Nossos Vídeos

domingo, 17 de janeiro de 2010

Calor provoca aumento nos casos de inflamação do ouvido

Número de casos chega a aumentar 50% nesta estação

No verão fica impossível resistir a banhos de piscinas, finais de semana à beira do mar e mergulhos. Mas estas tentações podem acarretar no aumento de inflamações e infecções do ouvido, as chamadas otites externas - um tipo de infecção que atinge o canal externo do órgão auditivo. Por ser quente, úmida e escura, a região pode facilmente inflamar-se ou infectar-se com fungos e bactérias.
Segundo o Otorrinolaringologista Dr. Sady Selaimen da Costa, membro da Diretoria da ABORL-CCF (Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial) a doença é muito mais comum no verão, por causa da maior umidade do ar, do calor e dos hábitos assumidos pela população nesta estação. Essa infecção afeta não só adultos, mas também crianças e deve ser diferenciada da otite média aguda, que apresenta uma incidência muito maior nos meses de inverno e em crianças até os seis anos de idade.
Quando o ambiente está úmido e quente, o contato constante com a água (muitas vezes imprópria para o banho, como nas praias ou em piscinas mal tratadas) pode modificar o revestimento do canal auditivo externo, que ocasiona descamação e coceira. "Como reação imediata, muitas pessoas costumam coçar o ouvido, e utilizam os mais variados objetos como cotonetes, tampas de caneta, agulhas de tricô, etc., o que pode causar sérios traumas no revestimento interno do ouvido. Estas micro-rupturas na pele servem como legítimas portas de entrada a microrganismos que podem causar infecções locais ou generalizadas", alerta o otorrinolaringologista.
Segundo Sady, é preciso tomar muito cuidado com alguns tratamentos ou métodos caseiros, como utilizar álcool ou vinagre na região infectada. Para as pessoas que adotam estas medidas, ele faz um alerta: "Nunca pingue nada no ouvido sem orientação médica". Segundo o médico, esses tratamentos causam desidratação da pele, predispondo a infecção. "Essa tentativa de tratamento é desastrada e inoportuna", adverte.
Sady diz também ser contra o uso de tampões no ouvido, muito utilizado por nadadores e atletas que fazem travessias em alto mar para evitar a entrada de água. "A falta de circulação de ar pode provocar infecção, Esses tampões são ferramentas muito úteis na prevenção de certas doenças do ouvido, mas devem ter indicações específicas", orienta.
Para prevenir a otite externa recorrente, é preciso, em alguns casos, o uso de medicação, além de cuidados locais realizados em um consultório. É recomendável também não nadar em águas poluídas, principalmente em praias. Sempre que tiver dor de ouvido, procure um otorrinolaringologista, pois existem outras doenças que podem estar associadas à otite externa. Somente um especialista poderá orientá-lo.
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque limitado

Dificuldade de engolir pode ser alerta para doenças graves

Problema considerado simples, algumas vezes pode esconder doenças sérias como câncer de esôfago e megaesôfago

Dificuldade moderada, ou até mesmo leve, de engolir substâncias líquidas ou sólidas não devem ser negligenciadas. De acordo com Rubens Sallum, gastroenterologista e diretor do Serviço de Cirurgia do Esôfago do Hospital das Clínicas da FMUSP, ligado à Secretaria de Estado da Saúde, assim que diagnosticado o problema é fundamental investigar a sua causa, pois em alguns casos pode ser o alerta de algo mais sério.

A disfagia – dificuldade de engolir – é um sintoma comum em doenças graves como “megaesôfago” e “câncer de esôfago”. Segundo o médico, muitas vezes os pacientes acabam procurando tratamento tardio a esses males. “Em ambas as doenças, dois ou três meses subestimando o sintoma podem ser cruciais. Quando o médico é procurado, a situação já se agravou”, alerta, ressaltando que assim que o sintoma é reconhecido é recomendável rapidamente procurar um médico e, quando necessário, fazer uma endoscopia.

Os tumores epidermóide (próprio do revestimento do esôfago) e adenocarcinoma (que atinge a junção do esôfago com o estômago) quando diagnosticados tem alto percentual de cura. Segundo o médico, a cura nos estágios iniciais chega a 90%. Quando a doença é tratada em estágios mais avançados, os índices de cura podem chegar em 60%, mas dependem de modernas técnicas de tratamento. “Em alguns casos, é necessário fazer uma cirurgia radical de retirada do esôfago (esofagectomia), mas para oferecermos essa operação é fundamental diagnosticarmos a doença em estágio menos avançado”, informa Rubens Sallum.

No megaesôfago, a musculatura no final do esôfago - que funciona como um esfíncter que abre e fecha - pára de abrir normalmente impedindo a passagem de alimentos, o que leva a uma dilatação do esôfago. Uma das conseqüências é a dificuldade de engolir alimentos, podendo gerar alteração do estado nutricional do paciente.

O especialista do HC alerta que, além da atenção que a população em geral deve ter à disfagia, é fundamental que fumantes, alcoólatras e aqueles que já sofreram alguma agressão no esôfago (como, por exemplo, quem ingeriu soda cáustica no passado) façam regularmente o exame de endoscopia.
*


*

*

Publicidade

Preços e estoque por tempo limitado:







*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*













MOINHO DE CEREAIS CHEGA AO MERCADO

Moinho de cereais chega ao mercado para atender público adepto à alimentação saudável

Eletrodoméstico de fácil manuseio tritura e mói grãos para consumo imediato e preserva nutrientes dos produtos

O Moinho de Cereais Hawos (lê-se ávos), importado da Alemanha, já está disponível no Brasil. Desenvolvido para o público adepto à alimentação saudável, o eletrodoméstico apresenta fácil manuseio e pode ser encontrado em dois tamanhos: o Easy, que tem 33 cm de altura, oito quilos de peso e é indicado para uso doméstico, e o Muehle, mais apropriado para utilização comercial em restaurantes e lanchonetes. Os dois têm motor com 360 watts de potência e garantia de 5 anos.

Feito de madeira maciça e estrutura interna em cerâmica, o Moinhos Hawos já é utilizado na Europa há mais de duas décadas. O equipamento faz a moagem de cereais para consumo imediato, o que preserva nutrientes vitais e aromas que se perdem no armazenamento. Farinha integral e farelo podem ser triturados na hora, a partir dos grãos originais, para a fabricação caseira de pães, bolos, panquecas, pastel e mingau.

Com valores a partir de R$ 1490,00, o Moinho Hawos pode ser comprado em até 12 vezes no cartão de crédito, pela loja virtual da importadora Buritronic: http://www.moinhoshawos.com.br/
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

COLUNA BOA SEM CIRURGIA

Conheça a técnica não-cirúrgica capaz de resolver de 80 a 90% das hérnias de disco


A maior parte das dores nas costas some com o tempo ou costuma ser resolvida com cuidados básicos. Exceção à regra costuma ser a hérnia de disco, que chega a ser capaz até de impedir as tarefas rotineiras. Vários fatores contribuem para o surgimento da hérnia de disco, entre eles: sedentarismo, genética, obesidade e até envelhecimento. Até pouco tempo atrás, a saída era recorrer a cirurgias convencionais. No entanto, diversas pesquisas têm afirmado que entre 80 e 90% das hérnias de disco podem ser tratadas com fisioterapia, medicamentos e exercícios.

