Nossos Vídeos

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Salsão: verde, light e afrodisíaco

* Dra. Sylvana Braga

Muito popular na culinária asiática, porém ainda pouco consumido no Brasil por desconhecimento de seu valor nutricional, o salsão é facilmente encontrado em qualquer supermercado, feira ou quitanda.

Com aroma e sabor característico, o salsão é um alimento que traz vários benefícios à saúde e melhoria da qualidade de vida. Dele se aproveita tudo, raiz, folhas, talos e semente. Super fácil incluí-lo na alimentação, pode ser consumido na salada, chá, suco e até como tempero.

Suas sementes tem efeito virilizante e afrodisíaco. Seu chá é diurético, o que ajuda no emagrecimento, é bom para o humor e um excelente expectorante. Auxilia na prevenção da perda de voz, da anemia e também das doenças de pele.

O suco desse vegetal batido com cenoura e tomate pode causar um efeito estimulante. Com uma colher de mel se torna benéfico para as pessoas que tem insônia e com sal, a ingestão de seis colheres, torna-o um ótimo purgante. Estão presentes no vegetal, vitaminas B1, B2, K, A C, potássio, iodo, manganês e enxofre.

* Dra. Sylvana Braga (www.sylvanabraga.com.br) – Nutróloga, reumatóloga, fisiatra e especialista em prática ortomolecular, também autora do livro “Dieta Ortomolecular – o segredo de rejuvenescer em total harmonia", que traz mais de 100 receitas para se manter saudável de forma natural.

Operação Cata-Bagulho retorna às ruas de VILA PRUDENTE

No próximo sábado (03/04), a Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba realizará uma nova operação Cata-Bagulho na região de Vila Prudente, e em áreas da Vila Zelina e do Jardim Avelino.
As equipes passarão pelas ruas do distrito das 9h às 14h, recolhendo materiais inservíveis, como móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, madeiras, pneus e utensílios domésticos. Os moradores devem descartar o material a ser recolhido a partir das 7h da manhã até às 9h.

É importante ressaltar que para cada operação realizada existem os repasses do caminhão, conforme perímetro previamente estabelecido, como segue.

O percurso tem início na Av. Paes de Barros, passa em frente pela Rua Ituverava, segue em frente pela Ibitirama, à esquerda pela Av. Zelina, em frente na R. José da Nóbrega Botelho, à esquerda na Av. Francisco Falconi, direita da Av. prof. Luis Ignácio de Anhaia Mello, esquerda da Domingos Afonso, esquerda da Av. V. Ema, à esquerda da R. do Orfanato, à direita da R. do Oratório, esquerda da José Zappi, esquerda da R. Chamantá, e finaliza à esquerda da Paes de Barros.

Serão beneficiadas 140 vias, numa área de 2 km², com 4.000 residências e uma população beneficiada de 26.000 habitantes.

O objetivo dessas operações é o de recolher materiais inservíveis em geral. Restos de obra não são recolhidos, nem lixos domésticos e hospitalares, ou de jardinagem (resíduos de poda). Para isso, existem os ecopontos na região, que são pontos de entrega voluntária de pequenas quantidades de até 1 m³ de entulho, que corresponde a uma caixa d' água de mil litros ou 25% de uma caçamba.

Caso a pessoa queira se desfazer de algum móvel, mas sua rua não tenha sido contemplada na última ação, ela pode se dirigir a qualquer um dos 36 ecopontos da Capital.

A próxima operação está prevista para o dia 17/04, no Sapopemba, quando irá passar por vias do distrito e pela Vila Ema, Parque Thomas Saraiva, e V. Heloisa.

Na última edição, realizada no Sapopemba, foram recolhidas 45 toneladas.

Além das operações em todas as áreas de Vila Prudente, São Lucas e Sapopemba, são realizados diversos mutirões nos principais pontos de descarte de entulho, como no Viaduto Grande São Paulo, Forte de São Bartolomeu, Ibitirama, quando são recolhidos os detritos por meio de limpeza manual e mecanizada.

Endereço dos ecopontos de Vila Prudente / Sapopemba:

-Ecoponto Anhaia Mello - R. da Prece, 296 - esquina com a Anhaia Mello
-Ecoponto São Lucas - R. Florêncio Sanches, 307
-Ecoponto Sapopemba - R. Francesco Usper, 550

O horário de funcionamento dos três ecopontos é de 2ª. a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 14h.

"Jogo de Damas" -Teatro Municipal (Suzano)

Comédia Jogo de Damas celebra a vida e a amizade na terceira idade
Foto: Marcelo Kahn
O espetáculo foi contemplado pelo Programa de Ação Cultural (ProAC) da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, para montagens teatrais inéditas.

A comédia Jogo de Damas - estrelada pelas atrizes Arllete Montenegro, Beatriz Tragtenberg e Maria Eugênia De Domenico – faz única apresentação na cidade de Suzano, dia 11 de abril, domingo, no Teatro Municipal Dr. Armando de Ré, às 19 horas. O enredo da montagem, que tem texto de José Eduardo Vendramini - que também dirige a peça em parceria com Marcelo Braga - conta a história de três senhoras de personalidades distintas que enfrentam os reveses da vida jogando cartas, evoluindo da tristeza das grandes perdas para a celebração da amizade e da alegria de viver.

A montagem lança mão do humor para enaltecer a amizade e mostrar o efeito da passagem do tempo sobre a vida das pessoas e suas relações. José Eduardo Vendramini coloca a terceira idade como ponto de partida para discutir questões maiores como amor, amizade, sexo e envelhecimento. Por isso a velhice é retratada de forma suave, brincalhona e descontraída, evitando a depreciação e afirmando a dignidade. O autor revela que “estamos diante de uma comédia de costumes bastante peculiar, onde o tema é sério, mas o tratamento é leve, comportando igualmente risos e lágrimas, realidade e magia”.

Vendramini e Marcelo Braga optaram pelo tratamento poético na concepção da encenação de Jogo de Damas. O cenário realista (não naturalista), assinado por Carlos Colabone (também figurinista) e os objetos de cena são resumidos ao essencial, valorizados pelos artifícios mágicos da iluminação de Paulo Oséas. A direção utiliza ainda projeções de fotos antigas das atrizes, buscando uma nostálgica identificação do público com o espetáculo.

