Nossos Vídeos

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Vila Jacuí recebe novo viaduto



 O secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl, durante a inauguração do viaduto de transposição da linha férrea, na Vila Jacuí, zona leste da Capital. - Foto: Clovis Deangelo
   A obra, parte do Projeto Pantanal, da CDHU, faz a ligação da Vila Jacuí com a Avenida Assis Ribeiro, na zona leste A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) entregou nesta segunda-feira, 20 de dezembro, uma importante obra na Vila Jacuí, na zona leste da Capital.

 O bairro recebeu um novo viaduto, ligando a localidade à Av. Assis Ribeiro, transpondo a linha férrea da CPTM. "Essa obra vai beneficiar mais de 30 mil pessoas. Antes elas precisavam andar muito para atravessar a via férrea ou arriscar tentando passar pelos trilhos. Agora, em minutos, elas estarão na Avenida Assis Ribeiro, com toda a segurança", disse o secretário de Estado da Habitação e presidente da CDHU, Lair Krähenbühl. O viaduto é uma antiga reivindicação dos moradores da Vila Jacuí.

Com o novo acesso, a população ganha em tempo e principalmente em segurança, já que a transposição evita o cruzamento da linha férrea da CPTM por pedestres. "É uma conquista da comunidade. A presença da CDHU aqui já poupou muitas vidas. Uma obra dessa importância vem coroar a gestão que mais trabalhou pelo bairro", disse o Pastor Wellington, um dos líderes comunitários locais. A obra faz parte do Projeto Pantanal, uma ação integrada do Governo do Estado desenvolvida em uma área de cerca de 900 mil m², onde estão localizados os núcleos União de Vila Nova e Vila Nair e os empreendimentos Vila Jacuí A e B, beneficiando mais de 8.300 famílias.

A urbanização do núcleo União de Vila Nova teve impacto direto na qualidade de vida dos moradores, inclusive, com queda dos índices de violência. O novo bairro conta hoje com sistema viário, pavimentação, calçadas, obras de drenagem, paisagismo, praças, campo de futebol, quadra poliesportiva, pista de skate, pista de caminhada, playgrounds, anfiteatro, bicicletário, horta comunitária e dois parques. Funcionam no local seis escolas e duas unidades de saúde.

O Projeto Pantanal também gerou empregos para a população local. Dos 350 trabalhadores que atuam no canteiro, 210 foram contratados no próprio bairro. Além da oportunidade profissional, eles participaram de um curso de alfabetização promovido pelo empregador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0