Nossos Vídeos

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

O b-á-bá do implante de silicone

Estamos no verão, às "vésperas" do Carnaval. Nesta época, em especial, algumas mulheres desejam expor mais seus corpos e mostrar seios fartos, impulsionadas pelos colos delineados das famosas da mídia.
Com o avanço dos materiais e dos procedimentos para o implante de silicone, muitas mulheres têm recorrido à cirurgia para aumentar os seios. Prova disso é a pesquisa divulgada no ano passado, sob encomenda da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e realização da Datafolha, revelando que em quatro anos, o número de cirurgias estéticas de mama ultrapassou o de lipoaspirações no Brasil. De um total de 629 mil procedimentos de médio e grande porte feitos em 2008, 151 mil foram de mama e outros 91 mil, de lipoaspiração.
A pesquisa também mostrou que o número de cirurgias de aumento dos seios são 74% mais frequentes do que as de redução, contabilizando 96 mil contra 55 mil.
Em 2004, no último levantamento da SBCP, as lipoaspirações somaram 198.137, e as cirurgias de mama, 117.759. No total, foram 616.287 cirurgias.
Apesar do desenvolvimento das técnicas de implante mamário nos últimos anos, a atenção e a pesquisa sobre como, onde e com quem realizar o procedimento são essenciais. Mais do que indicação, é preciso decidir por profissionais experientes e titulados pela SBCP, assim como hospitais de referência para garantir não só o bom resultado estético, mas a segurança da paciente em casos de intercorrências.
Para ajudar quem deseja realizar o procedimento, convidamos o cirurgião plástico atuante no Centro Especializado em Cirurgias Minimamente Invasivas (CECMI), dr. Luiz Philipe Molina. Confira as orientações do profissional.
Quando a cirurgia de implante mamário é indicada? Além do volume insatisfatório da mama, a premissa básica para o implante é que a mulher apresente amadurecimento mamário (avaliado por um médico), que ocorre por volta dos 17 anos de idade.
Quais são as contra indicações? Além de possíveis problemas de saúde a serem analisados caso a caso, não é indicado em mulheres que queiram realizar o procedimento apenas para levantar as mamas, que queiram retirar o volume que já possuem para implantar o silicone ou ainda se valer do procedimento para deixar as mamas firmes.
Além do médico titulado pela SBCP, é necessário pesquisar o local onde o procedimento será realizado? Sem dúvida. É de extrema importância que o procedimento seja realizado em um serviço com estrutura hospitalar para atendimento de emergências, com suporte de UTI, equipamentos e profissionais especializados para um completo atendimento de todas as necessidades que este paciente venha a ter, inclusive em casos de intercorrências, que nunca podem ser descartadas.
Qual a durabilidade das próteses? Duram de 10 a 15 anos. Ou seja, não são para a vida toda e precisam ser trocadas com o tempo. Ainda que existam cirurgiões que digam que suas próteses são definitivas, não acredite, isso não passa de jogada de marketing.
Do que são feitos os conteúdos das próteses? Elas podem ser de gel de silicone ou de solução salina. O gel de silicone é muito mais utilizado e difundido, por garantir um resultado mais natural devido a consistência alcançada com o resultado.
Existe limite de tamanho das próteses? Apesar de haver próteses de 80ml até 800ml, as menores que 110ml não valem a pena, porque apresentam resultado pobre. Já as maiores que o aceitável para a harmonia do corpo podem trazer inconvenientes como ficar sensíveis ao tato e causar estrias, além de terem resultado artificial.
É possível escolher formatos diferenciados? Sim. Basicamente são elas: a prótese de perfil baixo (que aumenta o volume da base da mama sem projetá-las para frente - redonda), a alta (que projeta as mamas para frente - formato de cone), moderada (resultado mais natural e intermediário entre as duas outras) e anatômica (que tende a dar mais volume no pólo inferior da mama - em formato de gota).
Quais os tipos de implante existentes? Pode ser liso, texturizado ou de poliuretano. O liso quase já não é mais utilizado pelos profissionais, por ser o que apresenta maior índice de "rejeição". Já o texturizado é o mais difundido no Brasil, justamente pelo fato contrário. O de poliuretano, pouco difundido, ainda não tem seu real papel definido com estudos científicos.
Existe alguma indicação quanto às marcas das próteses? Existem apenas duas marcas aprovadas pelo FDA (Food and Drug Administration), órgão de saúde norte-americano de regula as próteses naquele país e que serve como parâmetro de qualidade no mundo inteiro.
Quais as técnicas mais indicadas para o procedimento? A técnica do implante por baixo do caimento da mama (sulco mamário) apresenta menor índice de complicações e as cicatrizes ficam quase invisíveis. O implante pela auréola também é uma técnica que apresenta bons resultados, porém é indicada para mulheres que possuem auréolas grandes. Pelas axilas, existe um maior índice de complicações, mesmo se realizada por cirurgiões experientes, por isso, deve ser evitada.
Existe algum cuidado especial no pós-operatório? O cirurgião detalhará este processo com a sua paciente, mas as indicações mais frequentes são o massageamento da região, não dormir de barriga para baixo e evitar esforços físicos como carregar pesos por 2 meses. Alguns tipos de exercícios podem ser feitos após duas semanas, mas com cuidado.

Sobre o dr. Luiz Philipe Molina Vana

Especialista em Cirurgia Plástica e Membro Titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, com Estágio no Schriners Burns Institute / Massachussetts General Hospital, Harvard - Massachussetts, Presidente da Sociedade Brasileira de Queimaduras - Regional São Paulo e Cirurgião no Centro Especializado em Cirurgias Minimamente Invasivas (CECMI)/SP.
Sobre o CECMI
O Centro Especializado em Cirurgias Minimamente Invasivas (CECMI) é o primeiro hospital do gênero no Brasil. Baseado em modelos de sucesso nos Estados Unidos e Espanha, o Hospital possui estrutura desenvolvida para cirurgias convencionais e minimamente invasivas em uma composição otimizada e centrada nos recursos necessários, que alia tecnologia e técnica a atendimento diferenciado e de menor custo.
Entre as especialidades cirúrgicas atendidas no CECMI e exercidas pelos mais renomados profissionais do Brasil encontram-se: Aparelho Digestivo e Bariátrica (Obesidade), Buco-maxilo-facial, Cirurgia Geral, Ginecologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pediatria, Plástica, Urologia e Cirurgia Vascular.

Informações:
http://cecmi.wordpress.com/2010/01/29/o-b-a-ba-do-implante-de-silicone
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Um comentário:

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0