Para reforçar o tom brincalhão do texto, os diretores apostaram na direção de atores (no caso, atrizes) e na experiência interpretativa de Arllete, Beatriz e Maria Eugênia. Eles ainda explicam que o “dinamismo da comédia se complementa nas emendas das cenas, na luz, na trilha sonora de Tunica (formada basicamente por clássicos da música nacional e internacional) e nas mudanças de cenário”. E Marcelo Braga complementa, em tom brincalhão: “O cenário e os objetos mudam, assim como mudam as coisas na vida, o tempo muda até os móveis de lugar”.

Vendramini criou situações cômicas que podem ser comparadas ao humor inglês: piadas em situações dramáticas, humor durante a tragédia. “Quero mostrar o efeito que a amizade tem sobre as dores das perdas e fazer um elogio às mulheres batalhadoras, por meio de um texto com tratamento absolutamente humano. Jogo de Damas torna-se assim um elogio à vida, celebrada e salva pelo nobre sentimento de amizade”, comenta o autor.

O dramaturgo tratou o tema da terceira idade com respeito, delicadeza e muito bom humor. Nada de melancolia, mas muita capacidade de superação. Ele brinca com as convenções morais e inverte os clichês. Esta comédia traz, literalmente, para o palco algumas das incontáveis surpresas da vida.

O enredo

Três senhoras, moradoras do bairro paulistano de Higienópolis, enfrentam os reveses da vida jogando cartas na casa de Antonieta (Beatriz Tragtenberg), que acabou de ficar viúva. Sofia (Arllete Montenegro) e Magaly (Maria Eugênia De Domenico), suas vizinhas de condomínio, acodem-na em sua solidão e passam a lhe fazer companhia. Antonieta melhora sensivelmente e sua casa se torna o refúgio para os dramas pessoais das amigas. Quando Magaly também fica viúva, Antonieta e Sofia a socorrem, aliviando seu sofrimento. Sofia e Magaly se tornam sócias, alcançam sucesso e passam a morar juntas para fazer economia. A história das três amigas evolui paralelamente à história de Polly, uma mini poodle que vai trocando de dona conforme os fatos vão se sucedendo.

Antonieta (80 anos), a mais velha das três, tem personalidade difícil, é muito ranzinza e autoritária, mas acaba se mostrando uma mulher generosa. Sofia (70 anos) precisa trabalhar muito em suas várias profissões (“bicos”) para sustentar um amante jovem e indolente; ela é uma senhora agnóstica e bastante contida, que encontrará pela frente os valores da espiritualidade. Já Magaly (60 anos), a mais nova, precisa malhar os músculos para permanecer jovem e com um amante rico, bem mais velho, que a sustenta e lhe dá boa vida. É dona de uma divertida espontaneidade e de uma inteligência bastante duvidosa (o que garante boas piadas durante a peça); seu desejo é um dia encontrar e saborear a sabedoria dos inteligentes.

Ficha técnica
Espetáculo: Jogo de Damas
Texto: José Eduardo Vendramini
Direção: Marcelo Braga e José Eduardo Vendramini
Elenco: Arllete Montenegro, Beatriz Tragtenberg e Maria Eugênia De Domenico
Cenografia e figurinos: Carlos Colabone
Iluminação: Paulo Oséas
Trilha sonora: Tunica
Programação visual: Marcelo Pestana e Carlos Cirne
Edição de vídeo e fotos: Marcelo Kahn
Operadora de som: Solange Mendes
Operador de luz: Rodrigo Palmieri
Contra-regra: Leandro Ivo
Coordenação geral e direção de produção: Neusa Andrade
Produção executiva: Geondes Antonio
Realização: Secretaria de Estado da Cultura (Prêmio ProAC) e Expressão e Arte Produções

Serviço
Única apresentação: 11 de abril - domingo - às 19 horas
Local: Teatro Municipal Dr. Armando de Ré
Rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro/Suzano/SP - (11) 4759-1801
Ingressos: Grátis (distribuição 1h antes do espetáculo) - Duração: 1h30
Gênero: Comédia – Classificação etária: 14 anos. Capacidade: 328 lugares. Possui ar condicionado e acesso universal. Não possui estacionamento.

José Eduardo Vendramini - autor e co-diretor

José Eduardo Vendramini é dramaturgo, diretor, professor titular do Departamento de Artes Cênicas da ECA-USP. Iniciou sua trajetória artística em São José do Rio Preto, SP, onde teve intensa participação no movimento de teatro amador daquela cidade, de 1964 a 1976. Membro fundador do Festival Nacional de Teatro de São José do Rio Preto, ele participou de praticamente todas as suas realizações anuais. Entre seus inúmeros textos de teatro, destacam-se: Lona Estrelada, O Canil, Baile de Debutantes, Eleonora, Viagem ao Interior, Sinfonia dos Ancestrais e Diálogo Com a Mãe. Dirigiu grandes textos da dramaturgia mundial como À Margem da Vida, de Tennessee Williams, Romeu e Julieta, de William Shakespeare, A Mandrágora, de Maquiavel, Liolá e Esta Noite Se Improvisa, de Pirandello (em Portugal), Não Se Brinca Com O Amor, de Alfred de Musset, A Disputa, de Marivaux, e Antígone, de Jean Anouilh, entre outras. Ganhou quatro prêmios Governador do Estado (como figurinista e cenógrafo) e várias Menções Honrosas, em concursos nacionais de dramaturgia.

Mutirão de Saúde e ações ambientais no Teotônio Vilela

Mutirão de Saúde e ações ambientais no Teotônio Vilela mudam a rotina dos moradores

A população do Teotônio Vilela, no Sapopemba, teve um sábado diferente e mais verde com as atividades realizadas pela Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba, em parceria com a Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente (SVMA), Secretaria da Saúde do município, e o Programa Ambientes Verdes e Saudáveis - PAVS.
Diversas tendas foram montadas na rua Teodoro Riccio, em meio ao conjunto habitacional, e tiveram como enfoque maior as questões ambientais com a exposição de produtos confeccionados a partir de material reciclado, inclusive o sabão ecologicamente correto, fabricado com óleo de cozinha remanufaturado.

