Nossos Vídeos

terça-feira, 20 de abril de 2010

O Que Abre e o Que Fecha no Feriado de Tiradentes

No dia 21 de abril, Feriado de Tiradentes, o funcionamento das repartições e serviços públicos municipais obedecerá ao seguinte esquema.

Abastecimento

Os mercados municipais abrirão nos seguintes horários: Kinjo Yamato, das 2h às 15h; Paulistano, das 6h às 18h; Vila Formosa e Teotônio Vilela, das 7h às 13h; Central Leste e Pirituba, das 7h às 14h; Guaianases, Ipiranga, Penha, Sapopemba e Tucuruvi, das 8h às 13h; Santo Amaro, das 8h às 14h. Os mercados municipais da Lapa, Pinheiros e São Miguel não funcionarão.

Os sacolões atenderão nos seguintes horários: Santo Amaro, das 7h às 12h; Brigadeiro, Butantã, Cidade Tiradentes, Estrada do Sabão, Jaçanã, Jaguaré, Jaraguá, João Moura, Lapa e Piraporinha, das 7h às 14h; Rio Pequeno, Freguesia do Ó e Avanhandava, das 7h às 15h; São Miguel e Cohab Adventista, das 8h às 13h; e Bela Vista, das 8h às 14h.

Assistência Social

Os serviços de emergência e acolhida a seguir são fornecidos 24 horas, ininterruptamente: Abrigos / Casas de Acolhida, CAPE - Central de Atendimento Permanente e de Emergência (3228-5554 / 3228-2092 / 3228-5668), Centros de Referência da Criança e do Adolescente (CRECAs), Centros de Acolhida (antigos albergues).

Permanecerão fechados: CRECI - Centro de Referência de Cidadania do Idoso, Loja Social, Centro da Juventude, Restaurante-Escola, Centros para Criança e Adolescente, CRAS - Centro de Referência de Assistência Social, CAS - Coordenaria de Assistência Social e COMAS - Conselho Municipal de Assistência Social.

Cultura

Estarão abertos o Centro Cultural São Paulo, Capela do Morumbi, Casa do Bandeirante, Casa Modernista, Casa do Tatuapé, Sítio da Ressaca, Sítio Morrinhos, Monumento à Independência (Capela Imperial), Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (das 10h às 18h), Galeria Olido (com sessões de cinema às 15h, 17h e 19h30; exposição das 13h às 20h; aula de dança de salão das 15h às 17h; e campeonato hip hop às 19h) e Museu do Teatro Municipal.

Ficarão fechados todos os teatros (com a exceção do Cacilda Becker), bibliotecas, Casa da Imagem (antiga Casa nº 1), Casa do Sertanista, Solar da Marquesa de Santos, Beco do Pinto, Divisão do Arquivo Histórico, Escola de Bailado, Escola Municipal de Iniciação Artística, Escola Municipal de Música, Balé da Cidade e Orquestra Experimental de Repertório.

Educação

Todas as escolas municipais estarão fechadas. Nos CEUs, haverá programação cultural e esportiva nos horários habituais.

Esportes

Os Clubes da Cidade funcionam normalmente com as atividades do programa Clube Escola. Também haverá atividades esportivas e de recreação nos Centros Esportivos e o Parque das Bicicletas estará aberto.

Saúde

Os hospitais, prontos-socorros e os serviços de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) 24h funcionarão ininterruptamente. As AMAs abrem das 7h às 19h. As Unidades Básicas de Saúde (UBS), AMAs Especialidades e Ambulatórios de Especialidades fecham neste dia.

Subprefeituras

As Praças de Atendimento não funcionarão.

Trabalho

Os Centros de Apoio ao Trabalhador não abrirão.

Verde e Meio Ambiente

Todos os parques municipais abrirão.

Operação Cata-bagulho acontece sábado na Vila Carrão

Equipes da Subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão percorrerão as ruas da região para mais uma operação Cata-bagulho. A ação acontece neste sábado (24/04).
Serão recolhidos materiais inservíveis, como móveis velhos, eletrodomésticos quebrados, madeiras e utensílios domésticos. O perímetro atendido fica entre as ruas Taubaté, Vênus, Aracê, Pretoria, Guaxupé, Antônio de Barros, Vale Formoso, Santa Eufêmia, Antônio Preto e Dentista Barreto, além das Avenidas Dedo de Deus e Conselheiro Carrão. É importante que o munícipe coloque os objetos a serem recolhidos nas calçadas até as 11 horas.

