Nossos Vídeos

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Defesa Civil decreta estado de alerta por conta das chuvas fortes


Foto: http://www.uol.com.br/

De acordo com o Plano Preventivo de Defesa Civil, a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, por intermédio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil informa que as regiões de Perus, Pirituba, Freguesia, Casa Verde, Santana, Jaçanã, Butantã, Lapa, Campo Limpo, M´Boi Mirim, Capela do Socorro, Parelheiros, Cidade Ademar, Santo Amaro, Jabaquara, Ipiranga, Penha, Ermelino Matarazzo, São Miguel Paulista, Itaim Paulista, Itaquera, Cidade Tiradentes, São Mateus, Guaianases, Vila Prudente e Aricanduva estão em estado de alerta para deslizamento.

O congestionamento na Capital Paulista atingiu 106 km de lentidão, os trens da CPTM ficarão parados, os oníbus que atendem a linha Esmeralda, não conseguiam chegar até as estações.
Os alagamentos atingiram cinquenta pontos da cidade. Na região do Grajaú, casas desabaram fazendo seis vítimas, trechos da região do Ipiranga inundaram com mais de um metro e meio de água; Santo André, a Marginal Tietê na altura da Ponte das Bandeiras e CEAGESP ficaram inundados.
No Grajaú várias pessoas ficaram feridas, uma criança morreu e um casal até o presente momento, ainda encontra-se desaparecido.
Todo o Sudeste vem sofrendo com as chuvas constantes desde o ano passado.
Segundo os meteorologistas, a chuva continuará entre os próximos dias, nas regiões do Sudeste, Vale do Paraíba e Sul de Minas Gerais.
Como as temperaturas estão elevadas e existe a chegada de uma nova frente fria, é bom os moradores de Minas Gerais e Paraná ficarem atentos para a chegada de temporais.
As seis horas de chuva ininterrupta que caiu na madrugada, correspondeu a 100 milímetros (metade do que é esperado em trinta dias no mes de janeiro) e representa 100 litros de água por metro quadrado.
As regiões de várzea que foram tomadas pelas construções irregulares, excesso de lixo nas ruas e pavimantação, são os principais motivos do agravamento das inundações.
Na Capital, as chuvas continuarão ao entardecer. As autoridades pedem para quem puder cancelar seus compromissos, evitar sair às ruas de carro para evitar acidentes e maiores alagamentos e congestionamentos.

As equipes da Defesa Civil estão percorrendo as regiões da cidade para avaliar os danos e atender a população no que for necessário.

*
*
*
Publicidade:
Preços por tempo limitado:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aqui você poderá fazer suas denúncias e comentários.
Se você recebeu algum comentário indevido. Utilize-se deste canal para sua defesa.
Não excluiremos os comentários aqui relacionados.
Não serão aceitos comentários com palavras de baixo calão ou denúncias infundadas. Aponte provas caso queira efetuar suas denúncias, caso contrário, seu comentário será removido.

google.com, pub-9993468695929690, DIRECT, f08c47fec0942fa0