Equipes de Vigilância Ambiental da Saúde, departamento conhecido como SUVIS, marcou forte presença com seus biólogos e técnicos que deram orientação ao público e fizeram e demonstrações dos animais sinantrópicos, tais como morcegos e escorpiões, muito comuns nessa região, e apresentações de filmes educativos. A equipe de controle da dengue recolheu denúncias do bairro e o pessoal da desratização aplicou raticida nos bueiros da redondeza.
A tenda muito visitada foi a da Zoonoses com os bichos em exposição, a Iguana fez muito sucesso.

A abertura teve a participação do secretário do Verde do município, Eduardo Jorge que, acompanhado do subprefeito Wilson Pedroso, saudaram as equipes e a população presente. Também estiveram presentes a supervisora técnica de Saúde de Vila Prudente / Sapopemba, dra. Selma Buff, e o dr. Eduardo Locks, gerente da Vigilância em Saúde Ambiental da região. O secretário, em sua fala, lembrou da importância da parceria existente hoje entre os agentes de Saúde, do Programa Saúde da Família, e os agentes ambientais, que cuidam do combate à dengue e outros vetores.

Além das tendas, foi realizado um mutirão de multiserviços de remoção de entulho e cata-bagulho no entorno, e a via aonde ocorreu o evento recebeu melhorias na calçada e na viela, o que facilitou o dia a dia das pessoas.
No total, foram recolhidas 6 toneladas de entulho, 70 bocas de lobo e 50 metros de ramal foram limpos, e 1.000 metros de guias foram pintadas.

Já na parte de Educação Ambiental, foram dadas orientação sobre arborização e hortas, bem como sobre reciclagem.
Houve também o plantio de 400 mudas de árvores de diversar espécies, entre elas, Pata de vaca, Ipê Roxo e Amarelo, Quaresmeira, Dedaleiro, Jerivá e Aroeira.
Passaram pela Oficina de Brinquedos Recicláveis e mais os Brinquedos Infláveis, cerca de 300 crianças, que puderam brincar também com uma perna de lata.
Houve medição de pressão arterial e as pessoas foram incentivadas a depositar óleo de cozinha usado no container trazido pela ONG Trevo, de coleta de óleo, e parceira da Subprefeitura nessa ação. No total, 23 litros foram trazidos.

O trabalho de grafite no muro do estacionamento E-4, na Teodoro Riccio, foi uma intervenção realizada pelo Projeto Scutaí, que construiu um painel temático relacionado ao projeto Meu Bairro Mais Verde.

A exposição dos Projetos Reciclando com Arte e Mãos de Arte - Artesanato, também teve um público participativo, interessado em conhecer as técnicas artesanais para produzir peças com material reciclado. Além disso, o artesão João Del Valle expôs seus trabalhos de Origami, dobradura de papel, entre eles o jacaré, que está sendo analisado pelo Guiness, como o maior trabalho de dobradura já realizado.

Completou a programação, a participação do Senai Humberto Reis Costa, que prestou orientação profissional aos jovens estudantes e demais interessados, bem como a base móvel da Defesa Civil, que também prestou orientações à população.

O público circulante pelo evento girou em torno de 600 pessoas.

O evento integra o Programa Vila Prudente / Sapopemba SEMPRE VERDE, lançado em abril de 2009 pela Subprefeitura de Vila Prudente / Sapopemba, com o objetivo de melhorar os índices de cobertura vegetal na região e promover a mudança de comportamento das pessoas através de ações verdes e da educação ambiental. "Logo que entrei aqui, em 2009, percebi o grande déficit de áreas verdes e a questão do lixo, que demandava um processo de conscientização da população. Foi assim que resolvemos implantar esse projeto que já deu bons frutos", comenta o subprefeito Wilson Pedroso.


Projeto Vila Prudente / Sapopemba SEMPRE VERDE

Diversas ações vêm sendo realizadas desde 2009 como, plantio de árvores, em parceria com a Secretaria do Verde - SVMA, coleta de óleo de cozinha usado, em parceria com a ONG Trevo, Projeto Pedalando e Aprendendo, de capacitação de jovens do Ensino Médio para se tornarem aprendizes de montagem de bicicletas, numa parceria com a FUSSESP, órgão dirigido por Monica Serra, e o Senai São Paulo, através do Senai Humberto Reis Costa, localizado na Vila Alpina, e que ministrou aulas para a primeira turma que se formou no Jardim Elba, no Sapopemba, além de outras ações de incentivo à cultura do meio ambiente e de conscientização das pessoas.

Consumidor deve ter cuidado com substâncias tóxicas que leva para dentro de casa

Ao comprar esmaltes de unhas ou colas de contato, o melhor é optar por produtos de última geração, já livres de toluol.

Basta uma olhada atenta à despensa para verificar que quase todos os produtos de limpeza ou para reparos caseiros trazem especificações de cuidado ao uso por conterem substâncias tóxicas e prejudiciais à saúde. Na maioria dos casos, o risco é de alergias, dermatites, irritações de mucosas etc., e pode ser evitado se o uso for feito de forma adequada.

Desinfetantes, limpadores de pisos e removedores são alguns exemplos de produtos que devem ser manuseados com cuidado, pois podem causar desde irritação nos olhos, pele, mucosas, até afetar o sistema respiratório e causar inconsciência.

Produtos de higiene pessoal e estética também podem causar sérias alergias e a indústria vem apresentando cada vez mais soluções para quem sofre do mal. É o caso dos esmaltes. A Impala, por exemplo, possui uma linha de produtos hipoalergênicos, que reduzem sensivelmente as chances de irritação ou alergia. Sua formulação balanceada foi desenvolvida sem as substâncias toluol e formaldeído, principais agentes causadores de alergias.

Nos esmaltes, o toluol aparece em concentrações baixas e por isso o efeito máximo é alérgico. Já na cola de contato, que cola diversos tipos de materiais como sapato, madeira e metal, conhecida popularmente como cola de sapateiro, o toluol pode representar um perigo muito maior.

