Nossos Vídeos

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Verão exige atenção extra na hora de hidratar o corpo

Médico nutrólogo alerta para risco de desidratação nesta época do ano

Com a chegada do verão, é preciso ficar alerta para evitar os riscos da desidratação. Essa é a orientação do Dr. Carlos Alberto Werutsky, médico nutrólogo e coordenador do Departamento de Atividade Física e Exercício da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), que explica que pessoas que praticam atividades físicas precisam tomar cuidados específicos nessa época do ano, como beber bastante líquido e evitar exercícios em horários de forte calor.
O corpo humano é formado por cerca de 70% de água, que é perdida e reposta constantemente pelo organismo. Isso, porém, varia de acordo com a temperatura ambiente, o nível de umidade e o grau de condicionamento físico de cada um. A reposição é o grande segredo da boa saúde.

O Dr. Werutsky explica que o volume desejado de água consumida por dia é de 2,7 litros/dia para mulheres e 3,7 litros/dia para os homens. No entanto, a necessidade de maiores volumes de líquidos pode variar de pessoa para pessoa. "Evitar a prática de exercícios em horários extremos de temperatura como, por exemplo, das 11 às 15 horas", ressalta. "Além de consumir de um copo pequeno de água a cada 20 minutos para treinos cuja duração ultrapasse uma hora".
Segundo o médico nutrólogo, é importante que o praticante cheque seu peso antes de iniciar os exercícios e após o treino. Assim, explica, é possível ter uma imagem da perda líquida do corpo. A orientação, ressalta, é repor 150% dessa perda (de peso) nas próximas seis horas, consumindo água a partir de alimentos que contenham sais minerais, principalmente sal de cozinha.

De maneira geral, para manter um corpo hidratado e saudável durante o verão é aconselhável evitar a exposição em locais com temperaturas extremas, beber volumes diários e adequados de água, além de comer frutas, legumes e verduras.

Sobre a ABRAN

A ABRAN é uma entidade médica científica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina. Fundada em 1973, dedica-se ao estudo de nutrientes dos alimentos, decisivos na prevenção, no diagnóstico e no tratamento da maior parte das doenças que afetam o ser humano, a maior parte de origem nutricional. Reúne 3.200 associados, entre médicos nutrólogos, cientistas, pesquisadores e profissionais na área de nutrição, que atuam no desenvolvimento e atualização científica em prol do bem estar nutricional, físico, social e mental da população.

Para contribuir ainda mais com a manutenção da saúde da sociedade brasileira, a Associação criou o Selo de Aprovação ABRAN, que atende às exigências do consumidor com relação à qualidade e segurança dos alimentos. Somente recebem o Selo de Aprovação ABRAN produtos que foram submetidos a critérios rigorosos de aprovação, encontrando-se de acordo com protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pelo Ministério de Estado da Agricultura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.