“Muitos médicos ainda insistem apenas na cirurgia como opção para o tratamento das hérnias de disco, sem avaliar se outros métodos poderiam ser eficazes. Embora, haja novas técnicas cirúrgicas menos invasivas, se o paciente não cuidar da coluna pós-cirurgia poderá sofrer novamente com a hérnia. O que temos visto atualmente são diversas pesquisas mostrando a eficácia de tratamentos convencionais combinados com exercícios – como pilates e musculação – e, em alguns casos, medicamentos – sempre receitados por um médico”, afirma o fisioterapeuta osteopata Helder Montenegro, fundador do Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral.

Um estudo publicado no Arch Phys Med Rehabil, avaliou 581 pacientes e os dividiu em 3 grupos: Grupo A: Pacientes que foram recomendados para cirurgia (N=62); Grupo B: Pacientes que foram recomendados para cirurgia, desde que os sintomas persistissem (N=74); e Grupo C: Pacientes com lesões estruturais sugestivas de cirurgia (N=445). Após 1 ano do programa de exercícios, a cirurgia foi evitada nas seguintes porcentagens: Grupo A: 92 %, Grupo B: 83% e Grupo C: 93 %.

“O resultado do estudo é um indicativo importante para o investimento em tratamento tradicionais e continuados. No ITC Vertebral, temos conseguido resultados equivalentes a 87% dos casos resolvidos por meio da Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral”, explica Helder Montenegro. “Por isso, temos insistido na conscientização do dos pacientes: ao invés de optarem logo no primeiro momento pela cirurgia – dependendo do caso, claro – eles deveriam investir no tratamento convencional aliado a exercícios como musculação e pilates, sempre com orientação de um profissional.”

A técnica da RMA da Coluna Vertebral une o trabalho da fisioterapia manual com a tecnologia das mesas de tração e descompressão e do Stabilizer - equipamento que condiciona o paciente a usar o músculo transverso do abdômen, e exercícios de musculação. A união de todos esses fatores permite que o paciente não tenha mais dor e inicie um trabalho focado no fortalecimento dos músculos posturais.

http://www.herniadedisco.com.br/ .

Sobre o ITC Vertebral
O Instituto de Tratamento da Coluna Vertebral, fundado pelo professor de pós-graduação e fisioterapeuta Helder Montenegro, oferece a técnica exclusiva de “Reconstrução Músculo-Articular da Coluna Vertebral - RMA da Coluna Vertebral”, que utiliza técnicas da Fisioterapia Manipulativa, Mesa de Tração Eletrônica, Mesa de Descompressão Dinâmica, Estabilização Segmentar Vertebral e exercícios de musculação. Com o reconhecimento e o respeito de fisioterapeutas no mundo inteiro, a técnica tem ganhado espaço no mercado brasileiro devido ao elevado índice de bons resultados para pacientes que sofrem de dores nas costas. O ITC Vertebral possui clínicas em Fortaleza, Sorocaba, São Paulo, Manaus, Santos, Rio de Janeiro, Natal, Vitória e São Luís.

*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado:

Mudar de escola no início do ano letivo

O significado do Mudar de Escola
por Maria Irene Maluf - Especialista em Psicopedagogia e em Educação Especial

Parece coisa simples, essa de mudar de escola no começo do ano letivo. Mas não é. Envolve a família, a criança, o adolescente, a instituição antiga, a nova, as aspirações, as sempre presentes frustrações de todos, a história de vida de cada um dos alunos. Se houve repetência, pior ainda! A razão da mudança pesa muito: mudar porque se mudou de cidade, de bairo é diferente de mudar porque a situação economica assim o exige. E mudar porque houveram desentendimentos, ressentimentos, falta de atenção e de respeito da família e da escola entre si...mudar porque o aluno não gosta dos colegas, não se adpta ao método pedagógico...mudar uma vez, duas, três: qual é o limite?
Há adolescentes que passaram por oito, dez escolas por motivos quase sempre relacionados ao comportamento. Um problema repetitivo, que sem dúvida, atras de uma indiferença jocosa, deixa marcas na auto estima de qualquer criança. E o que foi feito para mudar tal situação pela família, pela escola? Será que esse mudar de escola, ao invés de representar um novo começo, não passa a representar um modo de vida?

Profissionalmente, não sou a favor e nem contra a mudança de escola, pois entendo que existem algumas situações em que permanecer em determinado colégio pode ser prejudicial para o crescimento pedagógico e emocional da criança. O que discordo é com a facilidade, a superficialidade, a freqüência, a falta de coerência com que isso vem ocorrendo por motivos irrelevantes.

As razões que levam os adultos a apoiarem esse desejo imaturo de seus filhos, de fugirem desde cedo dos desafios, responsabilidades, sofrimentos e de buscarem como pais a solução das dificuldades comportamentais (em muitos casos) ou de maior exigência pedagógica, me assustam. Afinal, quem escolheu a escola para matricular o filho, devia saber mais do perfil e das exigências peculiares tanto do filho quanto do colégio. Acatar a mudança para resolver dificuldades de relacionamento com colegas e professores, problemas de conduta ou desmotivação frente a exigências cabíveis e normais dos professores, é uma atitude que não só fragiliza a criança e o jovem, como demonstra que seus pais também estão inseguros em uma questão onde já não deveria haver dúvida.
De toda forma, mudar de escola, quase sempre causa angústia na criança, na sua família e até na nova escola que a recebe. Razões não faltam para isso, pois até mesmo se esquecermos de levar em conta os motivos que provocaram tal atitude dos pais, o que se tem pela frente é de fato complicado: famílias procurando se amoldar às novas exigências de horário, de uniforme,etc, crianças tentando se adaptar e socializar em classes com antigos e novos coleguinhas que também vieram de situações escolares estressantes e com professores desconhecidos, os quais também estarão vivenciando com certa ansiedade uma classe com alunos que poderão vir a mudar o perfil já conhecido do grupo, entre outras coisas.
Alguns itens não podem deixar de serem levados em conta pelas famílias: mesmo trocando de escola é bem possível que não alterem totalmente os problemas dos filhos: todos devem estar preparados para essa eventualidade e desde o primeiro dia letivo devem buscar soluções e não ficar apenas confiando que a mudança de colégio, de método e de colegas e professores, vá trazer de volta aquele aluno nota dez dos primeiros anos de escolaridade ou de repente tornar uma criança desmotivada em interessada e envolvida nos estudos ou até mesmo tornar um aluno com dificuldades de aprendizado, no primeiro da classe.
Mudar de escola só é válido na última hipótese, quando as questões ligadas ao desenvolvimento mental, emocional e à capacidade de aprender da criança, se mostram inadequadamente atendidas por aquele método de ensino ou quando aparecerem questões mais sérias ligadas à auto estima, ao Bullying e mesmo assim, só quando forem incontornáveis.
Mudar no final de uma série cursada tem outra significação para o aluno e por isso deve ser sempre uma hipótese a ser levada em conta, pois é mais coerente, dá tempo da criança tentar resolver seus primeiros problemas, ensina a lidar com os obstáculos e fortalece a auto-estima infantil. E acima de tudo, mostra que os pais estão empenhados em ajudá-la e que confiam na sua capacidade. Isso é que prepara de fato para a vida.
*
*
*
Publicidade:
BRINDES ESCOLARES PARA FESTAS INFANTIS
Acesse: www.kidbrinde.webnode.com.pt