O toluol é um solvente aromático que, ao ser inalado, inibe o sistema nervoso central, causando sensações de excitação, alucinações auditivas e visuais, acompanhadas de tontura, náuseas, espirros, tosse, salivação e fotofobia. Quando usado em altas doses e/ou de forma crônica, essa substância leva à síndrome de adicção. Como os efeitos após a inalação são rápidos (desaparecem após 15 a 40 minutos), o usuário acaba repetindo a dose diversas vezes para prolongar a sensação de euforia, o que favorece a ocorrência da dependência química. Neste caso, a indústria também já deu um passo importante, no caso da Henkel, que fabrica a Cascola, líder no segmento. A empresa retirou o toluol de toda a linha do produto, substituindo por um solvente que tem apenas um terço de sua toxicidade, sem potencial de abuso.

O segredo para manter a segurança dentro de casa é optar por produtos menos tóxicos, além de sempre respeitar as normas de utilização sugeridas na embalagem.

Projeto Canjica de Marte agita o centro de Itaquera

Fotos da Edição anterior

Na próxima sexta-feira (9/4), a partir das 19h, a Oficina Cultural Alfredo Volpi, em Itaquera, respirará mais arte do que nunca. Um sarau promovido pelo Projeto Canjica de Marte, que este ano completa 15 anos de existência, promete agitar a todos com muitas intervenções artísticas. A proposta do encontro cultural é experimentar a materialização de poemas por meio de diversas linguagens.

Inserir arte na rotina das pessoas, levando-as a refletir sobre o assunto cotidianamente é a principal proposta do projeto, conforme nos contou seu idealizador, Antonio Primus. "O Canjica de Marte surgiu em 1995 a partir de um protesto contra o fechamento das oficinas culturais. O ato foi realizado por um grupo de artistas da Zona Leste, denominado SOS Cultura, e teve grande repercussão. Desde então, não paramos mais", explica Primus. Ocupar o público com atividades culturais. Este tem sido o objetivo do Canjica de Marte que, desde o seu surgimento, já passou por locais como SESC, SESI, estações da CPTM, entre outros.

Serviço
Oficina Cultural Alfredo Volpi
Rua Victório Santin, 206 -Centro de Itaquera
Telefone: 2205 5180

Subprefeito de Itaquera prestigia evento de taekwondo da região


O Subprefeito de Itaquera Laert de Lima Teixeira prestigiou na manhã do último domingo (28/3) mais um evento ligado à área dos esportes. A cerimônia de exame de faixas dos atletas da associação MCM Taekwondo Team, parceira da Obra Social Dom Bosco, aconteceu no Centro de Formação e Cultura (CFC) da instituição religiosa, que funciona ao lado da estação de metrô Corinthians-Itaquera.

Dos 1.500 alunos que praticam a modalidade, 255 trocaram de faixa. "Em três anos, um aluno dedicado, que tenha boa conduta e freqüência adequada, pode chegar à última etapa e obter a faixa preta", explica o professor de educação física e mestre Carlos Mariano.

"Assim como os dirigentes da Obra Social Dom Bosco, buscamos promover a melhoria da qualidade de vida das famílias itaquerenses através de atividades sócio-educativas que conduzam os jovens da região à socialização, elevação da auto-estima e à formação de censo crítico", explicou o subprefeito Laert. Desde que assumiu a Subprefeitura em 2005 adotou inúmeras iniciativas de fomento às áreas cultural, artística e esportiva. Um exemplo é o projeto Efervescência Cultural que reúne manifestações que vão de ensaios musicais, saraus, mostra de cinema, lançamento de bandas até oficinas e mostra de artes.

"O Laert é muito bem visto pelo nosso pessoal. Aqui na região, todo mundo gosta dele. Ele é considerado o anjo da guarda de Itaquera pela atenção que dispensa às lideranças esportivas e comunitárias", relata mestre Carlos. Além da parceria com a Obra Social Dom Bosco, os professores de taekwondo, profissão em grande ascensão, aguardam trabalhar em conjunto com a Prefeitura e o Governo do Estado. "Estamos formando professores para atender à demanda", diz Carlos. Além disso, a parceria visa capacitar novos talentos para as Olimpíadas de 2016. A faixa etária dos alunos vai de 4 até a turma da terceira idade.



DESFILE DE MODA DE CHOCOLATE TERMINOU HOJE

A serra gaúcha se cobriu de chocolate para festejar a Páscoa. Nas noites dos dias 20 e 26 de março, em Gramado, aconteceram desfiles inéditos no Brasil com roupas e acessórios de chocolate. Foram apresentados na passarela uma coleção de 14 looks, todos criados pelo coordenador de Moda do Senac-RS, Márcio Weiss. O desfile, que se inspirou no que é apresentado em Paris, Nova York e Toquio, terminou hoje com sucesso total.
A programação fez parte da Páscoa em Gramado – Chocofest e apresentou peças masculinas, femininas e infantis. Os looks têm forte apelo visual e incorporam referências da moda atual, principalmente de formas e modelagens. As propostas valorizam os volumes e sobreposições e, por serem adaptáveis, permitem a montagem de mais de 50 opções de looks. A atração principal é o vestido de noiva de chocolate, coberto por mais de 10 quilos da guloseima.
O processo de confecção das peças foi realizado em ambientes climatizados, e assim como no camarim, permanecem sob refrigeração até o final do desfile. Márcio, que também é produtor do desfile, explica que o processo de concepção passou por diversas etapas: “primeiro realizamos um trabalho de pesquisa em São Paulo e no exterior. Depois passamos a estudar o comportamento do chocolate e as formas de trabalhar com ele na alta temperatura, em espaços abertos e com o calor do corpo humano. O próximo passo foi criar a coleção e colocar o trabalho em prática”. Segundo Weiss, o resultado foi surpreendente. “Conseguimos criar peças com forte apelo visual, arrojadas e, o melhor de tudo, comestíveis”, ressalta.


O desfile de moda em chocolate conta com a parceria da Cristófoli. A Chocofest acontece em Gramado (RS) até o dia 4 de abril. Mais informações através do site http://www.chocofest.com.br/.

