Nossos Vídeos

domingo, 18 de abril de 2010

JACQUELINE LIMA NO MISS SÃO PAULO 2010

Por: Claudio Fernandes

Jacqueline Lima após uma maratona e a ajuda de um programa de tv, conseguiu o patrocinio necessário para concorrer ao Miss Estado de São Paulo 2010.
O concurso será realizado no dia 24 de abril no Memorial da America latina e transmitido pela rede bandeirantes de televisão.
Jacqueline Lima representa Jose Bonifácio e ainda precisa de seu voto.. acesse www.band.com/misssaopaulo e vote na nossa representante!
Foto: Leandro Rebustini

Mesoterapia - Grande aliada na Perda de Peso

A mesoterapia foi muito utilizada há anos atrás. Há aproximadamente cinco anos, com o aparecimento de medicamentos a bases de enzimas. Começamos então a chamar esta técnica de aplicação de enzimas.

E é assim que a Dra Andréia leitão, prefere se referir ao tratamento, pois as melanges (misturas) que ela utiliza, são à base de enzimas. Mas, muitos utilizam ainda o nome mesoterapia, mesmo tendo na sua composição bases enzimáticas.

A aplicação de enzimas consiste em uma melange (mistura) de quatro a seis componentes diferentes, sendo eles lipolíticos.
Dependendo da enzima, ela age no corpo de dois a sete dias para a perda da gordura.

As enzimas fazem a quebra da gordura, tornando assim mais fácil para ser excretada, por via urinaria, sudorese e nas fezes. Dessa forma, elas não retornam, mas caso a pessoa comece a fazer uso de alimentação super calórica durante o tratamento, novos depósitos de gordura serão criados.
Os resultados dependem muito de organismo, idade e hábitos, mas geralmente começam a surgir resultados a partir da primeira semana.

A alimentação deve ser mantida, somente as quantidades diminuídas. Álcool, refrigerantes e doces, são extremamente calóricos, e durante o processo deve ser evitados e depois do termino do tratamento, ter consumo esporádicos. O carboidrato pode ser consumido normalmente desde que ate às 18h, pois depois desse horário as atividades do metabolismo diminuem muito, dificultando a queima do mesmo, que vira depósito de gordura.


Hoje existem milhões de medicamentos, mas o mercado fez com que a indústria farmacêutica fosse pra fora do país em busca de novas drogas, pois no exterior existe uma preocupação acelerada em sempre emagrecer e perder medidas de forma mais rápida.
As enzimas nada mais são do que drogas lipolíticas, com afinidades por células adiposas. E o tratamento de aplicação de enzimas é indicado para quem tem excesso de peso e gordura localizada.

Com o uso constante da mesma droga, o organismo passa a não responder com tanta eficácia, pois ele cria certa resistência como resposta ao mesmo. Por isso na Multiclinic, a Dra Andréia Leitão, durante o tratamento todo, independente da duração, sempre substitui uma enzima por outra diferente.

Existem enzimas IM (intramuscular) e ID (intra dérmica). A IM é utilizada para a perda de peso, e aplicada nos glúteos, para uma perda geral de gordura. Isso faz com que o peso tenha uma grande diminuição. A ID é aplicada direto na região de gordura localizada, fazendo assim a diminuição da mesma, mas somente na região aplicada. A ID não é indicada para perda de peso, só para quem quer eliminar os pneuzinhos.

Na Multiclinic, são utilizados os dois tipos de aplicação. Se a cliente deseja realizar os dois procedimentos ao mesmo tempo, ela perde peso e aumenta a perda de gorduras localizadas.

Hoje em dia as clinicas trabalham com avalistas treinadas, que vendem os pacotes, mas as aplicações têm que ser realizada por um profissional habilitado para o mesmo.


Dependendo da droga utilizada, pode sim haver efeitos colaterais, mas as melanges que são utilizadas na Multiclinic, não têm efeitos colaterais.
A Multiclinic so trabalha com enzimas liberadas e com excelentes procedências.

Quanto ao tempo de aplicação das enzimas para a perda de peso, costumamos dizer que cada caso deve ser acompanhado individualmente, pois as aplicações de enzimas não têm restrições quanto a quantidades de aplicações.

Quanto ao intervalo da aplicação das enzimas, podemos dizer que as IM tem que ter um intervalo mínimo de três dias. A ID cinco a sete dias.

Junto à aplicação das enzimas, na Multiclinic, o paciente pode passar pelo Invel, um aparelho que provoca aquecimento e bioestimulaçao linfática no corpo a fim de perda de calorias e toxinas e também passa pela drenagem linfática, que ajuda muito no tratamento, pois liberando toxinas, ajuda na absorção e acelera o processo de lipólise. (degradação da gordura), tudo isso dependendo da indicação.

Dicas de Andréia Leitão para um bom resultado no emagrecimento:

Sempre que falamos a palavra EMAGRECER o cérebro já envia uma resposta automática: - ESTOU COM FOMEEEE!
Nesse caso devemos comer mais frutas, beber muita água e não se apegar no detalhe EMAGRECER.
Cada um tem seu tempo para comprar a idéia de que realmente quer emagrecer, e que quer sair por ai com muitos quilos a menos.
Coloquem no prato, muitas saladas em geral, as que mais te apetece, muitos legumes, verduras, cruas ou cozidas e ate refogadas.
Tente substituir alimentos calóricos pelos menos calóricos, no começo parece muito difícil. Não deixe seu psicológico escolher por você.