Um dos objetivos da ação é impedir que os materiais sem uso sejam descartados em vias públicas, comprometendo o escoamento da água em dias de chuva, que pode gerar alagamentos e enchentes. O serviço de cata-bagulho recolheu, no último trimestre, mais de 90 toneladas de objetos inservíveis.
As operações Cata-bagulho não fazem recolhimento de entulho. Para esses casos, pequenas quantidades de até 1 m³ de entulho - que corresponde a uma caixa d'água de mil litros ou 25% de uma caçamba - gerados por pequenas reformas e construções, podem ser levados gratuitamente para os Ecopontos da região.

Quem gera muito entulho deve contratar uma empresa especializada em serviços de coleta e transporte de entulho, cadastrada pela Prefeitura, que faz o descarte de forma apropriada em aterros de inertes. O cidadão pode conferir a relação das empresas cadastradas no site www.prefeitura.sp.gov.br.

Serviço:

Operação Cata-bagulho na região de Vila Carrão
Data: 24 de abril de 2010
Serviço gratuito.

Ecoponto Alberto Badra
Local: sob o viaduto Engenheiro Alberto Badra, na avenida Aricanduva nº 200
Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas
Serviço Gratuito.

Ecoponto Astarte
Local: rua Astarte, nº 500 - Aricanduva
Funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas.
Serviço gratuito.

Rua do Orfanato recebe lixeiras novas

Subprefeito acompanha a colocação das lixeiras

Em vistoria pela manhã na região, o subprefeito Wilson Pedroso deu uma parada na Rua do Orfanato, em Vila Prudente, para conferir de perto a colocação de mais lixeiras ao longo das duas calçadas. "Essa rua é um corredor de muito movimento, com forte concentração de comércio, escritórios, bancos, e apartamentos, por isso a necessidade que a população estava sentindo de, uma vez que a limpeza está sendo reforçada, ter o lugar certo para jogar o lixo, que é dentro da lixeira", comenta o subprefeito.

Bueiros - Na semana passada, foi reforçada a limpeza de bueiros em todas as áreas, com especial ênfase para os grandes corredores como é o caso da Anhaia Mello, avenida que, em épocas de fortes chuvas, sofre com cheias e alagamentos.

Entidade entrega abaixo assinado para a criação de cursos profissionalizantes

Na manhã desta segunda-feira, 19/4, o subprefeito de Itaquera Roberto Tamura participou, em seu gabinete, da entrega de um abaixo assinado pedindo ao Secretário Municipal do Trabalho, Marcos Cintra, a construção de um centro de cursos profissionalizantes em Itaquera. Estiveram presentes também o vereador Paulo Frange, o ex-Secretário Especial de Articulação Metropolitana Jorge Tadeu e o ex-subprefeito e provável candidato a deputado federal, Laert de Lima Teixeira. No encontro, foram propostas ideias visando atrair indústrias e prestadores de serviço através do Pólo Institucional, que ao mesmo tempo oferecerá para os moradores educação e mão de obra capacitada para o mercado de trabalho na região.

A reunião contou com a presença de 50 pessoas, entre eles, lideres comunitários, moradores e representantes de associações que assinaram o abaixo assinado pedindo a criação deste centro de capacitação. “Vai ser dado a esse baixo assinado toda atenção que vocês merecem, e isso não vai para a gaveta não, já que a Zona Leste é a única região que ainda tem espaço para São Paulo crescer. Nosso objetivo é transformar a Zona Leste no grande foco de desenvolvimento, transformação e qualidade de vida”, declarou Marcos Cintra.

“Muitos moradores estão desempregados, por isso gostaria de pedir o empenho de vocês para oferecer cursos profissionalizantes. É com fé que entregamos este abaixo assinado, para mostrar que estamos envolvidos no desafio de trazer desenvolvimento ao nosso bairro”, afirma o presidente da ONG Fórum Social dos Moradores da Vila Regina, Pedro Monteiro Farias.

Durante a reunião foram discutidos projetos para enfatizar a importância de trazer novos investimentos e empregos para a região. “Precisamos atrair as empresas para a Zona Leste. Estamos com um grande número de desempregados, com cerca 12% da população economicamente ativa. É um problema social muito grande e nós precisamos resolver a longo prazo”, relata o coordenador da Secretaria de Desenvolvimento e do Trabalho, Dr. José Alexandre Sanchez.

O subprefeito de Itaquera fez uma explanação sobre o Pólo Institucional de Itaquera, que será erguido no terreno localizado em frente à estação do metrô Corinthians-Itaquera. Já foi licitada a construção de uma Escola Técnica Estadual (ETEC) no local, bem como uma Faculdade de Tecnologia (FATEC), avaliadas como essenciais do ponto de vista educacional, e que contribuirão para a capacitação do jovem no mercado de trabalho. “Com a construção do Pólo Institucional, vamos dar capacitação para os jovens e oferecer uma mão de obra especializada para as empresas”, ressalta Roberto Tamura, subprefeito de Itaquera. “Trazendo o trabalho para perto da população, você tem um aumento de qualidade de vida incalculável”, finaliza o subprefeito.

