Nossos Vídeos

domingo, 31 de janeiro de 2010

Show de aniversário de SP atrai mais de 6 mil para a Praça Brasil, em Itaquera

Nem a chuva diária, que há mais de um mês assola qualquer atividade ao ar livre, conseguiu tirar o brilho da festa dos 456 anos de São Paulo em Itaquera
O show musical realizado no último feriado (25/1) na Praça Brasil, reuniu mais de seis mil pessoas, transformando-se num verdadeiro sucesso de público, se considerarmos a chuva que, há mais de um mês, vem caindo diariamente sobre a nossa cidade. O evento integrou o calendário de atividades promovidas pela Prefeitura em comemoração aos 456 anos da fundação do município de São Paulo. Em Itaquera, a estrutura foi montada pela São Paulo Turismo (SPTuris) em parceria com a Subprefeitura.
O show gratuito e aberto a todos os públicos, contou com a participação especial das bandas: Bonde do Tigrão, Pixote e Leandro da Sapucaí. O público que aguardava ansioso o início do show, desde às 17h, quando a equipe de palco ligou o som, começou a dançar, mesmo debaixo de chuva e não parou mais. Ao contrário, foi ao delírio com a entrada da banda carioca, Bonde do Tigrão, por volta das 19h, com o dia ainda claro devido ao horário de verão.. Na ocasião, a banda gravou ao vivo seu novo DVD. "Agradecemos a galera de Itaquera. Obrigado pelo carinho!" afirmou Leandro do Bonde do Tigrão. A platéia respondeu ao agradecimento com muitos aplausos e gritos.
Dentre o público, muitos jovens como Janaina Almeida dos Santos. "Estou amando o show, não vejo a hora do Pixote entrar no palco, vai ser tudo de bom", disse a jovem estudante de 17 anos.
A festa teve a cobertura especial da CET que controlou o trânsito na região. A Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana e seguranças particulares contratados especialmente pelo evento, garantiram a segurança do público. Além disso, os participantes contaram com uma ambulância, dois auxiliares de enfermagem e uma médica. Nenhuma ocorrência grave foi registrada. Para o conforto e a tranqüilidade dos convidados, vários banheiros químicos foram instalados no local. E, para matar a sede, um caminhão de água da SABESP esteve à disposição.
O que importa é que, apesar de chuva, ninguém desanimou. "Parabéns São Paulo" era o que mais se escutava ao andar entre a multidão.
Texto: Alice Cardoso/ Fotos: Simone Alauk
*
*
*
Publicidade
Preços e estoque por tempo limitado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0