All Tasks se prepara para a Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016

Mercado de tradução será beneficiado pelo desenvolvimento socioeconômico que os eventos proporcionarão

A All Tasks, líder no mercado de serviços multilíngues na América do Sul, está otimista para a Copa de 2014 e Olimpíadas de 2016, eventos que impulsionarão o mercado de traduções brasileiro. Desde o ano passado, mesmo em meio a um cenário de crise mundial, a empresa investiu em infraestrutura de tecnologias, realizando a implantação de VPN, intranet e trocando seu parque de micros e servidores. Além disso, realizou expansão e qualificação da equipe, bem como implantou normas ISO.

Nas Olimpíadas de Pequim, pela primeira vez, uma empresa especializada foi eleita à tradutora oficial do evento. A decisão de confiar todos os trabalhos de tradução a um único fornecedor foi tomada com base na importância da definição de normas que regulamentarão a comunicação multilíngue, bem como gerenciar estruturas dedicadas a este fim a serviço do evento.

O consenso da relevância de ter uma agência para auxiliar na infraestrutura de serviços multilíngues simboliza um grande passo para este mercado, pois mesmo em um cenário no qual a globalização é realidade constante, a complexidade do processo de tradução sempre foi subestimada.

Apesar da centralização dos projetos, o governo chinês precisou substituir 6530 placas por conta dos erros de tradução. Alguns equívocos provocaram dificuldades de compreensão e situações embaraçosas. Um exemplo disso é o fato de um parque ter sido chamado de "Racist Park", que significa parque racista. Outro caso interessante foi de um restaurante que incluiu em seu cardápio dois novos pratos: o bife de ferro ondulado e a comida ácida.

Estes fatos comprovam que ter uma visão simplista das traduções pode trazer problemas, principalmente considerando a evolução dos meios de comunicação que transmitem eventos deste porte em tempo real para todo o mundo. Esta quantidade de equívocos é considerada um número baixo comparado ao grande volume de projetos de localização que uma Olimpíada gera. Outro aspecto positivo gerado pela concentração do controle da comunicação multilíngue é a redução de custos.

A All Tasks está preparada para enfrentar este desafio por já ter experiência em momentos considerados de grandes oportunidades para o desenvolvimento do país. Superou os desafios propostos pela tradução técnica e da localização de softwares e websites, por isso se tornou líder de mercado na América do Sul.

A empresa investe em universidades e centros de tecnologia com o intuito de contribuir com o desenvolvimento social e econômico brasileiro, afirma Thiana Donato, fundadora e diretora da organização. "A tradução será muito importante para garantir o sucesso dos eventos, o Brasil precisa mostrar que está apto a se comunicar com o mundo inteiro e nós não estamos medindo esforços para fazer parte desta realização" completa.

O Brasil tem o privilégio de entrar para a história como o primeiro a sediar a Copa do Mundo e as Olimpíadas consecutivamente. O país está sendo o foco do capital estrangeiro, o que garante que os próximos anos serão promissores. Importantes jornais internacionais, como o Financial Times, já rotulam o Brasil como "superpotência pronta para alimentar o mundo" e se mostram confiantes nos projetos de expansão e modernização de estradas, ferrovias, portos, energias e outras infraestruturas. Estes investimentos comprovam que todos os setores serão aquecidos nos próximos anos.

Sobre a All Tasks:

Fundada em 1976, All Tasks é pioneira em localização de softwares e sites no Brasil e líder de mercado de serviços multilíngues em toda a América do Sul. Sua expertise no segmento a habilita a oferecer traduções em mais de 30 idiomas. Mais de 10.000 clientes de diversos setores já comprovaram a excelência do atendimento da empresa, que investe continuamente em inovação, infraestrutura e qualificação de seus profissionais.
Para mais informações acesse: www.alltasks.com.br
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Universidade Aberta da Terceira Idade inscreve a partir do dia 20

Programa é voltado a pessoas acima dos 50 anos. Mensalidade varia de R$ 35 a R$ 55

A Universidade Aberta da Terceira Idade da UnG anunciou a abertura de inscrições para a turma de 2010. Senhores e senhoras com idade a partir dos 50 anos podem se inscrever entre os dias 20 de janeiro e 20 de fevereiro (veja abaixo os locais)
Com aulas nas unidades Guarulhos-Centro e Itaquá da Universidade, o programa é dividido por módulos, com duração de dois meses cada. As atividades desenvolvidas estão concentradas nas áreas de cidadania, cultura, saúde, lazer e tecnologia. Oficina de arte, informática básica, qualidade de vida, sociologia, economia, teatro, hidroginástica, nutrição e línguas são algumas das disciplinas oferecidas.
Os documentos necessários para se inscrever são: duas fotos (3x4), fotocópia simples do RG, CPF e comprovante de residência, além dos originais. Não é exigido diploma de ensino médio.
Ao final de cada módulo, o participante que obtiver 75% de presença recebe certificado. Após quatro anos, é entregue ao aluno o diploma de "Qualidade de Vida", com a descrição dos módulos frequentados.

Veja como funcionarão os módulos:

Unidade Guarulhos-Centro
As aulas terão início no dia 1.º de março e serão ministradas de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. Fica a critério do aluno escolher os dias em que vai frequentar o curso. Mas atenção: cada módulo tem quantidade de vagas limitada. A hidroginástica é oferecida fora do horário de aula, das 13h às 13h50.

Inscrição
Coordenação da Uati-UnG – Praça Tereza Cristina, 01, Centro, Guarulhos (Prédio L). Atende de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h. Valor da mensalidade R$ 55.
Unidade Itaquá
Aulas de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. Início previsto: 08 de março.

Inscrição
Coordenação da Uati-UnG na Unidade Itaquá – Rua Uberaba, 251, Vila Virgínia, Itaquaquecetuba. Atende de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. Valor da mensalidade R$ 35.
Informações: (11) 2464-1720
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Michael Jackson vira arte em trens da CPTM

MICHAEL JACKSON VIRA ARTE EM GRAFFITE E INVADE ESTAÇÕES DA CPTM, EM SÃO PAULO


Uma homenagem ao rei do pop mundial leva arte, alegria e saudade a dezenas de metros quadrado nas estações de trens.

A partir da próxima semana, os usuários das linhas da CPTM estarão diante de um grande tributo a Michael Jackson. Cinco estações serão pintadas por artistas convidados, todos com grande repercussão no cenário nacional e internacional do graffite. A referência para o trabalho de cada um será o documentário “Michael Jackson This is It”, que será lançado em DVD e Blu-Ray, dia 27 de janeiro.