Dra Andréia Leitão é Fisioterapeuta com especialização em Dermato Funcional. Responsável pela Multiclinic.
http://www.multiclinic-saude.com.br/

Indra participara da Reatech 2010

O evento será uma excelente vitrine para a difusão do Headmouse e do Teclado Virtual, soluções criadas no marco das Cátedras de Tecnologías Acessíveis, que a Indra desenvolve em conjunto com a Fundação Adecco e prestigiosas Universidades da Espanha


A Indra, uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação da Europa e América Latina, participará da próxima Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade - Reatech 2010 - evento que acontecerá entre os dias 15 e 18 de abril, em São Paulo.

Durante o encontro, a multinacional apresentará o Headmouse e o Teclado Virtual, soluções desenvolvidas no marco das Cátedras de Tecnologias Acessíveis que a empresa desenvolve junto à Fundação Adecco e prestigiosas universidades espanholas.

O Headmouse é uma solução tecnológica que permite à pessoas com mobilidade reduzida controlar o cursor do mouse através dos movimentos da cabeça (função "arrastar") e com gestos faciais (função "click"). Complementando esta aplicação, o Teclado Virtual facilita a escrita de textos sem a necessidade de utilizar as mãos, já que capta os movimentos faciais do usuário, replicando-os sobre um teclado virtual.


Ambas aplicações estão disponíveis de forma gratuita em: http://www.tecnologiasaccesibles.com/pt/descarregar.htm e podem ser instaladas em qualquer computador equipado com uma webcam de baixo custo.

A Reatech será uma excelente oportunidade para difundir as aplicações no país, uma vez que foram desenvolvidas para dar um maior grau de autonomia para pessoas com alguma deficiência, em termos de vida independente, acesso à educação e ao mercado de trabalho, entre outros.

Para massificar no país esse tipo de solução e serviços inovadores na área de acessibilidade, a Indra firmou recentemente um acordo de colaboração com a AACD- Associação de Assistência à Criança Deficiente, para o uso do Headmouse e do Teclado Virtual nos tratamentos de reabilitação nas unidades da instituição em todo o país. Além disso, a companhia estabeleceu um acordo com a ECT - Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, vinculada ao Ministério das Comunicações, para colocar à disposição em seus sites o download gratuito das tecnologias.

Mais de 50 mil visitantes são esperados na Reatech 2010, além de representantes do governo e de entidades relacionadas à sustentabilidade e inclusão social.
A Indra estará com o estande nº 120, na rua 100 do Centro de Exposições Imigrantes.

Um mouse inovador

O Headmouse incorpora um grande número de inovações que facilitam às pessoas com deficiência motora o acesso às tecnologias da informação e comunicação. Graças ao uso de algoritmos de visão artificial desenvolvidos para a área da robótica móbil, o usuário é capaz, sem nenhum tipo de formação ou conhecimento prévio, de utilizar de maneira intuitiva e natural o mouse virtual. Uma vez instalado o software, não se requer nenhum tipo de ajuda para acessar à configuração, nem para alterar os parâmetros que o sistema oferece.

O HeadMouse pode ser utilizado por qualquer usuário, já que não tem definido nenhum idioma de aplicação e dispõe de um manual de ajuda.


Teclado intuitivo

O uso do Teclado Virtual, que complementa o HeadMouse, também não requer formação prévia e funciona através de um aplicativo que aparece na tela do computador e que permite a escrita de textos mediante a pulsação de teclas virtuais. O sistema incorpora inovações tecnológicas que facilitam ao máximo a escrita para pessoas com mobilidade reduzida que não podem utilizar teclados convencionais. O Teclado Virtual conta com funções de predição de palavras, cujos algoritmos aprendem com o modo de escrever do usuário e melhoram exponencialmente suas taxas de acerto. As provas realizadas escrevendo textos literários entre 15.000 e 20.000 palavras demonstram uma economia de até 40% nas pulsações de teclas necessárias para escrevê-las, aproximadamente 7.000 palavras a menos.

O Teclado Virtual conta com um sistema de aprendizagem automático que permite ampliar sua base de palavras e criar novos dicionários em qualquer idioma baseado no alfabeto romano. Assim, o estilo de escrita dos usuários se atualiza automaticamente e permite ao aplicativo utilizar vários dicionários em um mesmo idioma e adaptá-los para usos específicos otimizados: redação de e-mails, redação técnica, literária, entre outras.




Indra no Brasil

A Indra está presente no Brasil desde 1996, conseguindo ao longo destes anos, uma sólida posição nos mercados de administração pública, telecomunicações e indústria e consumo.

A companhia se destaca no país pela sua experiência no mercado de energia e utilities, onde a multinacional tem se posicionado como referência, apontando o crescimento de seus profissionais e tecnologia de ponta. No Brasil possui uma ampla cobertura no território nacional, somando mais de 40 clientes.

Do mesmo modo, a Indra trabalha no Brasil com importantes companhias de setores como telecomunicações e indústria e consumo, além disso, mantém contrato de BPO com importantes companhias aeres do país.

Sobre a Indra

A Indra é uma das principais multinacionais de Tecnologia da Informação da Europa e América Latina. É a segunda companhia européia por capitalização em bolsa de seu setor e também a segunda empresa espanhola que mais investe em P&D. Em 2009 suas vendas alcançaram os 2.513 M?. Conta com mais de 29.000 profissionais e com clientes em mais de 100 países.

Alto Inverno Animale com Raquel Zimmermann

TOP ICON RAQUEL ZIMMERMANN BRILHA NO CATÁLOGO DE ALTO INVERNO DA ANIMALE COM ASSINATURA DA MINT

Estrela absoluta da grife com quem mantém contrato de exclusividade, a uber top acaba de fotografar no país catálogo com a novíssima coleção

Em um bate volta super rápido, Raquel Zimmermann, agora top ícone segundo o models.com, esteve no país para fotografar com exclusividade o catálogo da novíssima coleção de Alto Inverno 2010 da Animale que acaba de chegar as lojas.