As implicações no voto do preso provisório

Para especialista, apesar da resolução representar um direito previsto na Constituição, ainda há fatores que devem ser esclarecidos

Através da Resolução 23.219, do Tribunal Superior Eleitoral, a partir das eleições de outubro deste ano todos os presos provisórios terão direito ao voto na escolha do Presidente da República, governadores, senadores e deputados federais e estaduais. De acordo com o advogado criminalista Antonio Gonçalves, "essa resolução representa um marco histórico no movimento eleitoral nacional e faz cumprir o que há muito já previa a Constituição Federal, que é o direito a voto dos presos. Até que se prove sua culpa, o preso provisório é inocente e pode e deve exercer sua cidadania".
Para o especialista, há outros fatores que ainda precisam ser esclarecidos e podem causar implicações. O primeiro deles é em relação à segurança dos mesários. "Ainda não sabemos como será o procedimento de votação dos presos dentro das unidades prisionais. A Secretaria de Segurança Pública garantirá a integridade física e a tranquilidade dos trabalhos dos mesários? Ainda temos muitas perguntas para poucas respostas". Gonçalves ressalta que apesar dos locais de alto risco terem sido excluídos, os de médio e baixo também oferecem perigo se não houver um planejamento adequado e efetivo suficiente para garantir a segurança.
Outro fator é em relação à propaganda eleitoral. "Na maioria dos presídios os detentos não tem acesso algum à informação, exceto as que recebem dos visitantes. A dúvida é de que forma o preso terá acesso à propaganda eleitoral imparcial e como ela será veiculada. Isso porque os políticos veem com bons olhos a população carcerária. No total, 152 mil presos de todo o Brasil terão direito ao voto nestas eleições, isso somados aos votos dos familiares, o que pode duplicar, triplicar, ou até mesmo quadruplicar a quantidade de votos".
De acordo com o especialista, a maior preocupação é com o voto, pois para ele existe a possibilidade de existir uma possível votação em bloco dentro das unidades prisionais. "Esses votos poderão ser em um candidato específico ou numa sigla. Mesmo com a aprovação da Resolução pelo TSE ainda há estas questões que não foram esclarecidas, mas que não deixam de ser importante pois está em jogo a segurança de quem irá trabalhar nestes presídios e, principalmente, no futuro do País", finaliza.

* Antonio Gonçalves é advogado criminalista, membro efetivo da Comissão de Direitos Humanos da OAB/SP e membro da Association Internationale de Droit Pénal - AIDP. Pós-graduado em Direito Penal - Teoria dos Delitos (Universidade de Salamanca - Espanha). Mestre em Filosofia do Direito e Doutorando pela PUC-SP. É especialista em Direito Penal Empresarial Europeu pela Universidade de Coimbra (Portugal); em Criminologia Internacional: ênfase em Novas armas contra o terrorismo pelo Istituto Superiore Internazionale di Scienze Criminali, Siracusa (Itália); Fundador da banca Antonio Gonçalves Advogados Associados, é autor, co-autor e coordenador de diversas obras, entre elas, "Quando os avanços parecem retrocessos -Um estudo comparativo do Código Civil de 2002 e do Código Penal com os grandes Códigos da História" (Manole, 2007).

Um presente especial para o Dia das Mães

A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) tem uma promoção especial para o Dia das Mães, comemorado no segundo domingo de maio. Na compra de uma Bíblia da Mulher (nova edição), com mais R$ 0,01 leva-se também o livro História de Mulheres da Bíblia – lançamento que não será vendido separadamente até o dia 9 de maio, quando se encerra a campanha. É uma sugestão de presente diferenciada, capaz de agradar mães de todas as idades, pelo conteúdo edificante e esmero editorial de ambas as publicações.
Confira abaixo as características de cada obra:

 A Bíblia da Mulher: A Bíblia de estudo de maior sucesso entre o público feminino ganhou novo formato, quatro opções de capas, mais recursos e um tamanho de letra que torna sua leitura ainda mais agradável. Sem perder a essência da versão já consagrada, a edição recebeu um design mais feminino e atual, além de estar adaptada à nova reforma ortográfica. Como na edição anterior, os materiais de estudo e comentários foram compostos por 90 mulheres – 9 a mais do que na edição anterior – de diferentes nações, faixas etárias e profissões, sempre concentrados em áreas de interesse especial da mulher. Valiosa ferramenta para o estudo bíblico e a leitura devocional, oferece entendimento espiritual para a mulher que quer aplicar a Palavra de Deus em seu dia a dia. Recursos: Referências e notas textuais; Artigos teológicos sobre a mulher na arqueologia bíblica, fé e vida prática, mulheres e crianças na narrativa bíblica, e o cuidado de Deus pelas mulheres; Citações inspiradoras de mulheres cristãs consagradas; Concordância temática; Introdução e esboço a cada livro bíblico; Mais de 100 retratos com o perfil de mulheres da Bíblia; Mais de 320 tópicos sobre temas como ministério feminino, o papel da mulher na sociedade moderna, carreira profissional, educação de filhos, família, entre outros; Mapas e quadros em meio ao texto bíblico; Notas explicativas sobre termos e passagens bíblicas difíceis; Ponto de Vista (exclusivo nesta versão) - quadros sobre a importância de ler e estudar a palavra de Deus; Quadros ilustrados sobre a flora bíblica; Mapas.
Formato 17,0 x 23,5 cm
Código RA087BMRA capa em couro bonded lilás; capa em couro bonded impresso; capa em couro bonded preto; Páginas: 2.192.; Impressão: 2 cores (preto/vinho); Preço: R$ 84,90.
Formato 13,0 x 19,5 cm
Código RA057BMRA - capa em couro bonded impressa; capa em couro bonded lilás; capa em couro bonded rosa; Páginas: 2.216; Impressão: 2 cores (preto/vinho); Preço: R$ 74,90.

História de Mulheres da Bíblia: Nesta obra, estão compilados 36 emocionantes episódios bíblicos, que retratam mais de 40 perfis de mulheres. São histórias que continuam vivas e atuais, pois as situações enfrentadas por elas não são muito diferentes das vivenciadas em pleno século XXI. O livro destaca, por exemplo, a fidelidade de Maria, a firmeza de Débora e a persistência de Ana, atitudes que transmitem importantes valores. Por outro lado, também mostra a consequência de comportamentos nada nobres, entre os quais a ambição de Atalaia, a traição de Dalila e a vingança da mulher de Potifar. Cada uma das histórias abordadas é precedida por uma breve introdução, que auxilia em sua compreensão. Com texto bíblico na Nova Tradução na Linguagem de Hoje, tem formato de bolso e linguagem simples, além de ser fácil de manusear e ler no dia a dia. As 36 histórias bíblicas estão divididas em sete temas: Maternidade – na velhice e de formas inesperadas; Raridade: mulheres em posição de liderança; Como as mulheres conseguem o que querem; Sogras, irmãs e outras rivais; Mulheres bonitas – homens fracos; Jesus e as mulheres; Pequenos conselhos de como lidar com o sexo feminino. Código: NTLH5606. Formato: 12,0 x 17,5 cm. Páginas: 128. Encadernação: brochura ilustrada.

Informações sobre pontos de venda podem ser obtidas pelo 0800-727-8888.

Universidade entregará mais de R$ 50 mil a entidades assistenciais

Arrecadação provém das taxas de inscrições para o vestibular da UnG. Candidatos são os grandes apoiadores da iniciativa

No próximo dia 28, às 10h, a Universidade Guarulhos (UnG) fará a entrega de R$ 51.288,00 a 28 entidades assistenciais de Guarulhos, São Paulo e Itaquaquecetuba. O valor é resultado da soma das taxas de inscrições para os vestibulares realizados entre maio de 2009 e março de 2010.

No ato da inscrição, o candidato escolhe uma entidade, entre as cadastradas, para destinar os R$ 20 que paga para participar do processo seletivo. Essa ação vem beneficiando dezenas de instituições, que conseguem desenvolver melhorias e ampliar o atendime nto graças à doação.

Os mais de R$ 51 mil arrecadados serão divididos entres as entidades de acordo com a escolha dos vestibulandos, ou seja, o valor é variável conforme a instituição. Àquelas que receberiam valores inferiores a R$ 1 mil, a UnG completará a soma para que possam ser beneficiadas com essa cifra.

A iniciativa faz parte das ações do Programa UnG Cidadã, coordenado pela Vice-Reitoria de Extensão, Cultura e Apoio Comunitário da UnG. Campanhas para incentivar a doação de órgãos, trote solidário e arrecadação de roupas, alimentos e brinquedos, doados posteriormente a populações vítimas de catástrofes, também englobam o programa.

O evento de entrega dos valores às entidades beneficiadas acontecerá no Salão Nobre da Unidade Guarulhos-Centro da UnG (Praça Tereza Cristina, 01, Centro, Guarulhos).

