África do Sul é o país que mais recebe estudantes brasileiros que trabalham como voluntários. São várias as possibilidades de programas, nas mais variadas áreas: trabalhos com a comunidade, adolescentes, orfanatos, hospital infantil, meio ambiente, reservas ambientais, proteção animal e animais selvagens. A Espanha também disponibiliza aos estrangeiros diversas possibilidades: trabalhos de acompanhamento de idosos e pessoas com dificuldade de mobilidade, de preservação do meio ambiente e animais; programa junto a Organização das Nações Unidas; e muitos outros. Austrália, Índia, Namíbia, Peru e Paraguai também são países que oferecem vagas.
Para conhecer detalhes dos mais diferentes programas que existem no mundo, que unem curso de idiomas e programas de voluntariado, o lugar ideal é a ExpoBelta - principal feira de educação internacional e a única que tem apoio dos órgãos oficiais de vários países. O evento conta com a presença de instituições governamentais e estudantis. Além disso, as principais operadoras de intercâmbios brasileiras estarão presentes e poderão tirar dúvidas e apresentar todos os programas do tipo no mundo. Todo ano, a ExpoBelta tem um país convidado. Em 2010, a posição de destaque é dos Estados Unidos.
A ExpoBelta 2010 acontecerá em 20 e 21 de março, das 14h às 19h, no Centro de Convenções Frei Caneca. O endereço é Rua Frei Caneca, 589, 5º andar - Bela Vista. A entrada é gratuita.

Sobre a Belta
Criada há 18 anos, a Belta - Brazilian Educational & Language Travel Association - é a primeira associação latino-americana do segmento de educação internacional. Com o objetivo de ampliar o mercado de educação internacional no Brasil, a Belta investiu na promoção do segmento e na qualidade e confiabilidade dos programas internacionais oferecidos por suas associadas. A Belta avalia e credencia operadoras de intercâmbio. Possui mais de 70 empresas-membro entre operadoras no Brasil e organizações internacionais. A qualidade destas empresas é atestada pelo selo Belta, que faz com que sejam consideradas as melhores do País, dando credibilidade tanto no Brasil quanto no Exterior.
A ExpoBelta 2010 é organizada pela Belta e feito em parceria com as seguintes organizações internacionais: ALPHE Workshops, Australian Education International / Study in Australia, Consulado Geral da Austrália / Austrade, British Council, Education UK, Consulado Britânico, UK Border Agency, Consulado Geral do Canadá, CampusFrance / CenDoTec, Atout France, Consulado da Nova Zelândia, Education New Zealand, FAUBAI - Fórum de Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais, ICEF - International Consultants for Education and Fairs, IIE - Institute of International Education, Departamento do Comércio dos EUA, Serviço Comercial dos EUA, Education USA, EduSA - Education South Africa, Enterprise Ireland, Instituto Brasil Irlanda, Nuffic - Netherlands Organisation for International Cooperation in Higher Education, Centro Oficial de Turismo Espanhol / Turespaña São Paulo.
O evento é patrocinado pela Brastel Telecom, empresa de telefonia que, durante a ExpoBelta, divulgará o cartão telefônico pré-pago para chamadas de longa distância, "Brastel Card".
"ExpoBelta: Por um mundo sem fronteiras" . http://www.expobelta.org.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0