Os clicks são de Henrique Gendre e o styling vem com a assinatura de Luis Fiod, que traz Raquel com uma feminilidade mais adulta e uma pegada glampunk. Os looks reunem a força dos clássicos apresentando uma alfaiataria com acentos femininos como nos ombros decorados. Estampas contemporâneas fundamentadas pela arte neoconcreta são coordenadas por uma cartela-base de neutros e acinzentados e pontuadas por cores fortes.

Entram em cena tbm os jeans desgastados pelo tempo, e lindas jaquetas de couro como "peças de resistência". Para arrematar rendas e brilhos de alta sofisticação têxtil, e em peças que privilegiam o espírito body conscious, perfeitas para a noite. A beleza é assinada por Max Webber.

Comunicação: a chave para o sucesso

Treinamento gratuito auxiliará jovens a encarar o desafio de falar em público

Comunicar-se bem é certamente um diferencial na hora de conquistar uma colocação no mercado de trabalho. No entanto, muitos estudantes têm dificuldade em lidar com isso e acabam sendo prejudicados em entrevistas ou dinâmicas. Para tratar desse assunto, o Núcleo Brasileiro de Estágios - Nube oferecerá dia 29/04, quinta-feira, às 14h, em São Paulo, um treinamento gratuito com o tema "Falar em público: Encare esse desafio".

O encontro terá a duração de três horas e os participantes poderão aproveitar esse tempo para ganhar conhecimentos. Em parceria com o Centro de Desenvolvimento Profissional - Cedep, alguns dos tópicos abordados serão: "Os segredos de um bom planejamento" e "Comunicação não-verbal: o que você transmite?". "Apesar do diálogo do dia-a-dia ser importante, é preciso melhorá-lo sempre e adequá-lo às diversas situações deparadas no cotidiano", afirma a palestrante e analista de RH do Cedep, Anessa Trassi.

Entre as principais formas de expressão do ser humano estão: a escrita, a fala, a linguagem de sinais e as demonstrações faciais ou de postura. Todas elas são responsáveis por transmitir, muitas vezes, características as quais o candidato deseja esconder. Aliado a essas questões surge também o conhecido estereótipo de apoio. "Devido ao nervosismo, os jovens usam muito "né", "tá", "ok" e "tipo". Esses costumes chamam atenção na hora do processo seletivo e podem reprovar o candidato", ressalta Anessa.

Para saber mais do assunto, convidamos a todos para participarem desse treinamento. Os interessados devem acessar o site www.nube.com.br e clicar no banner com o tema do curso. As inscrições e o material são gratuitos, porém as vagas são limitadas.

Serviço:
Nube oferece treinamento gratuito sobre como falar bem em público.

Tema: "Falar em público: Encare esse desafio".
Data: 29/04, às 14h.

Local: Centro de São Paulo - Próximo ao metrô República.
Informações e inscrições acesse o site www.nube.com.br

Sobre o Nube
Há 11 anos no mercado, o Nube é um agente de integração responsável pelo processo de estágio desde o cadastramento do estudante até a sua efetivação pela empresa. Também administra toda a parte legal e realiza o acompanhamento do estagiário por meio de relatórios de atividades semestrais. Possui 5 mil empresas clientes, 8,5 mil instituições de ensino conveniadas em todo o país e já colocou mais de 220 mil estagiários no mercado de trabalho. Anualmente, são realizadas 6 milhões de ligações, enviados 1,2 milhão de SMS e 360 mil encaminhamentos de candidatos. O banco de dados conta com 2 milhões de estudantes cadastrados, que podem concorrer às milhares de oportunidades de estágio oferecidas mensalmente. O cadastro é GRATUITO e pode ser feito no site www.nube.com.br
Acompanhe nossas vagas e novidades em http://twitter.com/nubeestagios

Receitas saudáveis e criativas de pães integrais

Oficina culinária gratuita ensina receitas saudáveis e criativas de pães integrais

Pães de milho e azeitona são algumas das sugestões
No próximo dia 27 de abril, a Fundação Mokiti Okada irá realizar uma oficina culinária gratuita, na Vila Mariana, em São Paulo, para ensinar a elaboração de pães integrais práticos e saudáveis.
O intuito desta atividade, denominada "Encontro dos Voluntários da Alimentação" é ensinar algumas receitas que podem contribuir para a manutenção da saúde. Os participantes aprenderão a elaboração do pão de milho, pão de azeitona e outras receitas.
A atividade acontece na sede da Fundação Mokiti Okada, a partir das 19h30. Para participar, basta confirmar presença. Ligar para (11)5087-5049/5045 ou pelo e-mail: buck@fmo.org.br.
Endereço: Rua Morgado de Matheus, 77 - Vila Mariana - São Paulo - SP.

Vaidade: nariz é motivo de insatisfação entre a maioria das pessoas

A Rinoplastia melhora a respiração e a autoestima de pacientes

A rinoplastia não é realizada apenas com finalidades estéticas, mas também para corrigir anomalias funcionais...

A cirurgia no nariz, também chamada de Rinoplastia está entre as mais solicitadas e mais discretas. Por se localizar no centro do rosto, o nariz causa grande impacto na aparência, sendo ele positivo ou não. Quando a rinoplastia é feita, percebe-se uma mudança na face inteira e não somente no nariz. Por essa razão ela deve ser uma operação discreta.

Há um equilíbrio estético entre o nariz e o rosto diferente para cada pessoa. Portanto o cirurgião deve estudar cada caso atenciosamente para que a cirurgia seja realizada da melhor forma, de acordo com as necessidades do paciente. Como em todo procedimento estético, o objetivo da cirurgia é dar um aspecto natural ao indivíduo, na rinoplastia isso não é diferente.