Mudam ministros. Desafios ambientais continuam

No Ministério do Meio Ambiente, atual secretária-executiva assume lugar de Carlos Minc

Dia 31/3, tomou posse no cargo de ministra do Meio Ambiente a secretária-executiva, Izabella Teixeira, substituindo Carlos Minc, que deixa o ministério para concorrer às eleições de outubro. Izabella Teixeira, bióloga e doutora em planejamento ambiental, é funcionária de carreira do Ibama.
No atual cenário brasileiro, entre os desafios da nova ministra, está a manutenção do foco em algumas prioridades, num contexto que fica mais difícil em decorrência das eleições.
Para o WWF-Brasil, a implementação das áreas protegidas existentes é fundamental para a manutenção da diversidade de ecossistemas e de sua biodiversidade e para que as unidades de conservação possam cumprir efetivamente seu papel na redução das emissões por desmatamento e na adaptação às mudanças climáticas. Para isso, é essencial garantir a regularidade do aporte de recursos financeiros – inclusive destravando o funcionamento da compensação ambiental –, a ampliação das equipes que trabalham diretamente com as áreas protegidas e sua qualificação profissional, bem como condições adequadas de trabalho. Mas é importante que a gestão das áreas protegidas se foque no novo paradigma, abrindo-se mais para a sociedade, por exemplo com a gestão compartilhada de mosaicos.
No campo internacional, em 2009, o Brasil conquistou destaque com a redução do desmatamento e o anúncio de metas voluntárias de redução da emissão de gases de efeito estufa. Na área climática, a nova ministra também terá como principal desafio a continuidade e o avanço das ações já iniciadas, que incluem a revisão do Plano Nacional de Mudanças Climáticas e seus planos setoriais; a articulação com os estados na elaboração de políticas federais e estaduais, sobretudo em termos de papéis, compartilhando responsabilidades e direitos; a regulamentação, sobretudo, das compensações financeiras pela redução das emissões oriundas do desmatamento e da degradação dos ecossistemas, e a implementação do Fundo Clima.

Neste Ano Internacional da Biodiversidade, o Brasil tem a chance de se firmar ainda mais como líder mundial– confirmando e complementando o histórico e o potencial da redução do desmatamento e da degradação dos ecossistemas em todos os biomas, o potencial de produção de biocombustíveis, se produzido de forma sustentável. Para firmar sua liderança, precisará apresentar os relatórios de cumprimento das metas na Convenção da Diversidade Biológica (CDB CoP-10), em outubro, em Nagóia (Japão). O país se comprometeu a proteger 10% da área original de cada bioma e 30% da Amazônia, além de eliminar o desmatamento da Mata Atlântica e reduzir número de espécies sob ameaça, até 2010.

Para Cláudio Maretti, superintendente de Conservação de Programas Regionais do WWF-Brasil, o governo deve dedicar atenção especial e discutir publicamente as questões relacionadas à valoração de nossa biodiversidade. “O Brasil está entre os 10 países megadiversos, sendo entre eles o maior. É necessário evidenciar essa riqueza e preservá-la, por meio da criação de unidades de conservação, que deveriam ser anunciadas antes da cúpula da Convenção como um legado desse governo à atual e às futuras gerações”, afirma Maretti. “Apesar de ter muito o que melhorar, o Brasil tem que evidenciar o que faz, e integrar-se melhor, tecnicamente, no cenário internacional, potencializando suas capacidades e colaborando com os demais.”

No campo da economia, a opção por uma “economia verde”, com baixas emissões de carbono é uma tendência global e o Brasil não pode ficar para trás na corrida pela sustentabilidade. O Ministério do Meio Ambiente deve continuar a promover o conceito de economia com baixas emissões de carbono junto a outros ministérios, dando continuidade ao diálogo iniciado na gestão Minc, promovendo a inclusão da questão ambiental e o tema da adaptação às mudanças climáticas no planejamento de longo prazo do país.

“Mesmo com os avanços, nem todas as políticas de desenvolvimento do governo incorporaram a premissa de um mundo diferente que precisa urgentemente inovar e mudar para uma economia mais verde e com baixas emissões de carbono. Ainda há grandes desafios no setor de energia, onde podemos esperar maiores investimentos em energia eólica, solar-térmica e em eficiência energética. E precisamos garantir que todos os avanços ambientais obtidos na última década não sejam prejudicados por tentativas de enfraquecer a legislação ambiental e o Código Florestal”, explica Maretti.


Gestão Minc
A gestão de Carlos Minc à frente do Ministério do Meio Ambiente por um período de 22 meses trouxe avanços significativos, principalmente, por colocar a questão ambiental no centro das discussões de governo e tirar a pasta da situação de isolamento político.

Com o desafio de conduzir a pasta anteriormente ocupada pela ministra Marina Silva, Minc assumiu em maio de 2008 em meio a forte debate nacional sobre a questão ambiental. Com seu perfil carismático e midiático, Minc enfrentou os problemas e os evidenciou em debates e ações que envolvem forças políticas antagônicas.

A redução na taxa de desmatamento foi, sem dúvida, um resultado muito importante, mas a queda do desmatamento só é possível quando todos os atores sociais percebem a sua parcela de responsabilidade na solução do problema. Minc influenciou para que os estados desenvolvessem seus planos de combate ao desmatamento e liderou a proposta do Brasil de ter metas de redução de desmatamento para a Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (“UNFCCC CoP-15”).

O Fundo Amazônia, apresentado internacionalmente em Bali, em 2007, foi finalmente aprovado pelo Presidente Lula em agosto de 2008. “O início da operacionalização do Fundo Amazônia para apoio aos primeiros projetos, entre os quais a segunda fase do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa), do qual o WWF-Brasil é parceiro desde seu lançamento em 2002, tendo colaborado também na fase de concepção e planejamento, evidencia a importância da busca de soluções para valorizar a Amazônia e acabar com o desmatamento e a degradação de nossa floresta”, afirmou Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil.