Caro jornalista, você é nosso convidado. Por favor, confirme sua presença pela Assessoria de Comunicação da UnG:

Adriano Magrinelli - (11) 2464-1652/ 8151-5937
Camila Garcia - (11) 2464-1764/1775/ 9695-1503
Jaquelina Alves - (11) 2464-1764/1775/ 7307-6164

Conheça as entidades beneficiadas:

Guarulhos
• Apae-Guarulhos
• Asilo São Vicente de Paulo
• Associação Cristã de Moços de Guarulhos
• Associação Salve Vidas
• Cáritas Diocesana
• Casas André Luiz
• Centro Social Brasil Vivo
• Clube de Mães Girassol
• Clube de Mães Novo Recreio
• Congregação das Filhas de Nossa Senhora Stella Maris
• Creche Beneficente Joana D'arc
• Grupo de Assistência aos Portadores de Câncer – GAP
• Instituição de Assistência Social Raio de Luz Jardim Elizabete e Adjacências
• Instituto Diet – Direito, Integração, Educação & Terapêutica em Saúde e Cidadania
• Núcleo Batuíra
• Obra Social da Paróquia Santo Antônio
São Paulo
• Ame
• Associação dos Trabalhadores Sem-Terra de São Paulo
• Associação Educacional Cultural e Esportiva Americanópolis
• Centro Espírita João Silva
• Centro Integrado de Promoção Social
• Instituto Gabriele Barreto Sogari
• Mais Estudo
• Obra Social Santa Edwiges
Itaquaquecetuba
• Acaf – Ação Comunitária de Assistência à Família
• Associação Espírita Kardecista de Itaquaquecetuba (Aeki)
• Fundo Social de Solidariedade de Itaquaquecetuba
• Movimento Pró-Moradia

Projeto São Paulo: Costurando o Futuro será lançado no próximo dia 29

Projeto São Paulo: Costurando o Futuro será lançado no próximo dia 29

A Prefeitura de São Paulo, por intermédio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, irá qualificar 7 mil pessoas na área de confecção dos mais variados tipos de vestuário e de manutenção de máquinas e acessórios para confecção, além de dar assistência a 1170 empresas que participam do projeto São Paulo Costurando o Futuro. A capacitação das costureiras será feita em oficinas-escolas implantadas nas subprefeituras da Zona Leste em parceria com Senai, Sebrae, EACH USP Leste - Universidade de São Paulo e Singer do Brasil.
O projeto São Paulo: Costurando o Futuro terá duração de 40 meses. Serão sete cursos com duração de 100 horas divididas em quatro horas/aula diárias para turmas de 16 alunos. As primeiras oficinas começam a funcionar em Itaquera, Cidade Tiradentes e Itaim Paulista. No final, os participantes serão certificados como operador de máquina de costura.
Para o secretário de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho, Marcos Cintra, a criação de oficinas-escolas atenderá às necessidades das pequenas confecções. "Alguns dos nossos objetivos são melhorar os produtos e, conseqüentemente, ampliar a oferta dessa mão-de-obra; qualificar adolescentes para ingressar no setor; aumentar a produtividade; auxiliar o aprendizado para manejo das máquinas e desenvolver o senso de cidadania, com o estímulo para a elaboração de projetos autônomos. Pretendemos estimular o cooperativismo, a formação de grupos profissionais e a criação de micro e pequenas empresas", explica o secretário.
O setor têxtil é um dos mais importantes da economia da cidade de São Paulo. No caso da produção de artefatos têxteis e de confecções, a capital paulista é o maior distribuidor de produtos, com expressiva concentração de estabelecimentos comerciais atacadistas em três bairros da cidade - Brás, Bom Retiro e Sé (Rua 25 de março).
No entanto, os produtos comercializados são produzidos em outras localidades, na forma de prestação de serviços por micro e pequenas empresas. Atualmente, São Paulo tem registradas 4 mil indústrias que empregam 80 mil trabalhadores formais, além de centenas de costureiras que trabalham informalmente.
Na primeira fase do projeto serão criadas três unidades que farão a capacitação de 192 pessoas, além de 180 empresas assistidas pelo curso de empreendedorismo do SEBRAE nas subprefeituras de Cidade Tiradentes, Itaim Paulista e Itaquera. Ainda esse ano, serão em mais quatro subprefeituras: Ermelino Matarazzo, Guaianases, São Miguel Paulista e São Mateus. Após a qualificação, as agências do São Paulo Confia oferecerão financiamento por microcrédito para aquisição de equipamentos.
google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0