Essa operação não é realizada apenas com finalidades estéticas, mas também para corrigir anomalias funcionais como, por exemplo, o desvio de septo. “A Rinoplastia também visa melhorar as condições respiratórias do paciente, quando estas condições são precárias no nariz original.”, explica Arnaldo Korn, do Centro Nacional – Cirurgia Plástica.

“Nos dias atuais a cirurgia plástica no nariz ou em outras partes do corpo não são mais assustadoras, pois já fazem parte da vida das pessoas que se ainda não fizeram uma cirurgia, ao menos conhecem alguém que já passou pelas mãos de um especialista. Os resultados, na maioria das vezes, causam uma grande mudança para saúde ou para autoestima do paciente.”, declara Korn.

A Rinoplastia dura em torno de 1 a 2 horas, com anestesia local e sedação. Após o procedimento, a pessoa deve ficar com um molde de gesso ou de plástico por uma semana e não fica com cicatrizes visíveis.

Com a finalidade de facilitar a vida do paciente que deseja fazer a cirurgia, mas não tem como pagar à vista, muitos especialistas já trabalham com empresas que prestam serviço de assessoria administrativa e financeira. Confira mais informações no www.plasticaparcelada.com.br.

Mexer em espinha pode gerar problema de visão

Chama-se celulite orbitária a inflamação que ocorre nas pálpebras e dentro da cavidade orbital e pode evoluir para o cérebro provocando até perda de visão. As origens são diversas.

Brasília, 15/2/2010 - Não resistir ao aperto daquele pontinho branco inflamado, que incomoda no rosto, pode ter como consequência sérios problemas de visão. É melhor deixar a espinha seguir seu processo natural, aconselha a oftalmologista do Hospital Oftalmológico de Brasília (HOB), Patrícia Moitinho, ao comentar que unha suja em contato com o ponto inflamado pode resultar em uma celulite orbitária. "Trata-se de uma inflamação do tecido em volta do olho, dentro da cavidade orbitária", define.
O quadro de celulite orbitária tem diferentes causas. Um trauma ocular, uma sinusite ou mesmo uma espinha mexida sem higiene adequada podem levar a bactéria para esse tecido e causar a celulite.
Causas - Até uma gripe mais agressiva é considerada entre as causas possíveis de uma celulite orbitária ou mesmo uma renite, destaca a oftalmologista. Segundo a médica do HOB, são agentes da celulite orbitária as bactérias estreptococos, estafilococos e o vírus haemophilos influenza.
A evolução de um diagnóstico de celulite orbitária é tão grave que diante da sua presença confirmada, o médico determina internação imediata com tratamento a base de antibióticos e antivirais quando a origem for viral.
Os casos que evoluem para o comprometimento neurológico e perda de visão são raros, mas acontecem se o paciente não for tratado, alerta Patrícia. A médica acredita que os casos de perda de visão ou evolução para um abscesso cerebral com indicação de intervenção cirúrgica neurológica mostram-se raros, "porque o portador de celulite orbitária não consegue conviver normalmente com seus sintomas".
Sintomas - Inchaço palpebral, vermelhidão, edemas, hiperemia, dor ocular, olho saltado, dificuldades para abrir e movimentar os olhos, trombose no seio cavernoso e amaurose (perda parcial ou total da visão) com comprometimento do nervo ocular são sinais de celulite orbitária que incomodam demais seus portadores, diz a oftalmologista.
Quando os sinais de presença da celulite orbitária se manifestam é preciso procurar atendimento médico, pois o ritmo da sua evolução vai depender do comportamento da bactéria ou do vírus que a causou e às vezes é rápido.
Tratamento - Normalmente, após exame clínico, o médico solicitará o internamento para o tratamento intravenoso com antibióticos específicos, pois o quadro pode ter evolução rápida e agressiva. Conforme a oftalmologista, esse tratamento é feito durante sete a 14 dias. Hemograma e um exame de imagem como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, também são solicitados frequentemente, uma vez que indicarão a presença e a extensão exata do quadro infeccioso provocado pela celulite orbitária.

'A Hora e a Vez do Vestibular' prepara estudantes para os principais exames

Promovido pela Secretaria Municipal de Cultura em diversas bibliotecas e no Centro Cultural da Juventude (CCJ) Ruth Cardoso, o programa ′A hora e a vez do vestibular′ retorna neste primeiro semestre a partir de 15 de abril e prossegue até 26 de junho. O objetivo do programa é preparar os candidatos aos principais vestibulares do país que exigem a leitura de uma relação de livros com diferentes gêneros literários. Por isso, são organizadas palestras que abordam livros específicos da relação de leituras obrigatórias das principais instituições de ensino superior.
Entre as obras que serão analisadas está Auto da barca do inferno, de Gil Vicente; Memórias de um sargento de milícias, de Manuel Antonio de Almeida; Iracema, de José de Alencar; Dom Casmurro, de Machado de Assis; O Cortiço, de Aluísio Azevedo; A cidade e as serras, de Eça de Queiroz; Vidas secas, de Graciliano Ramos; Capitães de Areia, de Jorge Amado e Antologia Poética, de Vinicius de Moraes. Confira o cronograma completo abaixo.

Palestras Inaugurais
Abrindo o projeto, especialistas apresentam um panorama geral refletindo sobre os diversos aspectos da literatura e da experiência literária.

Biblioteca Mário Schenberg – Lapa
Dia 15/04 das 14h às 16h
Prof. Dr. Helder Garmes, com doutorado em Estudos Comparados de Literatura, de Lingua Portuguesa, pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado pela École dês Hautes Études em Sciences Sociales de Paris.

Biblioteca Rubens Borba de Moraes – Ermelino Matarazzo
Dia 17/04 das 10h às 12h
Prof. Dr. Murilo Marcondes de Moura, com doutorado em Letras – Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo.

Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso – Vila Nova Cachoeirinha
Dia 17/04 das 15h às 17h
Prof. Michel Sleiman, autor de livro, tradutor, poeta, diretor editorial da revista Tiraz e professor de Literatura Portuguesa e do Programa de pós-graduação em Língua, Literatura e Cultura Árabe da Faculdade de Letras da USP.

Cronograma das Palestras
Zona Norte
Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso
Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha – Fone: 3984-2466
Horário: das 15h às 17h (sábados)
Palestras com o Professor Ricardo Miyake
24/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
01/05 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
08/05 – Iracema, de José de Alencar
15/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
22/05 – O Cortiço, de Aluísio de Azevedo
29/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
05/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
12/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
19/06 – Antologia Poética, de Vinícius de Moraes

Biblioteca Narbal Fontes
Rua Conselheiro Moreira de Barros, 170 – Santana – Fone: 2973-4461
Horário: das 10h às 12h (sábados)
Palestras com o Professor Ricardo Miyake
24/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
08/05 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
15/05 – Iracema, de José de Alencar
22/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
29/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
05/06 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
12/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
19/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
26/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Alvares de Azevedo
Praça Joaquim José da Nova, s/no. – Vila Maria – Fone: 2954-3118/2954-2813
Horário: das 10h às 12h (sábados)
Palestras com o Prof. Fernando Martins Lara
24/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
08/05 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
15/05 – Iracema, de José de Alencar
22/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
29/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
05/06 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
12/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
19/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
26/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Padre José de Anchieta
Rua Antonio Maia, 651 – Perus – Fone: 3917-0751
Horários: das 14h30 às 16h30 (quintas-feiras)
Palestras com o Prof. Mario Martinez Veiga
22/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
29/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
06/05 – Iracema, de José de Alencar
13/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
20/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
27/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
10/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
17/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
24/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Afonso Schmidt
Av. Elísio Teixeira Leite, 1470 – Freguesia do Ó – Fone: 3975-2305
Horários: das 14h às 16h (terças-feiras)
Palestras com o Prof. Claudio Rosa Lopes
20/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
27/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
04/05 – Iracema, de José de Alencar
11/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
18/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
25/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
01/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
08/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
15/06 – Antologia Poética,de Vinicius de Moraes.


Zona Leste
Biblioteca Rubens Borba de Moraes
Rua Sampei Sato, 440 – Ermelino Matarazzo – Fone: 2943-5255
Horário: Das 10 às 12h (sábados)
Palestras com a Profa. Fernanda Ferreira
24/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
08/05 – Memórias de um Sargento de Milícias,de Manuel Antonio de Almeida
15/05 – Iracema, de José de Alencar
22/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
29/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
05/06 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
12/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
19/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
26/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes

Biblioteca Cora Coralina
Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 – Guaianazes – Fone: 2557.8004
Horários: das 10h às 12h (sábados)
Palestras com a Profa. Vanessa Castro
24/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
08/05 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
15/05 – Iracema, de José de Alencar
22/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
29/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
05/06 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
12/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
19/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
26/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Gilberto Freyre
Rua José Joaquim, 290 – Sapopemba – Fone: 2143-1811
Horários: das das 14h30 às 16h30 (sextas-feiras)
Palestras com o Prof. Mario Martinez Veiga
23/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
30/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
07/05 – Iracema, de José de Alencar
14/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
21/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
28/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
04/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
11/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
18/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Ricardo Ramos
Pça. Centenário de V. Prudente, 25 – Vila Prudente – Fone: 2273-4860
Horários: das 14h30 às 16h30 (quintas-feiras)
Palestras com a Profa. Fabiana Vascon
15/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
22/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
29/04 – Iracema, de José de Alencar
06/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
13/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
20/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
27/05 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
10/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
17/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.


Zona Sul
Biblioteca Viriato Corrêa
Rua Sena Madureira, 298 – Vila Mariana – Fone: 5573-4017/5574-0389
Horários: das 14h30 às 16h30 (terças-feiras)
Palestras com a Profa. Fernanda Ferreira
20/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
27/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
04/05 – Iracema, de José de Alencar
11/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
18/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
25/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
01/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
08/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
15/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Malba Tahan
Rua Brás Pires Meira, 100 – Veleiros – Fone: 5523-4556
Horários: das 10h às 12h (segundas-feiras)
Palestras com o Prof. Fernando Martins Lara
19/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
26/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
03/05 – Iracema, de José de Alencar
10/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
17/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
24/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
31/05 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
07/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
14/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Paulo Duarte
Rua Arsênio Tavollieri, 45 – Jabaquara – Fone: 5011-8819/5011-7445
Horários: das 14h às 16h
Palestra com a Prof. Cristiane Bastos
20/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
27/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
04/05 – Iracema, de José de Alencar
11/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
18/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
25/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
01/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
08/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
15/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Zona Oeste
Biblioteca Alceu Amoroso Lima
Av. Henrique Schaumann, 777 – Pinheiros – Fone: 3082-5023
Horários: das 14h30 às 16h30 (terças-feiras)
Palestras com a Profa. Fabiana Vascon
13/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
20/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
27/04 – Iracema, de José de Alencar
04/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
11/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
18/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
25/05 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
01/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
08/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes.