“Uma das ações de destaque da gestão Minc foi conseguir chamar atenção para o Cerrado e colocar esse bioma no debate nacional, como já ocorre com a Amazônia. Isso foi feito com a proposta de avaliação do status de cada bioma, incluindo sistema de monitoramento e divulgação dos dados. É muito importante que o país possa olhar e cuidar de todos os biomas, criando mecanismos para preservar toda a sua diversidade de ambientes e riquezas”, conclui Hamú.

Infelizmente, a frente dos licenciamentos ambientais não foi fortalecida nesse período. Por exemplo, em lugar de caminharmos para uma “economia verde”, com planos integrados e com licenças ambientais estratégicas, no caso da hidroelétrica da Amazônia, continuamos a discutir grandes obras, de maneira isolada e sem a articulação entre os grandes desafios do desenvolvimento sustentável do país.


Contato:
Maristela Pessoa: 61 – 3364.7464 / maristela@wwf.org.br
Denise Oliveira: 61 – 3364.7497 / doliveira@wwf.org.br


*-*-*-*-
O WWF-Brasil é uma organização não governamental brasileira dedicada à conservação da natureza com os objetivos de harmonizar a atividade humana com a conservação da biodiversidade e de promover o uso racional dos recursos naturais em benefício dos cidadãos de hoje e das futuras gerações. O WWF-Brasil, criado em 1996 e sediado em Brasília, desenvolve projetos em todo o país e integra a Rede WWF, a maior rede independente de conservação da natureza, com atuação em mais de 100 países e o apoio de cerca de 5 milhões de pessoas, incluindo associados e voluntários.

Apresentação de planos de avaliação e estratégias

Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão através de sua Defesa Civil apresenta planos de avaliação e estratégias para minimizar efeitos de fenômenos naturais.

Considerando a necessidade de avaliação do Plano Preventivo de Chuvas 2009/20010, que se encerrou com o término do verão, acontece na subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão, quarta-feira (07/04), evento para discussão dos pontos positivos e negativos na gestão neste período, com a análise do que pode ser melhorado, bem como da participação e integração efetiva dos Núcleos de Defesa Civil (NUDEC's) e das demais Unidades da Subprefeitura.

Com o início do fenômeno da baixa umidade na Cidade de São Paulo, em consequência do período de outono e inverno, assim como, do preparo da operação para baixas temperaturas, serão apresentados Planos Preventivos para minimizar estes fenômenos naturais.

Como a meta desta Gestão é a busca da excelência no atendimento aos munícipes, será implantado na sala de estratégia desta Subprefeitura, através da Assessoria de Informática, um banco de dados que contará com todas as informações das ações inerentes à Coordenadoria Distrital de Defesa Civil, com mapeamento detalhado das áreas sujeitas a riscos naturais.

Serviço:

Evento: Apresentação de planos de avaliação e estratégias
Local: Auditório da Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão - Rua Eponina,
82
Data: 07/04/10
Horário: 18:30

Paixão de Cristo no Autódromo de Interlagos

O Autódromo de Interlagos é um espaço já tradicional na cidade para os mais variados tipos de eventos. Por lá já passaram Iron Maiden, e atrações como o Quatro Rodas Experience. Padre Marcelo Rossi e convidados já chegaram a receber milhares de fiéis em dias show e missa. Agora o Autódromo recebe mais um grande espetáculo: a Paixão de Cristo.

A encenação da Paixão de Cristo, no Autódromo, conta com estrutura e apoio da SPTuris. O espetáculo vai acontecer na sexta-feira da Páscoa, dia 2 de abril, das 16h às 22h, com entrada gratuita. Trará atores como Carlos Casa Grande, no papel de Jesus Cristo; Ailton Graça, como Pilatos; Tânia Mara, como Maria Madalena; Rick Vallen, interpretando Caifaz, e Patrícia Naves, Maria. O evento também terá show com Guilherme Santiago, Tânia Mara, João Neto e Frederico, Rick Vallen, e ainda uma linda queima de fogos!

Encontro empresarial sobre o Glonass

Coordenação de Comunicação Social/AEB

A Agência Espacial Brasileira (AEB) e a Agência Espacial da Federação da Rússia (Roscosmos) promovem, nesta terça-feira (6), na sede do Instituto de Engenharia, em São Paulo (SP), o Encontro Empresarial sobre o Global Navigation Satellite System (Glonass). O evento, que terá início às 10h, visa apresentar a empresários brasileiros possibilidades de cooperação na produção e comercialização de receptores GNSS e em serviços de monitoramento e rastreamento de veículos.
O encontro será dividido em duas partes. A primeira, realizada pela manhã, será composta de apresentações sobre a situação atual e as prospectivas do sistema Glonass e das oportunidades de cooperação. Na parte da tarde, as empresas interessadas se reunirão. São esperadas cerca de 50 pessoas. Nas as apresentações, haverá tradução simultânea do russo para o português.
Segundo o coordenador técnico-científico da Agência, Raimundo Mussi, o encontro é parte do “Programa de Cooperação no Campo da Utilização e Desenvolvimento do Sistema Russo de Navegação Global por Satélite entre a AEB e a Roscosmos”, assinado em 26 de novembro de 2008. “Um dos itens do acordo consiste em promover contatos entre instituições e indústrias do no setor espacial”, explica. Esse Programa tem, entre outras, as seguintes linhas de atuação: operacional, compreendendo, inclusive, a possibilidade de instalação de uma estação de monitoramento do Glonass no território nacional; cooperação científica, com a realização de projetos conjuntos de pesquisa e empresarial, por meio da produção e comercialização de receptores GNSS e na utilização desses sistemas no monitoramento e rastreio de veículos.
A cooperação com a Roscosmos sobre o Glonass trará ao Brasil aprimoramento tecnológico no conhecimento e gerenciamento de sistemas GNSS, a realização de projetos de pesquisa nos temas de interesse e a possibilidade de empreendimentos em parceira. O Glonass é o sistema russo de posicionamento global, equivalente ao americano GPS e ao europeu, Galileo. O sistema conta com 24 satélites divididos em três órbitas. A previsão é que o sistema fique pronto no final de 2012.

Encontro Empresarial sobre o Glonass
Data: 6 de abril
Horário: das 10h às 13h e das 15h às 18h
Local: Instituto de Engenharia - Av. Dante Pazzane, 120 - Vila Mariana - São Paulo (SP)

Curso de extensão prepara profissionais para atuação em centros de informação jurídica

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) está promovendo o curso de extensão "Documentação Jurídica", uma atividade voltada para o enriquecimento cultural e para o aprimoramento profissional daqueles que trabalham na área e/ou têm interesse em desenvolver-se nela. A atividade está com inscrições abertas para as aulas que iniciam dia 10/04

Apresentar conceitos no âmbito da Biblioteconomia, Arquivística e da Ciência Jurídica de maneira a enriquecer as competências dos profissionais que desempenham funções neste setor de atividade, tendo em vista que a compreensão dos conceitos jurídicos possibilita, a aquisição de saberes para seleção e avaliação das fontes jurídicas, bem como para o manuseio das ferramentas e técnicas utilizadas na organização e recuperação da informação.

O Curso é dirigido aos estagiários, auxiliares e profissionais que trabalham em bibliotecas e arquivos de escritórios de advocacia e demais centros de informação jurídica. Seu foco principal é oferecer conceitos teóricos e estruturais necessários à organização e recuperação da informação e documentação jurídica. O curso também abordará a questão da postura a ser adotada por estes profissionais e o ambiente das organizações jurídicas.

Ministrada e coordenada pelas docentes da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FaBCI/FESPSP), Andréia Gonçalves Silva, Concilia Teodósio e Roseli Miranda, a atividade possui uma carga horária de 40 horas e acontece das 09h00 às 13h00 (sempre aos sábados), na Unidade FESPSP Cesário Mota Júnior - R. Cesário Mota Júnior, 262 - Vila Buarque, próxima à estação República do metrô.

O curso está com inscrições abertas. Para participar, os interessados devem se inscrever pelo site www.fespsp.org.br ou pelo telefone (11)31237800.



Docentes do curso:

Andréia Gonçalves Silva - Mestre em Ciência da Informação

Experiência acadêmica - Docente da Disciplina Unidades de Informação na Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Experiência profissional - Atua na gestão e organização de bibliotecas de escritórios de advocacia e demais centros de informação jurídica.

Concilia Teodósio - Bacharel em Biblioteconomia

Experiência acadêmica - Docente das disciplinas Representação descritiva, Catalogação automatizada e Organização de recursos eletrônicos e audiovisuais da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Experiência profissional - Atua há 30 anos na área de Biblioteconomia realizando consultoria em entidades públicas e particulares, notadamente nas atividades de implantação e surpervisão de sistemas de informação, que são disponibilizados de acordo com as normas e padrões internacionais.

Roseli Miranda - Bacharel em Biblioteconomia e Ciência da Informação e Especialista em Tecnologia da Informação.

Experiência profissional - Atua na gestão e coordenação de unidades informacionais especializadas há 12 anos com experiência fundamentada no desenvolvimento de projetos na área Jurídica e Financeira Corporativa.




Conheça também os outros cursos disponíveis:

América Latina

Apreciação Musical

Bibliometria

Encadernação para preservação

Erotismo, Violência e Sociedade

Iniciação a Estudos e Pesquisas

Introdução a Cooperação Internacional

Terceiro Setor

FESPSP: 76 anos de tradição, pioneirismo e inovação

A Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) é uma pessoa jurídica de direito privado sem fins lucrativos, cujo fim é a manutenção de escolas voltadas ao ensino e à pesquisa em nível superior. Criada em 27 de abril de 1933, por iniciativa de pouco mais de uma centena de figuras eminentes da sociedade paulistana, dentre as quais se destacam os dirigentes das principais entidades de ensino de São Paulo. A FESPSP é orientada desde o início para o estudo da realidade brasileira e para a formação de quadros técnicos e dirigentes capazes de atuar no processo de modernização da sociedade.

Hoje, a FESPSP mantém a Escola de Sociologia e Política (ESP), a Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação (FaBCI), a Faculdade de Administração (FAD) e a Escola Pós-Graduada de Ciências Sociais (EPG). O seu corpo de pesquisadores e docentes se dedica ao ensino e à pesquisa acadêmica e aplicada, reunindo à atividade de produção do conhecimento a capacidade de intervenção, gestão e planejamento, que tem sido a marca de atuação da instituição nos projetos desenvolvidos para os setores público e privado ao longo dos anos.

Miss Estado de São Paulo 2010 - Por: Claudio Fernandes

Fotos: Eniop Tosta

Jacqueline Lima, Miss Itaquera, sonha com o Titulo estadual para tornar seu sonho realidade.
Esta linda negra teve que correr atrás. O Concurso tem sua final marcada para dia 24 de abril no Memorial da America Latina e será transmitido pela rede Bandeirantes de televisão.
As candidatas se reunirão à partir do dia 16 onde cumprirão uma agenda de ensaios, fotos, jantares e visitas oficiais.
Jacqueline só conseguiu participar do evento porque o programa "Manhã Maior" da Rede TV mostrou sua história, sensibilizando o empresário Gilberto Borja - Liquigaz que deu o apoio à jovem.
Agora inscrita no concurso, uma clínica de estética, cabeleireiros, personal training, e muitos profissionais, estão apoiando a jovem.
Dona de uma passarela irretocável, Jacqueline venceu 3 dos 4 concursos que participou no ano passado.
No Miss estudantil estado de São Paulo foi vice-campeã .