Os locais serão pintados nos dias 16 e 17 de janeiro, entre 12h e 16h, e permanecerão assim durante pelo menos três meses. A ação faz parte do projeto Galeria a Céu Aberto Arte nos Muros da CPTM, e conta com o apoio da Sony Pictures Home Entertainment e Collorgin.

Abaixo, as estações e os artistas que participam do projeto:

ESTAÇÕES DETALHES ARTISTA

7 - Pirituba Próximo à plataforma (30m²) Bonga

8 - Carapicuiba Caixa d´água (27m²) Dingos

9 - Osasco Muro de aproximadamente (30m²) Mauro

10 – Mooca Próximo à plataforma (35m²) Nossa

11 e 12 - Brás Centro Cultural da estação (60m²) Graphis e Binho


OUTRAS AÇÕES PARA O LANÇAMENTO DE “MICHAEL JACKSON THIS IS IT”

Além das artes na CPTM, a Sony Pictures lançou no Orkut a promoção “Avise seus amigos e concorra”, que dará 20 edições exclusivas e limitadas do DVD aos fãs que mais forem indicados por seus amigos. Para participar, basta adicionar o perfil do DVD – Michael Jackson This is It, ler o regulamento e seguir as instruções.

Link para o perfil do DVD Michael Jackson This is It

http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=2202731415739612513&rl=t

Também está sendo preparada uma mega mobilização para fazer parte das comemorações do aniversário da cidade de São Paulo, no feriado de 25 de janeiro. A ação promete reunir milhares de pessoas, especialmente fãs de Michael Jackson.
*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado:


Teatro Bradesco recebe a Orquestra Experimental de Repertório

RQUESTRA EXPERIMENTAL DE REPERTÓRIO - (1990-2010)
TEMPORADA COMEMORATIVA DOS 20 ANOS DE FUNDAÇÃO TEATRO BRADESCO

Em 2010, a Orquestra Experimental de Repertório comemora vinte anos de existência. Centro de cultura e treinamento da música orquestral, nestes vinte anos, passaram pela OER mais de seiscentos jovens talentos, que dela partiram para ocupar postos em orquestras do Brasil e do exterior.
Com uma programação que vem conquistando público e crítica, é construída em grande parte sobre séries temáticas, que refletem a diversidade do repertório sinfônico de qualidade que hoje se faz presente nas diversas formas de expressão artística.
Para esse ano comemorativo, a OER preparou uma programação especial de concertos e balé, que será desenvolvida no Teatro Bradesco.

Programa:
Dia 28/02, domingo, às 11h, Concerto Coral-Sinfônico
L. van Beethoven: Sinfonia no.5
S. Prokofiev: Cantata Alexander Nevsky, op.78
Participação especial do Coral Lírico
Silvia Tessuto, meio-soprano
Mário Zaccaro, regente convidado

Dia 11/04, domingo, às 11h, Série Cinema em Concerto
A obra de Alexandre Guerra para filmes, documentários e mini-séries brasileiras.
Juliano Suzuki, regente
- 11h - "A Música no Cinema" – palestra ilustrada sobre a composição de trilhas sonoras
- 12h - Concerto, com projeções dos respectivos filmes, das trilhas de Alexandre Guerra:
Série: "Maysa" (Direção: Jayme Monjardim)
Filme: "Mata Atlântica e os Ciclos da Vida" (Direção: Fernão de Lara Mesquita)
Filme: "Um Homem de Moral" (Direção: Ricardo Dias)
Filme: "Bodas de Papel" (Direção: André Sturm)
Filme: "Julia Mann" (Direção: Marcos Strecker)
Filme: "Quem se importa ?"(Direção: Mara Mourão)
Filme: "O Mistério do poço azul"(Direção: Mauricio Dias e Túlio Schargel)
Filme: "Bugigangue" (animação em 3D)(Direção: Alexandre MacHado)
Documentário: "23 anos em 7 segundos"(Direção: Di Moretti e Julio Xavier)
Filme: "Amyr Klink e o Continente Gelado"(Direção: Lawrence Wahba)
__________________________________________________________________________________________
Dia 29/05, sábado, às 21h ou 30/05, domingo, às 11h, Concerto Vocal-Sinfônico
Mahler: 150 Anos de Nascimento
8 Canções da “Trompa Mágica do Menino”
Sinfonia nº 1 “Titã”
Denise de Freitas, solista
Leonardo Neiva, solista
Jamil Maluf, regente

13/06, domingo, às 11h, Teatro Bradesco, Concerto Sinfônico
Concerto de Premiação do “Concurso Chopin-OER”
R. Schumann: Sinfonia no.1, “Primavera”
F. Chopin: Concerto no.2, para piano e orquestra
O solista será o vencedor do “Concurso Chopin-OER”
Jamil Maluf, regente
*
*
*
PUBLICIDADE:
Preço e estoque por tempo limitado

Prefeitura lança curso de férias gratuito

Programa Super Férias será implantado em 40 unidades do Clube Escola; além de visita ao Museu do Futebol, aula de surfe e outras atividades gratuitas, Secretaria de Esportes organiza clínica de iatismo na Represa de Guarapiranga

Surfe na piscina será a novidade da edição de janeiro do programa Super Férias, organizado pela Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação (SEME). No total, 40 locais terão programação especial para crianças e adolescentes - 25 deles com atividades aquáticas.

O programa Super Férias, com 160 monitores especializados, começará no próximo sábado (dia 16) e se estenderá até o dia 31 de janeiro, em todas as regiões da cidade (endereços na tabela abaixo).

O horário de atendimento será das 9h às 16h, de terça a domingo, e a inscrição poderá ser feita na unidade de interesse. Para isso, é preciso fazer a carteirinha. Os documentos necessários são: identidade (RG), foto 3x4 e comprovante de residência.

Para utilização das piscinas, é exigido o exame médico que pode ser feito na própria unidade, sem custo para o participante do Super Férias.

Além do surfe na piscina em 25 locais, serão realizadas atividades lúdicas e recreativas, práticas esportivas, jogos, brincadeiras e gincanas. Cada unidade terá a sua programação de acordo com a estrutura disponível.

No Clube Escola Vila Curuçá, por exemplo, haverá aula de informática, dança infantil, ioga, roda de capoeira, apresentação de circo, pólo aquático, tênis de mesa e de quadra, entre outras atividades.

O Super Férias oferecerá ainda passeios para o Museu do Futebol (Pacaembu), para o Clube Escola de Modelismo (Ibirapuera) e para o Clube Escola de Ciclismo (Moema). Tudo de graça.


Na Represa de Guarapiranga

E para quem quer aprender a velejar, a dica é o curso gratuito de iatismo na Represa de Guarapiranga, no Clube Escola de Iatismo. O curso de férias dura uma semana. As crianças passam por duas etapas e já saem velejando.

São 60 vagas, divididas entre manhã (das 8h às 11h) e tarde (das 14h às 17h).