Biblioteca Mário Schenberg
Rua Catão, 611 – Lapa – Fone: 3672-0456
Horários: das 14h às 16h (quintas-feiras)
Palestras com o Prof. Claudio Rosa Lopes
22/04 – Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente
29/04 – Memórias de um Sargento de Milícias, de Manuel Antonio de Almeida
06/05 – Iracema, de José de Alencar
13/05 – Dom Casmurro, de Machado de Assis
20/05 – O Cortiço, de Aluísio Azevedo
27/05 – A Cidade e as Serras, de Eça de Queiroz
10/06 – Vidas Secas, de Graciliano Ramos
17/06 – Capitães de Areia, de Jorge Amado
24/06 – Antologia Poética, de Vinicius de Moraes

Quando o mundo se torna cruel para as crianças

Por Quézia Bombonatto*

Observa-se um crescente número de crianças que sofrem em nossas escolas apesar do esforço de pais e educadores de lhes oferecer boas condições físicas e materiais. Muitas dessas crianças apresentam um sofrimento que muitas vezes não são entendidos pelos adultos que as cercam. Um mundo que, ao não compreendê-las, torna-se seu mais cruel adversário. Muitas dessas crianças experimentam uma profunda ansiedade, pois não conseguem compreender por que a "agressão" provém, justamente, das pessoas que mais gostam: seus pais e os professores. E quem são estas crianças? São todos aqueles alunos rotulados como crianças-problema, que suportam a indiferença, quando não o menosprezo e o castigo.
São aqueles que, insistentemente, são nomeados de indisciplinado, desatento, preguiçoso, incompetente, retardado, imaturo, e que ouvem de quem lhes havia dado todo o carinho. Por esta razão é que sua angústia aumenta, sobretudo por não compreenderem os motivos da mudança de tratamento. Estamos falando de crianças com dificuldades de aprendizagem que muitas vezes apresentam problemas de comportamento ou atitude inadequada, a fim de demonstrar seu sofrimento. Enviam mensagens que muitos pais e educadores não conseguem decifrá-las, e, por serem mal interpretadas, acabam voltando-se contra elas próprias.
O problema, na maioria das vezes, é um pedido de ajuda. O aluno que está apresentando uma atitude inadequada ou um rendimento abaixo do esperado, talvez queira dizer: " Por que sou diferente da maioria dos meus colegas?Por que, querendo ser o melhor, fracasso em todos os meus intentos de superação? Queria ter o melhor caderno, no entanto tenho a pior letra. Gostaria de ser "bom" em matemática, porém mal sei fazer as contas. Desejaria ler e escrever bem, mas não consigo, apesar de meus esforços. Queridos pais e professores, ajudem-me a encontrar a causa de meus fracassos. Há algo fora ou dentro de mim que me desvia das boas intenções."
Desta forma, pode-se considerar o problema de aprendizagem como um sintoma, uma vez que o não-aprender não se configura em um quadro permanente, mas constitui o conjunto de comportamentos que aparecem como sinal de descompensação.
Assim, faz-se necessário avaliar o sintoma apresentado pela criança como significante de um estado particular deste sistema, que para equilibrar-se, precisou adotar um ou outro esquema de ação que mereceria ser olhado como sinalização positiva, mas que é caracterizado como não-aprendizagem.
Portanto, a não-aprendizagem não é o contrário de aprender, quando se apresenta como sintoma que cumpre a função de satisfazer uma carência dentro de determinada estrutura. Por exemplo, é comum a criança obter o carinho e a atenção dos pais gratificando-os através da aprendizagem, mas pode acontecer que a única maneira de ela contar com o tal carinho é não aprendendo.
Uma vez identificada a mensagem do não-aprender, é importante definir o problema de aprendizagem e considerar o processo diagnóstico para que se obtenha os dados necessários para compreender o  significado, a causa ou a finalidade da dificuldade ou do transtorno apresentado por aquela criança .

* Quézia Bombonatto é fonoaudióloga, psicopedagoga, terapeuta familiar e presidente Nacional da ABPp -Associação Brasileira de Psicopedagogia

Apagando as marcas do verão

É época de cuidar da pele e tratar os sinais resultantes da falta de cuidados durante a estação mais quente do ano

Com a chegada de frentes frias e o clima típico do outono, o verão fica definitivamente para trás, deixando apenas as lembranças do tempo de praia e férias. Infelizmente, as marcas da estação não ficam apenas na memória. “A maioria das pessoas não cuida devidamente da pele durante o verão e o resultado é o aparecimento de manchas, queimaduras, micoses e outras seqüelas que precisam ser tratadas”, explica a dermatologista Dra. Annia Cordeiro Lourenço.

Segundo a especialista, isso acontece porque a exposição ao sol sem proteção ou com proteção inadequada aumenta a pigmentação da pele e, além de facilitar o aparecimento de novas manchas, as marcas já existentes tendem a piorar. “A cada verão, tem aumentado o número de mulheres com manchas escuras no rosto, chamadas de melasma, também consequência da exposição sem cuidados ao sol, calor e luz”, aponta.

Mesmo apresentando esses e outros sinais, muita gente resolve ignorar as manchas e esperar que diminuam com o tempo. Entretanto, esse pode ser o primeiro passo para um agravamento do problema. “Mesmo com o fim do verão, o sol está presente o ano todo e causa um dano cumulativo na pele. No caso das manchas, elas pioram cada vez que a pessoa expõe-se aos raios solares. As manchas do rosto, por exemplo, tendem a se agravar, pois ficam continuamente expostas”, ressalta a dermatologista.

Com o fim definitivo da estação mais quente, o início outono é o momento mais indicado para avaliar o impacto do verão na pele e iniciar os tratamentos necessários. Para as manchas, é possível realizar clareamento com ácidos, peelings e medicações antioxidantes. Há ainda a possibilidade de usar laser para tratar o melasmas– manchas escuras. Os tratamentos são novos e bastante eficientes. “Mas é muito importante que o especialista conheça bem o problema, bem como o tratamento. Se a pele não estiver devidamente preparada ou se o laser for muito agressivo, a mancha pode piorar”, alerta.