Manager: Claudio Fernandes 2056-0622

Cinema nos CEUs oferece ampla programação de filmes grátis durante o feriadão

O ganhador do Oscar de melhor filme 2009, a vida de Che Guevara, uma mostra do cinema espanhol e documentários sobre bairros paulistanos são as atrações do fim de semana nos CEUs da Cidade.
Na tarde de sexta-feira, 2, o CEU Inácio Monteiro, na Zona Leste, exibe Quem Quer Ser Um Milionário, premiado com o Oscar de melhor filme de 2009. Um jovem indiano de 18 anos, morador de uma favela de Mumbai, está perto de conquistar 20 milhões de rúpias em um famoso programa de TV. No auge das perguntas, a polícia o prende sob suspeita de trapaça, pois não entende como um rapaz que cresceu nas ruas pode ter tantos conhecimentos.
Para provar sua inocência, o jovem conta sua história, as aventuras vividas com o irmão, as brigas com traficantes de droga e o seu amor por uma garota.
No sábado, 3, às 15h, é dia de cinema brasileiro no CEU Vila Curuçá, na mesma região. O filme Embarque Imediato é uma comédia romântica, com um toque de musical, que conta a história de um encontro entre duas pessoas muito diferentes: uma supervisora do aeroporto internacional do Rio de Janeiro que sonha ser estrela de Hollywood, mas nunca encontrou seu caminho, e um típico jovem brasileiro sem recursos, que sonha com uma vida melhor. Com mais experiência de vida, a mulher incentiva o jovem a lutar por seus sonhos, sem deixar a realidade de lado.
No mesmo dia, às 17h, o CEU Parque Anhangüera, na Zona Oeste, exibe Che. O longa conta a trajetória do líder revolucionário argentino Ernesto Guevara de la Serna, mais conhecido como Che Guevara, que tem início em 1956, quando ele e exilados cubanos, como Fidel Castro, encontram-se no México para articular uma resistência militar contra o governo do ditador que comandava Cuba na época. Participando da luta armada e cuidando dos doentes, aos poucos ganha o respeito de seus companheiros e torna-se um dos líderes da revolução.

Cinema espanhol em destaque
O CEU Parque Bristol, na Zona Sul, realiza nos dias de feriadão prolongado a Mostra de Cinema Espanhol, com exibições sempre às 17h. Na sexta-feira apresenta Mar Adentro, a história de um homem que luta para ter o direito de pôr fim à própria vida depois de passar 28 anos em uma cama por causa de um grave acidente. No sábado é a vez da sessão de Azul Escuro Quase Preto. A história gira em torno de Jorge, um rapaz que um dia decide mudar de vida.
No domingo estará na tela A Língua das Mariposas. O filme conta a história de um garoto de oito anos que tem medo de ir à escola porque ficou sabendo que os professores batem nas crianças. Um professor começa então a dar aulas na casa do garoto, que, aos poucos, conhece o mestre e fica fascinado por seu caráter e sabedoria. Mas, quando começa a Guerra Civil Espanhola, o garoto desespera-se ao saber que seu mestre é perseguido.

Viagem pelos bairros paulistanos
O CEU Meninos, também na Zona Sul, exibe no sábado e no domingo uma seleção especial de documentários sobre a história dos bairros de São Paulo durante a mostra Meu Bairro, Minha Vida. No sábado, às 11h, os espectadores conhecerão mais sobre a Barra Funda. Às 15h é a vez de descobrir São Miguel. No domingo, às 10h, será exibida a história de Perdizes e mais tarde, às 15h, a da Vila Madalena.

Endereços:

CEU INÁCIO MONTEIRO
Rua Barão Barroso do Amazonas, s/nº - Cohab Inácio Monteiro
Informações: 2518-9048/2518-9043

CEU PARQUE ANHANGÜERA
Rua Pedro José de Lima, 1.020 - Parque Anhangüera
Informações: 3911-2183

CEU VILA CURUÇÁ
Avenida Marechal Tito, 3.452 - Vila Curuçá
Informações: 2563-6145/2563-6150

CEU PARQUE BRISTOL
Rua Prof. Arthur Primavesi, esquina com Roudão Eufrázio Leal - Parque Bristol
Informações: 2334-1405

CEU MENINOS
Rua Barbinos, s/nº - São João Clímaco
Informações: 2945-2539/2945-2543

CATs selecionam 307 profissionais para indústrias dos segmentos têxtil e metalúrgico

Durante a próxima semana unidades do CAT- Centro de Apoio ao Trabalho, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, selecionam 307 profissionais para indústrias dos segmentos têxtil e metalúrgico.
No setor têxtil há 170 chances para cortador de roupas e costureiras de peças moletom, malharia de tricô, roupas íntimas, moda praia, uniforme e roupas de boneca. Os salários oferecidos variam de R$ 766 a R$ 900, conforme a empresa contratante. Para participar da seleção na área têxtil é exigida experiência mínima de 6 meses e ensino fundamental completo ou cursando.
O segmento metalúrgico está contratando 137 pessoas para as funções de mecânicos e mestre de manutenção de máquinas, depósitos de mercadorias, revisor de fios, serralheiro, torneiro CNC, operadores de furadeira, injetora de plástico, laminador, máquina circular de malharia, usinagem de madeira, empilhadeira e motoniveladora. Além disso, também existem oportunidades para pintor industrial, prensista, preparadores de máquinas de ferramentas, torno automático e revolver. O salário varia de R$ 697 a R$ 1.300, conforme a função e a empresa contratante. Os interessados nas ofertas para indústria metalúrgica devem possuir experiência mínima de 6 meses e ensino médio completo ou cursando.
Para participar do processo seletivo, o profissional deve comparecer a unidade do CAT mais próxima de sua residência e apresentar RG, CPF e Carteira Profissional.


Serviço:

- Zona Sul Interlagos
Av. Interlagos, 6.122.
Horário de atendimento das 7h às 18h.

*CAT Avançado -Zona Sul / Jabaquara
Av. Engenheiro Armando de Arruda Pereira, 2314
Horário de atendimento das 8h às 17h.

- Zona Leste / Itaquera
Rua Gregório Ramalho, 12.
Horário de atendimento das 7h às 18h.

*CAT Avançado -Zona - Zona Leste / Itaim Paulista
Av. Marechal Tito, 3012
Horário de atendimento das 8h às 17h

- Zona Oeste / Lapa
Rua Monteiro de Melo, 342
Horário de atendimento das 7h às 18h.

- Zona Norte / Santana
Rua Voluntários da Pátria, 1553.
Horário de atendimento das 7h às 18h.

*CAT Avançado Casa Verde
Av. Ordem e Progresso, nº 1001
Horário de atendimento das 8h às 17h.

-Zona Central / Luz
Av. Prestes Maia, 913.
Horário de atendimento das 7h às 18h
google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0