As aulas são para crianças de 10 e 16 anos. E para se inscrever, é preciso de uma autorização do responsável por escrito - bem como a apresentação dos documentos da criança e do responsável no primeiro dia de aula.

O Clube Escola de Iatismo, da Secretaria Municipal de Esportes, fica na Av. Robert Kennedy, 5.300.

No Parque das Bicicletas

Outra opção de diversão gratuita são as brincadeiras no Parque das Bicicletas (Alameda Iraé, 35). O programa Verão Lúdico no Parque das Bicicletas tem como objetivo promover o companheirismo entre os participantes.

As brincadeiras monitoradas por profissionais começaram no dia 12 de dezembro e vão até o dia 28 de março, sempre aos sábados e domingos, das 10h às 16h30. Não há limite de idade para as atividades. Crianças podem brincar com os pais e avôs.

Bicicletas estarão à disposição assim como equipamentos para pular corda e amarelinha, para brincadeiras de rua (ioiô, bolinha de gude e peteca), perna de pau, além de ações para conscientização em relação ao meio ambiente (sucata será transformada em brinquedo que pode ser levado para casa).


Unidades Super Férias

Segue lista com as 40 unidades do Super Férias. No destaque, em azul, estão os clubes que terão aulas de surfe na piscina e outras atividades aquáticas.

Clube Escola Mooca
Rua Taquari, 635
Mooca - 2694-7668

Clube Escola Ibirapuera
Rua Pedro de Toledo, 1.651
Vila Clementino - 5549-5691

Clube Escola Santo Amaro
Av. Padre José Maria, 555
Santo Amaro - 5687-6340

Clube Escola Pirituba
Av. Agenor Couto Magalhães, 32
Pirituba - 3904-1154

Clube Escola V. Manchester
Pça. Haroldo Daltro s/nº
Vila Manchester - 2295-2391

Clube Escola Vila Alpina
Av. Francisco Falconi, 83
Vila Alpina - 2347-0785

Clube Escola Lapa
Rua Belmont, 957
Alto da Lapa - 3834-0032

Clube Escola Jd. São Paulo
Rua Viri, 425
Jd. São Paulo - 2973-5390

Clube Escola Parque do Carmo
Av. Afonso de Sampaio e Souza, 2001
Itaquera - 2748-7303

Clube Escola Jabaquara
Rua Lussanvira, 178
Vila Guarani - 5012-0150

Clube Escola Raul Tabajara
Rua Anhanguera, 484 - Barra Funda -3392-5592

Clube Escola Tatuapé
Rua Monte Serrat, 230
Tatuapé - 2097-7435

Clube Escola Freguesia do Ó
Rua Jacutiba, 167
Freguesia do Ó - 3975-7569

Clube Escola Cambuci
Av. Lins de Vasconcelos, 804
Cambuci - 3209-0995

Clube Escola Curuçá
Rua Grapira, 537
Itaim Paulista - 2584-3865


Clube Escola Guaianases
Rua Professora Lucila Cerqueira, 194
Guaianazes - 2557-8116

Clube Escola V. Brasilândia
Rua Michihisa Murata, 120
Vila Brasilândia - 3975-0700

Clube Escola Tiquatira
Av. Governador Carvalho Pinto, 2
Tiquatira - 2958-9705

Clube Escola Ipiranga
Praça Nami Jafet, 45
Ipiranga - 2273-1302

Clube Escola V. Sta. Catarina
Rua Rodes, 112
Vila Sta. Catarina - 5033-0035

Clube Escola Santana
Rua Santos Dumont, 1318
Santana - 2221-5214

Clube Escola Campo Limpo
Rua Cibaúma, 54
Campo Limpo - 5844-8822

Clube Escola Jd. Sabará
Rua Curia, 149
Jd. Sabará - 5611-0915

Clube Escola Jd. São Vicente
Rua Sargento Luis Batista, 83
São Miguel - 2297-1038

Clube Escola São Mateus
Av. Satélite, 756
São Mateus - 2919-2653

Clube Escola Jd. Cabuçú
Rua Gal. Jerônimo Furtado, 751
Jaçanã - 2241-0454

Clube Escola Mandaqui
Rua Cel. João da Silva Feijó, 80
Mandaqui - 2231-4705

Clube Escola Jaguaré
Rua Gal. Mac Arthur, 1304
Jaguaré 3714 -3196

Clube Escola Casa Verde
Rua Armando Coelho e Silva, 775
Parque Peruche - 2239-2334

Clube Escola José de Anchieta
Rua José Balangio, 188
Arthur Alvim - 2741-8960

Clube Escola José Bonifácio
Rua Ana Perena, 110
Itaquera - 2521-3513

Clube Escola Taipas
Rua João Amado Coutinho, 240
Taipas 3972-2247

Clube Escola Teotônio Vilela
Rua Carlo Clausetti, 19
Sapopemba - 2143-5340

Clube Escola Tiradentes
Av. dos Metalúrgicos, 2255
Tiradentes - 2282-0204

Estádio Municipal da Aclimação
Rua Muniz de Souza, 1.119
Aclimação - 3271-0932

Estádio Municipal de Beisebol Bom Retiro
Av. Castelo Branco, 5446
Bom Retiro - 3221-5105

Parque Esportivo do Trabalhador - PET
Rua Canuto de Abreu s/nº
Tatuapé - 2671-8788

CDC Jd. Helena
Av. Kumaki Aoki, 1145
Jd. Helena - Não tem telefone

CDC Morada do Sol
Rua Três, 55 - Jd. Morada do Sol - 3945-1088

Clube Escola Juscelino Kubitschek
Rua Inácio Monteiro, 55 - J.Kubitschek - 2555-2533
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:


Hospital Veterinário da UnG retoma atendimento

Veja aqui os procedimentos e o valor da taxa para ser beneficiado com os serviços, que vão de intervenções clínicas às cirúrgicas

O Hospital Veterinário da Universidade Guarulhos (UnG), localizado no campus Guarulhos-Dutra da Instituição, retomou o atendimento no início deste mês após o período de férias.
Estruturado com laboratórios, centro cirúrgico e modernos equipamentos, o Hovet presta atendimento clínico e cirúrgico a todas as espécies de animais domésticos e silvestres, de pequeno e grande portes.
Embora não seja gratuito, o serviço oferecido pelo Hospital tem preço inferior ao cobrado pelas clínicas particulares (R$ 18 a consulta), e toda a arrecadação é destinada à compra de materiais. Os valores relativos a procedimentos são informados pelo veterinário.
Pessoas interessadas em levar seus animais têm de agendar com antecedência a consulta, seja na recepção ou por telefone. Emergências passarão por avaliação da equipe; se confirmadas serão atendidas na hora sem a necessidade de agendamento.
Clínicas – Os demais setores da UnG que prestam serviços de atendimento à comunidade têm previsão de retorno em meados do mês de fevereiro. As clínicas de Odontologia, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Psicologia, Enfermagem e Nutrição, além do Laboratório de Análises Clínicas, divulgarão no início do próximo mês os procedimentos necessários à inscrição aos tratamentos.