Após o verão, há também um aumento da incidência de acne resultante principalmente do uso de cremes e protetores solares oleosos. Nesses casos, são indicados peelings com ácidos antiinflamatórios e anti-seborreícos, limpeza de pele, além de antibióticos, se necessário”.

Dano invisível
É no verão que a pele mais sofre os danos pela exposição aos raios solares, o que resulta no envelhecimento precoce e aparecimento de rugas. Mesmo que as indesejáveis linhas não apareçam no rosto, logo no mês de março, isso não significa que a pele saiu ilesa do verão.

Dra. Annia explica que é possível realizar um diagnóstico preciso e avaliar as áreas mais danificadas pelo sol, identificando as rugas e manchas que ainda irão despontar na pele e então prevenir o seu aparecimento. “Por meio de um aparelho específico, é possível ter uma ideia clara se o paciente protege-se dos raios solares e como o faz e, assim, utilizar técnicas para retardar o aparecimento dos sinais consequentes dessa falta de cuidado”.

O equipamento, Reveal Imager, possibilita o mapeamento detalhado da pele, detectando manchas, vasos, rugas e outros sinais que ainda estão invisíveis a olho nu. É tecnologia aliada para salvar a pele danificada pelos dias de verão.

Sobre a doutora Annia Cordeiro Lourenço
Graduada em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em 1995, fez residência em Dermatologia na Santa Casa de Curitiba e especialização na mesma área na Sociedade Brasileira de Dermatologia. Além disso, fez estágios em hospitais de Miami e Barcelona. Atualmente, atende em seu consultório, localizado na Avenida Silva Jardim, 2.042, no Batel.

Projeto Kearu ajuda a integrar crianças brasileiras que retornam do Japão

O Projeto Kaeru, uma parceria da Secretaria Municipal de Educação com o Instituto de Solidariedade Educacional e Cultural (ISEC) tem como finalidade oferecer suporte aos brasileiros que retornam ao País após viverem muitos anos no Japão.
As crianças que retornam nessas condições sofrem muitas dificuldades. Muitas vezes os próprios pais desconhecem a condição real dos filhos. Imaginam que por poder conversar normalmente em casa, estão em condições de ingressar na escola. Por isso, a iniciativa oferecerá acompanhamento psicológico aos alunos da rede municipal que voltaram do Japão e apresentam algum tipo de dificuldade no aprendizado. Atualmente, cerca de 250 deles estão matriculados na rede municipal.
Por conta desse projeto, a professora Megume Yuki, representante do Ministério da Educação do Japão, visitou na manhã da última terça-feira, 13, as EMEFs Bartolomeu Lourenço de Gusmão e Lutécia, no bairro do Carrão.
As duas escolas, na Zona Leste, exibem estilos arquitetônicos distintos. Uma foi inaugurada em 1957, seguindo linhas clássicas no desenho de seu prédio. A outra, erguida em 2008, chama atenção pela opção construtiva mais moderna. Em comum, dois pontos importantes: têm ótimas estruturas físicas e oferecem ensino de qualidade na capital paulista, segundo opinião da professora japonesa.
As escolas não foram escolhidas ao acaso. Ambas têm alunos vindos do Japão cursando o Ensino Fundamental, razão pela qual receberão, com outras unidades da região, o Projeto Kaeru.
"Fiquei impressionada com as escolas, com a qualidade do material que os professores usam. Vim para conhecer o projeto e aprendi que o ensino de São Paulo é excelente", afirma a professora.
Entre os fatores que podem influenciar no pleno desenvolvimento dessas crianças e jovens que passam a fazer parte da rede municipal de ensino, estão o pouco conhecimento da língua portuguesa, dificuldade nas relações interpessoais e problemas de adaptação ou readaptação à sociedade e cultura do Brasil.
A aluna da EMEF Bartolomeu Lourenço de Gusmão, Letícia Sayuri, de 14 anos, voltou ao Brasil no segundo semestre de 2008 e explica que, para ela, a adaptação foi e ainda é um pouco difícil. "Na verdade a língua portuguesa não era o meu maior problema, pois já sabia um pouco. O mais complicado foi a mudança de cultura. No Japão as regras são diferentes e bem mais rígidas", revela.
O projeto ganhou o nome de Kaeru por conta do significado da palavra, que em japonês quer dizer, entre outras coisas, voltar e transformar. A psicóloga Gláucia Tiyomi, do Isec, diz que o significado tem muito a ver com o momento em que vivem os alunos envolvidos no projeto. "Alguns estão conhecendo uma cultura totalmente diferente, outros estão voltando ao Brasil depois de um tempo. De qualquer forma, todos passam por uma transformação para se adaptar".
A diretora da EMEF Lutécia, Denise de Souza Hiraoka, acha que o trabalho do Projeto Kaeru será muito positivo para o pleno desempenho dos alunos. "Como será uma atividade complementar ao ensino em sala de aula, dará um apoio para esses estudantes, um reforço psicológico para a inserção deles em nossa cultura".
O Projeto Kaeru iniciou suas atividades nas escolas no segundo semestre do ano passado, quando profissionais da rede municipal e do Isec fizeram contato com os pais e responsáveis pelos alunos vindos do Japão. O atendimento direto aos estudantes foi iniciado este mês, nas EMEFs da Zona Leste, e será expandido aos pouco para todas as unidades que recebem essas crianças.

Combate à venda de bebidas alcoólicas a menores no Parque São Lucas

COMUDA visita estabelecimentos no Parque São Lucas de combate à venda de bebidas alcoólicas a menores

O objetivo é conscientizar os proprietários de estabelecimentos que comercializam bebidas alcoólicas a não venderem bebida a menores

Em continuidade ao combate à venda de bebidas alcoólicas a menores, o COMUDA - Conselho Municipal de Combate às Drogas e Álcool, realizou a segunda ação do ano, com o apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Metropolitana (GCM).
As visitas têm um caráter elucidativo e de conscientização dos proprietários de bares e estabelecimentos comerciais que vendem bebidas alcoólicas na região, no sentido de não venderem bebidas para menores, conforme previsto na Lei 14.450, de 22/07/2007, regulamentada pelo Decreto 49.662, de 20/06/08, que trata da "implementação do Programa de Combate à Venda Ilegal de Bebida Alcoólica e de Desestímulo ao seu Consumo por Crianças e Adolescentes".

Para a realização das visitas ao locais, dois grupos se dividem e seguem com um roteiro de endereços prévio, em que se faz uma abordagem inicial do objetivo da ação, que é a de prestar orientação e entregar a Lei e o cartaz padrão a ser afixado nos estabelecimentos. A primeira visita é de caráter educativo, posteriormente punitiva, caso o estabelecimento não cumpra o previsto em lei, como a afixação, em local visível, do cartaz, e a negativa seguida de explicações do porquê não vender bebidas a menores.

As ações na área de Vila Prudente, São Lucas e Sapopemba, tiveram início em 2008, quando foram visitados inúmeros estabelecimentos, em especial os mais próximos de escolas.

Participam também da ação, representantes da Saúde, de Assistência Social de Vila Prudente, e agentes vistores, todos de Vila Prudente / Sapopemba.

São Paulo sedia a primeira exposição sobre o Santo Sudário

Réplica em tamanho natural poderá ser vista na única mostra do gênero na América Latina


Enquanto na cidade de Turim o verdadeiro Sudário está sendo exposto para mais de três milhões de pessoas, em São Paulo vai acontecer, a partir do dia 17 de abril, uma exposição nos mesmos moldes, trazendo o que há de cientificamente mais novo sobre o assunto.

Para inaugurar a exposição ocorrerá, neste sábado, uma cerimônia na Catedral da Sé com o Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Sherer, às 16 horas, que contará com a presença de autoridades.

O Santo Sudário é uma peça de linho de 4,36 m de comprimento por 1,10 m de largura na qual, segundo consta, ficou gravada a imagem do corpo de Cristo crucificado de frente e de costas.

A exposição também será composta por uma série de painéis fotográficos e de réplicas de peças históricas, como a coroa de espinho, o tipo de chicote que teria açoitado Jesus, os tipos de cravos usados na época para a crucificação e moedas do tempo de Pilatos, que teriam sido colocadas sobre os olhos de Cristo para o fechamento das pálpebras.

Realizada pela Associação Brasileira de Estudos do Santo Sudário (ABESS) em parceria com a Arquidiocese de São Paulo, a mostra, que conta ainda com o apoio da Prefeitura de São Paulo, por meio da São Paulo Turismo (SPTuris), e da Rede Vida, estende-se até a famosa cripta da Catedral, onde estará exposta uma rara réplica colorida em tamanho natural do Santo Sudário, autorizada pelo Centro Internacional de Sindonologia de Turim.


Serviço
Exposição sobre o Santo Sudário
Data: A partir do dia 17/04
Local: Catedral da Sé - Praça da Sé, s/n
Horário: Seg. a Sex., das 9h às 17h30;
Sáb., das 9h às 16h30 e
Dom., das 8h às 13h
Contribuição voluntária: R$5,00

Bazar beneficente na Mooca tem presentes para o Dia das Mães a partir de R$ 0,50

Repetindo o sucesso das edições anteriores, o Espaço Manaim espera receber cerca de 300 visitantes em seu terceiro megabazar

Não é à toa que o Dia das Mães é considerado a segunda maior data comemorativa do comércio, perdendo apenas para o Natal. Toda mãe gosta de ser lembrada em datas especiais, principalmente, nesse dia que é dedicado só para ela.

E, para quem pretende antecipar as compras e encontrar um presente que tem a cara dela e cabe direitinho no bolso, o Espaço Manaim anuncia a 3ª edição do seu Megabazar Beneficente e oferece roupas, sapatos e outros artigos com preços especiais: peças a partir de R$ 0,50.

E não é só para a mamãe que tem presente. No bazar, tem também brinquedos, artigos masculinos, utilidades domésticas, objetos de decoração e artesanatos. São peças novas e usadas, tudo fruto de doação.

O megabazar acontece no dia 24 de abril, a partir das 10h, no Espaço Manaim, localizado no bairro da Mooca, em São Paulo. Mais informações pelo tel. 2601-3724.

Serviço: “Bazar Manaim Dia das Mães”
Data e horário: 24/4/2010, a partir das 10h
Local: Espaço Manaim - Rua do Oratório, 554 – Mooca – São Paulo/ SP
Informações pelo 2601-3724


Sobre o Espaço Manaim
Fundada em 1998, a Igreja Evangélica Manaim (que significa “acampamento de Deus”) pertence à família das igrejas cristãs evangélicas pentecostais. A visão principal da entidade é ser uma Igreja de "relacionamentos” e o Espaço Manaim foi criado para a concretização desse objetivo. Através de obras assistenciais, como festas e eventos realizados periodicamente no Espaço, muitas têm sido as conquistas da igreja em prol da comunidade: projeto de alfabetização de adultos, aulas de música, cursos de idiomas e informática gratuitos, cestas básicas entregues mensalmente a famílias carentes, entre outros projetos. Atualmente, a comunidade busca criar, fundamentar e cultivar os relacionamentos entre os freqüentadores e, principalmente, o relacionamento com Deus. Além disso, outra visão do ministério é apoiar e ajudar financeiramente missionários que atuam na assistência de pessoas carentes no Acre, Peru e na Índia. “Porque assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Thiago 2:26).
google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0