Serviço
Hospital Veterinário da UnG
Av. Anton Philips, 01, Vila Hermínia, Guarulhos
Tel.: (11) 2423-7601

*
*
*
Publicidade:






GUARDE UMA RECORDAÇÃO DO SEU PET
IMA DE GELADEIRA E CALENDÁRIOS
KID BRINDE
www.kidbrinde.webnode.pt





*
*
*
Preços e estoque por tempo limitado:


Câncer de Peritônio aumenta gradativamente, alerta oncologista

Doença atinge principalmente homens, com idade acima de 50 anos, e preocupa comunidade médica

Desde que a apresentadora de televisão Hebe Camargo foi diagnosticada com um câncer no peritônio, muito tem se falado sobre o assunto, até então pouco conhecido pela população. O oncologista Fernando Medina da Cunha, diretor Científico do Centro de Oncologia Campinas, explica que o peritônio, membrana que envolve os órgãos abdominais, infelizmente, está propenso a desenvolver o câncer. Prova disso, é a crescente incidência da doença, principalmente na população masculina com idade acima de 50 anos.

O câncer de peritônio é classificado em primário e secundário. Chama-se primário o câncer que se forma na própria membrana e secundário quando ele inicia em algum órgão da região – sobretudo intestinos, ovário, útero, estômago, pâncreas e reto – e, por metástase, invade o peritônio. O câncer primário de peritônio é conhecido como mesotelioma, enquanto o que vem de outros órgãos é conhecido como carcinomatose peritonial.

De acordo com o oncologista, cerca de 70% a 80% dos pacientes diagnosticados com câncer primário no peritônio tiveram exposição ao asbesto presente no amianto, que na década de 70 era usado na fabricação de telhas e caixas d’água. “A exposição ao produto não leva ao câncer rapidamente, apenas décadas depois. Assim, quem se expôs ao produto entre os anos de 1950 e 1980, por exemplo, quando era liberado no país, só agora vê a manifestação da doença. Por isso, o aumento da incidência da doença no país”, explica o Fernando Medina.

Os outros 20% a 30% da incidência da doença ainda têm causa desconhecida. Medina afirma que pode ser resultado do próprio envelhecimento humano. “Sabe-se que quanto mais uma pessoa envelhece, mas fica exposta a erros na divisão celular, que marca o início do câncer”, afirma Medina.

Os sintomas da doença, segundo o especialista, podem incluir dor abdominal, massa abdominal, aumento da circunferência abdominal, distensão do abdómen, ascite (fluído no abdómen), febre, perda de peso, fadiga, anemia e distúrbios digestivos. “O tratamento padrão associa a retirada cirúrgica do maior volume possível de tumores e sessões de quimioterapia, assim como está sendo feito com a apresentadora. Porém, por ser uma cirurgia muito extensa, nem sempre é possível fazê-la em um primeiro momento”, pondera. Excesso de líquidos na cavidade abdominal e a extensão dos tumores podem impedir a cirurgia, que pode ser precedida pela quimioterapia.

O tumor primário de peritônio é considerado uma doença grave. Como ocorre, sobretudo, em idosos, que muitas vezes já têm outras doenças, em geral não é possível submetê-los a cirurgia. Por volta de 60% dos casos, contudo, respondem bem à quimioterapia. “Esse câncer ainda não tem cura. Mas, dependendo de sua agressividade, ou seja, velocidade de seu crescimento, é possível controlá-lo, proporcionando aos pacientes bom tempo de sobrevida”, finaliza Fernando Medina.

*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado:


ENSINO FUNDAMENTAL EM 9 ANOS?

Minas já adota ensino fundamental de nove anos em 100% das escolas desde 2006

Desde 2006, Minas Gerais é o único estado onde 100% das escolas públicas municipais e estaduais já adotam o modelo de nove anos para o ensino fundamental. Em Minas as crianças obrigatoriamente começam a alfabetização aos seis anos na rede pública.

Nesta sexta-feira, 15 de janeiro, o Conselho Nacional de Educação publicou no Diário Oficial da União uma resolução que complementa o elenco de medidas tomadas para que os alunos permaneçam mais um ano no ensino fundamental. Com isso termina este ano o prazo para que os estados brasileiros se adéquem a Lei de Diretrizes e Bases, que prevê a universalização do ensino fundamental de nove anos.

Enquanto a maioria dos estados ainda estuda qual a melhor maneira de antecipar a entrada das crianças na escola, Minas Gerais já colhe os frutos de ter sido o pioneiro na iniciativa. Em 2004, o estado ampliou de oito para nove anos o Ensino Fundamental e passou a receber crianças de seis anos na escola. Desde então, Minas investiu em capacitação dos educadores, compra de material pedagógico e viu melhorar de forma significativa o nível de leitura e escrita dos estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental. Em 2006, o percentual de crianças da rede estadual que liam no nível recomendável no 3º ano era de 48,7%, já em 2009 esse índice pulou para 72,6%. Anualmente, cerca de 100 mil novas crianças ingressam nas escolas municipais e estaduais de Minas aos seis anos.

A iniciativa do Governo de Minas de adotar o Ensino Fundamental de nove anos, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE) surtiu efeito já no ano inicial. Em 2004 o estado implantou o modelo em todas as escolas da rede estadual e, logo de início, contou com a adesão de 600 redes municipais. Dois anos depois, todos os 853 municípios mineiros já recebiam crianças de seis anos no Ensino Fundamental.

A garantia do acesso veio acompanhada de investimentos na capacitação dos educadores. A equipe central da SEE e as equipes de técnicos das 46 superintendências regionais de ensino (SREs) foram reforçadas com um número maior de profissionais para acompanhar a implantação do projeto em cada escola e em cada sala de aula. Além dos treinamentos regionais, foram realizados quatro grandes congressos com a participação de quase sete mil alfabetizadores.

A Secretaria de Estado de Educação também investiu em equipamentos e material pedagógico para receber crianças de seis anos. A SEE distribui, por exemplo, material pedagógico específico para a fase introdutória, como o livro didático “Cantalelê”, de Sônia Madi, com o respectivo guia do professor, além do Guia do Professor Alfabetizador para os professores dos três primeiros anos do Ensino Fundamental de nove anos. O guia traz diretrizes práticas e objetivas com roteiros de atividades para o dia a dia na sala de aula e as respectivas metas a serem alcançadas ao final de cada uma.

Resultados já são evidentes

O pioneirismo de Minas Gerais na implantação do Ensino Fundamental de nove anos já rendeu frutos na qualidade de educação. Anualmente, o Governo de Minas, por meio da SEE, realiza o Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa), que testa os níveis de leitura e escrita dos estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental. O Proalfa é parte da estratégia da SEE para alcançar a meta de que em Minas toda criança saiba ler e escrever até os oito anos de idade e avalia de forma censitária os estudantes do 3º ano.

Aplicado pela primeira vez em 2006, o Proalfa apresentou significativa melhora no desempenho dos estudantes do Ensino Fundamental. Quando a primeira avaliação foi realizada, o percentual das crianças da rede estadual no nível recomendável de leitura para o 3º ano era de 48,7%. Já em 2009, na última edição do Proalfa, esse índice cresceu para 72,6%. Outro dado importante foi a redução dos alunos no nível baixo de desempenho que caiu de 30,8% em 2006 para 11,9% em 2009.

O Proalfa é uma das avaliações do Sistema Mineiro de Avaliação da Educação Pública (Simave). A partir dos resultados dessas avaliações, a SEE implantou em todas as escolas o Plano de Intervenção Pedagógica (PIP), que orienta o processo de planejamento focado no desempenho dos alunos.
*
*
*
Publicidade:

PUC-SP expressa seu pesar pelo falecimento de Zilda Arns

A Reitoria da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e a Secretaria Executiva da Fundação São Paulo manifestam profundo pesar pelo falecimento da médica e Coordenadora das Pastorais da Criança e da Pessoa Idosa, Zilda Arns Neumann, irmã do Cardeal Dom Paulo Evaristo Arns, Arcebispo Emérito de São Paulo e ex-Grão-Chanceler da PUC-SP, ocorrido em (12.01.2010) no Haiti.
Imagem: Band.com.br

Vítima, ao lado de outros brasileiros, do terremoto que assolou o país - brasileiros cuja morte também se pranteia -, encontrava-se Zilda Arns no Haiti no cumprimento de mais uma de suas incontáveis missões humanitárias.

Transcreve-se aqui nota do que, a respeito do doloroso passamento, fez Dom Paulo Evaristo Arns distribuir junto à imprensa nacional: "Acabo de ouvir emocionado a notícia de que minha caríssima irmã Zilda Arns Neumann sofreu com o bom povo do Haiti o efeito trágico do terremoto. Que nosso Deus, em sua misericórdia, acolha no céu aqueles que na terra lutaram pelas crianças e os desamparados. Não é hora de perder a esperança". Pronunciamento que, dispensados adminículos outros, fala por si.

A Dom Paulo e demais familiares de Zilda Arns, assim, apresentam a Reitoria da PUC-SP e a Secretaria Executiva da Fundação São Paulo suas sentidas condolências.

A perda, que nos comove e alcança a todos, abre vazio na assistência humanitária de preenchimento praticamente impossível.

Prof. Dr. Dirceu de Mello
Reitor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo


Padre José Rodolpho Perazzolo
Padre João Júlio Farias
Secretários Executivos da Fundação São Paulo

O Brasil vai mal dos dentes

Pesquisas comprovam a má qualidade da saúde bucal dos brasileiros

Dados do Ministério da Saúde apontam que 58% dos brasileiros não faz uso da escova de dentes e um terço da população nunca fez tratamento dentário. Atualmente, cerca de 40 milhões de brasileiros já perderam todos os dentes, e os números aumentam com a idade. A incidência de casos de doenças periodontais e perda de dentição é muito maior em pessoas acima dos 65 anos. Entre os jovens os números também são alarmantes: 40% dos brasileiros com faixa etária entre 15 e 19 anos já perderam pelo menos um dente e o principal motivo – 93% dos casos, de acordo com o Ministério da Saúde, é a cárie.

Especialistas e profissionais da rede de Clínicas Odontológicas Sorridents concordam que a soma dos dados alavancados nestas pesquisas mostra que o principal motivo da má qualidade da saúde bucal dos brasileiros é resultado da falta de cuidados básicos de higiene. “São problemas simples, que podem ser resolvidos em uma sessão com o dentista e um acompanhamento junto a um profissional, com visitas regulares duas vezes ao ano, mas a maioria das pessoas coloca a saúde bucal em último lugar na escala de prioridades”, conta Dra. Carla Renata Sarni, cirurgiã-dentista e fundadora da rede Sorridents.

Mas estes problemas “simples”, como as cáries, por exemplo, podem ser agravados se não tratados no início. “O mais alto grau de consequência desta falta de cuidado é a perda definitiva dos dentes”, completa Dra. Carla.

Uma das principais justificativas quanto ao tratamento odontológico é o alto custo, mas Carla Renata explica “os tratamentos acabam se tornando caros, pois as pessoas postergam cada vez mais o início do processo e quando chegam de fato à cadeira do dentista, o que era uma simples cárie se transformou em um canal ou até mesmo em um caso de implante de um novo dente, quando não é possível a recuperação do antigo”.

A periodontista da rede Sorridents, Dra. Eliene da Silva Santos, afirma que problemas como cáries, placa bacteriana e doenças nas gengivas só podem ser identificados por um profissional especialista, e ressalta a importância das visitas regulares ao dentista, além da higiene bucal. Abaixo Dra. Eliane explica algumas das principais doenças bucais.

A periodontite é uma doença infecto-inflamatória que ocorre nas gengivas ou nos tecidos de sustentação dos dentes e pode levar à perda de alguns destes elementos, acúmulo de tártaro e inflamação das estruturas bucais. “O primeiro sinal da doença é o aparecimento do sangramento gengival. Como o progresso da doença não causa dor, o paciente não procura tratamento”, explica a doutora.

Outro caso bastante comum é a cárie, que pode acontecer a partir do nascimento do primeiro dente e é bastante comum entre crianças e adolescentes, por conta do alto consumo de açúcares. A cárie, de acordo com a Dra.Eliene, é caracterizada pelo enfraquecimento da estrutura dental e causa dor e sensibilidade acentuada no dente afetado. Em casos mais graves, o dente ganha tons escuros e surgem odores.

Por fim, outra doença comum aos brasileiros é a gengivite. Causada pela placa bacteriana, a gengivite consiste em uma inflamação dos tecidos gengivais, podendo ser aguda ou crônica.

De acordo com a Dra. Eliene Silva, estas doenças bucais mais comuns podem acarretar problemas e complicações à saúde geral dos pacientes. “Há estudos que comprovam que doenças periodontais e cáries são portas de entrada de bactérias na corrente sanguínea. Quando isso acontece, o paciente fica vulnerável a doenças pulmonares e cardíacas, complicações dos quadros de diabetes e aumento da incidência de nascimento de bebês prematuros ou com sobrepeso”, alerta. “Tais bactérias apresentam alto grau de atividade e a probabilidade de que causem outros danos à saúde é considerável”, completa.

Para evitar as doenças bucais mais comuns, a Dra.Eliene recomenda manter a higienização bucal em dia. Para isso, é necessário conhecer as técnicas adequadas para a escovação e uso do fio dental. As visitas periódicas ao dentista para manutenção da limpeza bucal são essenciais.

*
*
*
Publicidade:
Empregos Manager Online

Programe-se para conseguir um estágio

Como você usa as 24 horas do dia?
Treinamento gratuito dará dicas para planejar o tempo livre e investir na conquista de um estágio

Ano novo é sinônimo de coisas novas: conhecimentos, oportunidades e, também, de um estágio. Por isso, para os estudantes interessados em conseguir uma vaga no mercado de trabalho, é hora de começar a planejar as horas livres. Para quem tem dificuldade em administrar as tarefas diárias, o Núcleo Brasileiro de Estágios - Nube dará um treinamento gratuito com o tema "Tempo: seu aliado na busca de um emprego".
O evento será realizado em parceria com o Centro de Desenvolvimento Profissional - Cedep, dia 28 de janeiro, às 14h, no Centro de São Paulo. O local fica próximo ao metrô República. Durante três horas de duração, serão ministrados os seguintes tópicos "Planejamento: o ponto de partida!", "Ladrões" do tempo: Cuidado!", "Prepare-se para dar o melhor de si" e muitos outros. "Nosso intuito é auxiliar os jovens a se planejarem nesse início de férias. Dessa forma, é possível conseguir um estágio o quanto antes", afirma Alexandre Koike, palestrante e analista de RH do Cedep.
Vale lembrar: conseguir administrar o tempo é uma das ações mais importantes para qualquer pessoa melhorar suas chances de sucesso nos negócios e na vida. Definir as prioridades, fazer uma lista com a ordem dos afazeres e executá-los de acordo com a urgência, são algumas dicas para começar esse planejamento.
Para participar do evento é simples. Os interessados devem acessar o site www.nube.com.br e clicar no banner com o tema do curso. As inscrições são gratuitas, bem como todo o material a ser utilizado. Os participantes terão direito ao certificado, disponível no cadastro do estudante para ser impresso sempre que necessário.

Serviço:
Nube oferece treinamento gratuito em São Paulo.

Tema: "Tempo: seu aliado na busca de um emprego".

Data: 28/01, às 14h.

Local: Centro de São Paulo - Próximo ao metrô República.
Informações e inscrições acesse o site www.nube.com.br

Sobre o Nube

Há 11 anos no mercado, o Nube é um agente de integração responsável pelo processo de estágio desde o cadastramento do estudante até a sua efetivação pela empresa. Também administra toda a parte legal e realiza o acompanhamento do estagiário por meio de relatórios de atividades semestrais. Possui 5 mil empresas clientes, 8,5 mil instituições de ensino conveniadas em todo o país e já colocou mais de 220 mil estagiários no mercado de trabalho. Anualmente, são realizadas 6 milhões de ligações, enviados 1,2 milhão de SMS e 360 mil encaminhamentos de candidatos. O banco de dados conta com 2 milhões de estudantes cadastrados, que podem concorrer às milhares de oportunidades de estágio oferecidas mensalmente. O cadastro é GRATUITO e pode ser feito no site http://www.nube.com.br/
*
*
*
Publicidade:
FIQUE POR DENTRO DAS OPORTUNIDADES:
Empregos

Cinesul abre inscrições para sua 17ª edição

FESTIVAL IBERO-AMERICANO DE CINEMA E VÍDEO RECEBE TRABALHOS ATÉ 20 DE MARÇO

De 20 de janeiro a 20 de março estão abertas as inscrições para o Cinesul 2010 – 17° Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo, que acontece no Rio de Janeiro de 15 a 27 de junho. Para a mostra competitiva poderão se inscrever obras em qualque suporte de ficção ou documentais divididas nas seguintes categorias: longa-metragem (mais de 61 minutos) e curta e médias-metragem (até 60 minutos). Os trabalhos deverão ter sido finalizados entre 2008 e 2010 e não devem ter sido exibidos em salas comerciais brasileiras ou na televisão aberta. Um filme que já tenha sido inscrito, porém não tenha sido selecionado, pode se inscrever novamente. E não há número limite de inscrições de um mesmo realizador. O Cinesul terá exibições no Centro Cultural do Banco do Brasil, Centro Cultural Correios, Cinemateca do MAM, Ponto Cine e nos pólos de exibição no interior do estado do Rio de Janeiro.

As inscrições vão até o dia 20 de março e devem ser feitas em formulário disponível no site www.cinesul.com.br . Até a data de postagem do dia 20 devem ser encaminhados por correio os seguintes materiais: ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada pelo realizador ou produtor; e uma cópia do filme ou vídeo proposto no formato DVD (região zero ou 4). O endereço é Pulsar Artes & Produção /Cinesul 2009 (Rua da Lapa, 200 – sala 201 – Centro – Cep: 20021-180 - Rio de Janeiro – Brasil).

A ficha de inscrição deve também ser enviada por e-mail para o endereço festivalcinesul@gmail.com O prazo limite para o recebimento dos trabalhos é 20 de março. A confirmação do recebimento da inscrição será através de e-mail. O resultado da seleção será comunicado a todos os participantes a partir do dia 22 de abril, também por correio eletrônico. O regulamento completo está disponível no site do festival.

A História do Cinesul

O Cinesul - Festival Ibero-Americano de Cinema e Vídeo foi criado, em 1994, no Rio de Janeiro como uma mostra de cinema e vídeo dos países do Mercosul, a partir de iniciativa do Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro, tendo ampliado seu alcance já em sua terceira edição. Ao longo desses anos, cresceu e se estabeleceu definitivamente como uma vitrine da produção cinematográfica latino-americana. Desde a edição de 2006 passou a aceitar nas mostras competitivas trabalhos da Península Ibérica e, desde o ano 2008, filme em todos os suportes.

No ano passado, 695 filmes foram inscritos no festival, tendo participado da mostra competitiva 74 obras, entre longas, curtas e médias-metragens. Outros 150 filmes foram exibidos em mostras paralelas, vindos de países como Brasil, Argentina, México, Chile, Uruguai, Espanha, Bolívia, Colômbia, República Dominicana, Venezuela, Uruguai e Cuba. O Cinesul é fruto do trabalho da Pulsar Artes e Produção, empresa fundada pela pesquisadora e professora Ângela José do Nascimento e agora dirigida pelo produtor e pesquisador Leonardo Gavina.

*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:


A HISTÓRIA DA ÁGUA-ARDENTE



Você sabia?

Antigamente, no Brasil, para se ter melado, os escravos colocavam o caldo da cana-de-açúcar em
um tacho e levavam ao fogo.
Não podiam parar de mexer até que uma consistência cremosa surgisse.
Porém um dia, cansados de tanto mexer e com serviços ainda por terminar, os escravos simplesmente pararam e o melado desandou.
O que fazer agora?
A saída que encontraram foi guardar o melado longe das vistas do feitor.
No dia seguinte, encontraram o melado azedo fermentado.
Não pensaram duas vezes e misturaram o tal melado azedo com o novo e levaram os dois ao fogo.
Resultado: o 'azedo' do melado antigo era álcool que aos poucos foi evaporando e formou no teto do engenho umas goteiras que pingavam constantemente.
Era a cachaça já formada que pingava. Daí o nome 'PINGA'.
Quando a pinga batia nas suas costas marcadas com as chibatadas dos feitores ardia muito, por isso deram o nome de 'ÁGUA-ARDENTE'.
Caindo em seus rostos escorrendo até a boca, os escravos perceberam que, com a tal goteira,
ficavam alegres e com vontade de dançar.
E sempre que queriam ficar alegres repetiam o processo.
(História contada no Museu do Homem do Nordeste).

*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado: